AO UNO, COM AMOR

SÃO PAULO (que história…) – Legal demais o relato do Daniel Ribeiro Filho, ex-funcionário da Fiat, sobre os primeiros anos do Uno no Brasil. Foi o blogueiro Paulo Júnior que mandou. Daniel tem um excelente blog de avaliações de automóveis e foi o cara que recebeu o primeiro Uno em Confins, para o início dos testes que resultariam no modelo brasileiro fabricado em Betim. Isso em dezembro de 1981. Vale demais a leitura. E as fotos são absolutamente imperdíveis.

uno0001

Falando em Uno, acho que já contei que tive um SX em 1985. Ach0 que é um carro bem raro. Outro dia vi um tiozinho passando pela rua de casa com um SX vinho lindo, zerado. Mas não deu para fotografar. Qualquer hora ele passa de novo.

Subscribe
Notify of
guest

26 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fábio Maverick
Fábio Maverick
6 anos atrás

O site com a matéria e fotos do Daniel com a evolução do Uno sairam do ar :( Alguém a tem salva ou algum outro endereço eletrônico?

Rubens
Rubens
10 anos atrás

Falta o querido Uno na lista das 10 grandes invenções abaixo:
http://www.youtube.com/watch?v=q459yBkCt4U

Thiago
Thiago
10 anos atrás

Tenho um Uno Brio 1991 com 19 mil rodados originais. Está na família desde de Zero. Ótimo carro. Comprado pela minha bisa avó.
Sempre divertido colocá-lo na rua.

Danilo Cruz'
Danilo Cruz'
Reply to  Thiago
6 anos atrás

THIAGO, meu pai teve um Uno Mille Brio também, mas o vendeu, conserve o da sua família, pois já é raríssimo e custará caro futuramente!

Daniel Ribeiro Filho
10 anos atrás

Caro Flávio,

Fiquei sabendo pelo meu amigos Marlos, do site AutoSegredos, que você havia feito esta postagem sobre a minha matéria do Uno que postei no meu site.
Acabei de ver e agradeço os seus comentários e elogio.
O SX era um fenômeno para a sua época. Bons tempos que não voltam mais.

Parabéns pelo o seu site,

Abraço!
Daniel Ribeiro Filho

Mavex
Mavex
10 anos atrás

Ele comentou todos os defeitos que o uno tinha na epoca, só faltou dizer que o monobloco costumava rachar na parede corta fogo e nas longarinas, que também apodreciam precocemente praticamente condenando o carro, e estranho não conseguirem resolvê-los antes do seu lançamento definitivo, o que o tornou o pior carro de sua categoria, apesar do desenho agradavel que o ajudou a apresentar numeros significativos de venda. Quando dizem que é muito raro encontrar um uno destes antigos em bom estado, é justamente devido a fragilidade e o excesso de problemas que apareciam ao longo da vida do carro, que faziam seus donos abandoná-los, assim como futuramente o fariam com o premio, oggi, tempra, marea e por aí vai. O uno só começou a melhorar mesmo em meados dos anos 90, com quase 10 anos de uso, epoca em que deveria era estar se aposentando.

alan
alan
10 anos atrás

O Uno foi o substituto perfeito para o fusca………..

Marcos Ramacciotti
Marcos Ramacciotti
10 anos atrás

Um amigo tem um, ou tinha, 1984 com 4 marchas, só não sei o modelo.

Arthur
Arthur
10 anos atrás

Tive um Prêmio CS 1.5 Sevel 1985 que era uma coisa maravilhosa… Minha mãe teve um Uno S 1.3 4 marchas que era diametralmente oposto (não tinha nenhum opcional, inclusive não tinha encosto de cabeça, e nem reclinava o banco – que era de “napa”).
Esse Uno vermelho da foto tenho 99,99% de certeza que era um SX Flavio, exatamente por conta do acabamento plástico no pára lama e os faróis de neblina, além do acabamento do banco. Fantásticos carros, e uma saudade absurda do meu Prêmio cinza tarumã, que ficou comigo por 8 anos (12 na família).

carlos lima
carlos lima
10 anos atrás

Realmente, a bela história de um sucesso. Bravo!

Felipe - Carros do Portuga
10 anos atrás

Você acha que o SX (dos antigos, claro) é raro? Eu já nem lembro quando foi a última vez que vi um. Já não se vê os “R” com facilidade e, quando pinta um, está todo detonado ou descaracterizado. E como eram charmosos esses Unos esportivos…

Bruno
Bruno
10 anos atrás

Nem me lembre em Uno…Semana passada vendemos o nosso Mille Fire e estou sentindo muita falta dele…

Mario
Mario
10 anos atrás

Foi o único carro q. tive (desde motor 1.3 e 1.0 fiasa) e atualmente com o 1.0 fire q. não deu problema mecânico. Manutenção preventiva e acelerar tranquilo. Econômico, boa estabilidade, espaçoso, ótimo no trânsito e qdo embalado na estrada. Se vc desencanar de mimos de acabamento, nível de ruído, melhor ainda. E o meu fire já é relíquia, xodó, desde 0Km. Sou fã.

Dú
10 anos atrás

A telemetria. Hoje um Iphone e uns fios conectados resolve.
Falando em Fiat, a Ferrari leu Interlagos anos atrás com uns Fiat andando a 2 por hora. Será que após troca de asfalto este ano vai novamente?

Gus
Gus
10 anos atrás

Muito bacana o site, ótimas fotos…belas lembranças, ainda mais para quem é mais afeito aos unos, carrinho sensacional e inteligente mesmo nos dias atuais.

Eric
Eric
10 anos atrás

Uau!!!!!!!Show de fotos e detalhes!!!

Lucas Martin
Lucas Martin
10 anos atrás

Que legal, já tinha acabamento plástico nos paralamas!!!

Alessandro Silva
Alessandro Silva
10 anos atrás

Show de bola o blog! Quantas recordações. Na minha vida foram duas Pick-up City (82 e 87), uma Pick-up Lx 89, uma Elba 89 e quatro Unos (na ordem: 96, 87, 95 e 2002). Destes todos, o único de quem não tenho bos recordações era a Elba 89 com motor argentino. Esta realmente me incomodou, mas já era na época (2000) um carro bastante usado. Mas de todos os outros, só tenho boas recordações. Eram todos carros fantásticos e sempre à frente do seu tempo. O Uno guarda para mim até hoje, o lugar de “Carro mais Inteligente” de todos os tempos. A partir dele e muitos anos depois, criou-se uma nova geração de carros que seguiam a mesma linha mas que na minha opinião nunca puderam ser comparados ao Uno principalmente pelo pioneirismo do pequeno italiano.
Meu Mille EP 1996 branco terá sempre um lugar no meu coração.

patrick
patrick
10 anos atrás

eu tinha um Prêmio azul ano e modelo 1986 4 marchas motor fiasa um carro bonzinho o meu me deu umas dores de cabeça mas peguei meio sambado!

guest
guest
10 anos atrás

Não sou fã do Senna (sou do Piquet) e nem da Adriane Galisteu, mas achei muito bacana ela manter o Uno ganho de presente por todos estes anos (apesar de alguns pecadilhos, como as calotas e frisos):
http://www.dailymotion.com/video/x1npb07_adriane-galisteu-dirige-fiat-uno-presente-de-ayrton-senna_auto

Fabricio de Souza
Fabricio de Souza
10 anos atrás

Esse carro é 4 marchas?

Estevão
Estevão
10 anos atrás

Tive um EP, ELX e SX Young.

João Baptista Jorge Pinto Filho
João Baptista Jorge Pinto Filho
10 anos atrás

Trabalhava na FIAT na época e vi esse primeiro Uno que chegou. Ele ficava escondido no fundos da fábrica, coberto com uma capa. Um colega mais ousado me chamou para vê-lo e levantou a capa. Pensei na hora: Que carro horrível !!! Depois me apaixonei por ele. Tive alguns zero km. Hoje tenho um Prêmio S 1985 4 marchas (raro ítem) em perfeito estado, nunca batido, pretendendo que seja o 1º placas pretas do Brasil.

Airton Silva
Airton Silva
10 anos atrás

A postagem do Sr. Daniel me fez lembrar que a revista Quatro Rodas de décadas atrás tinha um repórter caça-segredos, o Neemias Vassão.

Danilo Candido
Reply to  Airton Silva
10 anos atrás

Também fez lembrar que era (ERA) uma excelente revista…
Hoje já não empolga mais com sucessivos testes e comparativos de sedãs e carros mil sem sal.

Bruno
Bruno
Reply to  Airton Silva
10 anos atrás

É verdade, O piloto até tentou jogar cascalho e chaves de roda nos fotógrafos. Aliás, não sabia que eles usavam um falso protótipo (um Fiat 147) para confundir os jornalistas…