SING A SONG (3)

singd183

RIO (não é mole, não) – Bom, acho que acabou, né? A cara do Vettel acima diz tudo sobre este Mundial. Depois da vitória de hoje em Singapura, Hamilton abriu 40 pontos sobre o alemão. No breve momento em que a Ferrari pareceu ter um carro um pouco melhor, acabou levando um toco atrás do outro — a exceção foi Spa.

Vamos fazer uma breve análise das últimas cinco provas, a partir da Inglaterra, quando Sebastian ganhou “na casa deles” e ficou oito pontos na frente do inglês. Hamilton ainda vinha de um abandono na Áustria, momento ruim para ele no campeonato. Esses oito pontos após Silverstone não foram a maior vantagem do ferrarista sobre o mercêdico no ano. Depois da segunda etapa, no Bahrein, chegou a 17. Mas era comecinho de temporada, nada que desesperasse demais os prateados. Entre outros motivos, porque foram aquelas corridas que a gente chama de “atípicas”, com resultados determinados mais pelo Sobrenatural de Almeida do que, propriamente, por uma eventual diferença técnica intransponível entre os carros.

Então, voltemos aos últimos cinco GPs. Depois de ganhar na Inglaterra, a sequência era: Alemanha, Hungria, Bélgica, Itália e Singapura. O cenário para a Ferrari e Vettel era animador. Em Hockenheim não havia favoritismo muito claro para ninguém. Em Budapeste, nem a Mercedes esperava grande coisa. Spa e Monza, pistas muito velozes, deixavam os italianos animados. E em Marina Bay, se é verdade que na era híbrida a Mercedes não tem do que reclamar — são quatro vitórias em cinco corridas –, dava para encarar, pelo menos.

E o que aconteceu?

Na Alemanha, Hamilton venceu e Vettel bateu sozinho, zerando. Na Hungria, uma chuva no sábado deu a pole a Hamilton, que aproveitou o ensejo e ganhou de novo, com o alemão em segundo. Na Bélgica, Sebastian deu o troco. Mas se deu mal na Itália por não ter feito a pole, esfregou rodas com Lewis na primeira volta, caiu para último, terminou em quarto e viu o inglês levar mais uma. E hoje, um terceiro lugar discretíssimo graças a um pit stop ruim e na hora errada, que lhe fez perder o que poderia ser um aceitável segundo lugar.

Resultado: em cinco GPs, Hamilton marcou 118 pontos. Vettel, 70. Vamos fazer mais contas, e bem conservadoras. Se Vettel e a Ferrari não tivessem cometido tantos erros, ele poderia ter 25 pontos a mais pela Alemanha (o que faria Lewis ter sete a menos, se chegasse em segundo), pelo menos seis a mais pela Itália (se chegasse em segundo, digamos, em vez de quarto) e três a mais por Singapura (não fosse a parada equivocada, era muito possível). Seriam 34 pontos a mais. E Hamilton teria feito sete a menos. E o placar apontaria, hoje, 275 a 274 para… Vettel.

E teríamos um campeonato.

Mas não temos mais. Está dando tudo muito certo para o britânico, que além de tudo está guiando como nunca, em real estado de graça — estou ficando repetitivo. E na Ferrari, parece que a maionese desandou. Lewis ganhou hoje com 39s9 de vantagem para Vettel, o terceiro. Raikkonen chegou em quinto. Ambos, ontem, levaram uma surra de Hamilton na classificação. A tendência, de agora até o fim da temporada, é ver essa diferença só aumentar. O pentacampeão que será proclamado neste ano é Hamilton, não Vettel. A situação está absolutamente sob controle. E, do lado de lá, o controle já foi perdido.

singd182

Para vencer em Singapura, Hamilton teria de largar com segurança e contar com alguma cautela de Verstappen e Vettel. O roteiro sonhado se concretizou, porque Max não partiu bem e teve de se ocupar com o alemão nas primeiras curvas. Isso permitiu que Lewis se colocasse rapidamente à frente, sem ser ameaçado. Vettel foi agressivo e passou o jovem holandês. E logo entrou o safety-car, antes de fechar a primeira volta, depois da primeira presepada de Sergio Pérez no domingo: bateu no companheiro Esteban Ocon e jogou o rapaz no muro.

Na hora, achei que tinha sido um incidente típico de corrida. Mas ao rever a imagem de dentro do cockpit do mexicano, dá para perceber que ele vira sutilmente o volante para a direita, sem a menor necessidade. Ocon preferiu não entrar em polêmica e falou que “todo mundo viu o que aconteceu”. Mais tarde, na volta 34, Pérez atirou seu carro para cima de Sirotkin, impaciente que estava e irritado por não conseguir ultrapassar o pobre soviético da Williams. Uma manobra ridícula, que lhe custou apenas um drive-through. Merecia mais, o nervosinho “Checo”.

A relargada se deu na quinta volta e as posições se mantiveram: Hamilton, Vettel, Verstappen, Bottas, Raikkonen e Ricciardo nas seis primeiras posições. Mais do mesmo. E assim foi até Vettel resolver parar na 15ª volta, para colocar ultramacios. Na volta seguinte, Hamilton fez seu pit stop e colocou macios. E todos os outros fizeram o mesmo. Apenas Sebastian optou por uma borracha que possivelmente o levaria aos boxes mais uma vez.

Quando Verstappen parou, na volta 18, conseguiu voltar na frente de Sebastian, que perdera tempo atrás de Pérez na sua volta à pista. Ali a corrida morreu para ele. No fim das contas, nem precisou parar de novo. Mas seus pneus nitidamente não entregaram o que ele esperava. Ficou correndo sozinho até o final, em terceiro.

Houve um soluço de susto para Hamilton quando chegou nos retardatários na volta 37, permitindo a Verstappen uma aproximação improvável. À frente deles Grosjean e Sirotkin brigavam por posição e atrapalharam todo mundo. Mas assim que Hamilton passou, abriu de novo. E foi embora até receber a bandeirada para vencer pela sétima vez no ano, 69ª na carreira. Max e Vettel fecharam o pódio, o primeiro feliz da vida, o segundo derrotado até a alma. Bottas, Raikkonen, Ricciardo, Alonso, Sainz Jr., Leclerc e Hülkenberg fecharam a zona de pontos. Palmas, aí, para Alonso, para a Renault e para o menino Charles. Os demais foram, para dizer o mínimo, burocráticos.

A chance de uma reversão no quadro que parece irreversível é uma quebra ou alguma grande bobagem de Hamilton nas próximas duas ou três corridas, desde que Vettel converta eventuais intercorrências do rival em vitórias. Mas, sendo bem sincero, não parece muito provável, não. Como disse lá em cima, acho que acabou, mesmo.

Subscribe
Notify of
guest

190 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
ms
ms
5 anos atrás

hamilton só chegou nesta altura do campeonato a esta situação confortável em relação a vettel simplesmente pq PILOTA MUUIITOOO !!!!!!!

Viúva Solitária
Viúva Solitária
Reply to  ms
5 anos atrás

Eu também BEIJO MUUUUUITOOO!!!!!

ms
ms
Reply to  Viúva Solitária
5 anos atrás

que LLÍÍÍÍÍÍDÚÚÚ VEM ME BEIIJAAARRR!!!! Affeeee!!! meus sais!!!! porrrr favorrrrr!!!!!

Viúva Solitária
Viúva Solitária
Reply to  Viúva Solitária
5 anos atrás

Coitado! Não deu tempo, Quem sabe na próxima encarnação?

Alemão
Alemão
5 anos atrás

Sergio Perez jogou o carro propositalmente nas duas ocasiões…merecia bandeira preta
Vettel perdeu a corrida, mas tem muitos pontos em jogo. Hamilton tá foda, pilotando muito, mas se tiver problema mecânico em uma corrida, a diferença acaba…Td é possivel, mas ele está bem perto do Caneco. Alonso pilotou muito tb. Ele nesta Ferrari, estaria disputa pau a pau com Hamilton!

Antonio
Antonio
Reply to  Alemão
5 anos atrás

Se seu comentário é baseando em possibilidades, por que existe chances do carro de Lewis quebrar e os da Ferrari, não? É óbvio que um abandono de Lewis e Uma vitória de Vettel deixa tudo em aberto, mas a estatística é a mesma; Um abandono de Vettel sepultaria o caixão, já lacrado, do alemão.

Vai Vettel!
Vai Vettel!
5 anos atrás

Sebastian vai dar a volta por cima (de Hamilton) e vocês, coxinhas do inglês, irão assistir!
A virada vai começar a partir do próximo Gepê e não vai ter escudeiro capacho que dê jeito!

Vettel, um dos poucos tetras da história da f1 (quatro títulos seguidos).

Zanetti
Zanetti
Reply to  Vai Vettel!
5 anos atrás

De tempos em tempos surge uma louca histérica adoradora de alemães nesse blog.

Paulo Pinto
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

E vocês, “viúvas”, são o quê?

Zanetti
Zanetti
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

Suas inspirações, Pinto!

Paulo Pinto
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

Não deixam de ser, mas volto a dizer: sou comprometido!

TYRRELL
TYRRELL
5 anos atrás

Acho cedo ainda para dizer que Hamilton é penta, parece que a Mercedes achou um ˜pulo do gato” nestas férias que as outras equipes não perceberam. Talvez a pequena garoa ontem tenha ajudado o Hamilton de novo

Antonio
Antonio
5 anos atrás

Dois comentários:
1 – Impressiona a falta de capacidade dos estrategistas da Ferrari. Dispondo de milhões de dados para simulações, só conseguem fazer besteira. Ontem parecia a história da mãe que cutuca a pessoa ao lado e diz que o filho dela é o único do batalhão que está marchando no ritmo certo. Só eles tentaram sair com um pneu que nitidamente não suportaria – em bom ritmo – as voltas restantes, como ainda o colocaram no tráfego de um carro mais lento;
2 – É proibido desclassificar alguém na atual F1? Não bastasse Sérgio Perez tirar, deliberadamente, seu companheiro de equipe da prova na segunda curva, ainda deu um “chega pra lá” no pobre russo da Willians que foi vergonhoso de ver. Carros de F1 andam a mais de 200 km por hora em qualquer circuitinho de rua. Estão esperando o mexicano causar um acidente mais sério para puni-lo?

Junior
Junior
5 anos atrás

Um dos piores campeonatos da história da Fórmula 1, e olha que eu acompanho desde os anos 70. Todas as corridas estão chatas e o título foi decidido já na prova da Alemanha quando Vettel errou sozinho.

Comentarista Crítico
Comentarista Crítico
Reply to  Junior
5 anos atrás

Pior que os tempos do Schumi. Pois nos tempos do penta ele reinava soberano sem ter nenhum piloto páreo pra ele. Diferente de Vettel entre 2010 e 2013 e Lewis desde 2014 que tinham mais de um pilotos páreos. E os únicos Campeonatos bons dessa década foram o de 2012 e 2016. O do ano passado foi bom só na primeira parte. O desse ano a mesma coisa. A previsibilidade e tudo pior que em outras décadas, parece ser uma marca dessa década. F1 previsível e pior que nunca. Futebol chato e pior que nunca. Estamos em um tempo em que tudo tá chato.

Renato F1
Renato F1
Reply to  Junior
5 anos atrás

Pior por quê? Porque a Se Ferra-ri não está ganhando. Bom mesmo foi quando a máfia italiana ganhava tudo na metade do campeonato com o primeiro piloto. Aí, liberavam o segundo piloto para obter algumas vitórias e tentar sagrar-se vice-campeão. Estes devem ter sido os melhores campeonatos da história da Fórmula 1. Para você!

É cada um que me aparece!

Paulo F.
Paulo F.
5 anos atrás

A única chance de Vettel é Lewis quebrar a perna jogando pelada com o amigo Neymar.
Esta tudo muito chato!

Zanetti
Zanetti
Reply to  Paulo F.
5 anos atrás

Chato? Por que está chato? Por que o melhor piloto ira ganhar?

Vá dormir, chato!

Paulo F.
Paulo F.
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

Realmente o melhor piloto é Lewis, neste momento.
Bom seria ver ele ganhar com um carro inferior à concorrência.
Posso até dormir , mas não durmo de touca!

Zanetti
Zanetti
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

Que carro inferior! Larga de ser bobo. Isso é F1. Os melhores pilotos devem estar nos melhores carros.

Que papinho furado de brasileiro vira-lata.

Chato.

ags
ags
5 anos atrás

Após a prova de SingSing.. Hamilton vai só de instrumentos..
Alemão batata come quijo com barata… vai ter que rezar para segurar o vice..ou então Kimimamado vai socar na goela desse mimi germânico.kkk

Denis Roberto de Souza
Denis Roberto de Souza
5 anos atrás

Já tivemos o primeiro Penta do ano: Scott Dixon. Em novembro será Hamilton.

Mauro
Mauro
Reply to  Denis Roberto de Souza
5 anos atrás

Setembro

POLACO
POLACO
5 anos atrás

SEGUE LINK ABAIXO ASSINADO PARA RETORNO TRANSMISSÕES PELO SPORTV COM SERGIO MAURICIO E CIA….
https://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/42858

John Player
John Player
5 anos atrás

Lewis Hamilton é um fenômeno. Entra para a história.
Ele está acima de Ayrton Senna.
Parabéns, Lewis Hamilton!

Bola da Vez
Bola da Vez
Reply to  John Player
5 anos atrás

As viúvas vão comer teu fígado!

Jr.
Jr.
Reply to  Bola da Vez
5 anos atrás

Na vida, é totalmente aceitável que o discípulo supere o MESTRE.

Paulo Pinto
Reply to  Bola da Vez
5 anos atrás

Hamilton já se encontra acima de Senna desde o tetra conquistado no ano passado. Simples assim.

Segafredo
Segafredo
Reply to  Bola da Vez
5 anos atrás

Apenas pra vc e outras Schukruzetes, Pinto……..kkkkkkk

Paulo Pinto
Reply to  Bola da Vez
5 anos atrás

E Vettel também se encontra acima de Senna desde o seu tetracampeonato.

Brabham-5
Brabham-5
5 anos atrás

Vamos esclarecer de uma vez:
– Lewis Hamilton é o campeão – merecido com sobra – da temporada. As corridas que virão de agora em diante são só para cumprir tabela. Pura encheção de linguiça.
– Sebastian Vettel e a Ferrari erraram demais este ano. De novo. A “tática” de parada nos boxes antecipada (momento errado da corrida para Vettel) e a escolha de pneu (errada) são típicas cagadas que só a Ferrari comete quando mela de vez a chance de um de seus pilotos vencer uma corrida e/ou um campeonato.
– A Ferrari EM MOMENTO ALGUM foi o melhor carro nessa volta das férias do meio de ano. Por mais fenomenal que Hamilton seja como piloto, os resultados na pista, avaliando as Mercedes e Ferraris de Bottas, Hamilton, Vettel e Raikkonen, a Mercedes em momento algum se mostrou abaixo da Ferrari. “Ferrari, melhor carro, favorita” é uma lorota.
– Sebastian Vettel não é Michael Schumacher. Nem um pouco. Schumacher errava muito raramente (assim como Hamilton), e JAMAIS, mesmo com os pneus errados ou desgastados, perderia a posição para Max Verstappen no retorno do holandês para a pista, e pior, ainda se acomodaria com a terceira posição vendo Hamilton sumindo á frente de Verstappen e levando consigo sua última chance de lutar com o inglês pelo título. Chegando 40 segundos atrás do vencedor da corrida, Hamilton.
– Max Verstappen é o melhor segundo piloto “não-oficial” que Lewis Hamilton já teve. Nunca atacou o inglês por posição nenhuma, nem em circuitos truncados. Já no caso de Vettel, parece que sua maior alegria é chegar á frente do alemão ou dificultar ao máximo a vida de Vettel na pista. Não é conversa ou chororô de fã de Vettel. É fato. Basta pesquisar, usar a memória. Quem lembra de alguma disputa acirrada Verstappen x Hamilton por alguma posição, nem que seja numa saída de box?
E o Raikkonen, hein? Outro que mais atrapalha do que ajuda seu colega de equipe. Sem ameaça alguma a Bottas. Posso falar mal do Raikknen, afinal já paguei a DARF viu, tietes do finlandês? Bottas é melhor.

