MENU

Saturday, 28 de May de 2016 - 10:24F-1

DANS LA RUE (2)

danslerue2SÃO PAULO (sei) – “Sábado tem pole da Mercedes”, escreveu o sabichão aqui quinta-feira.

Ô.

Bom, não teve. O que teve foi uma volta anormal de Ricardão, para cravar 1min13s622 e fazer a primeira pole-position de sua carreira. Sim, primeira. Até então, tinha quatro segundos lugares em grid — Austrália e China em 2014, Cingapura em 2015 e China de novo, neste ano.

Abrir a lista de poles com Mônaco é bom para qualquer um. Não só porque demonstra um talento acima da média — mais ainda quando se bate uma equipe tão dominante como a Mercedes –, mas porque coloca qualquer piloto na condição de candidato à vitória no Principado.

Ricciardo é favorito?

Olha, é corrida para apenas uma parada. Assim, estratégia de pit stops não é algo que será decisivo. Pode ser, apenas, no caso de um safety-car — o que não é raro em Monte Carlo. Aí, tudo passa a ser uma questão de sorte. Dependendo do lugar da pista em que o piloto estiver na hora em que alguém der uma panca, dá até para receber uma vitória no colo. Mas em condições normais de temperatura e pressão, numa prova sem surpresas ou intempéries, sim, é favorito. O pole sempre é favorito em Mônaco. O problema para o australiano é que pode chover. Se isso acontecer, pode-se esperar qualquer coisa do domingo nas ruas chiques da Côte D’Azur. Aliás, chuva é a torcida de Hamilton.

E o que aconteceu com a Mercedes, afinal de contas?

Não aconteceu nada de muito especial. OK, aconteceu para Hamilton, que na hora em que ia para a pista no Q3 chamou a equipe pelo rádio. “Tem alguma coisa estranha aqui”, avisou. Os mecas foram correndo até a saída do pitlane e trouxeram o carro de volta, numa longa jornada — a garagem da Mercedes é a primeira, na outra extremidade dos boxes. Mexeram sabe-se lá em quê, até que devolveram o inglês à pista quando faltavam 6min30s para o fim da prática.

No início, Comandante Amilton deu a impressão de que estava andando apenas com três cilindros. Preparou sua tentativa única com zelo e cautela, lento que dava dó, até acelerar de verdade para fazer um tempo 0s320 pior que o do australiano cheio de dentes. Nas condições, até que não foi ruim. Larga em terceiro. Entre ele e Ricciardo, Rosberguinho. O líder do Mundial virou 0s169 mais lento que o canguru rubro-taurino. E olha que se esforçou. Mas não deu.

A volta de Ricciardo foi realmente especial. O chassi da Red Bull, é sabido, é muito bom. O motor Renau…, digo, TAG Heuer, calibrado com carinho por Mario Illien, não decepcionou e nem é tão decisivo assim em pistas como Mônaco. Junte-se a isso um piloto muito bom, e é a chance que pinga para bater um time hegemônico.

A Mercedes vinha enfileirando poles desde o GP de Cingapura do ano passado, onde Vettel largou na frente. Eram 11 seguidas. Desde o início de 2014, quando começou a era prateada na F-1, foram 41 poles em 44 corridas. Além dessa de Tião Italiano em 2015, a lista de poles não-Mercedes teve uma de Massa na Áustria em 2014 e a de hoje do sorridente marsupial. Já a Red Bull não partia da ponta desde 2013.

Isso dá bem a medida da proeza de Ricciardo, embora seja importante ponderar que nem sempre vai acontecer. Em circuitos, digamos, “normais”, as coisas voltam ao… normal, ué!

Mas dane-se, o que vale é Mônaco amanhã, e vai ser interessantíssimo acompanhar a epopeia de Ricardão atrás de uma vitória improvável, com os carros da Mercedes em seu cangote. Isso se os caras não se enroscarem na largada, indo parar no fundo do mar. Veremos. E é importante lembrar que Ricciardo larga com pneus supermacios, e não os ultramacios com os quais fez o tempo da pole. Isso porque sua melhor volta no Q2 foi feita com o “supersoft”, numa aposta difícil de concretizar, mas que ele conseguiu. Era difícil andar mais rápido com o “SS” do que com o “U”. Deu certo, o que permitirá a ele esticar o primeiro “stint” e fazer a última parte da prova com os pneus mais velozes. Muito espertinha, a Red Bull.

polericmon

O top 10 monegasco teve, atrás do trio Ricciardo/Rosberg/Hamilton, um enfezado Vettel em quarto, a 0s930 do pole. Pelo rádio, o alemão xingou até a última geração de Remo e Rômulo. Raikkonen, o outro ferrarista, fez o sexto tempo, mas larga em 11º porque trocou o câmbio e perdeu cinco posições no grid. Hulk larga em quinto, num ótimo final de semana da Force India — que antes só andava em pista rápida, e agora está tudo ao contrário –, com Sainz Idade em sexto, Maria do Bairro em sétimo (olha os force-índicos aí de novo), K-Vyado em oitavo e El Fodón de La Clasificiación em nono. Bottas, o primeiro dos eliminados no Q2, herdou o décimo posto de Kimi.

E cadê Verstappinho, a grande sensação do Parque da Xuxa?

Putz, o moleque deu uma espanada e tanto no Q1. Na sua primeira tentativa de volta rápida, na última chicane antes da Rascasse, pegou o guard-rail do lado direito, quebrou a barra de direção, o carro ficou troncho, saltou na segunda zebra e deu na parede. Foi a segunda bandeira vermelha da primeira parte do treino — antes, logo que saiu dos boxes, Felipe II explodiu o motor e a sessão teve de ser paralisada.

Pena que as câmeras não mostraram a cara de Kvyat na hora em que Max se estatelou. Em russo, ele deve ter mandado um “chupa!” com a boca cheia. Até porque terminou o Q1 em sétimo. Vettel ficou com a primeira colocação. Dançaram Sonyericsson, Palmer (cadê o apelido desse cara?), Haryanta, Wê Lá Hein? e os dois já citados que pararam no meio do caminho por conta de seus infortúnios.

No Q2, a briga para escapar da degola seria equilibrada entre a turma do segundo pelotão. Lá na frente, Hamilton cravou um convincente 1min14s056, que só seria batido no finalzinho por Rosberg, 1min14s043. Ricciardo, com seus supermacios, ficou a 0s301 do britânico. O vexame ficou por conta da Williams, que não consegue andar nadica de nada em pistas lentas. Sapattos foi o primeiro degolado, seguido por Gutierros, Bonittón, Massacrado, Grojã e Magnólia Arrependida. Sim, vocês estão certos: Alonso passou de novo para o Q3! Avançaram, pois, as duplas de Toro Rosso, Mercedes, Ferrari e Force India, e os avulsos de McLaren e Red Bull.

Aí foi aquilo que já contei, Ricardão estourando a banca para animar a festa. O mundo dá voltas, mesmo. Há duas semanas, o cara voltou para casa macambúzio com a vitória do fedelho que acabara de chegar no pedaço. Hoje, subiu o elevador de seu prédio — ele mora ali do lado — expondo a arcada dentária alvíssima para quem o encontrasse pelo caminho. Enquanto isso, o menino imberbe engolia o choro.

É assim que são as coisas.

65 comentários

  1. Palmirinha é um bom apelido, em homenagem à velhinha da televisão (será que ainda está?)

  2. Ronald Wolff says:

    A primeira que veio à cabeça foi manga palmer….

  3. Glauco Tavares says:

    Sergio Maurício (narrador Sportv) foi eleito o melhor narrador brasileiro pela audiência do Grande Prêmio, certo!!??
    Mas pelo jeito tem fulano aqui falando bobagem numa tentativa ridícula de agradar o F.G. E ainda é desinformado, não sabe que o F.G já elogiou o cara. Puxa saco tem em todo canto mesmo… Coisa feia!

  4. Cristiano Ferreira says:

    Apelidos pro Palmer

    Folião (Jolyon) Palmas

    Dollyon (do guaraná Dolly) Palmer

    Pro sobrenome PALMER eu não tenho nada de interessante no momento.

