FOTO DO DIA

SÃO PAULO (monstro) – Hoje faz exatos dez anos do último pódio de Michael Schumacher. O alemão, em sua última temporada pela Mercedes, terminou o GP da Europa, em Valência, na terceira posição. Foi seu único pódio pela marca que, em 1991, pagou US$ 300 mil a Eddie Jordan pela vaga na equipe para disputar o GP da Bélgica, em Spa.

Naquele 24 de junho de 2012, Fernando Alonso, na época defendendo a Ferrari, venceu a corrida para enorme festa da torcida de seu país. Com a Lotus, Kimi Raikkonen terminou em segundo.

Schumacher subiu ao pódio 155 vezes na F-1. É o segundo maior colecionador de troféus da história, atrás apenas de Lewis Hamilton, com 184. Vettel aparece em terceiro com 122. Ayrton Senna, com 80, é o brasileiro que mais subiu ao pódio na categoria.

Como sempre digo (e meu livro sobre os anos Schumacher termina assim), Michael estava sempre sorrindo. A montagem abaixo foi postada pela Mercedes no Twitter.

Subscribe
Notify of
guest

43 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Carlos Tavares
Carlos Tavares
1 ano atrás

Ah, e principalmente, poderia nao ter sofrido o acidente.

Carlos Tavares
Carlos Tavares
1 ano atrás

É espantoso que já faz 10 anos. Em 2012, Schumacher estava guiando melhor do que nos dois anos anteriores, mas teve muitos problemas mecânicos.

Pensem como seria se ele ficasse só mais um ano, se aposentasse ao final de 2013 e passasse o bastão para o Vettel para 2014:

Poderia ter ganho ao menos mais uma corrida;
Vettel teria alguns titulos a mais;
Hamilton teria varios titulos a menos.

Paulo McCoy Lava (ILHA)
Paulo McCoy Lava (ILHA)
1 ano atrás

No comunicado oficial emitiado pelo time Mercedes GP em 2012, aparece que ‘ambas as partes'(MB e MS) optaram pelo afastamento e ‘busca de novos desafios’. Particularmente, nunca aceitei a palavra oficial. Para mim, ele — Michael Schumacher –, foi injustamente demitido. O que, em se tratando de Automobilismo, não é ‘novidade’. Ninguém aqui esqueceu as demissões erradas endereçadas à Roberto Moreno e Nelson Piquet, por exemplo. Ou quando a Ferrari agiu de forma condenável ao demitir Felipe Massa.Alguém poderá alegar que os citados não se comparam à Schumacher. Exato. E é por esse motivo que eu até hoje acho errado a demissão do piloto alemão! Afinal, ele era ‘apenas’ um estabelecedor de recordes, verdadeiro mito das pistas, herói da raça ariana. Tenho para mim que os gestores da MB tinham ciumes do talento, das inegáveis conquistas e o fato de que ele (MS) ganhava dinheiro para fazer o que mais gostava na vida. Então, como forma de sentirem-se ‘vitoriosos’, lhe entregaram o bilhete azul. Um ato que me faz lembrar similar atitude por parte de (alguns) empresários do ramo editorial brasileiro. Gente que acha ‘um pecado’ a pessoa AMAR Automobilismo e querer trabalhar nele. Falo isto por experiência própria. Mas hoje, devidamente sedimentado junto ao Museu Automobilismo Brasileiro… DUVIDO que os ‘gestorzinhos’ que no passado me recusaram, tenham coragem e atitude de homem para vir aqui no museu e ‘exigir’ (ah ah ah) que o dono da entidade pare de remunerar uma pessoa que enxerga o Automobilismo como a coisa mais importante do mundo (fora, claro, acumular dólares!!!!).

Marcus
Marcus
Reply to  Paulo McCoy Lava (ILHA)
1 ano atrás

Heroi da raça ariana? Se der tempo, apaga.

Alfredo Ramos
Alfredo Ramos
Reply to  Marcus
1 ano atrás

E se ele digitasse que Hamilton é o herói da raça negra? Teria que apagar, também?
Gente, temos que respeitar todas as raças, cada uma com sua história e cultura.

Marcus
Marcus
Reply to  Alfredo Ramos
1 ano atrás

Sua emenda foi tão ruim quanto o soneto que a inspirou.

Alfredo Ramos
Alfredo Ramos
Reply to  Marcus
1 ano atrás

A raça ariana foi uma raça que, como todas as demais (incluindo a raça negra), lutou pela sobrevivência num mundo hostil. O conceito de superioridade de tal raça surgiu a partir do século XIX e teve seu auge no século XX com o advento do Nazismo. Bocage manda avisar que a ironia dita por ele não se encaixa no seu comentário.

murilo
murilo
Reply to  Paulo McCoy Lava (ILHA)
1 ano atrás

Herói da raça ariana? Eu li isso?

Fernando Lopes
Fernando Lopes
1 ano atrás

Flavio, boa noite. Duas perguntas:

1 – Ainda tem o livro?

2 – Schumacher foi seu maior ídolo dentro das pistas? Caso negativo, quem foi?

Sobre o texto, que pena tudo isso que aconteceu com Schumacher.

A pessoa passa anos trabalhando, dedicando-se dia e noite e, estando aposentado e podendo curtir sua família, acontece uma tragédia dessa.

Lógico que o cara sempre amou ser piloto. Fazia o queria e o que gostava. Mas nem por isso um atleta desse nível deixa de ter uma vida corrida, cheia de ocupações, enfim.

Edu Zeiro
Edu Zeiro
1 ano atrás

Não é por nada, não, mas como eram feios os carros naquela época! Quanto a MS, acredito que seu primeiro título teria sido cassado hoje em dia, com alguma punição pelo “incidente” com Damon.

Torcedor Tedesco
Torcedor Tedesco
Reply to  Edu Zeiro
1 ano atrás

Não adianta chorar, Viúva! Aceita, que dói menos.

Edu Zeiro
Edu Zeiro
Reply to  Torcedor Tedesco
1 ano atrás

Putz, que nível têm alguns que comentam por aqui. Interpretação de texto, nota zero; agressão gratuita, nota dez, a mesma para fanatismo cego.

Torcedor Tedesco
Torcedor Tedesco
Reply to  Edu Zeiro
1 ano atrás

Você levantou um acontecimento que falta pouco para fazer trinta anos! Interpretação de texto? Sou fera!
Duas notas dez? Obrigado!

Edu Zeiro
Edu Zeiro
Reply to  Torcedor Tedesco
1 ano atrás

Por nada. Que bom que você tem orgulho desse seu comportamento. Faz muito sucesso hoje em dia, entre a sua turminha. Que certamente é tão fera que chega a me impressionar, não só em interpretação de texto, mas na visão de mundo também.

Torcedor Tedesco
Torcedor Tedesco
Reply to  Edu Zeiro
1 ano atrás

E desde quando você dita meu comportamento? Agressão? Você é muito sensível? Fanatismo? Esquece.

Edu Zeiro
Edu Zeiro
Reply to  Torcedor Tedesco
1 ano atrás

Desde nunca, ainda bem, porque de outra forma eu morreria de vergonha de mim mesmo. Quanto à sensibilidade, a minha certamente está muitos e muitos graus acima da sua, não tenha dúvidas, algo demonstrado, inclusive, pelo que você não entende como agressão. De resto, em relação ao fanatismo é para esquecer, mesmo, até porque sua cegueira parece não ter cura.

Paulo McCoy Lava (ILHA)
Paulo McCoy Lava (ILHA)
Reply to  Edu Zeiro
1 ano atrás

Oi Edu. Boa tarde. Super concordo at all sobre sua ressalva envolvendo o nível e a agressão gratuita. Até parece que algumas pessoas perdem dinheiro ao lerem opiniões distintas. E nem vou falar que as pessoas parecem sentir-se ‘atingidas’ (!) quando tomam conhecimento de certas coisas publicadas. Particularmente, não gosto de muita coisa no mundo virtual. Mas como sou um confesso #Materialista, juro para você que não perdi dinheiro ao tomar conhecimento de algumas ressalvas — e, penso, você também não. See ya!!!!

Edu Zeiro
Edu Zeiro
Reply to  Paulo McCoy Lava (ILHA)
1 ano atrás

Valeu, Paulo! Tem uns aqui que se acham donos do pedaço, já me inclusive me intimaram a não mais publicar, até parece.

