R.S.16 – TUDO PROVISÓRIO

SÃO PAULO (hoje vai ser punk)R.S.16 é o novo carro da Renault, cujo projeto foi iniciado pela turma da Lotus no ano passado, prevendo o uso de motores Mercedes. No meio do caminho os franceses compraram a bagaça, mandaram Maldonado embora, chamaram Palmer e Magnussen, mostraram a pintura preta e amarela no começo do mês e agora apresentaram o carro novo ainda nessas cores, mas avisando que são provisórias.

OK. Mas é pena, porque gostei dessa pintura aí. Se não for isso, que seja toda amarela. Está faltando carro amarelo nessa F-1 em 50 tons de cinza.

RS16BARCA

Sem zoeira, porque estou atrapalhadíssimo hoje, o que dizer do carro? Nada, seria chute qualquer avaliação que chegaria à óbiva conclusão de que tudo foi feito para otimizar os fluxos de ar, melhor o downforce e essas bobagens.

Em vez disso, noto a ausência de patrocinadores fortes, de novo, e percebo que a cada dia a F-1 vai abrindo mão de anunciantes. Quem gasta é o dono — no caso, a Renault –, que tem algo para colocar no mercado e usa a categoria para fazer propaganda de seus produtos.

A Red Bull é assim, também. A Mercedes só tem de forte a Petronas, parceira técnica, e a McLaren ostenta marcas de gasolineiras como Mobil1 e Esso, na condição de fornecedores, mais do que tudo. A Williams, com Martini, e a Ferrari, com Santander, são aquelas que ainda descolam uma grana boa de anunciantes. A Haas chega sem nada, a Manor também vem com o carro em branco (no caso azul e vermelho), a Sauber está na pindaíba, a Toro Rosso é Red Bull e a Force India leva as marcas das empresas de seus sócios na carenagem.

E vocês acham que crise é só aqui…

Comentários

  • que trabalho interessante na suspensão dianteira heim??

    qquer coisa que desvie ao menos um pouquinho dessa´´coisa´´

    pasteurizada atual sera bem recebido. se funciona? isso não é

    muito importante.

    eu gosto mesmo é de carro de corrida e F1 !! piloto? qquer um ta bom.

  • perguntas bobas que talvez já tenham sido respondidas aqui… mas quero fazer de novo: o WEC é tão mais sustentável que a F1? é mais barato organizar um campeonato de WEC do que de F1? Quem calcula os direitos e custos e receitas para cada prova do WEC e da F1? quem divide os lucros? um carro de WEC é tão mais barato que um F1? o WEC é mais interessante para os patrocinadores que a F1? E antes que algum bem intencionado venha me falar algo: EU SEI QUE NÃO É A MESMA COISA! mas eu não escuto as fabricas ou mesmo as equipes agonizando como na F1… olha a Manor… olha a Toro… a Sauber com carro versão Z do ano passado… eu olho as equipes das LPM 1 e 2 e não consigo ver que sejam mais baratas ou menos custosas que uma equipe de F1… Não vou falar de Nascar ou de IRL pois tenho certeza que alguém vai dizer de novo que não são a mesma coisa. E ai tenho que concordar: as duas são geridas de maneira corporativa, visando lucro sustentável, dando ao publico ouvidos e atendendo a demanda…

    Sobre o casco: se a Renault trocar que ao menos seja para algo amarelo e preto ou amarelo vintage completo. Mas adorei essa pintura.

  • Concordo que a crise não é só no Brasil, mas acho poderíamos estar passando por ela numa situação muito melhor que a que está. Não dá para não culpar o trabalho feito pelas pessoas que nós elegemos.
    Sobre a ausência de patrocinadores, comparando com outras categorias “menos populares”, a F1 passa por um descrédito tão grande que não compensa aos patrocinadores qualquer centavo de investimento. Abraços

  • Pela limpeza da frente, o motor ( derivado do Dauphine ) não deve ter tantos cvs assim para empurrar a viatura.
    Não obtendo resultados ainda esse ano é uma incógnita para 2017 sua permanência na F1.. O carioca-frances-libanes não perdoa, corta!

  • A crise na F1 só existe porque ela custa muito caro. Então, as equipes querem repassar esse custo aos anunciantes só que não dão retorno pros caras bancarem a brincadeira.

    Seria muito simples resolver o problema da F1: adotar políticas em prol da competitividade, semelhantes às ligas – vejam só! – do país mais capitalista do mundo, como a NBA, MLS, NFL, etc. Assim, os orçamentos ganham um teto, o custo baixa, as equipes menores crescem, e com um pouco de esforço, se tornam auto-sustentáveis ao ponto de nem precisar de patrocinador “master”, como na NBA, NFL, NHL, MLB.

  • Notou o emblema da Renault? monocromático e bidimensional, não gosto deste mundo de ícones minimalistas inventadas pela Microsoft no W8. Prefiro as nuances e transparências hiper-realistas do W7, e da vida real.
    Comecei a notar isso quando a globo anunciou seu novo logotipo, na mesma tendência.
    Neste ritmo todos os carros da F1 logo serão, ou pretos como estão se firmando, ou brancos. Por horrível que seja a Manor lá em cima, mostrou personalidade rara, nenhum marqueteiro se arriscará a explicar as sensações que aquela pintura remetem. Alguém lá dentro gosta daquela cor e pronto!