Segafredo
Segafredo
Reply to  Brabham-5
5 anos atrás

Mas a tua geração adora colocar certos pilotos no patamar de maior da história, apenas por não cometer erros, kkkkk……….Se isso não for o cúmulo da mediocridade então não sei! Hamilton é muito bom com certeza está entre os 5 maiores……..mas quantas vezes Ayrton fez coisas incríveis durante sua carreira? Por isso ainda não dá pra compará-lo com o maior de todos os tempos!

Zanetti
Zanetti
Reply to  Segafredo
5 anos atrás

Não responda a esse lunático, Segafredo. O próprio FG já pediu pra ele sumir. Como ele é teimoso, deixo-o falando sozinho.

Paulo Pinto
Reply to  Segafredo
5 anos atrás

Hamilton e Vettel já se encontram acima de Senna por já serem tetracampeões. Simples assim.

Zanetti
Zanetti
Reply to  Segafredo
5 anos atrás

Para um tonto viciado em número como você, sim. Para todo o resto da mídia mundial, especializada ou não, não!

Paulo Pinto
Reply to  Segafredo
5 anos atrás

A mídia especializada ERRA!

Errou ao dizer que o recorde de títulos de Fangio era inalcançável. Schumacher alcançou e passou! E será igualado por um dos postulantes ao título deste ano.

Errou ao dizer que o recorde de poles de Senna jamais seria batido. Foi batido por Schumacher e ultrapassado por Hamilton. Não demora e Vettel vai passar também!

peter
peter
Reply to  Brabham-5
5 anos atrás

É fato que Lewis teve um momento assustador e incidente potencialmente grave causado por Max em Suzuki, 2016. Lewis perdeu pódio por causa disto. Foi a famosa tática de defesa do Max (‘move under braking’) que rendeu até uma regra chamada de ‘Verstappen-rule’ (que, aliás, não existe mais).
Fora disto teve Bahrain esse ano, quando os dois tocaram rodas e Hamilton teve mais sorte do que Max, que furou pneu.

clodoaldo lelli
clodoaldo lelli
5 anos atrás

acaboooo, acabooooo

Clayton Araujo
Clayton Araujo
5 anos atrás

É penta! Hamilton está mostrando ao Vettel como se faz. Como se pisa nos adversários mesmo com um carro nem tão melhor que os outros. Os carros da Ferrari e Red Bull chegam colados mas sempre atrás dele. Ele meteu 51 segundos no seu companheiro de equipe enquanto a Ferrari e o Vettel vão se atrapalhando a cada corrida mesmo com um carro que dá pra vencer. São muitas trapalhadas do Vettel e da Ferrada. Acho que o Vettel só é tetra porque tinha um carro de outra planeta nas mãos.

emerson57
emerson57
5 anos atrás

Perez é o Fenati da formula um.

Gus
Gus
5 anos atrás

Análise perfeita! Já era…
P.s: O carro da Ferrari – decididamente – não é melhor que o da Mercedes.

Nick B
Nick B
5 anos atrás

Oieee.
Saudadinha do Nickinho, Fla?
Sei que sim.

Hamilton penta. Além da diferença considerável que abriu, o britânico está guiando o fino,.
Mostra-se sedento, alucinado e perfeito. A sorte lhe sorri enamorada no momento.

Já o Tião Italiano… Botou a violinha no saco em Singapura e sabe-se lá quando se assanha novamente. Para este fim de ano, só lhe resta uma brochada inexorável

Encerro dizendo que estou ouvindo Quiet Riot, Trouble, com o genial Randy Rhoads na guitarra, fase da banda que mais gosto, com todo respeito ao discaço Metal Health. E convido o amigo blogueiro a digitar Flavio Gomes no Google images. Uma das primeiras fotos o Fla está a cara do saudoso José Wilker. Bitocas.

CHAGAS
CHAGAS
5 anos atrás

Hamilton está pilotando demais, a pole que fez foi algo fora da realidade. Não está dando chance alguma ao alemão, e nas horas mais complicadas está com foco total, basta ver quando chegou em Grosjean/Sirotikin, mesmo com Max colocando o carro de lado, se defendeu sem sustos do assédio do holandês e esperou as tolices da dupla à sua frente sem afobação para ultrapassar com segurança.
Pra Vettel só um milagre.
Agora, há controvérsias quando falam que a Ferrari hoje é mais carro que a Mercedes.
Perez foi a piada da corrida.
Sirotikin…… fixi.
Vandoorne desaprendeu a correr.
Alonso encosta novamente na briga pra saber quem é o melhor do resto.
E o Sr. Marko? Perdeu o Ricciardo e informações de que Kvyat estaria retornando à Toro Rosso.
Esse cidadão colocou o Hartley na F1??? Agora traz de volta um piloto demitido recentemente???
Existem explicações para este último parágrafo?
Olha nada contra Kvyat que é mais piloto que muitos do grid, mas é muita patifaria para uma equipe tetra campeã do mundo.

Gustavo
Gustavo
5 anos atrás

Apenas para prestar uma homenagem a Fernando Alonso, que está de saída da F-1, pergunto: olhando em retrospectiva, estava ele certo ao sair da Ferrari?

Afinal, Vettel não foi, e não será ainda este ano, campeão pela equipe italiana.

Paulo Pinto
Reply to  Gustavo
5 anos atrás

Olhando em retrospectiva, estava ele certo ao participar do Singapuragate?

Zanetti
Zanetti
Reply to  Gustavo
5 anos atrás

Olhando em retrospectiva, estava ele certo ao participar do Hoje não, hoje não, hoje sim!?

Paulo Pinto
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

Schummy consertou o erro de Ross Brawn em Indianápolis no mesmo ano.

Alonso jamais vai conseguir consertar a tramoia de Flavio Briatore: vitória roubada, perda do título de Massa (se não fosse a correria nos boxes) e a carreira destruída de Nelsinho Piquet (que se mostrava uma das promessas na época).

Fernando
Fernando
5 anos atrás

Falei que nessa F1, já sabemos quem será o campeão antes do campeonato começar… E o Flávio achou ruim comigo

Bola da Vez
Bola da Vez
Reply to  Fernando
5 anos atrás

E você ficou chateadinho?

Renato F1
Renato F1
Reply to  Fernando
5 anos atrás

Já que é assim, adiante para nós, por favor, quem será o campeão e a equipe campeã em 2019 e em 2020? Já entrarei nas casas de aposta e ganharei um dinheiro com esta informação.

É cada um que aparece!

Charles
Charles
5 anos atrás

Eu se fosse a Ferrari já estaria me perguntando quem pode ser o meu próximo piloto a liderar a equipe, porque Vettel falhou miseravelmente. Verstappen?

peter
peter
Reply to  Charles
5 anos atrás

Sem dúvida Verstappen.

Paulo Pinto
Reply to  peter
5 anos atrás

Isso só vai acontecer quando Vettel já estiver na Mercedes.

luigi
luigi
Reply to  Charles
5 anos atrás

A falha não é só do Vettel,más também da equipe que vira e mexe,não é feliz na estratégia e ainda comete a idiotice de colocar o segundo piloto como rival ,muito antes do final do campeonato.
a casa di Maranello tem uma gestão de equipe muito menos eficiente que os tedescos e isto já vem desde os anos 30 , quando era freguesa da Mercedes Bens e da Auto Union, agora até que está melhor porque só tem uma equipe alemã, e as inglesas já não estão com seus melhores brilhos.

Fernando
Fernando
5 anos atrás

É comovente o esforço que fazem para que os erros de Vettel – um grande piloto – e da Ferrari sejam os verdadeiros protagonistas do campeonato. Segundo estes, ninguém vence uma corrida, um campeonato, 5 campeonatos, 7 campeonatos… O que parecem pensar estes “torcedores” – que chegam ao ponto de voltar ao passado e fazer contas mirabolantes para justificar o absurdo – é que só é possível perder campeonatos, jamais vencer! Vários campeonatos como fez Hamilton, com maestria e agora com uma Mercedes no máximo equivalente às Ferraris é inimaginável. Retirar o mérito e o protagonismo do melhor piloto da atualidade, varrer Hamilton prá baixo do tapete, estranho… Não consigo compreender, enfim…

Danilo A.
Danilo A.
5 anos atrás

Sim, o momento é dele, Hamilton. Sim, é favorito, tanto pelo que está pilotando, quanto porque a Mercedes parece ter se encontrado e alcançou a Ferrari.

Mas vamos com calma. Há 150 pontos em jogo e a vantagem é de 40. Isso aí daria 16 pontos na pontuação anterior, 14 na penúltima, 13 na clássica. É uma ótima vantagem, mas nada intransponível com seis corridas, ainda, pra terminar o calendário.

Sempre achei que o Flávio se impressiona demais com vantagens nessa pontuação nova. Claro que a pressão estará sobre Vettel e a Ferrari, mas um DNF do Hamilton já mudaria bastante o cenário. Não tem nada decidido, não.

peter
peter
Reply to  Danilo A.
5 anos atrás

O campeonato é decidido não necessariamente pela diferença na pontuação, mas sim pelo fato de Ferrari não ter sustentada a vantagem do pacote. A Mercedes quebrou o saque da Ferrari inesperadamente, e agora está com ‘match point’ nas mãos.

luigi
luigi
Reply to  peter
5 anos atrás

Peter, eu acho que toda equipe da Mercedes,(equipe técnica e pilotos ou piloto) fazem o jogo do jogador de bilhar ou de carteado, que deixa o “pato” acreditar que está em vantagem ,más no final é ele que ganha tudo..
No xadrez também é costume sacrificar algumas peças para dar o xeque mate.
E vamos concordar que tanto o Vettel com seus erros primários ,como a equipe com todas suas falhas também ajudaram muito a equipe tedesca

CHAGAS
CHAGAS
Reply to  Danilo A.
5 anos atrás

Você só está analisando a matemática, que obviamente mostra que se faltassem só duas corridas ainda não teríamos o campeão.
O que você não está colocando na balança é a fase/performance de Hamilton, ele está quase impossível de ser batido.

CRSJ
5 anos atrás

Com a Ferrari e o Vettel errando sem parar o Hamilton se torna Virtual Campeão Absoluto, e se continuar assim esse campeonato vai ser decido antes do Brasil.
Sergio Perez foi o Demolidor dessa corrida roubando a cena no Fogo Amigo e no Fogo Inimigo. A Globo economizou dinheiro colocando a mesma transmissão da TV Aberta no Sport TV.

Andre lourenço
Andre lourenço
5 anos atrás

Flavio,vc dono de uma equipe de ponta:
Apenas 1 vaga disponivel
Salarios iguais
Quem vc contrataria?
Hamilton ou Vettel?
Abs.

Boca
Boca
Reply to  Andre lourenço
5 anos atrás

FG é fã do Vettel.

Paulo Pinto
Reply to  Boca
5 anos atrás

O blogueiro tem bom gosto.

Renato F1
Renato F1
Reply to  Andre lourenço
5 anos atrás

Tanto faz um ou outro. Desde que o motor seja Mercedes-Benz.

Comentarista Crítico
Comentarista Crítico
5 anos atrás

Vettel só vai bater Hamilton quando correr o que correu em 2013. Das 4 temporadas que Sebastian venceu, a única que se viu o talento do piloto além do carro foi 2013. Nas outras 3 temporadas vencidas pelo Alemão, sempre ficava aquela impressão que todos usam como argumento óbvio pra criticar o Alemão: Ganhou só por causa do carro. Depois de 2013, Sebastian regrediu e parece ter desaprendido. Enquanto Lewis no mesmo período só evoluiu e só amadureceu. Lewis está no ápice. Pra perder, vai ter que encontrar alguém no ápice também. Vettel nessa temporada só não está pior que 2014 e 2016. Erros idiotas e inadmissíveis pra um cara de 31 anos e TetraCampeão. Ano passado com menos carro que nesse ano tava correndo melhor. Não é esse Vettel que vai ganhar o Mundial concorrendo com Hamilton. Ou ele reaprende e volta a correr o que correu há 5 anos atrás. Ou não vai parar de Hamilton vitorioso e Ferrari não vai parar de ver Mercedes vitoriosa. Eu que odiei a segunda parte da F1 há 5 anos, estou achando atualmente ainda pior. Pois os anos de hegemonia da Mercedes desde 2014 já ultrapassaram os da Red Bull entre 2010 e 2013.

Segafredo
Segafredo
Reply to  Comentarista Crítico
5 anos atrás

O schukrute não pilota nada, é o 2º maior Fake da história desse esporte!

Paulo Pinto
Reply to  Segafredo
5 anos atrás

“Viúva” invejosa e recalcada só dá chilique! Fique calma e leia o recadinho abaixo.

#TeuÍdoloVaiMorrerBi.

Renato F1
Renato F1
Reply to  Comentarista Crítico
5 anos atrás

Com todo o respeito, hegemonia foi de 2014 a 2016, quando a Mercedes ganhava o campeonato de construtores faltando 10 ou 9 corridas para acabar o campeonato. Aí sim, era um carro dela contra o outro dela mesma. Ano passado e neste ano, a disputa foi entre duas equipes diferentes. Se a Se Ferra-ri jogou o campeonato fora ano passado e está jogando o deste ano também, não quer dizer que no ano de 2017 e no de 2018 não houve disputa e hegemonia da Mercedes. Bom isto a meu ver.

Por fim, como torcedor da Mercedes, está ótimo de ver esta equipe ganhando o campeonato de construtores. Assim, posso zoar os meus vizinhos que torcem para as outras equipes que já tiveram os seus momentos de hegemonia (Se Ferra-ri e Red Mula).

Comentarista Crítico
Comentarista Crítico
Reply to  Renato F1
5 anos atrás

Renato F-1, então os 4 Campeonatos seguidos que a Red Bull venceu entre 2010 e 2013 não foi hegemonia. Já que em 2010 e 2012 tiveram concorrência com o Campeonato sendo decidido apenas na última corrida

Renato F1
Renato F1
Reply to  Renato F1
5 anos atrás

Comentarista Crítico, a meu ver, a Red Mula foi soberana, suprema entre os anos de 2010 e de 2013, porque no primeiro e no terceiro anos, o Alonso e a Se Ferra-ri disputaram o campeonato. Já no segundo e no quarto anos, não houve disputa, sendo a equipe dos energéticos soberana e hegemônica.

Bom, este é o meu entendimento. Fique à vontade para concordar, discordar e argumentar, se quiser. Estou apto a ler outro ponto de vista, se for o caso.

GASTAO
GASTAO
5 anos atrás

Gosto do Sergio Pérez: é rápido e agressivo. Lamentavelmente, também é babaca. Hoje, arruinou a corrida da sua equipa. Se no primeiro caso podemos discutir, incidente “normal de corrida ou não, no segundo, claramente tratou-se de condução antidesportiva..

Deveria ter levado com a bandeira negra e suspensão de uma prova (pelo menos).