  5. Glauco Tavares says:

    Legal demais a pele de Ricciardo, o cara pilota muito e ainda é boa praça. Tomara que vença a corrida, melhor ainda se tiver um pouco de emoção e disputa, assim não deixa qual brecha para os cornetas de plantão.
    Infelizmente o domínio da Mercedes não está em cheque, e não, não tememos disputa pelo título, nas próximas corridas onde o chassi não faz tanta diferença as flechas voltaram ao domínio sem maiores problemas.
    A zica de Hamilton parece não ter fim, ainda veremos muita cara feia e beicinho do garoto chorão…. Diversão garantida!

  6. Leandro says:

    Apelido pro Palmer: PALMATÓRIA! =D

  7. Marcos Vinicius says:

    Apelidos??

    Teve alguns muito bons nos comentários já – Palmirinha, Palmolive, Palmoriver -, se quiser usar o primeiro nome dele pode chamá-lo de Escravos de Jolyon

  8. alessandro says:

    Daniel Riccardo é um ótimo piloto. Torço para ele vencer e dar ao campeonato uma nova alternativa. Claro que isso dependendo da evolução da RBR.

  9. Alfredinho says:

    Uma pole atípica numa pista ultrapassada. Que Ricciardo aproveite bem sua posição de pólo e vença, segurando as Mercedes (o que não é difícil em Mônaco), levando o segundo triunfo seguido para a RBR.

  10. Dartha says:

    Flavio, qtas marchas tem um câmbio de F1 desse ano?
    Pergunto porque, assistindo a volta onboard do Ricciardo, graças a seu link, pude reparar 2 coisas:
    – a relação de marchas do Renault-Tag parece ser mais “encurtada” do que nos motores Ferrari. Não sei qual é o motor com mais potência e mais torque do grid, mas esse seria um bom artifício para se conseguir ganhar velocidade rápido.
    – Na saida do túnel, parecia que ele (Ricciardo) chegou a usar a “oitava marcha” (?????). Nenhum dos carros da Ferrari conseguiu isso.

    Realmente, a prova de fogo do “upgrade” da RBR será o GP do Canadá.

  11. moisesimoes says:

    – Eu torço pelo Ricciardo. Piloto agressivo que quando tá com o carro mais ou menos, mete a peia em todo mundo. Acho que amanhã ele dá uma volta até no sexto colocado.

    – Vai vencer se não chover, não furar o pneu, se o safety car não prejudicar, se um maluco não aparecer pelado na pista, se a tampa do bueiro não abrir, se o mecânico da roda, do macaco não falhar, se não atropelar ninguém nos boxes, se o mecânico liberar de forma segura, se o motor novo não estourar, se o MGU-K e o MGU -H não falharem, se o retardatário não atrapalhar. Acho que citei tudo. ah! Se largar bem. Ninguém tem pane seca nessa F1 da economia. Não é possível.

    – Vestappen bate na corrida em Mônaco de novo, pega uma corrida de suspensão; bate de novo, quase mata um fiscal, pega duas corridas de suspensão; bate de novo, quebra perna, fica duas corridas de fora e ainda sim Kyvyat não volta pra RBR.

    – Se tiver no dia de sorte, Alonso, experiente que é, pode conseguir algo bom amanhã.

    – Vettel na segunda temporada de Ferrari dando chilique. Não deve esquecer que nada nem ninguém é maior do que a própria Ferrari. Que tenha paciência e trate de se esforçar com o que tem. E ele bem que poderia entrar no modo “Raikonen” de vez em quando.

  12. Miguel varca says:

    Palmandado!

  13. Pepe Janzantti says:

    Palmito, pô!!!

  14. EDUARDO TEODORO DA SILVA says:

    Não sei se usar uma tática diferente vai ser bom para o Riccardo,o melhor seria marcar as Mercedes, aposto com qualquer um que as Mercedes serão bem mais rapidas que a Red Bull na corrida e parando antes podem pular na frente e ai adeus,arrisco até que a Ferrari será bem mais eficiente na corrida, suspeito que eles não estão conseguindo aquecer os pneus e para uma volta é fatal, para corrida o problema é só passar numa pista sem ponto de ultrapassaguem e iniciar bem a corrida, sobre o Vesrpatem quem nunca fez besteira em Monaco que atire a primeira pedra.

  15. Carlos says:

    Jolyon Palmer… Dolly on Power

  16. Ricardo says:

    Anormal?
    Desde quinta vinha dando pinta que poderia brigar pela pole.
    Fez uma grande volta e meteu a pole.fim.

  17. Evandro says:

    Palmer é leva, o Jolion que dá mais margem.

    Apolônio, Sólimões, Jumentón.

    Palmito.

  18. Thiago Azevedo says:

    To torcendo pro Ricciardo. A treta é que se o segundo colocado se mantiver na cola, entrar para os boxes antes e não pegar tráfego na saída, leva. Não é tão difícil disso acontecer.
    Canguru desolado, marsupial sorridente… a segunda irradiação dos mamíferos rolando na Red Bull!

  19. Fernando do Amaral says:

    Convém dizer que o motor do carro de Ricciardo é melhor que o do Verstappen nesta corrida ; o australiano meteu um segundo de diferença sobre o holandês na quinta-feira, e, ao que parece, este ficou sem saber o que fazer para alcançar o team mate e acabou se estatelando — numa pista sem área de escape , estreita e imperdoável com o menor erro.

  20. Ze Dendagua says:

    O apelido: Palmer-Maid. Heh heh heh

  21. Daniel Canto says:

    Apelido pra Palmer – Dona Palmerinha

  22. Ze Dendagua says:

    Bota Palmerd, heh heh heh

  23. Luis says:

    Olha, não é a melhor sugestão para um nome pro Jolyon Palmer, mas pode ser chamado de “Jotalhão” Palmer, pela velocidade empregada nas pistas e as costumeiras opções pelos pneus mais lentos nas corridas (isso se não usar o ultramacio na corrida de domingo…).

  24. Carlos Albuquerque says:

    Palmer? Pall Mall.

  25. GunneR says:

    A Ferrari é a única equipe da Via Láctea que consegue fazer um tempo no Q3 pior do que no Q2. Parabéns!

  26. Marcos POF says:

    Palmerense.
    Bastante dúbio…
    Abraços!

  27. Macário says:

    Só não entendi o Haryanto na frente do Pascal Wehrlein. Tomou pau em todos os circuitos, às vezes com diferença de mais de um segundo, e consegue ficar na frente justo em Mônaco?

  28. Fora Ataulfo Dido says:

    A equipe q tem a melhor dupla de pilotos é a RBR!!

  29. Marcelo Montagnini says:

    Palmer
    Palmolive
    ou Palmoriver.

  30. MarcioD says:

    E até quando vai durar este tal azar do Hamilton? Fica até parecendo uma moeda que se lança varias vezes e só cai num lado.

  31. Micromax says:

    Vestapinho quis dar uma de Senna e acabou se estrepando,kkkk!!

  32. Fernando Kesnault says:

    Hi amigo Flavio…em direto as 24 horas de Nurburgring com varios tempos em cada local do circuito de 25.678 metros…..uns com muita chuva numa calamidade…outros secos…lindos carros…como sempre são da GT e publico ha uma semana no local…..enfim…festa melhor e maior que a fajuta e obsoleta f-1……abraços

    https://www.youtube.com/watch?v=5zspyrZ07Ok

  33. Fabricio says:

    Por que não chama o Palmer de “Palmirinha”… rss…

  34. Márcio Haddad says:

    Palmer até onde me lembro era Palmirinha.

  35. Farid Salim Junior says:

    Tomara que vá pra equipe francesa, mesmo! Ela evoluiu desde o início do ano, enquanto a Williams parece parada em 2014!
    Se o Alonso ainda busca o seu tri, porque o Felipe não pode sonhar em voltar a vencer? Não creio, contudo, que ainda haja muito tempo para isso. Se em dois anos não conseguir voltar a disputar o título, melhor volar e correr de Stock car tupiniquim…

  36. ELTON RIBAS says:

    Que prova é mais importante? Indy 500 ou GP de Mônaco? Vídeo interessante: https://www.youtube.com/watch?v=66vFrjlvyeE

  37. Allan says:

    2 nonos? No mais, torço pra chover durante a corrida senão será mais uma procissão daquelas.

  38. Brabham-5 says:

    Pra mim, torcer por chuva numa corrida é tão medíocre quanto “jogar na retranca”.
    Do tipo de quem prefere mata-mata aos pontos corridos, onde um time com a oitava melhor campanha num campeonato de meses pode ter chance de ser campeão em uma duas semanas, 3 ou 4 jogos.

    Pista seca e quem vença o melhor e não necessariamente o melhor carro, pra variar.
    Quem larga na frente, fez por merecer essa posição.
    O resto, que sejam mais rápidos e provem talento.
    Piloto bom mesmo, acha ou até “inventa” ponto de ultrapassagem mesmo em Mônaco!

    Essa chapuletada do Verstappen no guard rail era até esperada. Não basta ser só absolutamente rápido para ser um piloto fora de série e campeão na F1.

    Espero que tanto a RBR quanto os fãs de F1 tenham notado bem a diferença entre um Ricciardo e um Verstappen…

    E que o Verstappen também tenha percebido que ainda falta muito arroz-feijão e quilometragem pra ele. Talento tem. Mas é bom calçar a sandália da humildade de vez em quando…

    Que faça muito sol amanhã em Mônaco, e que as Mercedes se atrapalhem de novo. Aí será um corrida sensacional, embolados Mercedes, RBR e Ferrari!

  39. Diego - Floripa-SC says:

    Acho que o Ricciardo leva se não chover.

    Mas a menção honrosa (ou horrorosa) é para a Sportv, que equipe horrível, desinformada e o narrador é o pior que existe, dá até saudade do Galvão, e em matéria de Senna faz o Galvão parecer torcer para o Piquet desde pequenininho. Até o Lito e o Max Wilson ficam visivelmente constrangidos..

    Acho que a culpa não é do Lito e do Wilson (e sim da emissora que não dá a mínima condição de uma cobertura mais dinâmica), mas em época de internet e informação na hora eles não acrescentam nada de relevante no que falam

    • Roberto Mota says:

      Fora que o Lito e o Max insistem em chamar o Ricciardo de “Riquiardo”,e hoje o Lito deu mais uma escorregada, ao falar que o motor Ford era o pior motor da Fórmula Um em 1993. Hã?Como assim?

  40. Let it be says:

    Coloca Palme(rárá) já que o parmera não tem mundial…..

  41. Alexandre says:

    Se não chover ele está feito na vida, pois o tempo dele com pneu supermacio já foi muito bom e vai deixar os ultramacios pro fim, com carro mais leve.

    E reparou que o Lito Cavalcanti Mencionou o Grande Prêmio e o Victor Martins, sobre as conversas do Massa com a Renault ?

    Nunca tinha visto e nem sabia que a Globo deixava fazer isso. Achei bacana.

  42. Mickey says:

    Ainda bem que na Fórmula 1 não tem bobagens como grid invertido!

  43. Thiago Moyses says:

    Ele vai largar com pneus supermacios, diferente de todos os 10 primeiros que vão largar de ultra macios porque ele fez a melhor volta dele no Q2 com esse pneu, e mesmo assim fez o terceiro melhor tempo e só ficou 0.3 atrás do Rosberg que foi primeiro nessa fase. Ele vai segurar um batalhão atrás dele que vai destruir os pneus rapidamente. Se os acidentes e/ou safety cars não ocorrerem em momentos que alterem totalmente as posições (logo depois que a maioria acabar de trocar pneus, etc.) acredito que ele tem tudo para vencer. Mas, como você disse, A sorte pesa muito nessa pista, a não ser que ele abra uma volta do segundo e não dê bobeira.

  44. Segafredo says:

    Espero que a equipe não ferre com Ricciardo amanhã na corrida….porque na Espanha lhe tiraram a vitória pra fazer lobe com o “genio” (kkkkkk) Verstapen!!

    Monaco, separa talento de Fakes como esse menino e outros schukrutes da vida!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *