MENU

domingo, 24 de novembro de 2013 - 18:14F-1

INTERNADAS (27)

nadas1aSÃO PAULO (mas valeu, sempre vale) – É esquisito quando não chove em Interlagos. Depois de dois dias debaixo d’água, justo hoje ficou seco. E ninguém tinha ido nem até o estacionamento lá embaixo sem pneu de chuva, portanto as referências, informações, acertos e mandingas eram todas para água, água e mais água.

Só que não choveu, e como eu (e o resto do mundo) disse ontem, no seco não teria graça, como não teve.

Vettel até que largou mal, Rosberguinho se animou e saltou na frente, mas a alegria durou o quê? Uma volta? Sim, uma volta, nem isso, porque antes de fechar a primeira Tião passou o alemão da Mercedes na reta, como se Nico estivesse parado. E adeus.

Fechou o ano com recordes muito importantes. Foram 13 vitórias na temporada, igualando Schumacher em 2004. E nove seguidas, ampliando a marca já alcançada nos EUA e empatando com Alberto Ascari, para os que consideram que o italiano ganhou nove consecutivas entre 1952/53 — excluindo as 500 Milhas de Indianápolis, já que os pilotos europeus não corriam lá, embora a prova fizesse parte do calendário da F-1, numa daquelas maluquices do passado sobre a qual já falamos bastante.

Sebastian tem agora 39 vitórias na carreira, e com mais duas iguala Senna. É o quarto maior vencedor da história, atrás de Schumacher, Prost e do brasileiro. Fechou o campeonato com 397 pontos, 155 a mais que o vice-campeão, Alonso. Se alguém descobrisse hoje, por exemplo, que nas últimas seis provas ele usou um motor V12 de 5.000 cc e tirasse os pontos das últimas seis vitórias, ainda assim Vettel seria campeão. Se a Red Bull corresse com apenas um carro neste ano, seus 397 pontos seriam suficientes para dar ao time o título mundial de construtores, já que a Mercedes, vice, ficou com 360. A Ferrari fez 354.

Sendo assim, não há muito o que contestar.

Voltemos à corrida. Foi agitadinha, como são as de Interlagos, com sol ou com chuva, ou com casamento de viúva. Porque a pista é curta e tem dois bons pontos de ultrapassagem depois de grandes retas, o S do Senna e o Lago, onde, com vácuo, asa móvel, KERS e vento de popa até o Meianov passa alguém. Então, foi o que se viu, algumas boas brigas, algumas disputas interessantes e pequenos dramas.

O maior deles de Massa, que largou bem, andou em quarto até quase a metade da corrida, mas tomou um drive-through por ter cortado a linha branca de entrada no box numa volta normal, erro de cálculo, mesmo. Caiu para oitavo e não conseguiu se recuperar. Terminou em sétimo. Foi uma pena porque ele e Alonso combinaram que se o espanhol estivesse na frente e uma troca de posições resultasse em pódio para o brasileiro, isso seria feito, na sua despedida da Ferrari.

Massa, assim como a maioria, saiu de pneus médios para duas paradas. Apenas Button e Gutiérrez largaram com duros. Duros que, para alguns carros, como a Mercedes, foram melhores que os médios. São os mistérios da pista paulistana. Os mercêdicos sofreram no início da prova, sendo ultrapassados com alguma facilidade. Hamilton ainda foi punido por tocar rodas com Bottas, num exagero dos comissários, embora o toque tenha arrebentado a roda do finlandês, que abandonou. No final, Rosberguinho fechou a prova em quinto e Comandante Habilton, em nono.

Outro pequeno drama foi o de Grojã, que estourou o motor na terceira volta. “Umas 70 antes do final”, brincou o francês. Mais um, de Kovalainen, que não conseguiu se entender com o procedimento de largada da Lotus, fez uma corrida medíocre e completou seu segundo GP como substituto de Raikkonen sem pontuar. Foi a primeira vez no ano que o time preto-e-dourado não marcou na temporada.

No mais, foi uma corrida normal. Webber passou Alonso para assumir o segundo lugar na volta 13, perdeu a posição no primeiro pit stop (parou na 23, duas depois do espanhol), mas recuperou três voltas depois, na pista, sem a menor dificuldade. Os dois pilotos da Red Bull ainda tiveram um momento meio pastelão na volta 47, quando Vettel fez sua segunda parada e faltou um pneu. A equipe demorou para encontrar o dito cujo nos boxes e Webber chegou para trocar também, tendo de esperar um pouco mais do que o normal. Mas nem a trapalhada colocou em risco a quarta dobradinha rubrotaurina no ano. Foi fácil como cortar manteiga com faca quente.

No fim, quem esperava que Vettel poderia ceder a vitória ao Canguru Desolado que se despedia da F-1 está esperando até agora, mas que não se acuse o alemão de não ter sido elegante. Piloto não gosta disso, que o outro deixe ganhar. Ainda mais os dois, que não se bicam. Uma atitude como essa seria vista como demagógica, cínica e calhorda. No fim, foi tudo normal, como deveria ser.

Webber completou seus últimos metros num F-1 sem o capacete e as luvas, que sabe-se lá como ele conseguiu tirar com o carro em movimento. Espantou-se com o barulho. “Sem o capacete, a gente escuta umas coisas que não gostaria de ouvir”, falou. Verdade, tem-se a impressão, num carro de corrida, sem capacete, que tudo vai quebrar ou explodir a qualquer momento. Lágrimas? Talvez. “Foi o vento”, disse. Voltou para os boxes enquanto Vettel fazia seus “zerinhos” diante das arquibancadas, assim como Massa, que queimou borracha para dizer adeus ao seu time.

De cara para o vento, de verdade.

De cara para o vento, de verdade.

Fim de papo em 2013, e Interlagos registrou nas dez primeiras posições Tião, Canguru, El Tercerón, Bonitton (que fez uma prova excepcional, tendo largado em 14°), Rosberguinho, Maria do Bairro (outro que andou demais, 19° no grid, deixando a McLaren pela porta da frente), Massacrado, Heisenberg (nos pontos de novo, e vai mesmo para a Force India), Comandante Habilton e Ricardão.

Fim de temporada sempre carrega um certo ar de melancolia, mas é assim mesmo. E a F-1 e sua gente precisam de descanso. Dois meses, talvez nem isso, para boa parte do pessoal, enquanto outra boa parte, talvez a maior, segue trabalhando loucamente nas fábricas para montar os carrinhos que veremos no ano que vem.

Que, esperamos todos, deve ser melhor que 2013. Este só foi bom mesmo para Tião, o Alemão. “Pena que acabou”, ele disse. E como recriminar o menino?

63 comentários

  1. Paulo Pinto disse:

    Há exato um ano, Michael Schumacher disputava seu último GP na Fórmula-1, pela Mercedes, na pista de Interlagos. Para lembrar a data e sua atuação, um poema de minha autoria:

    O Guerreiro

    Meio do grid, posição ingrata
    Convite a vítima em algum salseiro…
    Largada e confusão, saída intacta!
    Os Deuses querem mais do seu guerreiro

    Fura um pneu! Sempre na incerta volta…
    E à pista volta em último e atrasado
    Seu extremo gepê… e sem revolta
    Se julga pela sorte, abandonado

    Braço e chuva, a corrida do seu jeito
    E acelerando, avança entre os pupilos
    Fechando o ciclo em sete, onde partira…

    Feliz, sai a abraçar o novo eleito
    Os Deuses comemoram! Sem ouvi-los
    O guerreiro tira o elmo e se retira

    Paulo Pinto
    25/11/2012

  2. Eduardo Schmidt disse:

    Vettel é Vettel, o resto é resto…39 vitórias na carreira e 45 poles, em menos de 120 GP’s…ele é muito fodão!!!

  3. PedroL disse:

    Grande Webber, o bad boy da temporada, um final de carreira épico.

  4. Matteoni disse:

    Vet13l…

    Ver o Allez Jado perder ao vivo e a cores não tem preço.

    Como já se sabe, ano que vem os melhores motores serão os da Renault e os da Mercedes. É possível que tenhamos Caterham e Ferrari no fim do grid.

    É meu amigo, vai doer…

  5. Lucas Robles disse:

    E pouco a pouco os carros vão voltando a ter as aletinhas por aqui e por ali sem a FIA dizer nada! Dá uma olhada nos carros de 2009 e os carros que nem o da foto aí da Red Bull ou da McLaren, etc…e você vai ver a diferença!