Renato F1
Renato F1
Reply to  GASTAO
5 anos atrás

Bandeira preta.

Mas isto, a meu ver, o Vettel já deveria ter levado em Baku em 2017 por jogar deliberadamente o carro contra um adversário. Mas, como está na “equipe” de mafiosos, nada acontece.

Fernando
Fernando
5 anos atrás

Vendo a fantástica temporada que Hamilton está fazendo até agora, um fato que nada tem a ver com a fórmula 1 me vem à cabeça.
A carreira de Hamilton deslanchou a partir do momento que ele rompeu com seu pai. Ele, que conhece o “menino” Neymar poderia aconselha-lo a tocar de empresário.
Hamilton está brilhando esse ano! E Neymar, cada vez mais longe de ser o melhor do mundo.

Carlos
Carlos
Reply to  Fernando
5 anos atrás

Acho que não fez diferença, nas categorias menores ele era vencedor e tinha seu pai como empresário, talvez ele tenha rompido por não concordar com a gestão, a forma de lidar com as coisas que o pai fazia, isso eu acho, mas certeza é que a carreira dele sempre foi vencedora, ele não deslanchou.

RENATO
RENATO
5 anos atrás

Esse Hamilton é bom demais!

Bola da Vez
Bola da Vez
Reply to  RENATO
5 anos atrás

Huuuuuuum! Já entendi…

José
José
Reply to  RENATO
5 anos atrás

Além do Hamilton ser bom demais o Vettel é ruim demais, ganhou quatro títulos com um carro de outra categoria quando corre em iguais condições é apenas um piloto mediano.

Bola da Vez
Bola da Vez
Reply to  José
5 anos atrás

Ih, mais um!

Daniel alberto
Daniel alberto
5 anos atrás

quem diria hein ?? Hamilton estreou em 2007 e impressionou a todos passando Alonso na primeira curva e pontuando nas seguintes..lembro que os jornalistas não viam nada de anormal …era obrigação do “estreante”. Anos seguintes ja campeao , criticavamnpor suas barbeiragens …..senna schumacher no começo fazian isso tambem…já vettel sempre foi enaltecido no começo com a toro Rosso…. ganhou uma corrida mostrava um talento também mas sem ser constante a não ser quando teve o melhor carro em 10 11 12 13.. Dez anos depois Hamilton será penta mostrando que é o mais talentoso de sua geração. quem gosta do Vettel …tem q aguentar..Um aplauso pra Rosberg que mesmo sendo menos piloto conseguiu ganhar do Hamilton .

Jose
Jose
Reply to  Daniel alberto
5 anos atrás

Segundo o Galvão, era um piloto mediano que fazia uma excelente temporada de estreia.

Jbchaves
Jbchaves
Reply to  Daniel alberto
5 anos atrás

Piloto bom ganha corridas e as vezes títulos…piloto foda carrega o carro debaixo do braço….Hamilton está na turma dos phodas…

iron
iron
5 anos atrás

40 pontos hoje não é tanto ponto e o Vettel tem 6 corridas para tirar a diferença…. O negócio é se impor pra cima da Mercedes e tentar tirar na marra as vitórias do Hamilton… O inglês só vai jogar na retranca, mas vai ainda precisar de pelo menos um resultado mais rendoso frente ao alemão…. Se chegar só atrás pode perder o campeonato…

Luis
Luis
Reply to  iron
5 anos atrás

Jogar na retranca onde? Ele não pilota para segurar resultado, nāo, pilota para ganhar, ainda mais que há campeonato de construtores, ainda, bem como ser importante para a Mercedes. E, sabemos que, qualquer zica que pintar, pode descontar 25 pts de uma vez.

Bola da Vez
Bola da Vez
Reply to  Luis
5 anos atrás

Como é que um piloto pode jogar na retranca? Essa é novidade.

Fernando
Fernando
Reply to  Luis
5 anos atrás

Como pode um sujeito não saber o que é uma metáfora…

Carlos
Carlos
Reply to  Luis
5 anos atrás

Kkkkkkkk andando de ré?

Zanetti
Zanetti
Reply to  Luis
5 anos atrás

Chegando em segundo, como o Rosberg fez em 2016.

Se você fosse um pouco mais esperto teria entendido.

Paulo Pinto
Reply to  Luis
5 anos atrás

Rosberg fez melhor que o teu ídolo, que porrou o carro do Prost para ser campeão.

Zanetti
Zanetti
Reply to  Luis
5 anos atrás

Já o teu é mais eclético: Porrou o Hill, porrou o Villeneuve e mandou o Rubinho frear na linha de chegada.

Repertório variado para o maior vigarista da história dessa categoria.

Paulo Pinto
Reply to  Luis
5 anos atrás

Ah, Sennafredo Zanetti, você é tão inocente…

A tramoia do maior vigarista da história da categoria está fazendo 10 (DEZ) anos!
O Singapuragate chega a dez primaveras! E aí, “viúva”, vais encomendar um bolinho com salgadinhos? E não esqueça de cantar “parabéns pro Alonso…”

Zanetti
Zanetti
Reply to  Luis
5 anos atrás

Pinto chega em casa cansado e vê algo constrangedor no sofá.

No dia seguinte ele troca o sofá.

Paulo Pinto
Reply to  Luis
5 anos atrás

Ah, “viúva” recalcada! Preste atenção: Hamilton e Vettel já se encontram acima de Senna, por serem tetracampeões.

Leandro Batista
Leandro Batista
Reply to  iron
5 anos atrás

40 pontos. Se Vettel quiser ser campeão, terá de vencer todas até o final para não depender de mais ninguém….

Gadelha
Gadelha
5 anos atrás

Ora! Parem com essa de insistir que o carro da Ferrari é melhor do que o da Mercedes. A Mercedes evoluiu em Monza, e também em Singapura. E verão nas próximas corridas que a Ferrari está abaixo da Mercedes. Miltão pilotando muito!!! Bottas capacho! Vettel nocauteado! Raikonnen sem pressão no lombo!

Carlos Martinez
Carlos Martinez
Reply to  Gadelha
5 anos atrás

Perfeito

Bola da Vez
Bola da Vez
Reply to  Carlos Martinez
5 anos atrás

Exatamente!

Viúva Solitária
Viúva Solitária
Reply to  Carlos Martinez
5 anos atrás

Concordo! Vocês não passam de uns bobos.

Felipe
Felipe
Reply to  Gadelha
5 anos atrás

Exato. É um puxa-saquismo para o Hamilton. O carro da Mercedes está claramente melhor, é só ver que Bottas também está andando na frente do Raikonnen em classificação (segundo Sportv, o carro da Mercedes se mede pelo tempo do Bottas, então o da Ferrari pelo tempo do Raikonnen). Os papeis se inverteram. O carro da Ferrari etá melhor em circuitos rápidos, de longas retas e curvas abertas e o Mercedes melhor em pistas travadas como Singapura.

Fernando
Fernando
Reply to  Gadelha
5 anos atrás

E eu aqui novamente comovido com o esforço que fazem para desvalorizar Hamilton. Eu sei, é triste quando um piloto bom e tedesco como Vettel, admirado por muitos fanboys aqui tem poucas chances de vencer o melhor, mas é a vida. Senna tinha carro melhor, Schumacher tinha carro melhor, Vettel várias vezes teve carro melhor, quase todos os campeões tinhas carros melhores, muitas vezes eram invencíveis como Hamilton.

Hamilton perdeu para Rosberg com um carro igual, também venceu Rosberg. Estreou fazendo um campeonato pau a pau com um bicampeão. Teve campeões como companheiros de equipe e venceu. Hamilton disputa este campeonato com uma Ferrari no mínimo equivalente, melhor em alguns circuitos e momentos e pior em outros. Hamilton “é” o campeonato, não os erros de Vettel ou da Ferrari. Aceitem, perder provisoriamente para o melhor é uma grande honra, afinal, o campeonato ainda não acabou.

