ONE COMMENT

O menino jornalismo, coitado… Está aqui. Ou estava, imagino que alguém vá corrigir.

Subscribe
Notify of
guest

35 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bidón
Bidón
11 meses atrás

O super chefe Joe Camel, era animal.

Wagner
Wagner
11 meses atrás

Eu sou da época em que havia editores nas redações. A “modernidade” extinguiu-os.

ChatGPT
ChatGPT
11 meses atrás

Peço desculpas se eu cometi algum erro em minha última interação com você. Como uma IA, eu tento ser o mais preciso possível em minhas respostas, mas posso cometer erros de vez em quando. Por favor, sinta-se à vontade para me corrigir se eu fizer algo errado, ou me pergunte novamente se precisar de mais informações. Estou sempre aqui para ajudá-lo.

Barreto
Barreto
11 meses atrás

O Sr. Morris trollou o tal do GPT.

Vítor
Vítor
11 meses atrás

E está errado em mais um trecho!

 Nas duas primeiras corridas, a segunda delas no Brasil, a equipe teve problemas com Senna, que largou na pole-position, mas não conseguiu terminar a corrida.”.

Brasil foi a primeira corrida.

Carlos Jose Pimenta Franco
Carlos Jose Pimenta Franco
11 meses atrás

Estagiário, não desanime. Força guerreiro, vou conseguir uma entrevista para você com SR. Gold Leaf .

Edu Zeiro
Edu Zeiro
Reply to  Carlos Jose Pimenta Franco
11 meses atrás

Não podemos nos esquecer de indicar o John Player também.

Luiz
Luiz
Reply to  Edu Zeiro
11 meses atrás

Desisto, vou subir no Camel e fugir junto com Eduardo.

Marcus
Marcus
11 meses atrás

O Senna fez uma mesa branca para o Philip Morris orientá-lo, é óbvio.

Antonio Seabra
Antonio Seabra
11 meses atrás

Como diria o Billy Blanco, em sua musica mais conhecida, “dá pra rir e dá pra chorar”.

Luciano K
Luciano K
11 meses atrás

Sr. Philip Morris foi o grande responsável anos depois do acerto de patrocínio da West com a McLaren substituindo assim a marca Marlboro.

Filipe
Filipe
11 meses atrás

Google translator que fala… bastante usado por certos concorrentes do Grande Prêmio, que traduzem “hit the apex” como “chegar ao ápice”.

Marcus
Marcus
11 meses atrás
Cláudio Cruz
Cláudio Cruz
11 meses atrás

Deixam qualquer um entrar em uma faculdade….e, pior, deixar sair….

robertão
robertão
11 meses atrás

isso é texto digno do Planeta Diario ou do Casseta Popular.
Vixe!

Nilson
Nilson
11 meses atrás

Não sei se rio ou se choro. Em 1993, o “grande chefe da Marlboro” completava 120 anos do seu falecimento!!!

Last edited 11 meses atrás by Nilson
Edison Guerra
Edison Guerra
11 meses atrás

Já corrigiram. Imagino a cara do “jornalista” ao ser informado.

Helena
Helena
11 meses atrás

Parece que este parágrafo foi gerado pelo tal ChatGPT…
Como se Ayrton fosse se importar com 1 milhão por corrida, naquela altura da carreira.
Correria de “graça” pra Williams, como ele mesmo disse.
Porém, no ano seguinte, assinou por 20 milhões….
Que “de graça” mais caro, esse, hein!?

Rafael N
Rafael N
11 meses atrás

Saudades dos chefões das antigas…Mr. Rothmans, Mr West e os irmãos Benson and Hedges

Gabriel
Gabriel
11 meses atrás

depois de tanto fumar, o Philip Morris de rir (ou de vergonha alheia) no final do artigo.

Jader
Jader
11 meses atrás

ChatGPT deve ter sido a fonte dessa “matéria” da ESPN.

Peixe
Peixe
11 meses atrás

Já mudaram:
A decisão irritou o tricampeão mundial, que chegou a fazer testes na Fórmula Indy no início de 1993, mas foi convencido a seguir na F1 pela Philip Morris, empresa dona da Marlboro, que patrocinava a McLaren, graças a uma proposta para ganhar US$ 1 milhão por corrida.”

Victor Penteado
Victor Penteado
11 meses atrás

Ah sim, os grandes chefes de equipe do automobilismo nos anos 80: Philip Morris e John Player

Rui Alves
Rui Alves
Reply to  Victor Penteado
11 meses atrás

John Player de apelido Special!

Luiz
Luiz
Reply to  Victor Penteado
11 meses atrás

Tinha o Sir Rothmans também, ingles finíssimo!

Pedretti
Pedretti
Reply to  Luiz
11 meses atrás

Conhecido no meio como “The Big Second”

Marcus
Marcus
Reply to  Victor Penteado
11 meses atrás

Esqueceu o RJ Reynolds.

Cláudio Cruz
Cláudio Cruz
Reply to  Victor Penteado
11 meses atrás

Tinha um tal de Camelo também.

Peixe
Peixe
Reply to  Cláudio Cruz
11 meses atrás

Parece que quando o Senna corrida pela Lotus em 87, foi justamente o João Camelo que indicou o Senna pro “grande chefe da Marlboro”, Sr. Phillip…

Luciano K
Luciano K
Reply to  Victor Penteado
11 meses atrás

Lembrando que o Sr. John Player foi demitido e substituído pelo Sr. R.J Reynolds que foi responsável pela contratação do piloto Nelson Piquet para o time Lotus em 1988.

Sandro
Sandro
Reply to  Victor Penteado
11 meses atrás

Sousa Cruz
Benson & Hedges
Winston

João Luiz Marques
João Luiz Marques
Reply to  Victor Penteado
11 meses atrás

Monsieur Gitanes teve um vinculo forte com a Ligier nos anos 70 e 80

Marcus
Marcus
Reply to  João Luiz Marques
11 meses atrás

Grande Monsieur Gitanes, amigaço de vinho do Mitterrand e dos Messieurs Loto, Renault e Elf.

lagerbeer
lagerbeer
Reply to  Victor Penteado
11 meses atrás

Não esqueçam .. tinha um chefe de equipe brasileiro também, o Sr Souza Cruz

Marcus
Marcus
Reply to  Victor Penteado
11 meses atrás

Nos anos 90, tivemos Mr. Chesterfield e os honoráveis Cabin-san e Mild Seven-san.