GP DE SP (7)

ITACARÉ (previsível) – Lewis Hamilton perdeu seus tempos da classificação e larga em último daqui a pouco na Sprint. Terá 24 voltas para ultrapassar gente e, ao final, somará cinco posições àquela em que terminar a minicorrida para saber qual sua posição no grid do GP de São Paulo. O problema foi uma irregularidade na asa móvel de seu carro ontem. Resumidamente, ela abriu mais do que os 85 mm permitidos pelo regulamento. Nas extremidades, não no centro da lâmina.

A Mercedes argumentou que a asa e seu mecanismo de acionamento foram testados o ano inteiro e que nunca apresentaram problema nenhum. A equipe, da mesma forma, isentou Verstappen — não usou como argumento para se defender a possiblidade de as apalpadelas do holandês terem afetado o equipamento. Os comissários reconheceram que o time não tentou burlar as regras e aceitou a justificativa simplória de que “algo deu errado”. Mas isso não elimina o fato de que a asa estava irregular. E regras são regras. Não teve conversa. Hamilton foi desclassificado da classificação.

Lewis é bom, mas não faz milagre. Vai chegar na Sprint entre oitavo e décimo, se tudo der certo. Aí, amanhã, parte na segunda metade do pelotão porque terá de pagar o pênalti de cinco posições no grid por troca de motor. E Verstappen deve ganhar ambas, marcando pelo menos 28 pontos. Já tem 19 de vantagem na classificação. Se Hamilton, digamos, chegar em quinto amanhã, o que seria um belo resultado para quem larga atrás, essa diferença vai para a casa dos 37 pontos a três provas do fim da temporada.

Acho que o campeonato acabou por causa dessa asinha aí.

Subscribe
Notify of
guest

10 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos Oliveira
Marcos Oliveira
2 anos atrás

Divertido demais ler esse post na segunda-feira.

Edison Ferreira Jr
Edison Ferreira Jr
2 anos atrás

Hamilton não faz milagres, mas chegou em quinto. O cara é foda. Capaz de pegar pódio amanhã.

Sérgio Lima
Sérgio Lima
2 anos atrás

Amanhã o motor do Max estoura.
Karma.

Fernando
Fernando
2 anos atrás

Que CAGADA!!! A Mercedes ferrou a disputa pelo campeonato!!! As chances de título de Hamilton q já eram diminuídas, agora passam a depender de circunstâncias!! Bem feito, trapaça em qquer esporte tem de ser punida!! Parabéns aos comissários que fizeram cumprir a regra!! Hamilton e bom o suficiente para entrar na disputa sem isso tudo!! Max reúne todas as condições para ser campeão, bom piloto e sorte de campeão!! Da lhe Max!!!

André
André
2 anos atrás

Muita coisa ainda pode acontecer com o genro gado na Sprint e na corrida.

Mauricio Rocha
Mauricio Rocha
2 anos atrás

Já era para Hamilton. Max merece ser campeão mas acho que suja sua imagem de ganhar um título assim. A lance é ganhar e perder na pista.

Angelo
Angelo
2 anos atrás

A explicação da Mercedes não convence. A Redbull já tinha levantado a lebre antes da classificação começar, tanto que o Vertappen foi direto comparar a asa dele com a do inglês, ele não é vidente. Derrapada infantil da equipe.

Carlos Sato
Carlos Sato
2 anos atrás

Para Hamilton só resta torcer pelo imponderável. Uma pena um campeonato tão disputado terminar por um detalhe técnico como esse. Legal ver Moreno como um dos comissários nesse GP.

Paulo
Paulo
2 anos atrás

1. O cara vai e toma conselhos com Piquet.
2. Diz, em entrevista depois, que não precisa de conselhos (despiste).
3. Toca o carro do adversário num ponto específico justamente após a classificação (por que não tocou antes, depois, ou não tocou em outro ponto do carro?)
4. O carro do adversário é desqualificado, mesmo usando o mesmo sistema e configuração o ano todo, por problema exatamente no ponto onde o sujeito tocou o carro.
Imagino o orgulho do (s)ogrão.
Max, esse é da família!

Diogo Lima
Diogo Lima
2 anos atrás

“…Acho que o campeonato acabou por causa dessa asinha aí.”

Tal qual a quebra de motor de Schumacher no Japão em 2006 e quebra de Lewis na Malásia em 2016.