DICA DO DIA

Do Nícolas Borges, incríveis imagens do GP de Mônaco de 1955, aquele em que Ascari mergulhou no Mediterrâneo três dias antes de morrer num acidente durante testes em Monza.

Comentários

  • Muito surreal. O resgate do Ascari.
    Outra coisa que me chamou atenção foi a disposição das câmeras, dão uma idéia muito melhor a respeito da topografia da pista. A subida do Cassino de fato parece uma subida e, o mergulho para o Túnel ficam bem mais evidentes nesta filmagem do que nas corridas atuais.
    Muito legal.

  • @Glauber, e se eu te contar que há uns…. 25 anos por aí passei por quase a mesma situação, com esse mesmo simpático senhor…

    Na Av. Washington Luis, Sto Amaro, ali perto de onde era o falecido WalMart, descendo um pouco mais, ficava a loja de pneus do Ingo Hoffmann. Tremendo serviço, embora nunca tenha tido a sorte de tê-lo visto por lá (*). Um belo dia tô trocando os pneus do Monza, um senhorzinho careca assinando um cheque do meu lado. Olhei o nome no talão…. Alex Dias Ribeiro.

    Pensei: ” – De onde eu conheço esse nome???”

    (*) Não vi o Ingo na loja dele, mas uns 4 anos antes, na Pneus 5 Estrelas da Vereador João de Luca (continuação da Cupecê) a lenda tava lá pegando uns pneus com o japonês.

  • Incrível, lindo e ao mesmo tempo assustador.
    Que bom que o esporte evoluiu.
    A segurança era algo em que ninguém pensava.
    Feno para proteção no máximo.
    Guias, postes, árvores, banquinhos de praça e principalmente pessoas, totalmente expostas.
    Charmoso, mas louco!

  • O que mais gosto nessas cenas antigas é o trabalho de box e os “soft-rails” dos circuitos, em Monaco alguns trecho muito bem protegidos por um punhado de feno, umas ripas de madeira e um amontoado de corpos de humanos/expectadores. Éramos imortais.

  • Totalmente “OFF TOPIC”
    Acordei as 6h00 da manhã hoje para fazer uma exame de sangue em uma laboratório à 2 quadras de casa!!! Faço a ficha (um senhor ao meu lado). sou encaminhado para a sala de espera no primeiro andar.. o mesmo senhor senta-se ao meu lado novamente (desta vez respeitando uma cadeira de distanciamento social). Enquanto espero à agulhada escuto a atendente chamando: Sr. Alex Dias Ribeiro???

    Não é que o senhor ao meu lado levantou!!!! Por causa da máscara não consegui reconhecê-lo!!!

    Resumindo!! Fiquei sentado ao lado de um ex-piloto de Fórmula 1 e descobri que sou vizinho dele!!

    Não eram nem 7h00 da manhã e já havia ganho o meu dia!!!

  • A fase (não tão) romântica da categoria. Se um bólido desses capotasse ou batesse feio, era morte quase certa para o piloto e para alguns desavisados, que ficavam à beira da pista.
    Verdadeiros heróis em suas máquinas trabalhadas por esmerados artistas! E Mônaco mostrando toda uma atmosfera, que foi se perdendo com o passar do tempo.
    Um filme que merece ser guardado com carinho.