MENU

sábado, 8 de junho de 2019 - 16:25F-1

MONTE REAL (2): TEM JOGO

can196

Vettel na pole: primeira desde o GP da Alemanha do ano passado

RIO (já volto) - Vettel foi o Vettel que já está na história por seus quatro títulos mundiais. Fazia tempo que não brilhava. Desde o GP da Alemanha do ano passado não largava na pole. Com uma volta muito próxima da perfeição — ele disse que gostaria de repeti-la, porque foi “muito divertida” –, colocou 0s206 em Hamilton numa pista curta que, ninguém nega, favorece a Ferrari. Só no último trecho do circuito canadense, justamente aquele que tem uma reta interminável, foi nada mais nada menos que 0s298 mais rápido que o inglês. O motor falou alto.

Mas o piloto também. Apagado desde a debacle da temporada de 2018 que começou exatamente na Alemanha, Tião vinha sofrendo também, neste ano, com a concorrência de seu novo companheiro de equipe. Charlinho Lec-Lec é muito bom e conquistou a simpatia do público em geral com sua grande atuação no Bahrein e depois de receber ordens estúpidas do time que favoreciam o alemão.

Vettel se viu numa situação em que tinha de provar que não precisava de favorecimento nenhum da Ferrari. E hoje conseguiu. Foi uma pole muito bonita e comemorada. Que pode ser revertida numa vitória, por que não? No ano passado, ele ganhou em Montreal. Vai virar o jogo no campeonato se terminar na frente amanhã? Não. O título já é da Mercedes e de Hamilton. A superioridade é muito grande. Mas em uma pista ou outra, dá para encarar. E o circuito Gilles Villeneuve é um desses onde os italianos têm condições de superar um adversário quase imbatível.

Falemos desta classificação. Que teve no Q1 a primeira surpresa: o fiasco da Racing India, que ontem elegi como a “média do fim de semana”. Foi nada. Pérez, 16º, e Stroll, 18º, foram eliminados junto com os vitalícios Kubica e Russell e um terrivelmente lento Raikkonen. Lá na frente, Vettel e Leclerc ficaram em primeiro e segundo.

can194

Verstappen: fora do Q3 depois da batida de Magnussen

No Q2, Mercedes e Ferrari calçaram pneus médios em seus pilotos para garantir seu uso na largada amanhã. Não teriam muitas dificuldades para virar tempos que os colocassem no Q3. Hamilton e Bottas foram os mais rápidos e entre os degolados, nova surpresa: Verstappinho em 11º, caindo junto com Kvyat, Giovinazzi, Albon e Grosjean.

Explicações são necessárias aqui. Com o cronômetro zerado, alguns pilotos ainda estavam nas suas voltas rápidas quando Magnussen estampou o Muro dos Campeões. Ele já tinha o décimo tempo, mas estragou as voltas daqueles que vinham atrás. Max era um deles. “Foi azar”, resumiu o holandês da Red Bull. Três Hondas dançaram com a panca do dinamarquês da Haas. Além de Verstappen, os dois da Toro Rosso.

can198

Ricciardo: felizão no Instagram

O Q3 seria uma disputa de quatro pilotos, os dois da Mercedes e os dois da Ferrari. Hamilton fez 1min10s493 na sua primeira tentativa. Vettel foi razoavelmente bem, 0s188 mais lento. Leclerc, mal: 0s695 atrás. E Bottas, pior ainda: rodou e nem fez tempo. A segunda rodada de voltas rápidas viu Lewis baixar um pouco, para 1min10s446, e a Mercedes já comemorava mais uma pole quando Sebastian apareceu voando para cravar 1min10s240. “Eles estão matando a gente no terceiro setor”, reconheceu o líder do Mundial. Mesmo assim, ficou satisfeito com o segundo lugar. “Vamos fazer uma grande corrida amanhã”.

Leclerc fez a lição de casa e se ajeitou em terceiro. Na quarta posição, a maior novidade do fim de semana: Ricardão, levando a Renault à sua melhor posição de largada desde o distante GP do Japão de 2010, quando Kubica, então na equipe, conseguiu um terceiro no grid. Gasly ficou em quinto com a Red Bull, seguido por um amedrontado Bottas — como rodou na primeira volta, não quis dar uma de herói na segunda –, Hülkenberg, Norris, Sainz Jr. e Magnussen — que, claro, nem fez tempo depois da porrada no Q2.

“A gente estava precisando”, falou o engenheiro de Vettel (pode ser que fosse o Binotto, mas não tenho certeza) pelo rádio, enquanto o piloto cantarolava alguma música infantil e, depois, repetia em seu italiano risotônico “grande squadra, grande Ferrari, grazie”.

Vettel é um cara estranho, para os padrões de 2019: não tem redes sociais, não posta fotos no Instagram, não usa Twitter, não é visto em baladas nem em restaurantes caros. Coleciona motos antigas e vive numa pequena aldeia na Alemanha que ninguém sabe direito onde fica. Um jovem-velho — ou velho-jovem –, para seus detratores e para aqueles que não imaginam que pode haver vida longe da tela de um smartphone.

Um cara normal, para mim. E um piloto de primeira, que ainda tem muito a fazer na F-1. Um cara que, quando tem um carro decente — é o caso da Ferrari no Canadá –, vai para o jogo em condição de vencer.

Sim, vai ter jogo amanhã em Montreal.

38 comentários

  1. Comentarista Crítico disse:

    E o Vettel provando que tá na história como o piloto mais superestimado que a F1 já viu. É dose! Duas vezes o cara tem carro em condições de superar o Hamilton(Bahrain e hoje) e faz cagadas sozinho permitindo que o Campeonato continue nesse mais do mesmo desgraçado. Com a bela pole ontem, Vettel deu a impressão de que estava melhor sob pressão. Mas foi apenas uma falsa impressão e uma falsa esperança a quem assiste de que o Campeonato “tinha jogo”. Campeonato morreu! Já se sabe quem é o Campeão. Acho que não tem mais o que falar sobre o Campeonato. Só ver em que corrida o marketeiro mala do Hamilton vai conquistar o Hexa. Vettel teve 4 títulos e Alonso 2 títulos. Mas o justo pela qualidade dos dois pilotos, seria Alonso ter 4 títulos e Vettel 2 títulos. Não é um dos 16 grandes da história. Irvine estava certo! Se inspirou em Schumacher, mas não chega aos pés do ídolo. E levaria um belo coro se dividisse equipe com Alonso ou Hamilton.

  2. Felipe Fugazi disse:

    Fico feliz pelo Vettel.
    Uma grande corrida vai dar um tempero no mundial.
    E pro Hamilton a corrida tem de ser um olho na pista e outro na tabela de pontuação já que o Bottas vem de trás.

  3. Brabham-5 disse:

    Vettel ensinando mais uma vez a Leclerc porque existem primeiros pilotos e segundos pilotos.
    Pé pesado, muita vontade de vencer e falta de juízo não bastam.
    Não para quem quer ser campeão.

  4. Segafredo disse:

    Ricciardo é o cara!!

    Baita piloto, que merece ser campeão. Tomara a Renault consiga voltar para as cabeças em 2021 com o novo regulamento, pois, piloto pra alcançar a glória, eles já tem!

  5. Brabham-5 disse:

    Ouvir o trio da Globo (narrador, comentarista ex-piloto e comentarista especializado) dizendo no finzinho do Q3: “Só uma hecatombe tira a pole do Hamilton” (mais uma vez ignorando completamente o Vettel), e ver o Vettel batendo o tempo do Hamilton, fazendo a pole position e estabelecendo o recorde da pista, NÃO TEM PREÇO. Sebastian Vettel neste Sábado foi a maravilhosa hecatombe dos fanboys de Hamilton-Leclerc-Bottas-Verstappen.
    Só mesmo no Brasil para tratarem um ALEMÃO que é TETRACAMPEÃO como ZEBRA em suas apostas. Não aprendem mesmo.
    Gol da Alemanha

  6. Julio Felix disse:

    Sensacional os últimos parágrafos sobre Sebastian….

    Obrigado Flavio

  7. Vai Vettel! disse:

    É o início da virada! O pilotinho da Mercedes já tá na pressão!

  8. Gabriel disse:

    Ótima análise, Flávio. Você é um dos únicos do GP que ainda faz uma análise justa e imparcial a respeito do Vettel. O cara errou muito nos últimos anos e esta numa fase ruim? Sim. Mas com um carro inferior o piloto se vê obrigado a correr riscos. Apesar de tudo o tetracampeão sempre esteve ali.

  9. Andre disse:

    Que inveja do Vettel. Queria viver também redes sociais.

  10. Amaral disse:

    Gostei do Vettel. Pela pole e por não se render a escravidão das modernidades. Esse, o dia que ficar de saco cheio de acelerar, vai voltar pra casa dele, cuidar de orquídeas, cuidar de galinha e lustrar troféu. Em suma, vai cuidar de ser feliz.
    Apesar de que não duvido que ele no futuro resolva correr de tudo que tenha motor e rodas.

  11. Comentarista Crítico disse:

    Foi sem dúvidas a melhor pole do Vettel pela equipe.

  12. Ricardo disse:

    Justa análise com o Vettel! Tirando ele, Ricciardo tirou leite de pedra.
    Você acha que Gasly corre risco sério de não terminar a temporada como titular (num rebaixamento como o de Kyviat)?

    • Amaral disse:

      Considerando que lá tem um velho caolho surtado e com zero de paciência, não duvido. O francês vai ter que andar o fino. E ainda assim periga ir pra frigideira pra dar lugar pro kickboxer tailandês.

    • Brabham-5 disse:

      O Gasly classifica sempre na cola do Verstappen e já provou que é um piloto rápido e promissor. Conforme vai pegando confiança, vai melhorando. Vai ser uma sombra cada vez mais pesada para Verstappen.
      Gasly tem o mesmo inicio na RBR que teve o Verstappen quando chegou á F1, e na RBR.
      Seria uma burrice dispensá-lo, na minha opinião.

  13. Celio Ferreira dos Santos disse:

    Ferrari é só uma volta e em algumas pistas , na corrida a Mercedes é mais constante
    e vai dar Hamilton, que tem a seu favor , a atual situação da Ferrari , obrigada a vencer

  14. João de Barros disse:

    Se a Ferrari render 80% da mercedes Vettel bate o Hamilton com uma mão nas costas !!!! O Vettel é um Germânico brincalhão despreocupado até e às vezes leva um pouco de azar mas quando acerta ele é bem melhor que o levis issso sim!!!
    Se a Ferrari ficar próxima da mercedes mercenária até o fim do ano o campeonato muda de dono…. E os brazucas apostando no LecLec, brasileiro acredita em cada uma né Flavio….. Já Bottas é peão mesmo e ponto final. E o resto acho que nem conta….. Red Bulling até agora nada…..

    • Segafredo disse:

      Meu Deeuuss…….é só botarem uma pílula no carro do Scukrute em classificação(pois é isso que seu contrato de 1º piloto faz na Rossa), que as Schukruzetes ficam em polvorosa. Amanhã Vettel não termina a 1ª volta, como de costume vai se apavorar quando o Negão enfiar a Mercedes no lado, kkkkk!!

    • Thiago Moyses disse:

      Eu ainda acredito no Leclerc. Vettel é um excelente piloto (que já conquistou 4 títulos) mas precisa de sequência. Algo que Leclerc tem. Até o fraco Webber dominava algumas corridas do ano.
      Ainda acho a Mercedes superior como disse o Flávio, e mesmo se a Ferrari ficar melhor, precisa contar com quebras ou erros dos alemães, ou que o pilotão intermediário (mais difícil) comece a roubar pontos dos prateados. Basta a regularidade que conseguem o título.
      Comemorei a pole do Vettel, pilotou muito bem e espero que mantenha o ritmo amanhã. E se acontecer do Leclerc está mais rápido na média, espero que a Ferrari não faça a burrice de dar ordens.
      Acho que o Hamilton só larga em segundo porque é o Hamilton, corre muito.
      E Ricciardo prova que é um dos melhores do grid. Não só pelo quarto lugar, mas pelo tempo que fez.

      • Brabham-5 disse:

        ´Deixa eu ver se entendi: o Vettel, “veterano” com 4 titulos, há anos na Ferrari, “precisa de sequência”.
        O Leclerc, que chegou agora na Ferrari e por causa da sua estabanação já perdeu corridas com erros infantis e até já ficou fora de Q3, é que é mais seguro, constante e “rodado” para ameaçar Hamilton e Bottas?
        Continua assim que a Globo te chama para a vaga do Luciano Burti.

      • Segafredo disse:

        Chora chilikenta, chora…..mas o Schukrute não resistiu a pressão do Mirtão!

        Go 44…rumo ao HEXA!

      • Marmelada-44 disse:

        Jä vi que tu ė o único que guenta a pressão do Mirtão!
        E aï, tá dando pra guentar, viuvinha?

    • Fernando disse:

      Vettel é um ótimo piloto, mas é preciso muito mais do que uma pole de motor para vencer ou ser considerado melhor do que Hamilton. Hamilton é um fenômeno, outro patamar, só não percebe quem não quer.

  15. Alfredo disse:

    Vettel pilotou o fino do fino. Fez no braço essa pole.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>