VAI COMEÇAR A FESTA (3)

Hamilton será hepta: Mercedes sai na frente de novo

RIO (amanhã, Bola Preta!) – Três dias, milhares de voltas e quilômetros percorridos, agora a F-1 para até a semana que vem e enquanto a gente cai no samba, engenheiros e técnicos debruçam-se sobre milhões de terabytes de informações para concluir que:

  • Na Ferrari, o carro nasceu mal e corrigir a rota logo é uma necessidade. Binotto falou que nesta época do ano, em 2019, estava mais otimista do que agora.
  • Leclerc tenta manter certa picardia, diz que o carro é mais “flexível”, pode ser ajustado diferentemente para o estilo de cada piloto, e procura não jogar a toalha antes de ligar o chuveiro.
  • Vettel, mais realista, fala que tem algumas coisas em que a SF1000 é melhor, em outras é igual, em outras é pior. Ou seja: “Estamos na merda”.
  • Racing Point, a “Mercedes rosa”, terá um ano mais do que decente com sua cópia do carro campeão de 2019. Basta Stroll não fazer muita besteira.
  • A Red Bull é um mistério.
  • Alfa Romeo e Renault parece que melhoraram um pouco em relação à última temporada.
  • A Williams, para alívio de todos, fez um carro de F-1 e se é verdade que não será um estouro, fará seus pontinhos e não dará vexames a cada GP.
  • E a Mercedes? Não dá para dizer que vai arrebentar a concorrência por causa do DAS, novidade que ainda não deu para saber quanto melhora o carro. Mas vai arrebentar a concorrência mesmo assim. Hamilton já é hepta.

[bannergoogle]

Comentários