  6. Guilherme disse:

    Gostei da corrida, com várias ultrapassagens, coisa cada vez mais rara na F1. A maioria delas poderia ter acontecido sem a necessidade de artifícios como asa móvel ou pneus do carro da frente esfarelados depois de meia volta. Além do “S” e do Lago, também teve ultrapassagem na entrada do Laranjinha, e por fora! Isto só é possível numa pista de verdade e que parece ter vida própria. As pistas mais novas construídas em lugares de mentirinha, me desculpem, não valem a corrida.

  7. carlos lima disse:

    Flavio, receba meus cumprimentos pela excelente cobertura do GP de Interlagos. Belo trabalho, assim como pela cobertura dos demais GPs da temporada. Continuo pensando que o melhor da F1, após as corridas, é ler seus textos, sempre bem escritos, divertidos, criativos. Leitura obrigatória. Bravo!

  8. leonardo disse:

    Para os Alonssitos…

    2011. Vettel, 11 vitorias!
    2013. Vettel, 13 vitorias!
    2015. Vettel, 15 vitorias???

    Vai quebrar a banca!!!

  9. Curti muito a imagem do Weber tirando o capacete. Pareceu simbólica, cara pro vento, enfim livre, etc, etc… Pode não ser nada disso, mas foi a impressão que ficou. Certamente vai aparecer em muitos clipes, retrospectivas, mix de imagens e afins.

  10. Luiz G disse:

    …Eu estava esperando que Vettel desse a vitórira para Webber.

    Imagino que pilotos não gostem disso, mas acho que uma forte freada na linha de chegada para o canguru passar seriam bunitim….

    Os dois não se bicam, mas seria uma forma de Vettel terminar bonito com Webber….e seria ótimo pra ele em termos de marketing, apresentando um grande coração…..mas ele mostrou que é só um grande campeão e nada além disso.

  11. Clayton Duarte disse:

    Mais uma temporada se termina e bate aquele vazio para quem curte a categoria, Gostei dela, apesar do domínio do talentoso Vettel. Consigo manter o interesse e me divertir com as corridas mesmo quando existe esse tipo de superioridade de um piloto/equipe sobre os demais.

    Acho que, além do Vettel, claro, tetracampeão inquestionável, outros dois caras merecem destaque pelo desempenho durante o ano: Grosjean (quem diria) e, lógico, Hülkenberg. O Rosberg também merece uma menção. Pensei que ele seria completamente dominado pelo Hamilton. Mas não foi isso que aconteceu, não. Terminou atrás na pontuação, mas deu trabalho para o inglês. Um pouco subestimado, o alemão.

    Por fim, agora é torcer para que 2014, com toda a mudança no regulamento, nos reserve boas corridas. E torcer também para que a BBC faça um daqueles vídeos de encerramento de temporada. O do ano passado foi muito legal.

  12. Malam Sambu disse:

    Vou na fé de ver o meu comentário “aceite” depois dos últimos passa fora que tomei (Qual Alonso e Hamilton com Vettel) Não sei se escreve ou insulei (Que me lembre não o fiz, ou não ” Prestei ” atenção as regras do blog, em todo o caso até que se prove o contrário mereço (digo eu) o benefício da dúvida! Gosto da ” casa” e do seu dono, então não desisto, (porque vale, sempre vale) segundo suas palavras (Chantagem sei, mas é próprio do ser humano ser iguista, ainda que os meus intentos possam não resultar em nada). Corrida que deixa muito a desejar, principalmente por ser Interlagos, terra do Rei da Chuva, valeu pela despedida do Webber, acho que por está altura já sabe das boas novas, Di Resta sem carro, Sutil na Sauber, Maldonado na Lutus, Hulkenberg na Force Índia que também vai contar com o Perez, mudanças de ultima hora! Sobre o campeonato RBR&Associated nada dizer, o Vettel depois que despachou o Rosberg, ligou o Millennium Falcon para ficar a apenas duas vitórias do rei, toques aqui e ali, o desespero do Massa com a punição ( por sinal acertada) um filme inédito nas boxe da RBR, ( tenho cá para mim que foi de propósito, para esquentar um pouco a corrida) o caso da corrida, a punição do Hamilton ( a mandinga de 2008 ainda funciona contra ele rsrsrsr) o Gato de Bottas, deveria estar de conluio com a Ferrari, mas o Lewis deveria ter olhado para o seu lado esquerdo, porque final de época, tem sempre uma turma que quer mostrar serviço! Saudações meu caro!

  13. Laercio disse:

    É impressão minha mas tinha arquibancada com vários espaços vazios este ano?

  14. mOITA disse:

    Flávio não comentou, mas li por aí, o Bernie trouxe uma bandeira do Brasil para a conferência de imprensa e Vettel e Alonso assinaram antes de dar para o Webber.

  15. Allez Alonso! disse:

    Legal a abertura da globo com os autoramas. Decepção com a punição do Felipe, esperava maior coerência dos comissários principalmente tendo Alex Ribeiro como comissário convidado. Bela corrida do Button e do Perez, esse foi sacaneado pela mclaren, merece continuar no grid. Se o Alonso tivesse puxado pra esquerda na largada poderia ter brigado com o Vettel, mas seria meio placebo, o ritmo das rbr era muito melhor. A premiação do Alonso foi engraçada, o Pinteiro deve ter escolhido a dedo premiar o Alonso, que não é muito popular no Brasil, daí se vaiarem o Pinteiro, pensarão que são vaias pro Alonso, rsrs!
    Bela corrida do Hulk, sequer apareceu na transmissão. Ricciardo pontuando também foi legal, sem dúvida um bom piloto.
    Galvão não sabe traduzir porra nenhuma, era melhor ficar calado. E aquela de colocar pneus intermediários com pista ainda seca no segundo pit do Felipe foi totalmente sem noção. O cara tem mil anos de f1 e me solta essa…

  16. sandro disse:

    Quantas reprimendas o Massa tem? Pode ser punido pelos zerinhos?

  17. alan disse:

    Currida b’asica, vettel deu uma cochilada na largada? ou deixou o nico passar so pra se divertir, pois o repassou antes de terminar a primeira volta, sem kers, sem nada OLE / OLE, disse ele no volante, massa deu uma de cavalo paraguaio, saiu com tudo mas no final decepcionou, chego ao quarto lugar devido aos pitestopes, mas foi so, FOI PUNIDO JUSTAMENTE SIM, ao contrario do que ele disse ( e a globo tentou relativizar/distrair), porque ele passou na linha justomna volta em que ele sentiu que o hamilton vinha com tudo para passa-lo e ai ele apelou, na hora pensei= vai ser punido!, dito e feito! e nao adianta fazer todo esse drama porque a besteira toda foi ele que fez, e que historia e’ essa de que o alonso iria deixar passar, pois sem a punicao ele ficaria em 4 ou 5, uns 15 a 20 segundos atyras do alonso, —-?, e essa esmola so’ seria mais um motivo de vergonha pro filipeta! Vettel enfiou o cano como sempre, ate o weber enfiou o cano hoje: no alonso, no rosberg, no hamilton e no massa, somente no Vettel ele nao chegou nem perto! felipe nao vai deixar saudades como piloto da ferrari, mas talvez deixe saudades como empregado submisso e dedicado.
    webber e’ desajeitado mesmo, mas acho que ele se divertiu bastante todos esses anos na F! e ainda ganhou uns trocos!, Ja’ Vettel venceu mais corridas esse ano que o Webbber a vida toda (bariquelo e massa idem), nao h’a nenhum piloto atualmente que possa acompanha-lo, talvez com as mudancas possam facilitar alguma equipe se aproximar da Redbulling ano que vem, mas nao esperem milagres, FLAVIO, OBRIGADO POR MAIS UM CAMPENATO COMENTADO!! VALEU MANO VELHO!!!!!

