MENU

Sunday, 3 de November de 2013 - 14:18F-1

TWILIGHT (4)

twz200SÃO PAULO (truncado) – Como se imaginava, Webber não fez das tripas coração para ganhar a corrida depois de mais uma largada ruim. Incrível como tem problemas para iniciar as provas, nosso marsupial. Neste ano ele só largou bem numa corrida de bicicleta que disputou nas férias na Austrália, contra seus sobrinhos. Nas demais, inclusive no simulador e no PS3, foi ultrapassado até pelo safety-car.

Como largou mal e caiu da pole para terceiro na primeira volta, e como Vettel assumiu a liderança na primeira curva, ali acabou o GP de Abu Dhabi, na linda e chatíssima pista árabe — embora seja justo reconhecer que neste ano a corrida tenha sido um pouquinho melhor que em anos anteriores, com a óbvia exceção de 2010, boa o bastante por ter decidido o título.

Vettel sumiu. Liderou de novo todas as voltas, fez suas duas paradinhas básicas, cruzou a linha com meio minuto de vantagem para Webber, que mesmo de forma preguiçosa e burocrática chegou em segundo sem o menor problema. Dobradinha prevista, dobradinha cumprida. Com Rosberguinho em terceiro depois de mais uma prova sólida e consistente. De bobo não tem nada, esse menino da Mercedes. Mas não ser bobo hoje em dia não é o bastante para conseguir bater a Red Bull. É preciso algo mais.

O início da prova, além do salto de Tião para a ponta, teve na outra extremidade o curioso abandono de Raikkonen. Curioso porque quando visto pela primeira vez deu a impressão de locaute, greve, protesto black bloc. Achei que Raikkonen iria descer do carro com um taco de beisebol e destruí-lo. Depois, tiraria o capacete, colocaria um lenço preto para esconder o rosto, seguiria até os boxes da Lotus com uma garrafa pet cheia de gasolina tampada com estopa, acenderia a tocha e jogaria lá dentro. Na sequência, com uma lata de colorjet, pintaria no chão do box: me paguem, seus viados! Até que chegaria um PM paulista e enfiaria o cassetete nas suas costas, mas levaria de volta um golpe de Hans no meio da fuça, e Kimi fugiria se misturando à multidão, protegido pelos mecânicos das outras equipes e por Max Mosley, que surgiria do nada como ativista que é das liberdades de expressão e sexuais e, vestindo cinta-liga e corpete de couro, estancaria na frente do batalhão de choque gritando abaixo a repressão.

Nada disso, no entanto, ocorreu. Na verdade, Raikkonen levou um toque na sua roda dianteira direita, me pareceu de Charles Pica, e deve ter aberto largo sorriso quando notou que a suspensão quebrou. Parou o carro, entrou numa kombi branca e foi embora para o hotel.

Enquanto isso, Vettel ia abrindo, abrindo, e quando todos começaram a parar, na altura da oitava volta, foi seguindo, seguindo, e fez seu pit stop na volta 14 com uma vantagem tão grande para o segundo colocado que não perdeu a ponta. Na primeira janela de paradas, Webber ganhou a posição de Rosberg. E a corrida foi passando em banho-maria, com boas ultrapassagens, é verdade, mas muitas delas determinadas pelo estado dos pneus de cada um. Sutil e Di Resta, por exemplo, largando mais atrás, partiram para uma única parada. E até que deu certo, ambos pontuaram, e em vários momentos da corrida estiveram à frente de carros mais rápidos, vendendo caro seus lugares.

E não sejamos tão rigororos. Houve bons momentos, sim, como na volta 26. Hamilton passou Sutil, que passou Hamilton, que tomou de Massa. Tudo em poucos metros, valendo a quinta posição. Alonso também vinha lutando bravamente. Seu plano era adiar a segunda parada para as últimas voltas e, assim, colocar pneus macios e tentar algo. Na volta 35 ele chegou em Massa, que fazia uma corrida bem honesta. Felipe parou na 39ª e não foi ultrapassado na pista, porém. Fernandinho foi aos boxes na 45ª e quando saiu do túnel que leva os pilotos de volta à pista, parecia um alucinado cheirado e trabalhado nas drogas mais pesadas jamais criadas por Walter White, por muito pouco não foi atravessado pelo meio por Verme, e parece que estão analisando até agora se ele deve ser punido por ter passado o francês tororrôssico pelas franjas das arquibancadas, ou se deve ser entregue ao DEA através de um telefonema anônimo ao Hank.

