MENU

Thursday, 7 de November de 2013 - 10:08Automobilismo internacional, Indy, IRL, ChampCar...

OU TUDO, OU NADA

SÃO PAULO (metade não dá) – Bruno Senna deu entrevista ao site da ESPN e revelou que está conversando com equipes da Indy para 2014. Mas ele quer correr apenas nos mistos, abrindo mão dos ovais.

Aí, não sei não. Ou o cara é piloto da categoria, ou não é. Correr na Indy e não disputar as 500 Milhas de Indianápolis é como participar do WEC e não se inscrever nas 24 Horas de Le Mans.

Senninha precisa dar um rumo para sua carreira menos errático.

44 comentários

  1. Fernando Carvalho says:

    Galera, vejam o que acabou de acontecer hoje…..
    09/11/2013 10h35 – Atualizado em 09/11/2013 10h35
    Bruno Senna chega em segundo na etapa de Xangai do Endurance
    http://globoesporte.globo.com/motor/noticia/2013/11/bruno-senna-chega-em-segundo-na-etapa-de-xangai-do-endurance.html

  2. Marcelo says:

    Correr por correr não adianta mamãe, o filhote vai arriscar a vida do mesmo jeito! Então, que Bruno encare os “ovais” e tente ser campeão na Indy. Melhor o sobrinho esquecer esse negócio de esporte a motor, forme uma sociedade com Barrichello e Massa(também sem título mundial), comprem uma barraca na praia e entrem com tudo na venda de água de coco!

    Não esqueça de levar o Galvão dentro da mala!!!

    Comprem o CD do Maguila – vida de Campeão, e seja feliz!

    Maguila – vida de Campeão
    https://www.youtube.com/watch?v=64qN5OuY0pk

    Sou lutador, sou de fé, sou brasileiro
    Sou lutador, sou da paz, eu sou guerreiro
    Sou lutador, sou amor, sou coração
    Sou lutador, vencedor, um campeão

  3. Mario Mesquita says:

    Taquepariu, é muito bundão.

    Se a Globo não deu jeito, esquece. Vai pilotar autorama.

  4. Paulo Pinto says:

    Ele só quer brincar de correr.
    Só isso.

  5. fique no WEC, more na costa do Mediterrâneo, e tente ser feliz onde não tenha tantos holofotes.

    Para quem tem um talento mediano (e substituível), quer mais o que da vida, rapaz?

  6. Mauricio Alves says:

    Como disse o Teo José em seu blog, “Meio Piloto na Fórmula Indy”!!

    Essa notícia mais parece um dos muitos factóides que essa “personalidade” já lançou para permanecer na mídia!
    Aliás, se ele chegar a ser “meio piloto” na Indy, terá conseguido ser mais do que já foi nas categorias por onde passou!

  7. Tulio Menegoni says:

    Ele quer é continuar com os dois pés inteiros.

  8. Cosmo says:

    Já tá faltando piloto brasileiro CAMPEÃO no mercado…Já não somos vistos como país produtor de pilotos que ficam na história por suas conquistas desde 1994…

    Agora vem um cara com o sobrenome Senna, que pilotou na F1, e diz ter MEDO de correr em ovais? Ou que a mamãe não deixa porque é perigoso?

    Os americanos vão adorar. Vão ironizar os pilotos da F1, a F1 fica com imagem de categoria “café-com-leite” e esse bunda-mole queima o filme geral, inclusive do sobrenome do tio famoso…

    Barrichello-Massa-Senna(sobrinho)…Vai ficar difícil alguém recuperar a moral dos pilotos brasileiros por aí…

    Quanta bunda-molice!

    Vai precisar do dobro do $$$$ de um piloto europeu pra chegar com “moral” numa boa equipe. Seja qual for a categoria.

    (Excessão nos EUA – na Indy – com Tony Kannan e Helio Castroneves)

    “Que fase!”

  9. Geraldo says:

    O Allan Simonsem morreu em Le Mans este ano pilotando um Aston Martin GTEAm, ou seja, num circuito misto e não num oval. Este ano os acidentes mais graves na F Indy foram em circuitos de rua e não em ovais. Concordo com o Flavio Gomes, ou tudo ou nada, se ele fizer um bom campeonato na Indy quem sabe a Honda não queira trazê-lo de volta à F 1, na tentativa de compensar o abandono da Honda da F 1 em 2009, ano em que possivelmente o Bruno Senna correria pela equipe Honda.

  10. Seinfeld says:

    Embora eu não goste de pista oval ,(2hrs assistindo corridas nesses cirtuitos – ainda mais os mais curtos – já enjoa, enche o saco), sei que nos ovais O ASFALTO NÃO TEM REMENDOS E NEM SE SOLTA como nos circuitos improvisados e RIDÍCULOS da F Indy.

    Ou seja, circuitos de “rua” da Indy são mais perigosos que os ovais.

    Mas, a mamãe não deixa, então assunto encerrado senão corta a mesada.

  11. Peter Perfeito says:

    Ué? isso já não foi discutido?

    Não pode correr em oval porque “mamãe não deixa”. Não é zoeira. É serio!

    E a Nascar Truck Series só tem corrida em oval…

    Ops! Desculpem, confundi os sobrenomes.