  18. rodrigo tossato disse:

    A abertura da globo com carrinhos em miniatura foi muto boa, os carrinhos iam mudando até chegar na red bull de vettel. Começou com os carros dos anos 50 e foi evoluindo com o tempo, mostrando os capacetes dos pilotos, acho que identifiquei alguns: Fangio, Emerson, Piquet, Senna, Shumacher, e outros que não identifiquei. Agora, quando chegou a hora do “carrinho do senna” foi de uma pieguice de dar dó,um pachequismo sem tamanho…antes do carro dele entrar na pista, mostrou-se duas cartas de baralho (Reis) como se ele fosse o rei, o melhor de todos…tudo foi muito bonito, mas até esta parte…ai estragou tudo!!!! que pieguice besta …

    • Leonardo disse:

      As vezes eu fico meio confuso, hoje o Alonso deu uma declaração de que tinha um poster do Senna no guarda-roupas(guarparoupas?) e que o considera o melhor de todos os tempos, Hamilton sempre disse o mesmo, Schumacher também, tanto que ate chorou no dia que bateu o número de vitórias do ídolo. Minha dúvida é: Será que esses caras, que imagino eu entendem de pilotagem, assistiam as corridas pela globo na Espanha, Inglaterra e Alemanha para ter essa idéia de pachecos viúvas moldados pelo galvão, ou será que o tal Senna é o REI mesmo?

      • Paulo Pinto disse:

        Rei morto. Rei posto. Viva o Rei!

      • Jairo Fernando disse:

        Todos eles precisam de marketing junto às torcidas de diversos países. Para ganhar a torcida brasileira, basta tão somente dizer o que querem ouvir: que o Senna era o melhor piloto, que os inspira até hoje e por aí vai.
        Senna, em vista da comoção criada com sua morte, gerou uma excelente fonte de marketing que quase nenhum piloto despreza. Hamilton que o diga, com seu capacete amarelo e suas declarações de que Senna era o ídolo e tals (mas há pouco tempo, contraditoriamente, deu a entender que sua inspiração de piloto era o Schumacher).

      • Allez Alonso! disse:

        Quanta besteira. Se contesta até os ídolos dos pilotos… Deu a entender é interpretação sua, quanto complexo. Senna será sempre lembrado como um dos maiores de todos os tempos, sinto muito. Reveja o especial topgear…

      • Erick Breder disse:

        Exatamente Leonardo…

        É lógico que a globo vai ressaltar mais o Senna, afinal de contas é o melhor e é brasileiro. Se eles já tentam a todo custo levantar moral do Massa por exemplo, porque não fariam com Senna, que é considerado por pilotos e especialistas do automobilismo como o melhor da história?

        Gosto de lembrar o programa Top Gear da BBC fez pra Senna na data que ele completaria 50 anos de idade. Jeremy Clarkson, o apresentador, um cara muito respeitado quando o assunto é automobilismo, confessou: “Nunca fui fã do Senna. Meu piloto predileto sempre foi o Gilles Villeneuve. Mas depois de ver horas e horas de vídeo para fazer este programa vi que o Villeneuve foi espetacular em algumas corridas ao passo que o Senna foi espetacular cada vez que se sentou num carro de Fórmula 1.”

        Pra mim, a declaração mais perfeita que alguém fez sobre Ayrton Senna. E aqui não se trata se foi ou não 5 ou 7 vezes campeão mundial, e sim, quão espetacular era Senna guiando um Fórmula 1, simples assim.

      • Andre Luiz disse:

        Você está errado Leonardo, exaltar qualquer coisa aqui nesse país é proibido, ser fã incondicional de um piloto brasileiro é pachequismo. Seja diferente e descolado tenha um opinião diferente das massas e admire a seleção da Espanha como se não houvesse amanhã ou compre um veículo da Red Bull Motors, que é o que temos de melhor para o momento em se tratando de veículos esportivos. Na Itália, Argentina, Espanha, Venezuela, Estados Unidos todos são nacionalistas ao tratarem seus ídolos, aqui não, é feio e bobo exaltar as poucas coisas que podemos nos orgulhar. Lembre-se que sempre teremos o grande jornalista Mauro Cezar Pereira para nos orgulhar com sua isenção e combate a hipocrisia, que és celeste, que a melhor copa do mundo foi a de 50, que torce para o Racing Club e que jogos da seleção da CBF são patéticos e irrelevantes apesar de estar sempre pronto para tecer seus comentários sempre precisos e isentos.

      • Koorioso disse:

        Red Bull Motors??

        Esse misturou uísque com Red Bull, he he he…

  19. LUZ PRATA disse:

    boa noite Gomes e galera.