Paulo Pinto
Reply to  Fernando
5 anos atrás

Faltou dizer: Hamilton também perdeu para Button em 2011 com um carro igual.

Fernando
Fernando
Reply to  Fernando
5 anos atrás

Sim, faltaram também mais 150 coisas. Não é possível escrever tudo. Mas acho que deu prá entender minha opinião.

Zanetti
Zanetti
Reply to  Fernando
5 anos atrás

Fernando,

Mesmo que você escrevesse um texto com 8000 páginas o Pinto não entenderia. A menos que as todas as palavras nessas milhares de páginas fossem alemão, vigarista e Alonso.

Paulo Pinto
Reply to  Fernando
5 anos atrás

8.000 páginas, Sennafredo? Não foi preciso. Bastou uma frase para mostrar que o novo idolatrado das “viúvas” levou mais de uma porrada.

Paulo Pinto
5 anos atrás

O campeonato acabou, como assim? A diferença entre os ponteiros é de uma vitória e um terceiro lugar.

Mauro
Mauro
Reply to  Paulo Pinto
5 anos atrás

Hilário!

Paulo Pinto
Reply to  Mauro
5 anos atrás

Não deixa de ser hilário. É por isso que chamam de “circo da Fórmula-1”.
Eu perco o campeonato como torcedor, mas não perco a piada!

Hahahahahahaha!

Zanetti
Zanetti
Reply to  Mauro
5 anos atrás

Devia perder suas piadas, pois são péssimas até para o recreio da 2ª série.

Paulo Pinto
Reply to  Mauro
5 anos atrás

Não gostou, não leia! Simples assim.

Segafredo
Segafredo
Reply to  Paulo Pinto
5 anos atrás

Lembra que te disse no começo do ano………..”fique tranquilo que o pilotinho levaria”?

kkkkkk…..pois vai conseguir perder o campeonato, kkkkkk só um tedesco trapalhão mesmo pra conseguir tal façanha!!

Paulo Pinto
Reply to  Segafredo
5 anos atrás

Sennafredo. você está trocando de pinto com muita velocidade!
Começou com Senna, assumindo a condição de “viúva-mor”.
Depois passou a torcer chorosamente por Alonso, fazendo coro com o desertor do Vicellez.
Como a “Alonsomania” não aconteceu por culpa do Vettel. você pulou para o Kvyat, até o mesmo ser “rifado”.
Depois ficou de namorico com o Ricciardo, até descobrir que o cara não consegue nem um vice com o carro projetado por Adrian Newey.
Eu te vejo, agora, entusiasmado com o Hamilton. Finalmente você se encontrou!

Paulo Pinto
Reply to  Segafredo
5 anos atrás

Ah, sim! Só para lembrar. O meu pinto já tem dona.

Segafredo
Segafredo
Reply to  Segafredo
5 anos atrás

Sem argumentos, vc parte para idiotices então? Vc está realmente se mostrando quem é…….kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Chora Pinto, Chora!!!!

Zanetti
Zanetti
Reply to  Segafredo
5 anos atrás

*dono

Paulo Pinto
Reply to  Segafredo
5 anos atrás

Você se equivocou, Zanetti. Meu time é outro.
Nada contra. Desculpe.

Viúva Solitária
Viúva Solitária
Reply to  Segafredo
5 anos atrás

Sabem o que é isso? Falta de mulher…

Paulo Pinto
Reply to  Segafredo
5 anos atrás

“Viúva” invejosa e recalcada já existe aqui no blog e são várias. “Viúva” carente e encalhada, você é a primeira!

Zanetti
Zanetti
Reply to  Paulo Pinto
5 anos atrás

A diferença entre pilotos é muito grande.

Mas vai torcendo. Não perca a esperança!

Paulo Pinto
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

É tão grande a diferença que um deles está se mandando para a Indy, e o outro vai se mudar para a Renault.

Zanetti
Zanetti
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

Vettel nw Indy?

Hamilton na Renault?

Pinto, eu vou falar com seu médico para aumentar sua medicação. Você está tão transtornado que não consegue interpretar um texto simples.

Paulo Pinto
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

Vettel na Indy? Quem sabe um dia ele poderá tentar a Tríplice Coroa?

Danilo A.
Danilo A.
Reply to  Paulo Pinto
5 anos atrás

Pois é. A diferença é muito boa, mas nada que decida coisa alguma.

Flavio Padilha
Flavio Padilha
Reply to  Paulo Pinto
5 anos atrás

Corriere Della Sera…Itália…Singapore,
A luz de Hamilton amplia as sombras de Vettel
Basta olhar para Lewis para sentir uma busca autônoma de equilíbrio, uma quietude de consciência. Seb, em vez disso, oferece uma alusão repetida à desordem que o rodeia:
de Giorgio Terruzzi.
Mais e mais distante. Hamilton, tirado de uma fuga perfeita para tempos e métodos; Vettel enredado por laços nem sempre compreensíveis. Quarenta pontos de diferença, marcados pela luz, pela sombra. A luz que ilumina a carroceria da Mercedes e o rosto de Lewis; a sombra emanando o vermelho da Ferrari, o olhar de Sebastian. Dois homens se aproximam de uma condição semelhante de solidão, na qual um piloto encontra os gestos, os estímulos, as medidas para se movimentar naquele inferno agonístico.
Mas basta observar Hamilton para sentir uma busca autônoma de equilíbrio, uma quietude de consciência e, talvez, uma espiritualidade que, além disso, cita e ostenta. Ao fazer e desfazer, em sua maneira perspicaz de se comunicar, transparece o que ele produzirá ou que acaba de gerar um resultado surpreendente: maestria, serenidade, convicção.
A imagem que Vettel oferece em vez disso fala sobre uma involução. Recados e tiros, a alusão agora repetida a uma desordem que o rodeia, a incapacidade de lidar com seu próprio erro, o que o deixa desconfortável. “Eu sou o pior inimigo de mim mesmo”: aqui, esta é a única frase significativa, pronunciada na véspera do GP de Cingapura, durante a qual o inimigo ganhou outro jogo. Como se, nas dificuldades de sua própria solidão, ele tivesse a ver com a parte mais destrutiva de si mesmo. O que torna sua derrota tenra, amarga e assustadora.
Já acabou pessoal ! imprensa Italiana entregou os pontos. Só aqui no Brasil !!!! Já está falando em 2021….abs

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
5 anos atrás

O Hamilton e a Mercedes parecem uma fortaleza inexpugnável.

Dificílimo para o Vettel, o penta será Ingles, e merecido.

Bjerget
Bjerget
5 anos atrás

Assisti pela GLOBO até a volta 20 aprox, aí me obriguei deixar no “mute”. Isso porque um comentarista da “somos todos hamilton” deu a seguinte pérola: “Nos treinos Verstappen foi mais rapido que HAmilton, perdendo apenas na força do motor. Se ele estivesse em uma Mercedes provavelmente venceria a corrida deixando HAmilton em segundo”!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Ao que o narrador (mala sem alça) corrigiu logo, “É mas se ele estivesse com a MErcedes seria mais lento nas curvas” (tentou corrigir) Depois dessa desisto.

Bjerget
Bjerget
Reply to  Bjerget
5 anos atrás

*Mais rápido nas curvas.

Ed
Ed
Reply to  Bjerget
5 anos atrás

Ele devia ter dito que se a Red Bull tivesse motor Mercedes ele faria a pole, pois se Hamilton tem vantagem nas retas por ter mais motor, ele tem nas curvas por ter mais aerodinâmica.

Esses caras são ruins demais, foi um repórter que falou isso.

Leandro Batista
Leandro Batista
Reply to  Bjerget
5 anos atrás

Cara, quando eu vejo que é o Luis Roberto, eu coloco no mute. Não tem condições…

rogerV
5 anos atrás

Achei que Perez mereceria dois stop and go ‘no mínimo’… e uns pontinhos na ‘CNH’… – –que coisinha mais estressada este nhonho!
Seu Vettel vai ter que suar o macacão e contar com azar do L.H….

A. Coyote
A. Coyote
5 anos atrás

A ficha para alguns demora muito a cair. Vettel jamais teria ganho algo se tivesse de ter lutado.
Abs.

Lagerbeer
Lagerbeer
5 anos atrás

Não sei falar alemão mas usei o google tradutor … não sei se tá certo mas o Vettel ficou na foto com “Hintern Gesicht”

Segafredo
Segafredo
5 anos atrás

Mais um passeio pra cima do Schukrute, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Pinto, como esse cara conseguiu 4 títulos?? Eu respondo: Newey!!

#Vaitentandoschukrutinho…….vai

Paulo Pinto
Reply to  Segafredo
5 anos atrás

Sennafredo, sou comprometido. Isto posto, vamos ao que interessa:

Estou triste, porque o Mister Singapura vai nos deixar (será que vai ter bolo pelos 10 anos?). Mas, como diz o FG, a fila anda. Pena que para o espanhol trapaceiro a fila andou para trás! Hahahaha!

Tentarei me divertir com o Canguru Terceirizado na Renault meia-boca. Quem sabe, ele consegue dar um cacete em outro alemão… Hahahaha!

É o reinado da Mercedes, como também houve o reinado da McLaren de Lauda/Prost/Senna, o da Ferrari de Schumacher e o da Red Bull de Vettel. E não tenho lembrança de ter visto os projetistas desses bólidos pilotando os mesmos.

Zanetti
Zanetti
Reply to  Segafredo
5 anos atrás

No ano que vem Vettel será definitivamente enterrado pelo Leclerc e você até esquecerá o Ricciardo!

Paulo Pinto
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

Leclerc enterrando o Vettel? Acorda, Sennafredo! Você falou o mesmo do Ricciardo e veja no que deu! O Canguru Terceirizado nem em terceiro chega mais!

Hahahahahahahahahahahahahahahahahahaha!

Bola da Vez
Bola da Vez
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

Vocês só podem ser pirados!
A viúva fala do Vettel enquanto o Pinto tedesco fala de Alonso e esse tal de Zanetti fala que o Leklerc vai esquecer o Riccardo.

E ninguém fala de Hamilton!

Segafredo
Segafredo
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

Hamilton está no meu top 5 com certeza! dos que estão correndo aí, Só Alonso se encontra no mesmo nível!

Zanetti
Zanetti
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

Ricciardo corre na Ferrari, Pinto?

Procure novamente pela classificação do campeonato quando bos tinham equipamentos iguais.

E chore!

Paulo Pinto
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

Acorda, Sennafredo Zanetti!

Ricciardo está descendo a ladeira e só você não percebe! E com a Red Bull de Adrian Newey! Imagine com a Renault meia-boca!

Hahahahahahahahahahahahahahahahahaha!

Zanetti
Zanetti
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

Foi a Renault do Adrian Newey que teu alemão pecador não ganhou nenhuma corrida em 2014? Levou um kct do novato, deu piti, rasgou a calcinha e foi ser o eterno vice na Ferrari?

Paulo Pinto
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

Melhor que o Canguru que está em sexto no Mundial e já levando cacete do Verstappen!
O castigo um dia chega!

Hahahahahahahahahahahahahahahahaha!

Zanetti
Zanetti
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

Eu falei que alemães são como deuses para você. Você os idolatra e todos os dias presta uma homenagem a eles.

Ser humilhado pelo novato é motivo de castigo.

Mas só para você!

Paulo Pinto
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

Sennafredo Zanetti, preste atenção: todos os pilotos que você endeusou ou torceu, não foram muito longe!

Senna não passou de tri.
Alonso não vai passar de bi.
Kvyat foi “rifado” antes do anoitecer.
Ricciardo vem descendo a ladeira dos esquecidos.
Hamilton corre o risco de ver a mesa virada, a partir do momento em que você se encantou por ele.

Renato F1
Renato F1
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

Paulo, mas Senna não passou do tricampeonato porque foi roubado em 1990 e assassinado em 1994. Não sabemos até onde ele poderia chegar se estivesse vivo.

Segafredo
Segafredo
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

De certa forma Flávio, sim.

Zanetti
Zanetti
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

Tá bom!

Paulo Pinto
Reply to  Zanetti
5 anos atrás

Renato F1, quem foi roubado em 1990 foi Prost. Eu não acredito que a Williams tenha assassinado o piloto da época que ela mais desejava, apesar da emenda na barra de direção ter sido uma lambança sem igual.
Exercícios de adivinhação (se Clark não tivesse morrido ou Lauda não tivesse se acidentado, etc) não contam para o ranking da F-1. Esse princípio, inclusive, vale para todos os esportes.

Roberto
Roberto
5 anos atrás

Diiscordo de FG na contagem do se.
Segundo, FG, se Vertel e a Ferrari fizessem o dever de casa o campeonato estaria como ele disse: 275 a 274 para Vettel.
Errou!!!!!
GP da Australia, Hamilton lidetando com 18 segundos de folga para a Vettel e a Mercedes errou.
Refazendo as contas.
Sete a menos para Vettel e sete a mais para Hamilton.
Agora, 268 Vettel e 281 Hamilton.
GP da Austria Hamilton liderando, VSC entrou e o James da Mercedes comeu mosca, Hamilton caiu para quarto e quebrou.. Não tivesse quebrado…
Cenário 1: 25 pontos para seu Hamilton e Vettel ficaria com 12 e não 15.
Hamilton 306 – Vettel 265
Cenário 2:
Hamilton não quebrou: fez 12 pontos e vettelnmanteve seus 15
Hamilton 293 – Vettel 268
Dá para ampliar a diferença de Hamilton se a Mercedes não errasse.
Enfim, é isso.

Zanetti
Zanetti
Reply to  Roberto
5 anos atrás

Legal!

Você já pode dar aula no cursinho da Poli.

guest
guest
5 anos atrás

Se o Perez tivesse tomado um stop and go de 10 s no acidente com o Ocon, não teria havido o acidente com o Sirotkin, em que o Perez deveria ter sido desclassificado da prova, em vez do risível drive through.
Não é a primeira vez que esse sujeito “apronta”… vão esperar ele matar alguém?

Arthur
Arthur
5 anos atrás

É num campeonato assim que um piloto mostra que faz a diferença e não só o carro.

Bola da Vez
Bola da Vez
Reply to  Arthur
5 anos atrás

Bota ele numa Sauber e depois me conta.

Fernando
Fernando
Reply to  Bola da Vez
5 anos atrás

Na Ferrari ele estaria liderando, fácil.

Renato F1
Renato F1
Reply to  Bola da Vez
5 anos atrás

Espere aí: não avacalha tanto! Hamilton só correu com carros com motores Mercedes-Benz. Então, não tire esta exclusividade.

Pode colocá-lo para correr de Force India ou de Williams. Ou resgata a Manor e vamos ver no que dará.

Josenildo Melo
Josenildo Melo
5 anos atrás

Tudo isto só reforça a qualidade da pilotagem de Nico Rosberg

Bola da Vez
Bola da Vez
Reply to  Josenildo Melo
5 anos atrás

É isso aí! o carinha deu pau no Schumacher e no Hamilton.

Fernando
Fernando
Reply to  Josenildo Melo
5 anos atrás

Com o mesmo carro. E dizem que piloto não faz diferença.

Leandro Magnum
Leandro Magnum
5 anos atrás

Então temos um problema. Pelo jeito não haverá mudança no regulamento de motores…

Eduardo_SC
Eduardo_SC
5 anos atrás

Mesmo se Vettel não tivesse batido na Alemanha, teria sido ultrapassado por Hamilton que estava tirando 1.5s por volta na pista úmida em que todos estavam ainda com slicks. Vettel viu-se na obrigação de fazer bonito também para não ser humilhado. A partir desse raciocínio, caiu em desgraça. Está levando uma surra de pilotagem do Hamilton que está fazendo seu melhor ano. Focado e sereno.. Se o inglês não for Penta será Uma grande injustiça.

Edison
Edison
5 anos atrás

Agora acabou mesmo, podemos começar as apostas para saber com quantas corridas de antecedência o glorioso Hamilton será campeão.

Bola da Vez
Bola da Vez
Reply to  Edison
5 anos atrás

“o glorioso será campeão.” Você é botafoguense?

Giovanni
Giovanni
5 anos atrás

Percebi que a Globo deixou de mostrar a cerimônia de premiação há algumas corridas e estava achando ruim, afinal era um espaço para reflexão e considerações finais sobre a corrida e a próxima etapa, mas considerando a escalação do Luis Roberto para a narração, foi bom reduzir o tempo de transmissão. Ele até demonstra boa intenção e parece gente boa, mas é nítida a falsa emoção transmitida por ele além das suas tentativas e querer encarnar o Galvão Bueno nos tipos de comentários, e até em cumprimentar colegas de transmissão com um soquinho. É uma pena um profissional ter a chance que tem, com anos de experiência e ainda não ter autenticidade, originalidade. Na minha opinião, num produto que já vai de mal a pior, a Globo precisa refleltir sobre essa escalação, afinal, quem copia, na melhor das hipóteses é um pouco pior do que o copiado, e não tem coisa pior do que juntar a fome com a miséria.

Zé Tros
Zé Tros
Reply to  Giovanni
5 anos atrás

E o pior é que o Sportv não vai mais passar o vt das corridas. Optaram pela reprise da transmissão da Globo, infelizmente. Para o Sportv restou os treinos livres e a classificação.

Igor
Igor
Reply to  Giovanni
5 anos atrás

Pra piorar, trouxe o “sabe de queeeeeem?” medonho do futebol pra F1.

A. Coyote
A. Coyote
Reply to  Giovanni
5 anos atrás

Eu tenho queimado a língua. Pensava que pior do que o Galvão não existia. Existe sim, o Luis Roberto.
Abs.

Marcos Roberto
Marcos Roberto
Reply to  A. Coyote
5 anos atrás

Eu reclamava do Galvão até escutar a narração do Luiz Roberto no GP de Baku 2017. Nunca vi tanta gritaria numa transmissão. E o pior, ele conseguiu me fazer sentir saudades do Galvão kkkkk.

Danir
Danir
Reply to  Giovanni
5 anos atrás

O Time da Sport Tv, seria melhor.

luigi
luigi
Reply to  Danir
5 anos atrás

Não é muito diferente,más, ligeiramente melhor.
Só que ás vezes ficar ouvindo um ex piloto ou pilotinho de campeonato regional semi profissional, e de carreira internacional medíocre , falar mal de pilotos que estão em evidência e no top 8 da atual F 1 ,é de dar no enjoo .

Julio Cesar Gaudioso
Julio Cesar Gaudioso
Reply to  Giovanni
5 anos atrás

A Globo nem liga mais para a F1. Nem assessoria técnica e histórica dá para os locutores. Desde o ano passado deixa o Luis Roberto falar em ineditismo de duas Ferraris se chocarem na largada de um GP; Esquece do famoso GP da Espanha de 1975, em Montjuich, onde Lauda e Regazoni, ambos na primeira fila se chocaram na largada (culpa do Andretti) e abandonaram. Aquele GP foi narrado na Globo pelo magistral Luciano do Valle. Há um ano que Luis Roberto insiste nessa bobagem.
Aliás, não sei como o Stommelen e o Môco não morreram ali naquela panca, juntos com os fiscais. Até hoje tenho nítida a imagem do aerofólio do Embassy (Lola) do Rolf rodopiando no ar no final da reta., foi muito rápido

luigi
luigi
Reply to  Julio Cesar Gaudioso
5 anos atrás

Más ele não é do ramo ,não sabe a diferença de um prego para um parafuso. É que a rede globo acha que todo brasileiro que a assiste ,são os mais completos idiotas e que ela é a referência de “cultura automobilística”.
É só observar a FOX com seus narradores e seus comentaristas ,a diferença de quem é do ramo e quem é obrigado por dever de oficio fazer o que não é de seu conhecimento técnico. Pois na gyablo nem os ex pilotos conseguem passar para o telespectador comentários tão sábios,oportunos e em linguagem que agrada os tifosi de automobilismo como o mestre Edgard de Mello.

Renato F1
Renato F1
Reply to  Julio Cesar Gaudioso
5 anos atrás

Agradar a quem? Os com febre tifoide a quem você acha que se deve agradar estão cabisbaixos porque… são torcedores da Se Ferra-ri.

Agora, concordo com você, Luigi, que se deveria prezar pela qualidade da transmissão, colocando pessoas com mais conhecimento técnico e, no mínimo, revendo a corrida e a narração que fez para ver os erros que cometeu. Ninguém nasce sabendo, mas, mede-se a qualidade e o profissionalismo pela capacidade de melhorar e de evoluir. E isto, eu não estou vendo.

emerson57
emerson57
Reply to  Giovanni
5 anos atrás

Sugestã:
Desligue o som! Mute neles! Cerimônia de premiação?
desligue.
Ninguém mais vai puxar a sua atenção para o que NÃO está acontecendo! Nem contar uma história diferente da real. Essa narração de animador de compras de supermercado já deu. Desligue.
Faça isso também nos outros esportes. Moto GP não. Vale a pena ouvir o Guto Nejaim e o Fausto Macieira.

Crego Painceira
Crego Painceira
5 anos atrás

O problema foi o erro do Vettel na Alemanha.
Não fosse aquilo, seriam só 8 pontos de diferença. Uma virada seria perfeitamente possível

Eduardo_SC
Eduardo_SC
Reply to  Crego Painceira
5 anos atrás

Teria sido ultrapassado. HAM estava tirando 1.5s por volta que desconcertou Vettel. Mas concordo que caiu em desgraça depois disso

Flavio Padilha
Flavio Padilha
5 anos atrás

Perfeição!!! Uma análise correta, sem torcida por esse ou aquele piloto, mas o jornalismo de quem acompanha ( como eu desde 1968)…
Assistir a corrida pela rede globo, é um eterno exercício sobre o que se passa na cabeça de jornalistas sem rumo….Melhor piloto: Max e na última do Vettel, ele fez tudo certinho…Piloto do dia. E hoje! Hamilton não, Perez!..um deboche!
Do repórter de pista, (menos os pilotos que só falam coisas sérias Burti e Max ) só abobrinhas por conta da Vetellessancia que se abateu no canal…
Adotem o moreno, o melhor, o que vence a cada 3 corridas e caminha para ser o melhor piloto de todos os tempos…
abraços

Viúva Solitária
Viúva Solitária
Reply to  Flavio Padilha
5 anos atrás

Que história é essa de Hamilton caminhar pra ser o melhor de todos os tempos?
O melhor, o The Best é e sempre será Ayrton Senna!

Rafael Friedrich
Rafael Friedrich
Reply to  Viúva Solitária
5 anos atrás

Vendo os números de vitórias, poles etc. por percentuais o melhor é Fangio.

Paulo Pinto
Reply to  Viúva Solitária
5 anos atrás

Sempre foi.

Adriano
Reply to  Flavio Padilha
5 anos atrás

Excelente análise Padilha, o jornalismo sério e imparcial precisa de uma referência tal como está, para que outros não cometam o mesmo erro, que alguns torcedores disfarçados de jornalistas e comentaristas, vem cometendo em análises feitas com o coração e não com a razão.

Flavio Padilha
Flavio Padilha
Reply to  Adriano
5 anos atrás

Valeu…abs

carllos
carllos
5 anos atrás

Excelente análise. O leitor agradece. Bravo!