BUS STOP

RIO (ói o trem) – O Allan da Cunha Luz mandou pelo Twitter. Trata-se do cruzamento entre as avenidas Cruzeiro do Sul e Ataliba Leonel em Santana, zona norte de São Paulo. A foto mais antiga é de 1957. A outra, de 2016. Acho incríveis essas comparações, e ver como algumas construções sobreviveram no tempo. O predinho da esquina perdeu algumas janelas, mas no geral é o mesmo. Já o trem atravessando a rua é imagem que parece de mentira. Mas tinha disso, sim. E o busão, bom… Precisa falar como eram lindos esses ônibus da CMTC com a pintura bege e vermelha?

A montagem foi publicada originalmente no “São Paulo Antiga” e tem várias informações interessantes lá!

Comentários

  • Trenzinho da Cantareira. Está partindo da estação Areal em direção à Cantareira. Vai passar por Santana, Santa Terezinha, Mandaqui, Horto Florestal e Tremembé, até chegar na estação final Cantareira, no pé da serra. O “trem das 11” do Adoniran era um ramal que saía dessa estação Areal e seguia para Tucuruvi e Jaçanã. Teve um período que esse ramal do trenzinho chegou até Guarulhos e à base aérea de Cumbica. Tudo foi desativado no final dos anos 1960. ZN forte!

  • O ônibus é um GM modelo ODC 210 da CMTC. Era fabricado na GM de São Caetano a partir de um projeto nacional e montado sobre chassi e motor importados dos EUA. O motor era o Detroit Diesel 2 tempos que tinha um barulho bem característico, aqui apelidado de Motor Marítimo. Não queimava óleo com combustível pois fazia o 2T só na parte de cima e possuía um blower. A Santa Rita Turismo de S. Paulo reconstruiu um exemplar a partir do nada na versão rodoviário.