DICA DO DIA

D

RIO (fiquem em casa!) – A dica de hoje é do parceiro Rodrigo Borges. Daquelas coisas que a gente deixou escapar alguns anos atrás diante da avalanche de vídeos, notícias, textões, redes sociais e o escambau.

Trata-se de um filme feito pela Red Bull em 2013 em Cuba. David Coulthard é o personagem principal. Ele vai a Havana para participar de um rali de carros clássicos e leva alguns mecânicos da equipe para conhecer o trabalho dos cubanos com seus carrões americanos dos anos 30, 40, 50. David escolhe um Pontiac para fazer a prova.

Que é o menos importante, claro. O bacana é ver de perto como os mecânicos de Cuba se tornaram os mais criativos do mundo para manter funcionando a frota que rodava pelo país antes da revolução de 1959. A paixão pelos carros, pelo automobilismo, pelas histórias das corridas, isso é que importa. E Havana é de deixar qualquer um encantado pela beleza e pela alegria do povo cubano.

Para ver o filme, cliquem aqui.

Sobre o Autor

Flavio Gomes

Flavio Gomes é jornalista, mas gosta mesmo é de dirigir (e pilotar) carros antigos.

5 Comentários

  • Eu ia a Cuba no meio do ano, pois colaboro com alguns pesquisadores de lá no campo da Engenharia. Com a pandemia fica pra depois. Admiro muito o povo cubano, que é uma gente altiva que resiste bravamente ao bloqueio de sessenta anos dos EUA. Em Cuba as pessoas podem não ter certos confortos aos quais as nossas classes mais abastadas estão habituados, mas toda a população tem educação e saúde de qualidade e casa para morar. Saúde lá é preventiva, com o modelo de médicos de família. Um professor com doutorado em fim de carreira ganha o equivalente a US$ 300 (um dos meus parceiros me informou), porém a prestação da casa própria é menos de US$ 5. Com todas as imperfeições, ainda acho preferível uma Cuba onde todos têm um pouco ao Brasil com 95% de miseráveis e uma classe dirigente tosca, iletrada e mesquinha. E aqui a tendência é só piorar, pois temos duas pragas a nos assolar: o coronavírus e a mais nociva, o bozoguedismo.

  • Estive em Cuba de 23 de dezembro de 2018 a 6 de janeiro de 2019.

    Em Holguín, província onde o Fidel nasceu, tinha um carro pronto para ir para o ferro velho.

    No dia seguinte, ao voltar de Birán, povoado onde o Fidel nasceu, simplesmente notei que já tinha começado o trabalho de funilaria do carro.

    E nos dias finais, em Havana, a gloriosíssima TV estatal (inveja eterna dos cubanos por não terem de assistir as Globos da vida) exibiu uma breve reportagem recordando os 50 anos do Schumacher.

    Viva la revolución!

  • Estive em Havana em 2018, achei a cidade legal, nada demais, mas o povo , gostei muito ,achei muito parecido conosco,conosco ainda existe? , parecido no físico e na alegria, bem simpáticos e receptivos.Ficou na minha cabeça uma resposta de um taxista que nos levou a Varadero,sobre se o cubano era feliz. Ele disse que o cubano é um povo alegre não um povo feliz.

    • Esse vídeo é bem interessante de assistir. Às vezes, parece que ele está filmando em Santo André, outras vezes em Santos e também na região Santa Ifigênia em São Paulo. Mas no fim, é a capital cubana. Legal ver um filme desses sem edições, diálogos nem cortes.

Por Flavio Gomes

Perfil


Flavio Gomes é jornalista, dublê de piloto, escritor e professor de Jornalismo. Por atuar em jornais, revistas, rádio, TV e internet, se encaixa no perfil do que se convencionou chamar de multimídia. “Um multimídia de araque”, diz ele. “Porque no fundo eu faço a mesma coisa em todo lugar: falo e escrevo.” Sua carreira começou em 1982 no extinto jornal esportivo “Popular da Tarde”. Passou pela “Folha de S.Paulo”, revistas “Placar”, "Quatro Rodas Clássicos" e “ESPN”, rádios Cultura, USP, Jovem Pan, Bandeirantes, Eldorado-ESPN e Estadão ESPN — as duas últimas entre 2007 e 2012, quando a emissora foi extinta. Foi colunista e repórter do “Lance!” de 1997 a 2010. Sua agência Warm Up fez a cobertura do Mundial de F-1 para mais de 120 jornais entre 1995 e 2011. De maio de 2005 a setembro de 2013 foi comentarista, apresentador e repórter da ESPN Brasil, apresentador e repórter da Rádio ESPN e da programação esportiva da rádio Capital AM de São Paulo. Em janeiro de 2014 passou a ser comentarista, repórter e apresentador dos canais Fox Sports no Brasil, onde ficou até dezembro de 2020. Na internet, criou o site “Warm Up” em 1996, que passou a se chamar “Grande Prêmio” no final de 1999, quando iniciou parceria com o iG que terminou em 2012. Em março daquele ano, o site foi transferido para o portal MSN, da Microsoft, onde permaneceu até outubro de 2014. Na sequência, o "Grande Prêmio" passou a ser parceiro do UOL até maio de 2019, quando se uniu ao Terra por um ano para, depois, alçar voo solo. Em novembro de 2015, Gomes voltou ao rádio para apresentar o "Esporte de Primeira" na Transamérica, onde ficou até o início de março de 2016. Em 2005, publicou “O Boto do Reno” pela editora LetraDelta. No final do mesmo ano, colocou este blog no ar. Desde 1992, escreve o anuário "AutoMotor Esporte", editado pelo global Reginaldo Leme. Ganhou quatro vezes o Prêmio Aceesp nas categorias repórter e apresentador de rádio e melhor blog esportivo. Tem também um romance publicado, "Dois cigarros", pela Gulliver (2018), e o livro de crônicas "Gerd, der Trabi" (Gulliver, 2019). É torcedor da Portuguesa, daqueles de arquibancada, e quando fala de carros começa sempre por sua verdadeira paixão: os DKWs e Volkswagens de sua pequena coleção, além de outras coisinhas fabricadas no Leste Europeu. É com eles que roda pelas ruas de São Paulo e do Rio, para onde se mudou em junho de 2017. Nas pistas, pilotou de 2003 a 2008 o intrépido DKW #96, que tinha até fã-clube (o carro, não o piloto). Por fim, tem uma estranha obsessão por veículos soviéticos. “A Lada foi a melhor marca que já passou pelo Brasil”, garante. Por isso, trocou, nas pistas, o DKW por um Laika batizado pelos blogueiros de Meianov. O carrinho se aposentou temporariamente no início de 2015, dando o lugar a um moderníssimo Voyage 1989. Este, por sua vez, mudou de dono em 2019 para permitir a volta do Meianov à ativa no começo de 2020.
ASSINE O RSS

Categorias

Arquivos

TAGS MAIS USADAS

Facebook

DIÁRIO DO BLOG

abril 2020
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930