Paulo McCoy (ILHA)
Paulo McCoy (ILHA)
Reply to  Edu Zeiro
1 ano atrás

Hola! Pois, algo similar aconteceu comigo (intimação). Um deles disse: “Paulo Ricardo, eu sei ‘onde’ (sic) tu mora”. Evidente, fiquei na minha; certamente ele estava se referindo ao ex-vocalista do RPM.

SulIvan
SulIvan
1 ano atrás

Sim Flávio com toda certeza, MICHAEL SCHUMACHER : sempre sorrindo, espontâneo, alegre, festivo, autêntico, sincero, humilde, feliz, bem humorado, simpático, disposto. O Sapateiro Majestoso sempre será o MAIOR E MELHOR da F1! E tem mais a Ferrari quando ele começou podia-se comparar a MCLaren de hoje com certeza, ou seja uma equipe que tinha passado de glórias mas estava numa fase de extrema decadência, ele a fez renascer, os outros dependem das euipes e ele fez o inverso !!!! SCHUMACHER THE BEST !!!! não há mais ninguém assim na F1.

murilo
murilo
Reply to  SulIvan
1 ano atrás

Shumacher tem a carreira pontuada de casos escusos, mais do que qualquer outro na F1… Jamais vou admirar um esportista que usa de má fé para vencer, jogando o carro no adversário – e ele fez isso mais de uma vez! (como Senna em 90 também fez). Outro dia assistir um vídeo sobre a carreira de Stirling Moss, quatro vezes vice campeão de F1. Em 1958 num ato de nobreza, reverteu uma punição equivocada do seu adversário Mike Hawthorn no GP de Portugal, o que lhe custou alguns pontos e provavelmente o campeonato. Aí eu pergunto: O que vale mais? Um vice campeonato com um ato de fair play, ou ser campeão jogando o carro no adversário?

Pedro
Pedro
1 ano atrás

lembro como se fosse hoje, e confesso que me emocionei ao ver o velhinho no pódio. schumacher foi, junto do guga e mais dois ou três, o único esportista que eu me permiti idolatrar. ele era foda!

Torcedor Tedesco
Torcedor Tedesco
1 ano atrás

Michael, Mercedes. Mitos.

Francisco Vicente
Francisco Vicente
1 ano atrás

Corrida espetacular! Alonso venceu pela segunda vez naquela temporada, o único piloto até então a realizar isto. Largou lá atrás e veio engolindo todo mundo, sem dúvida a melhor performance do espanhol. Shumi em terceiro foi bacana demais.

Jorge Luis
Jorge Luis
Reply to  Francisco Vicente
1 ano atrás

Foi mesmo ….

Last edited 1 ano atrás by Jorge Luis
Marcelo
Marcelo
1 ano atrás

O Gomes o que tua acha desta
https://www.youtube.com/watch?v=Y-qDpFIyvc4

Marcus
Marcus
Reply to  Flavio Gomes
1 ano atrás

Racismo acredito que não, FG, porque ele é de caráter coletivo – como quando impedir que pessoas entrem num lugar, sejam vigiadas e tidas como suspeitas sem motivo em função de sua cor etc.
Mas injúria racial sim, porque é a ofensa a um indivíduo em função dela – chamá-lo de um nome intencionalmente pejorativo, por exemplo, como aconteceu.
Dá pra dar uma dorzinha razoável de cabeça no chofer do saco de bosta.

https://www.tjdft.jus.br/institucional/imprensa/campanhas-e-produtos/direito-facil/edicao-semanal/injuria-racial-x-racismo

Fernando Lopes
Fernando Lopes
Reply to  Marcelo
1 ano atrás

Pra que isso, né?!

Nelson, Nelson.

Estava lá, quietinho no canto dele, cuidando das suas coisas.

Foi o Verstappen “entrar” para a família e ele começou a falar algumas coisas meio malucas. Claro, na minha humilde opinião.

É engraçado ele falar da prioridade a vida para criticar o Senna. Só que não foi o filho dele que jogou o carro no muro durante uma corrida por querer?

Marcus
Marcus
Reply to  Fernando Lopes
1 ano atrás

Foi. E pior: para favorecer terceiros em prejuízo próprio. Além de desonesto, burro. O que certamente doeu no chofer tri mundial.

Last edited 1 ano atrás by Marcus
Paulo McCoy Lava (ILHA)
Paulo McCoy Lava (ILHA)
Reply to  Fernando Lopes
1 ano atrás

Sobre Nelson Piquet estar ‘quietinho’… verdade. Por este motivo, na minha opinião, o tricampeão integra a estatistica 898456. Aquela que envolve pessoas rica$ que, ao invés de aproveitarem as benesses materiais, acham ‘legal’ se envolver com problemas. Mas, quem sou eu para julgar? Vamos pensar juntos? De repente, deve ser super depressivo at all saber que érico o suficiente para ter na garagem (digo, museu) carros importados de sonho, prontos para passeio, com zero preocupação com preço do combustível. Deve ser chato saber que ao chegar nas fabricas da Ford, BMW e Honda será recebido como Rei. Deve ser triste saber que ele tem $$$ suficientes para passear de importado com zero preocupação com o preço do combustível. E, penso, deve ser depressivo saber que a fama permita um cidadão namorar diversas garotas. Ou seja: bom mesmo é se envolver em problemas junto àquela que é atitviade mais baixa para um ser humano se envolver ( = sabemos, a droga da politica). Enfim… que mais para dizer? Ah, sim: Só falta ele, NP, dizer que ‘carro importado não implica em #Felicidade. Aí será lamentável e condenável (texto edit: opinião de uma pessoa 100% ILHA, ateu e materialista! Para mim, fora acumular dólares, nada mais pode ser importante nesta vida e digno de se envolver…).

Jorge Luis
Jorge Luis
Reply to  Marcelo
1 ano atrás

Racismo ! Pq ele nao se referiu ao piloto pelo nome dele ??? Neguinho ?????

Marcus
Marcus
Reply to  Jorge Luis
1 ano atrás

Injúria racial.

Edu Zeiro
Edu Zeiro
Reply to  Jorge Luis
1 ano atrás

Engraçado, não o escutei chamar AS ou AP ou mesmo MV de “branquinho”. E foi “O” neguinho. Se isso não for racismo (“injúria racial” é firula jurídica, que acredito só existir no Brasil, para qualificar como crime menor) não sei o que seria.

Marcus
Marcus
Reply to  Edu Zeiro
1 ano atrás

A injúria racial é equiparada ao racismo, de acordo com o STF. A diferença está no alvo (indivíduo x coletividade) de quem pratica um e outro.

https://www.conjur.com.br/2021-out-28/stf-equipara-injuria-racial-racismo-considerando-imprescritivel

Edu Zeiro
Edu Zeiro
Reply to  Marcus
1 ano atrás

Obrigado, Marcus, pelo esclarecimento, mas repare como essa decisão é recente, com menos de um ano. Provavelmente tomada para evitar distorções que, acredito, ocorriam anteriormente, tipo aplicação de penas menores ou nem isso.

Marcus
Marcus
1 ano atrás

Não entrando no mérito de quem foi o maior, mas Senna ter 80 pódios quando havia 16 GPs por temporada é um ótimo aproveitamento.

Torcedor Tedesco
Torcedor Tedesco
Reply to  Marcus
1 ano atrás

Marcos, o aproveitamento na categoria não é feito pelo número de GPs por temporada. É feito pelo número de GPs disputados.

Marcus
Marcus
Reply to  Torcedor Tedesco
1 ano atrás

Que no caso do Senna são praticamente todos os GPs que disputou, exceto San Marino e Monza em 84. Esses grandes campeões raramente se ausentaram por acidentes ou não-qualificações.

GUs
GUs
1 ano atrás

Talvez o melhor líder de equipe que um piloto poderia ser, que já existiu. Seu legado é para sempre.

lagerbeer
lagerbeer
1 ano atrás

Herr Schumi … fantastico em sua época ! não tinha pra ninguém …seu maior milagre foi transformar a Ferrari no que foi … em Maranello deveriam santificar São Miguel de Germania

Paulo E T Vasconcellos
Paulo E T Vasconcellos
Reply to  lagerbeer
1 ano atrás

seria uma sagrada homenagem…rsrs