Só sei que deu certo e com pneus macios Alonso ainda passou Hamilton e Di Resta e terminou em quinto. À frente dele, Grojã, que fez uma prova discreta mas, novamente, muito correta. Cresceu muito o espantalho francês nesta segunda metade de ano.

Resta Um, com um pit stop, foi o sexto, seguido por Comandante Amilton, Massacrado, Chiquitita e Fútil, este também, como já mencionado, com apenas uma parada. Pérez, o nono, ganhou a posição na última volta e recebeu elogios da McLaren.

Se for punido com 20 segundos em seu tempo final pela saída alucinógena dos boxes, Alonso pode cair de quinto para oitavo. Eu acho sacanagem puni-lo, sério. Talvez enviá-lo para alguma espécie de “rehab” seja mais humano, nessa situação.

(Acabo de ver que não houve punição. Menos mal.)

E o que mais a dizer?

Ah, claro que é engraçado acompanhar a ginástica verbal de todos os integrantes da equipe da emissora oficial para não admitirem que Massa já fechou com a Williams e Maldonado com a Lotus, mesmo isso tendo sido noticiado — vejam bem: noticiamos, não especulamos; não dissemos que “devem”, mas que “estão” — pelo Grande Prêmio, que eles leem, nas últimas duas semanas, com as informações apuradas pelo Américo Teixeira Jr. Não entendo esse joguete. Aulinha de jornalismo a quem não precisa: seus clientes são os telespectadores, não os pilotos, ok, bonitinhos? O que vocês sabem pode ser dito, tá bom, amiguinhos?

E para terminar, gostaria de agradecer as informações sobre sobreviseiras ao longo de toda a corrida, que “concerteza” foram muito úteis. Um dia vou contar quantos “concerteza”, que tenho certeza que são pronunciados assim, como palavra única na novilíngua, são ditos em duas horas. Haveremos de registrar algum recorde mundial.

137 comentários

  1. Mauricio says:

    Senso de humor afiadíssimo eim?
    Fazia tempo que não ria tanto.
    Melhor descrição da corrida não tem por ai. Legal!
    Acho que andas meio sobrecarregado por aí. Volte a escrever mais e atiçar mais como fazia antigamente no outro canal… Se é que me entende.

  2. Junior Aguiar says:

    O Vettel provou mais uma vez a velocidade impressionante que tem, alguém ainda têm dúvidas?
    O alonso provou mais uma vez que sabe aproveitar cada volta dos pneus, pois quando o Massa parou e colocou pneus novos, o Alonso ainda estava com os usados, mesmo assim o espanhou voltou na frente; (não vi jogo de equipe)
    O Nico Rosberg provou mais uma vez que é tão bom quanto o Hamilton, esse cara é muito rápido, se tivesse um carro bom daria muito mais trabalho, com certeza ele merece uma ferrari ou uma Mclaren;
    O Hamilton provou mais uma vez que tem veia de lutador, não importa a posição (Torço por ele)
    Flávio, seu blog é muito bom, Parabéns…

  3. Henrique says:

    Flávio, segue um artigo interessante.

    http://f1rejects.com/centrale/2013/soul/index.html

    Parece que o desgaste do “automobilismo de raiz” não é causado apenas por dirigentes com o padrão CBA de qualidade mundo afora. Ele atinge até mesmo países com alma de automobilismo de reputação ilibada.

    Qual sua perspectiva?

    abs!

  4. Peter Perfeito says:

    Melhores momentos da corrida:

    – A volta dos boxes “na raça” do Alonso disputando e ganhando posição que disputava (não me recordo com quem). Tal manobra fez Massa sair da pista de ‘susto’.

    – Ultrapassagem dupla de Hulkenberg passando pelo meio de dois carros da STR (se não me engano).

    – Briga de Sultil com Hamilton, com ultrapassagens e “troco” por algumas voltas. (Uma pena que a geradora de imagens toda hora mudava para outro ponto da pista)

    Não sei não, mas acho que em 2015 Hulkenberg estará numa Ferrari ou McLaren. E se Vettel saísse hoje da RBR, seria o nome do substituto.

    E tem ainda Rosberg e Sutil.

    A Alemanha na F1 está ‘sobrando’ em matéria de pilotos de primeiro nível.

    • saiu da pista pra não bater, para de ser corneteiro, se não gosta do Massa das atitudes dele OK, mas não inventa historinhas só pra cornetar……….E se fosse pra (você) ser honesto, já que você disse da raça ele fico com as 4 rodas fora da Pista o Vettel e o Hulk foram punidos, mas a Ferrari com Alonso Não.

    • Mauricio says:

      Massa tomou susto com o Verme que ao voltar a trajetória também se assustou com a presença da outra Ferrari. O cara parecia um velhinho cercado por carros em alta velocidade na madrugada na 23 de maio…
      .

  5. Ulisses says:

    É Flávio, seu texto está bem melhor do que foi esse GP!!!
    Acredito que a Williams terá um bom ano em 2014, com motores Mercedes. Massa (crado) vai andar bem melhor lá.
    Brasileiro que sou, impossível não torcer para ele se dar bem por lá!
    Mas minha torcida maior continua sendo pelo Hamilton, aparentemente, aquele que ainda guia com alguma paixão.

  6. Giuliano SPFC says:

    O mais engraçado é o Galvão falando que não ia ter ordem de equipe…kkkkk e depois os caras resolveram a inversão na parada de boxe, nem precisou de ordem pelo rádio, kkkkkk…. ele ficou com voz de pateta e acha que o telespectador é retardado, a Ferrari poderia muito bem ter voltado com pneus macios para o Massa na 2ªparada, ele faria tempos melhores, e na parada o Ex-El Fódon voltaria atrás dele, ele deu 19 volta de macios no início, com o carro mais leve, os macios da 2ª parada iriam durar até o fim da corrida. Essas presepadas Ferraristas…….

  7. T1000 says:

    Flavio, totalmente Ri-lario kkk a historinha do Kimi e as viseiras e sobre viseiras do Barrica, foi uma aula de como não se deve comentar durante duas horas de transmissão ki saco eim!!! Alias por favor me confirma, li que próximo ano a Fox Sports vai transmitir a F1! Tomara…

  8. Chico Fogaça says:

    A notícia do Massa na Williams não é oficial e na F1 tudo pode acontecer. Nenhum site, nem o ESTADAO (Livio Oricchio) nerm o AUTOSPORT, nem o UOL, ninguém confirmou a ida do Massa pra Williams; por que a Globo deveria fazer isso? O Livio inclusive tentou apurar a notícia junto ao Alessando Aluni Bravi, empresário que trabalha com Nicolas Todt. O empresário disse que a notícia era fantasiosa. Hoje, por exemplo saiu a notícia de que o grupo investidor da Lotus quer o Hulk e não o Maldonado (ver Autosport). Então me parece exigir muito reconhecimento a uma notícia que não está ainda confirmada. O Américo não cita fontes (e talvez nem possa), por exemplo. Bom, se der certo a ida do Massa pra Williams vai ser muito bom pra ele, e pra mim que torço por ele, mas, ao que parece, ainda tem coisas a serem resolvidas.

    • Flavio Gomes says:

      Só é oficial quando sai na Globo? Então pare de ler o Grande Prêmio, já que não considera uma fonte confiável.

      • Menino tá bravo hoje, mas eu confio em você mesmo já que você é dos poucos que conhecem uma pista por dentro (literalmente).

      • Chico Fogaça says:

        Olá Flavio,
        Não disse que o GP não é confiável, muito longe disso. É um dos principais sites de automobilismo que existem, no Brasil e no mundo. Só disse que talvez alguns veículos prefiram esperar pela notícia oficial, ou seja, divulgada pela própria Williams, ou pelo Massa. Aí sim, na minha modesta opinião, seria oficial. É uma escolha, penso. Mas, não sou jornalista e não entendo como o mundo do jornalismo funciona, as rivalidades, vaidades, etc., se haveria ou não um motivo diferente para a emissora de TV não mencionar a noticia divulgada pelo GP.
        Um abraço

  9. Carlos says:

    Pois é, de onde nada se espera, nada sai. Tédio… Dormi no meio da corrida, quando acordei o mesmo cara de sempre estava fazendo zerinhos no acostamento. Tião, tricampeão em 2012, ao conquistar o tetra em 2014 a bordo de mais um foguetão projetado por Newey não fez mais que a obrigação. Feito digno de nota será se o Marrentinho das Astúrias consquistar o vice-campeonato à frente do resto -inclusive à frente da outra RBR- pilotando a carroça vermelha que projetistas e fábrica lhe deram nas mãos. E tem mais: se Newey/RBR continuarem esbanjando capacidade e competência, o Tião será penta, hexa, hepta, octa, “nona”, deca, dodeca… Será campeão ano após ano até resolver se aposentar, e olha que só tem 26. E na hora que resolver se aposentar o substituto vai continuar fazendo barba, cabelo, bigode e zerinhos no final da corrida.
    Enfim, por mais que a emissora oficial se esforce pra nos convencer de que a Williams de hoje ainda é aquela dos anos 80 e 90 para manter viva a ilusão de que continuará a existir um brasileiro andando na frente, o interesse do grande público pela F1 está com os dias contados no Brasil. Os 20 anos da morte de Senna serão mais falados em 2014 do que o magnífico carro a ser feito pela Williams.
    É natural que em qualquer país a população se interesse mais pelas disputas em que seus conterrâneos tenham bom desempenho e chances de vitórias do que por esportes em que eles só fazem figuração. Se os EUA fossem tão bons com a bola nos pés quanto são em jogar bombas ou espionar o país do outros, garanto que o sonho de todo americaninho seria uma bola de capotão e não um trezoitão pra fazer massacre em escola pública.

  10. Eduardo_SC says:

    El Dramático de las Astúrias saindo de SAMU 20 voltas depois da panca. Fala sério!

  11. calhiandro says:

    Ei Ninguém publicou nada sobre o recorde de pontos seguidos por uma equipe a atual detentora é a mclaren com 64 corridas seguidas nos pontos, pelas minhas contas a ferrari chega hoje a 65 corridas seguidas nos pontos.

  12. eraldo says:

    Massa na Williams: piloto decadente, equipe decaida.

  13. Mauricio Camargo says:

    Só não entendi porque a Ferrari colocou pneus mais duros na última parada de Massa??!!

    • pra provar que o Alonso é o”cara”

    • luiz alberto says:

      E tem gente “entendida ” que diz que esta ou aquela equipe precisa de um piloto experiente para desenvolver o carro,para isto tem duas alternativa ou não entende absolutamente nada de automobilismo ou não sabe o que é telemetria ,pois pelo ocorrido com o Massacrado fica bem evidente;ele não apita nem com que tipo de pneu quer correr que dirá se meter a palpitar no projeto de um engenheiro,

      • Luis says:

        Isso aí de piloto “desenvolver” o carro é papinho da época do Rubinho, que achavam que ele era o rei da estratégia porque fazia planejamento de corrida diferente do resto do grid e aí uma vez ou outra isso trazia resultados. Tanto é mentira que pode perceber que ninguém fala que o suposto “carro desenvolvido pelo Rubinho” na época da Honda foi aquela porcaria com o planeta pintado na carroceria, o que seria uma injustiça também, já que ele não desenvolve nada! desenvolvedor e acertador é só o Piquet e nenhum outro mais, porque o Piquet era engenheiro mecânico.

  14. adam says:

    Ótimas referências…BITCH!

  15. mOITA says:

    Apenas para esclarecer um ponto importante: os clientes dos jornalistas não são os telespectadores, ouvintes ou leitores. São os anunciantes.

    Quem esquecer isto, nunca vai entender nada do que acontece na imprensa.

    • Flavio Gomes says:

      Meus clientes são meus leitores. E entendo perfeitamente o que acontece na imprensa.

    • Pedro Jungbluth says:

      Mesmo considerando que isso fosse verdade (e não é, os clientes são os leitores, que em pagamento pela notícia absorvem os anúncios, que são mera moeda de troca para o trabalho do jornalista) ainda assim, a Globo no caso Massa na Williams não valoriza em nada seus anunciantes atendendo aos interesses de um piloto (que pediu pára eles não darem a notícia) do que atendendo o interesse dos seus leitores. Para se ter lucro no jornalismo, precisa respeitar o leitor/espectador. Apenas agradando esses, os verdadeiros clientes, que você terá audiência e portanto anunciantes.
      O que a Globo ganha com isso? É apenas uma velha forma de fazer jornalismo, onde formar a panelinha em troca de exclusivas para eles tem mais valor que valorizar a transmissão do dia a dia.

  16. Irinaldo Barros says:

    Assisto pela Globo apenas AO VIVO e longe dos horários “altas horas” – madrugas… Quando são de madrugada, vejo as reprises no Sportv, que também não é lá essas coisas, mas o Lito é um excelente Jornalista e faz comentários bons. Em relação ao Narrador, o único que gosto é o Cleber Machado, quando não inventa de falar no microfone “calma… calma…” – bem baixinho. Gosto do Reginaldo, pois esse é um Jornalista Especializado. Lê, escreve, fala de corridas. Agora o Galvão… desculpe, mas sua hora já passou, faz algum tempo! Só a Globo não percebe. E esse negócio de ficar alisando o Massa, já deu. Se ele for para a Williams ELE CAIU SIM!!! A Equipe já não é a mesma em que Piquet, Prost e Mansell ganharam títulos, e já faz tempo!!! MOTOR?! Se isso fosse tudo a MacLaren, Mercedes e Force India seriam as equipes que estariam disputando o mundial. Por favor! Sou PATRIOTA sim, mas esse mundo dos carros de corrida NADA TEM HAVER com Patriotismo. Massa caiu em desgraça quando Alonso chegou (e nem foi por causa do acidente). Agora vai para esse time mediozinho… Enfim, para o Massa a F1 já foi.

  17. Francês says:

    Essa F1 está muito boa. Brasileiro tem que aprender que vencer envolve outras coisas além de “fé, perseverança, luz divina, e gratidão ao povo abençoado”, resumidamente envolve trabalho. NEm os italianos entendem isso. Aquelas vaias para Vettel, no GP da Itália, demonstra a pobreza de espírito. O vencedor, ou futuro vencedor, é aquele que aplaude quando perde, aprende e evolui.
    A frase de Vettel após a corrida “Não é todo dia que se guia um carro tão bom assim”, não só dignifica seus méritos como piloto, como enaltecem o “TRABALHO”. Trabalho de equipe.
    Essa é a filosofia que deveríamos seguir. Aqui no meu trabalho, infelizmente a filosofia é, tirar do caminho que é melhor, e se manter medíocre, e infelizmente isso está impregnado na maioria dos cidadãos em nosso país………..

  18. Alexandre says:

    O fim da picada foi ouvir dos 3 que estavam narrando a corrida que a Williams era a melhor opção para o Massa no ano que vem… Aguentar os “concerteza” e “salvar” pneus do Barrichello está cada vez mais difícil. Saudades do Luciano Burti que consegue ao menos ser mais direto e não fica dando voltas como o Rubens.

  19. Fernando says:

    E o pessoal achando que o Massa ia chegar na frente do Alonso…

  20. O Galvão Bueno e o Reginaldo Leme ainda tentam colocar o Massa no Céu com um placarzinho de treino que não vale nada! O Massa por sua vez consegue errar taticamente pela milésima terceira vez com sua Ferrari, isso para você ver como o desgaste dele é grande dentro da equipe. O Vettel está em Marte! Para os outros só restam pegar sobras que ficaram pelo caminho, valendo até para o Alonso que é Segundo anos-luz atrás do Vettel. O Romain Grosjean está conseguindo se colocar em Sétimo na frente do Massa. Que chegue logo a definição oficial da Dança das Cadeiras para 2014, porque 2013 já foi!

    • Pode ser que não seja o céu para o Massa, mas que ele vem andando melhor que o Alonso nessas últimas corridas vem, e no princípio do ano também, teve que deixar o Alonso passar duas vezes,se não fosse esses contratos absurdos da Ferrari a gente veria corridas melhores por parte dele.O desgaste dele é “grande” claro né se foi mandado embora, isso ai é chover no molhado.

      • luiz alberto says:

        Teve que deixar não!deixou porque é F R O U X O ! E isto não impediu de levar o pé na enorme traseria Cadillacana.Vá ser Pacheco assim lá o plin plin que partiu.

      • Frouxo é você, que ninguém sabe quem é?????????? ,
        eu não gosto das atitudes do Massa, mas você falar da moral de alguém devia dar cpf e R.G. pra gente saber a bela pessoa é vossa senhoria., enquanto deixarem trolls como você que fica fazendo um monte de nick sem ter que se identificar e falar da moral desse ou daquele a Internet continuará sendo essa M

      • ah e nem venha escrever de novo fizendo que é isso ou aquilo, sem mandar cpf r.g. e uma conta de luz pra gente saber teu endereço o troll

  21. Kleiton says:

    Parece que o Grupo de investidores fechou com a Lotus e vai quitar as dívidas do zé cachaça (que vai poder rever o ”menino da porteira” aqui no Brasil) e quer o Hulkenberg,o que poderia deixar o Maldonado a pé se a Williams já fechou com o Massa,ou o próprio Felipinho.

  22. Kleiton says:

    A Globo trata o telespectador como retardado.Rubinho então…nem se fala.O cara chega no Adrian Newey,tantas coisas interessantes para perguntar e o cara me vai com uma pergunta sobre o caderno do Newey,PQP.(sem falar no clássico ”saudades de mim” para o Ross Brawn).

    Galvão e Reginaldo também já deram o que tinham que dar,já fizeram excelentes transmissões mas hoje estão ultrapassados,vivem trocando nomes e isso para quem é fã,irrita bastante.(Talvez deixasse o Reginaldo)

    Foda é que se Galvão sair,quem assume é o Luis Roberto,o homem da expectativa,tá froids.

    • Gabriel says:

      Não é só na F1 que a Tv Brasileira trata os telespectadores como retardados, é na programação inteira.
      São programas para retardados, novelas idem, telejornais idem, etc, etc…
      E que falem idiotices é até compreensível, mas não precisavam repetir e insistir.

    • Irinaldo Barros says:

      Kleiton, esse tal de Luis Roberto também é conhecido pelos bordões “aquele carrinho vermelhinho – aquele carrinho azulzinho” e por aí vai. Carrinho é a PQP!!!!!

    • Ricardo says:

      Concordo, a crise de sucessão dos brasileiros na F1 passa também pela equipe de transmissão da globo, que está patética.
      Galvão, além de toda a chatice e esclerose de sempre agora está parecendo o faustão, não deixa ninguém concluir um raciocínio sequer.
      Os únicos que salvam desta equipe é o Burti e a Mariana.
      Penso que deveriam contratar alguém para fazer a sucessão do Galvão, alguém que só fizesse F1 e outros esportes a motor, alguém do meio, tipo o Mattar, o Seixas ou até tu, Flavinho…
      Luis Roberto é pior que o Galvão!

    • Não é querer defender ninguém , mas o “caderninho” do Adrian é importante ele é um dos poucos projetistas que usa demais a prancheta mesmo, papel, régua lapís borracha etc… Para quem sabe disso entende a pergunta do Rubinho., ou seja para quem não fica só cornetando, mas lê sobre F1.

      • Filipe Augustus says:

        Antonio eu concordo com todos os seus comentários, mais nem vale a pena ficar discutindo porque tem muita gente que só sabe criticar e falar mau, já entra nos blogs pensando no que vai criticar e geralmente essas pessoas não tem argumento ;)

    • João Carrieri says:

      O pior é o Galvão Bueno falando que o Webber está encerrando a carreira. E não foi só nesse GP, já vem falando isso há duas corridas, como se não houvesse vida após a F1. O cara vai guiar um carro sensacional, vai fazer as 24 horas, o Mundial de Endurance e o Galvão toda hora dizendo que o cara vai encerrar a carreira. Imagino que o Webber tá contando os dias para poder mudar de categoria.

  23. ms says:

    Foi um alento esta pole para Mark Webber e uma pena não ter ganho a corrida porque seria um justo premio para alguém que há tempos tem sua competência como piloto colocada em check por ter seus resultados, mais do que qualquer outro piloto do grid, confrontados com os de seu companheiro de equipe Sebastian Vettel sofrendo, com isso, sua imagem como piloto um estrago considerável (e a meu ver irremediável….) como aconteceu com Rubinho quando foi companheiro de Schumacher na Ferrari ou mesmo como acontece agora com Massa sendo companheiro de equipe de Fernando Alonso….e Webber sequer pode lançar mão da velha desculpa de não estar com o melhor carro do grid em suas mãos…..enfim, a situação de Webber foi e está sendo um verdadeiro massacre comparável somente ao sofrido por Barrichello quando foi piloto na Ferrari com a diferença de que Webber foi mais digno ao expressar suas diferenças com Vettel e a RBR do que Barrichello com suas declarações difamatórias a respeito de Schumacher e da Ferrari….(difamatórias pq nunca comprovadas…)

    • Nelson says:

      O pior que este “Arrelia genérico” falou tanto da Ferrari e não sai dos boxes dela. Vai ser sem vergonha assim na lua !!!

      • luiz alberto says:

        Desculpe-me Nelson,más o Sr. Waldemar Seyssel*Palhaço Arrelia* era muito competente no que fazia,nunca necessitou ceder o seu lugar para um colega mais competente e capaz de levar o publico ao riso,o que era sua função principal. Nunca seus empregadores duvidaram de sua capacidade de ser o astro principal do seu programa e o mandaram dar a outrem sua posição,e creio que ele sabedor de sua capacidade não aceitaria,pois era um profissional mais que competente para ser o principal da companhia circense.

      • esse Luiz Alberto é um troll, fica fazendo um monte de nick da R. g. e cpf pra falar dos outros o troll, isso se não você mesmo que escreveu em cima,.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *