MENU

Friday, 4 de October de 2019 - 18:50Rádio Blog

RÁDIO NICK B.

A indicação de hoje é Scorpions com “Still Loving You” no Rock in Rio de 1985. Eu estava lá, tomando Malt 90.

13 comentários

  1. Britto says:

    Último dia do RiR, e que dia foi aquele! Gil, Nina Hagen, B-52’s, e para coroar o meu motivo pra ir: o Yes. Nem liguei que bateram minha carteira no final…

  2. Antonio says:

    Eu fui em dois dias
    dia 11 – Queen, Iron Maiden e Whitesnake
    dia 19- AcDc, Ozzy, Scorpions e Whitesnake de novo.

    O melhor show foi do Queen e Scorpions. Páreo duro..
    Os shows do ozzy e acdc foram prejudicados pela chuva..
    fui me abrigar no Bob´s.
    Whitesnake foram ótimos
    Iron Maiden foi ótimo também. Mas acho que foi inferior ao Scorpions ,
    O Bruce Dickinson disse que o som deles não estava bom, tiveam problemas técnicos. Mas ver o Eddie gigante, e as músicas do Piece of Mind que é a obra prima deles, foi incrível,. Mas Scorpions teve uma pegada melhor de hits e um som mais limpo.

  3. Albert says:

    Impossível ler “Malt 90” e não lembrar do “Malt Nojenta”, trocadilho este citado no livro “Dois Cigarros”, que é muito bom, diga-se de passagem. Conhece esse livro? Recomendo!

  4. Nick B. says:

    Maior festival da história do Brasil.
    Jamais produzimos algo sequer parecido.
    Agora às galhofas;
    Falei no post do Pink Floyd sobre a adoração inexplicável do Fla com a Malt nojenta.
    Eu e ele fomos quase todos os dias no RiR 85.
    Falei também da tretinha havida entre FG e Cazuza.
    No show do Barão, Fla passou o tempo todo vaiando o vocalista. Tem até vídeos no YouTube do Caju parando no meio de uma música para se queixar de Fabinho, um paulixxxta chato viciado em Malt 90.
    Fla retrucou: Sai daí, Roger, enquanto houver burguesia não vai haver poesia! Em mais uma frase que se transformaria em verso famoso sugerido pelo paulista ao carioca tempos depois de baixar a poeira da animosidade entre os gênios.
    Mas Fla e sua indefectível Malt nojenta deram o que falar.
    Aquela água amarelada de espuma bege acabou com o discernimento e a pronúncia do Fla.
    Acredita que no.show do Al Jarreau ele firmou os olhos no palco, esfregou-os e me perguntou: É o Maico Jéco? Maico Jéco também veio? Antes que eu respondesse qualquer coisa, já tratou de engatar um Moonwalker naquela lama. Detalhe: Fla estava de calça de popeline amarelo limão, até o barro dar outro tom ao tecido.
    Chamou o James Taylor de Ney Latorraca.
    Gritou a plenos pulmões que Ivan Lins era tio de Harry Potter (o que só décadas depois vim saber que ele, Fla, sugeriu a criação do bruxinho à J K Rowling).
    Sem contar que até hoje ele acha que foi o Renato Aragão que fez o show no lugar do Ney Matogrosso.
    Cismou de levar um galo índio pro Ozzy Osbourne. Arrancar cabeça de morcego é moleza, dizia FG. Quero ver.com esse galináceo.
    No antológico show do Queen, fitou a Malt 90 com ternura e cantava arrastado: the loss of my life, you’ve hurt me…
    O duro é que ele não deve se lembrar de absolutamente nada porque a amnésia alcóolica causada pela Maltida nojenta era severa
    Mas eu marquei tudo no meu diário com a capa “Amar é”. Lembra dele, Fla?

    Bitoquinha

    Nick B

    • Flavio Gomes says:

      Realmente não lembro de muita coisa. A calça amarelo limão, sim. E o tênis Rainha sem cadarço. Onde anda esse diário? Tem coisa lá que é melhor que não se torne pública.

    • Gus says:

      rsrsrsrsr…sensacional Nick B! Por favor continue a escrever sempre sobre essas hilárias aventuras; tens muito talento e bom gosto musical.

  5. Edu Zeiro says:

    Em relação ao Scorpions, sou saudosista, mesmo. Não conheço nada dos caras após o “Love At The First Sting”, cuja turnê foi a que os trouxe ao primeiro RiR, no qual assisti ao show do sábado metal. Sou muito fã da fase Uli Jon Roth e adoro o “Blackout”, o mais pesado que já ouvi dos camaradas. Confesso que tenho um certo preconceito com a carreira “atual” deles por causa do cover da “Dust In The Wind”, da Kansas, música linda no original mas que pra mim não tem nada a ver com eles, Scorpions.

  6. André says:

    Malt 90!!! Foi longe!!

  7. Adilson says:

    Também estava lá, no sábado.
    Dos internacionais: Whait Snake (no lugar do Def Lepard), Ozzy Osbourne, Scorpions e AC/DC.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *