SEM PÓDIO

RIO (que mundo esquisito…) – Mais uma decisão da F-1: em 2020, não teremos cerimônia de pódio. É claro que é algo simbólico: passar o recado de que distanciamento social continuará sendo necessário por um tempo. Haveria formas de fazer a entrega dos troféus de maneira segura, sem a presença de outras pessoas, que não os pilotos, nos três degraus mais desejados de um GP. Bastaria higienizar as taças, deixá-las posicionadas, e cada um pegaria o seu. Mas a F-1, como eu disse, quer passar mensagens nestes tempos estranhos. Também não haverá, obviamente, desfile de caminhão antes das provas — para quem, cara pálida, já que as arquibancadas estarão vazias?

E assim teremos de nos acostumar, pelo menos neste ano, com uma estética completamente diferente das corridas que tanto amamos.

Comentários