    Parabens ao Multi Campeao … Vettel !!! Parabens a equipe Ariana… Red Bull !!!

    Parabens a jovem dupla Bicolor das …Flechas de Prata / MB…Lewis e Rosberg…pelo Vice Campeonato nos Construtores !!! pelas 8 Poles,,,3 Vitorias…Varios Podins,,,Parabens ao Negao… Lewis !!! conseguiu em seu 1o ano nas Flechas de Prata… superar com folga na tabela… o jovem Osso Duro de Roer…Rosberg…que detonou o Dick/147 … Pior Campeao de Todos os Tempos …por 3 anos seguidos…hahahahahahahahahaharrrsss.

    Ano que vem… com o Fator Tecnologia sendo o + Importante… ERS… com 5 pontos de recuperaçao de energia + o pequeno 1,6 turbo e novos chassis…a… MERCEDES BENZ… com suas Flechas de Prata W 05 darao… PAU GERAL !!! LEWIS …sera o Campeao 14 !!! a Tecnologia Ariana MB… e Insuperavel…hahahahaharssss valeu.

    • Alfredo Aguiar disse:

      Você é ridículo e babaca assim mesmo com esse papo de equipe ariana e negão Lewis, ou a despachada da tua mãe te serviu merda no almoço e você está arrotando agora?

    • Paulo Pinto disse:

      E o teu campeãozinho, depois do magro título de 2008, não conseguiu mais ficar entre os três primeiros no campeonato. Mudou de equipe, mas continua o mesmo!

      Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! Ha! (sete, pra ficar bonito!).

      • LUZ PRATA disse:

        ai Pinto…quanta besteira vc falou antes da temporada 13 começar…heim …?

        falou que Lewis na MB nao venceria tao cedo ?…

        que teria feito pessima troca… ?

        falou que a Mclarem andaria facilmente na frente das Flechas de Prata… ?

        mermao em 14 anote ai…MB W05 na CABEÇA !!! SOMENTE A VITORIA INTESSA !!! valeu.

      • Paulo Pinto disse:

        Hamilton venceu umazinha e olhe lá. Nico venceu duas. O Herdeiro venceu TREZE!
        A troca, a longo prazo, será ruim. O tempo mostrará e você vai viver para ver.
        A McLaren teve um ano péssimo (como já teve, no passado), mas é uma equipe que sempre supera as dificuldades. O motor Honda está chegando…
        Não vejo a Mercedes fazendo campeões. É uma equipe lendária? Sim, mas muito mal renascida e (diga-se de passagem) os acionistas não estão gostando muito dessa “brincadeira” de Fórmula-1.
        E para finalizar, você não passa de um torcedor “ôba-ôba”, que fala mais besteiras do que lê.

  20. Golins disse:

    E pensar que o Kobayashi era um dos nomes que figurava na lista de convocação da Lotus. Nossa, erraram a mão.

    • Golins disse:

      Ahhh…eu esqueci de dizer que a aventura do Webber, de tirar o capacete pra sentir o vento na cara, foi muito legal. E confesso que fiquei curioso em saber exatamente quantos insetos ele engoliu ao todo…rsrsrs

  21. Marcelo disse:

    O Massa mostrou q tb nao sabe dar zerinhos… Tem q aprender com o Vettel também…

    Abraços FG…

  22. molive disse:

    O Vettel tá demais, e certíssimo em aproveitar a fase até a última gota. Nunca se sabe quando ela acaba.

    A penalidade do Massa foi sacanagem, pela circunstâncias, mas regra é regra.

    Interlagos Rocks! Mesmo uma corrida sem significado como a de hoje é legal de assistir. Está na minha bucket-list acelerar lá um dia!

    Bring-on the V6s!!

  23. VICTOR disse:

    Pela globo, a punição do Massa nao foi no primeiro Pit-Stop, mas sim durante uma volta normal da corrida

  24. Mauro Batera disse:

    Gostei da atitude do Webber em tirar o capacete e balaclava e luvas com o carro em movimento, e puxando rápido na memoria, lembrei de duas vezes em que o Gerhard Berger fez o mesmo, que foi no GP da Austrália de 1987 e de Portugal 1989, ambas corridas vencidas pelo austríaco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *