DESFALQUE

SÃO PAULO (não tá fácil) – Foi pelo Twitter que a Force India anunciou que está fora dos testes de Jerez, que começam domingo. São quatro dias a menos de preparação e desenvolvimento de um carro novo — que ao contrário do que muita gente escreveu, não foi apresentado no México; apenas a nova pintura foi mostrada.

As equipes pequenas terão enormes problemas neste ano. Victor Martins já falou sobre as dificuldades da Sauber. A Caterham é um mistério. A Marussia, outro.

Enquanto a F-1 fingir que nada está acontecendo, as coisas só tendem a piorar.

Subscribe
Notify of
guest

15 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcio Vieira
9 anos atrás

Vá para Formula-E, é mais barato, mais promissora e mais justa.

Pedro P.
Pedro P.
9 anos atrás

A F1 está em uma decadência contínua há alguns anos. E isso em todos os aspectos: como é que pode se auto-intitular o “topo do automobilismo” quando metade do grid é formado por pilotos não-profissionais, e sim pagantes? Piada! Virou mesmo brincadeira de famílias ricas.

roxxon valdez
roxxon valdez
9 anos atrás

vermie eclestone e suas mudanças anuais que são prejuizo certo para as equipes. motores de bat-bat, circuitos caça-niqueis e mickeys, novos grandes premios todo dia. esse ano o calendário deve ter prova até em zamzibar. tá aí…

Rafael Chinini
Rafael Chinini
9 anos atrás

os novos motores tem grande culpa nisso?

Alessandro Silva
Alessandro Silva
Reply to  Rafael Chinini
9 anos atrás

Sim. São muito mais caros que os antigos V8.

Magnum
Magnum
9 anos atrás

E já deu no GP que essa aí tá quebrando, está a venda e fedeu tudo!!!!

Dú
9 anos atrás

Pá. O sonho de uma festa no GP Brasil regada a Smirnoff, José Cuervo e Kingfisher indo pro ralo. Estes lançamentos virtuais confundem as pessoas.

Alessandro Silva
Alessandro Silva
9 anos atrás

Tenho pena dessas equipes pequenas até porque depois de um tempo, você se acostuma com elas e as mesmas se tornam muito simpáticas – caso de Sauber, Force India, Caterham e Marussia. Não gostaria de ver nenhuma delas fora do grid. Nem mesmo as super nanicas do fundão – que deixaram de ser lentas nunca ficaram fora dos 107%.
Mas fala sério. Agora, estou torcendo para que as quatro saiam, só pra ver o que diria Bernie Eclestone ao ver 14 carros no grid na Austrália.
Isso precisa acontecer. Esse cara precisa acordar.

luiz alberto
luiz alberto
9 anos atrás

Na verdade , na verdade que diferença faz????
A temporada de 2014 teve só duas equipes que venceram, as demais só comporão grid ,pois nunca tiveram qualquer condição de vitória, a unica que alem da Red Bull teria ,talvez alguma chance de vitória seria a Williams se tivesse um piloto mais experiente ou um mais decidido a fazer ultrapassagens,coisa que ela não contou na temporada,talvez quem sabe nesta em que seu primeiro piloto estará na sua terceira temporada na categoria.
Bem : voltando ao assunto, já faz muito tempo que a Formula 1 tem no máximo duas equipes em condições reais de vitória o resto é só figuração, eu não entendo esta choradeira pois quem acompanha a F1 sabe muito bem disto, e sem testes a coisa só tende a piorar,ainda mais com pilotos jovens e inexperientes sem Kms suficientes na categoria e sem treinos de adaptação só com ajuda Divina para não ter acidentes as pencas . (coisa de loucos e irresponsáveis,ainda bem que a segurança ativa e passiva dos carros são o que ha de melhor na atualidade)

Robertom
Robertom
Reply to  luiz alberto
9 anos atrás

Luiz Alberto, é preciso ter quantidade para oferecer um espetáculo de melhor qualidade.
Corridas com grid pequeno são um pé no saco.

sandro
sandro
9 anos atrás

Dizem as más línguas que ela está à venda

Fabio Amparo
Fabio Amparo
9 anos atrás

Tá feia a coisa hein?

Tomara que tenhamos mesmo 18 carros no grid na primeira corrida, porque do jeito que está é capaz nem mesmo desses 18 alinharem…

atila
atila
9 anos atrás

Caterham e Marussia são mistérios? Achei que já estava certo que elas não vão participar da temporada de 2015…

Celio Ferreira
Celio Ferreira
9 anos atrás

È pelo andar da carruagem , nas ultimas corridas teremos apena 14 carros.

Paulo F.
Paulo F.
9 anos atrás

Quem é pequeno tem que se satisfazer com modelagem computadorizada e daqui a pouco estarão vendendo treino em pais que não tem mais GP…
Pelo que eu sei fariam fila para entrar em Paul Ricard.