Gira mondo, gira (sexta) | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

sexta-feira, 26 de maio de 2006 - 11:59Gira mondo

Gira mondo, gira (sexta)

SÃO PAULO (hoje li meu horóscopo e não entendi nada) – Acabou de cair aquele japonês das cadeias, pediu demissão. Franklin Martins assinou com a Band. A Varig perdeu um 777 que estava em NY, já devo ter voado nele. A Gol vai vender passagens a 25 reais. Os chimpanzés são os culpados pelo HIV. Nos EUA, cientistas provam que dá para fazer um avião invisível, ou qualquer outra coisa. Só falta o material, esse não existe e provavelmente nunca existirá. Puxa, que gênios.

19 comentários

  1. Thiago Azevedo disse:

    Os Chimpanzés são culpados pela disseminação do HIV Flávio?
    Achei que fossem os caras que os comeram (não sei se no sentido literal ou figurado).

  2. soloyo disse:

    Esse avião invisivel deve ser igual ao governo do Alquimim. Ninguém vê, só ouve falar. hehe

  3. J.J. Lehto disse:

    O avião invisível já existe!!!
    Vcs não viram????

  4. ?????? disse:

    Há muitas coisa que não sabemos
    Uma delas está no link abaixo:

    http://www.vigilia.com.br/sessao.php?categ=4&id=424

  5. mané disse:

    Se não foi um avião, o que bateu no pentagono?
    O video eu vi, mas realmente não dá para ver o avião.
    Isto tudo é viagem de gringo paranoico, que nem aqueles 3 amigos do Fox Mulder

  6. Implikant_Replikant disse:

    - Gira mondo, gira
    é o efeito após a 3a caipirinha
    irc
    oooobbaaaaa!! hj é sexta!!!!!

  7. Daniel Carlos Nava disse:

    Provavelmente nunca conseguirão o avião invisível. Assim como nunca o homem irá pisar na Lua.

  8. Ricardo disse:

    A Varig não “perdeu” nenhum avião não. Foi a empresa de leasing que o tomou de volta (adivinhem: por falta de pagamento…). Se bem que o “pássaro” (PP-VRE) já estava parado no JFK, sem uma das turbinas, há mais de mes. Pobre Varig…
    [ ]´s

  9. Junior disse:

    Aliás, Felipe

    Segundo uma reportagem que eu vi pela internet, pilotos entrevistados dizem que seria quase impossível para um piloto fazer uma manobra tão precisa,com um avião daquele tamanho.

    Neste mesma reportagem, havia fotos do Pentágono depois de atingido, e acho que o avião era invisível mesmo, pois não havia vestígio nenhum da aeronave

  10. Nelson disse:

    Só faltou dizer que a única pessoa que disse uma verdade até agora nessas malfadas CPIs foi presa: ” a gente aprende rápido aqui”.

  11. FG - sera? disse:

    HUmm, lendo horoscopo, coisinha pederasta, hehehehh

  12. Guilherme Behmer disse:

    Eu mesmo já tinha pensado nisso antes. Será que isso me capacita a trabalhar na nasa?

  13. Felipe Luz - CWB disse:

    Nunca existirá porque o único protótipo eles colidiram com o Pentágono! Até hoje nunca acharam restos do avião ou de corpos dos passageiros (como um dedo, pés, etc)

  14. pauloaidar disse:

    E no campo automobilistico Lewis Hamilton fez a pole na GP2 com um tempo que é pouco além de 4 segundos mais lento que o tempo do Wurz num F1 aliviado. Quase que largaria na frente da Aguri.

  15. Askjao disse:

    Mas ae teríamos o problema de saber onde ele está… digo o avião invisível…

  16. Sam disse:

    Japoneis……………..falô pouco mas disse tudo!
    Vc. merece o emprego daqueles cientistas! Manda um Currículo!rs

  17. burgão disse:

    MInha conta bancária está forrada de dinheiro invisivel…

  18. kinho disse:

    Antes eu gostava muito dos comentários do Franklin Martins, mas depois dos últimos acontecimentos envolvendo seu nome com o PT, me recuso a dar a ele a devida atenção. A Band já perdeu muito na matéria de esportes (futebol) agora corre o risco de perder também na área de credibilidade jornalística.

  19. "Japoneis" disse:

    Material pro aviao invisivel existe sim…
    è que ninguem viu ainda…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>