  12. hendrix says:

    o cara não é piloto, o cara é 1° sobrinho, e vamos falar a verdade, essa fundação ayrton senna deve ser uma lavanderia da [email protected]

  13. João Ferreira says:

    Tá com medinho, pede para sair….como ele nunca correu, talvez seja medo de fazer muito feio e ficar em último….

  14. Ulisses says:

    Puuuuuuutz!
    Aí é “soda” ….

  15. Janucio Vieira says:

    As vezes para entrar em um novo negócio ,temos que assumir os riscos. Ou você entra 100 por cento no negócio ou simplesmente nem sonhe em entrar. Ma$ $e alguma equipe topar as condiçõe$…

  16. sandro karam says:

    Devia correr de Nascar que a segurança está mais do que comprovada vide as provas em talladega.

  17. Cassius Clay Regazzoni says:

    Cagão!

  18. Luiz says:

    Poderia fazer dupla com a Bia, ele nos mistos e ela nos ovais.

  19. Marcelo Silva says:

    Piloto de corrida com medinho ? Volta pra casa !

  20. Renato says:

    Cara, não correr por ordem da mamãe é duro.

    Por isso ele é um frouxo.

  21. Leonardo Costa says:

    Acho que os ovais são mais seguros que algumas pistas de rua da Indy.

    O Rubinho quando mudou para lá começou com esse papo de não correr em ovais, mas no final acabou correndo.

    Não faz sentido deixar os ovais de fora. Imagina ele voltando para a F-1 e dizendo que só vai correr na Europa.

    E o tio dele morreu correndo em circuito misto.

  22. Carlos Trindade says:

    Acho que isso é uma questão de tempo e adaptação com a idéia, uma vez conhecendo o carro, conhecendo a categoria, imagino que esse veto aos ovais mude. É só lembrar do Barrichello, ele sempre disse que jamais correria num oval, que a mulher não queria, etc e depois acabou correndo sem maiores dificuldades.

  23. Mauricio says:

    Piloto que escolhe pista pra correr não é piloto. Acidente pode acontecer em qualquer lugar. Ta parecendo aqueles empresarios que as vezes estão de saco cheio dos negocios e ai vão brincar de ser pilotos.

  24. FAB1000 says:

    É uma imposição da mãe e se ela fechar a torneira…

    “Senna disse que descartou a categoria norte-americana pelo fato de que familiares não aprovariam, entre eles principalmente a sua mãe, Viviane Senna, a sua participação em provas de circuitos ovais, normalmente muito velozes e perigosos. ”

    E isso já vem desde a época em que ainda estava capengando na F1 em 2012.

  25. Christian says:

    Depois do que ele fez com o Vettel no Brasil em 2012, não deveria pilotar nem Van de lotação.

  26. Nelson Barreiros Neto says:

    Se ele já começa as conversas com essa reticência, não tenho nenhuma dúvida que ele não deveria chegar nem perto da Indy.

    Vc Flávio, que vive esse mundo do automobilismo há muitos anos sabe que a parte mental é tudo para um piloto, e ele não terá isso nesta categoria.

  27. adam says:

    O cara pode escolher onde correr (excetuando a F1, claro), e escolhe a Indy, já causa um certo espanto.

    Mas ok, gosto não se discute (se lamenta)…

    Agora, quer correr na Indy, menos nos ovais?

    A mamis não deixa??? Cara, desapega…

  28. Rafael Chinini says:

    não acho um problema ele ter medo dos ovais, ou da segurança da Indy!
    mas é isso ai, ou corre tudo ou não corre nada.
    cadê aquela história dos grandes pilotos que assumem o risco! ele pode se machucar em qualquer circuito, em qualquer lugar, em qualquer categoria. um oval aumenta esse risco mas…..

  29. Alan Ruggero says:

    O Mike Conway só correu em circuitos mistos na temporada passada, também pelo certo medo dos ovais, e venceu uma das etapas da Indy, guiando o carro que era da Bia.

    Eu compreendo a justificativa do Bruno, mas acho que fica estranho. Os ovais fazem parte da história do automobilismo americano; é o que eles mais gostam. Certamente um patrocinador gostaria de ver o piloto brasileiro correndo em Indianápolis e o resto das etapas que se lasque.

    Ele tem a possibilidade de escolher onde quer “brincar” e, no quesito diversão, guiar um carro da Indy deve ser mais legal que um GT. Mas eu, no lugar dele, ficaria onde está. Corre atualmente por equipe de fábrica, com baita infraestrutura, ambiente legal e tudo. Mudar para qualquer equipe na Indy é pedir para esquentar a cabeça a toa, além do carro não ser lá um F1, o que pode frustrá-lo (com o Rubens aconteceu mais ou menos isso).

    Agora se quer emoção mesmo, meu caro, sugiro ingressar no Europeu de Hillclimb, com chancela FIA. Veja o que esses malucos fazem:

    http://www.youtube.com/watch?v=cxMZwfkQHco

  30. Alemão says:

    Quem tem ….tem medo!

  31. Andre says:

    Deixar o WEC pra correr na Indy é besteira. Indy ta parecendo uma Stock Car de monopostos. Um negócio meio “fuleiro”.

  32. Eduardo Mennocchi says:

    Realmente, correr na Indy para não ser campeão e nem vencer a Indy 500 não faz sentido algum.

  33. alberto says:

    acho que na verdade ele está com medo de correr em oval. PUTA QUE TEM MEDO DE PAU GRANDE, SAI DA AVENIDA!!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *