MENU

quinta-feira, 10 de julho de 2008 - 14:27Autódromos, Automobilismo internacional

ENQUANTO ISSO, NA SUÉCIA…

SÃO PAULO (que dureza…) – Vocês devem ter lido o texto do Ingo nos “Diários de Despedida” no Grande Prêmio e sua opinião a respeito da pista de Campo Grande, que é nova e já está detonada, ao menos no asfalto. O Brasil é um país de autódromos decrépitos, como se sabe, e todos os últimos projetos foram abortados. Desde que este blog entrou no ar, em dezembro de 2005, já apresentei aqui os projetos de Belo Horizonte, Cabreúva, Taubaté e Canelinha. O de BH dançou semanas depois que chegou às minhas mãos, porque o governo do Estado, creio, resolveu fazer outra coisa no terreno. O de Cabreúva já foi para o espaço, apesar de toda publicidade do lançamento na época. Taubaté é obra da CBA, o que só me faz dar risada. E aquele de Canelinha, em Santa Catarina, não sei o que deu — se alguém souber, que conte.

Nestes quase três anos de blog, de concreto, apareceu apenas o Velopark, no Sul, que por enquanto tem apenas uma pista de arrancada e uma de kart. E acompanhamos angustiados a morte de Jacarepaguá, além da agonia das pistas de Brasília e Goiânia.

O Humberto Corradi mandou a foto deste novo complexo que já está pronto na Suécia, Gotland Ring, em operação com um circuito de pouco mais de 3 km e com planos de, até 2012, inaugurar o maior traçado permanente do mundo, com 28 km de extensão. Uma nova Nürburgring, com conceitos de construção e manutenção ecologicamente corretos, num país pequeno, menor que o Estado de Minas Gerais, de 10 milhões de habitantes.

Dá uma inveja… E eles ainda têm SAABs, lá.

38 comentários

  1. anderson weiler disse:

    oi sou de santa catarina e aqui esta saindo um autodromo ate que efim esta sendo construido na cidade de Canelinha proximo a Bal.Camboriu a estimativa e para o final de 2010 estar pronto tera duas opcoes de tracado muito bons e vai sair sim pois eu mesmo fui ate a obra e vi que estao mechendo para fazer a pista vale a pena conferir

  2. J. N. Dias disse:

    A solução é pegar pistas de testes abandonadas, como a da Pirelli, em Valinhos – SP e “dar uma garibada” nela e fazer dela um autódromo.

  3. AMF disse:

    Acredito ser muito pessimista em falar que o de Cabreúva já foi para o espaço. O grande entrave de Cabreúva é um questionamento de reserva legal. E diga-s e de passagem, o complexo em Cabreúva, não terá vocação para o esporte, e sim, para o desenvolvimento e aprimoramento automotivo. Será um grande campo de provas.

  4. J. N. Dias disse:

    E sem falar que a Raínha da Suécia é brasileira! \o/

  5. Cranio disse:

    Mais importante que SAABs, eles tem muita grana e pessoal competente para esses projetos…

  6. Lago disse:

    fg, deste link: http://www.autoracing.com.br/forum/index.php?s=c8a2b4999246794cda4e4b557a7c38aa&showtopic=46095&st=30&p=1387109&#entry1387109
    saiu esta notícia:
    Sumaré, 19 de Setembro de 2007 – 11:03 hs
    Piloto planeja a construção de novo autódromo em Paulínia
    O píloto, empresário Carlos Cunha está empenhado na construção de um autódromo em Paulínia. Para a realização do projeto, foram convocados algns pilotos como Guto Negrão, Adalberto Jardim, Fábio Trindade, Antonio Jorge Neto, e alguns empresários para investirem no autódromo. O dono da fábrica de automóveis Lobini, de Cotia, Antônio Hermirio de Moraes Filho, esteve nesta semana visitando a região, aprovou a idéia e se comprometeu a trabalhar no projeto do novo autódromo.
    A construção de um autódromo na região é um sonho antigo do piloto Carlos Cunha, que pretende trazer o circuito das grandes competições de automobílismo para o interior. “Esse meu sonho está cada vez mais perto de ser realizado, quando morava em São Paulo e usava o autódromo para treinos, me lembro que era muito dificíl conseguir a liberação da pista quando mudei para Campinas e descobri que esta região é tão importante como a capital para o automobilismo cheguei a conclusão que é o lugar certo para a construção de um autódromo desde 98 venho trabalhando para
    isso”, afirma.
    O projeto já foi encaminhado a Prefeitura de Paulínia, que se mostrou favorável à aprovação. O novo autódromo será construído em uma área onde já existe pista de motocross e um lago para competições de Jet Ski.
    De acordo com Carlos Cunha, os organizadores dos principais eventos do automobilismo como, Carlos Cool da Stock Car estão apoiando o projeto.
    “Eles ficam fascinados com a idéia de realizar as competições com o
    empenho de imprensa na divulgação deste projeto e certamente logo
    realizaremos esse sonho”, conclui.
    Fonte: Tribuna Liberal.

    RESPOSTA DO FG

    Como disse, só acredito vendo. Projetos não serão mais noticiados aqui.

  7. Charles disse:

    Pô, o traçado inaugurado até que lembra o de Jacaré-Paguá (tem hífen?)

  8. TULYO CRUZ disse:

    FG,
    Aqui em BH, de fato, como já comentado houve a intenção do governo do estado em fazer um autodromo, abandonado no papel, em favor da construção dos “novos postos de atendimento ao publico” e da sede do governo – nem isso deu certo -. Quanto ao mega-space (tem hifém), teve corrida da pick-up (tem hifém) racing, por sinal muito bacana.
    abraços

  9. Gustavo disse:

    Lembrando, em jun/05 foi inaugurado o autodromo de Santa Cruz do Sul….pelo menos esse nao ficou somente na promessa(soh pra variar um pouco, assim como o Velopark, eh no RS….)

  10. MSM disse:

    Claro que não dá para comparar a quantidade de pessoas que vão aos estádios assistir futebol, com os que vão aos autódromos para ver corridas, mas claro que há público.
    O problema é o descaso e o descrédito da CBA e também a falta de divulgação. Se houvesse comprometimento, os autódromos estariam cheios nos fins-de-semana com certeza.

  11. Abreu disse:

    Descobri dias atrás uma página com a história do Nordschleife. Meio que um sonho ou devaneio megalomaníaco da Alemanha que engatinhava suas idéias de poderio nazista, Nurburgring, alem de aos poucos ter sido a mais longa pista permanente do mundo, contou com avanços inimagináveis para época como a primeira torre que mostrava de forma digital as posições dos pilotos em cada volta. Fiquei surpreso também em saber da denominação dada ao Karussell. A princípio, a parte encimentada servia apenas ao propósito de escoar água de chuva. Rudolph Caracciola descobriu que usando a parte inclinada de cimento, conseguia melhora significativa no tempo de volta. Depois disso, a famosa curva passou a ser chamada Caracciola – Karussell. Seria muito legal se essa nova pista sueca atendesse os quesitos de segurança da FIA, e que pudessemos ter uma corrida de F1 lá no futuro. Peço permissão ao Flávio Gomes para mostrar outra pista revolucionária dos anos 20. http://powerbymidea.blogspot.com/2007/04/mundo-estranho-2.html . Podem acreditar. essa pista de Ligotto, em Turim, ficava sobre a fábrica da FIAT. Leiam o texto para melhor compreensão. Abraços.

  12. Heitor disse:

    FG tu esta esquecendo que existe um autódromo em Santa Cruz do Sul no RS …..

  13. Antonio Vieira disse:

    A desculpa do país de terceiro mundo é uma boa muleta, mas não se aplica na Argentina, país muito parecido com o nosso em tudo, mas com automobilismo de primeiro mundo. O principal problema do automobilismo brasileiro, na minha modesta opinião, é que brasileiro não gosta de automobilismo. Só isso. Não tem público, não tem interesse de montadora, nem de patrocinador, nem de ninguém. Público no Brasil é pra futebol, e olhe lá.

  14. eleagah disse:

    Dizem que tem projeto para construção de uma pista em Paulínia… Cidade rica, depois do teatro que fizeram, do sambódromo (e da grana que tem por conta da petrobras, não duvido)

  15. jose carlos disse:

    aos bajuladores do gov de minas ,avisem ao sr aecio neves que ele dev e esta pra nos.
    eu vi a promessa que destinaria outra area pra nos mas ate agora babau
    na minha cidade existe uma fabrica da ambev paralizada por cerca de alguns pes de arvore nativa pequi
    em suma os caras levam automobilismo como uma atividade de porraloukas
    o municipio de sete lagoas se dispoe com a area ,mas cade a iniciativa privada que nao chega junto
    nao esta certo fazer autodromo quando precisa de hospital,escola,medicos,dentistas,professores de verdade enao grevistas de plantao,
    em suma contactamos quem poderia ajudar mas so uma multi de origem italiana se prontificou,a empresa de petroleo estatal nos ofertou uma banana mas patrocina ate cuspe a distancia
    o problema do brazil e que nao e serio e vivem a procura de idolos mas nao investe um cent para cria los
    jc sete lagoas

  16. Rogério BH disse:

    FG,

    onde seria o autódromo em BH, o governo resolveu, num ato de extrema generosidade, fazer a sede do próprio governo.
    Uma pena, quando saiu aquela notícia até eu acreditei, tendo em vista as últimas coisas que o Aecio tinha feito por aqui. Mas voltamos a nossa realidade.
    Um amigo perguntou sobre uma pequena pista, que aqui se chama “Mega Space”. É só aquilo mesmo, e serve mais para arrancada. Não sei como tiveram coragem de colocar as corridas de pickups lá.

    saudações celestes.

  17. Alexandre Martins disse:

    O autodromo de Canelinhas segue em obras, porém sem muito apoio.
    A federação segue nas obras de terraplanagem e esperamos que até ano que vem pelo menos um autodromo de terra esteja pronto para integrar nosso calendário.
    Seguimos com um campeonato catarinense com 10 corridas, com média de 90 carros por prova em 6 categorias Marcas A,B e N Stocks Omega e Opala e Mini Formula Tubular.
    Estamos lotando os barrancos das cidades de Chapecó, Joaçaba, Lontras, São Bento do Sul Joinville e Santa Cecilia com uma média de publico em torno de 6.000 por evento.
    Flavio, ta feito o convite para visitar uma corrida dessas e ver carros a 200 Km/h no chão batido.

  18. Herik disse:

    Na hora que vi o desenho da pista imediatamente me lembrei de Jacarepaguá. Não parece um pouco com o traçado do falecido?

    Sobre a pista de BH (ou Santa Luzia)… fala sério! Aquilo é ridículo e nem deveria contar como pista. Os amigos “arrancadeiros” do Flavio é que gostam de lá. A pista de arrancada termina numa subida e em curva. Se faltar freio nas tranqueiras vai ser uma festa.

  19. Herik disse:

    Na hora que vi o desenho da pista imediatamente me lembrei de Jacarepaguá. Não parece um pouco com o traçado do falecido?

    Sobre a pista de BH (ou Santa Luzia)… fala sério! Aquilo é ridículo e nem deveria contar como pista. Os amigos “arrancadeiros” do Flavio é que gostam de lá. A pista de arrancada termina numa subida e em curva. Se faltar freio nas tranquiras vai ser uma festa.

  20. LBM disse:

    Ops, esqueci. Fiz um comentário sobre os autódromos tão-ruins-quanto-os-nosso na Argentina, nos comentários sobre o Ingo (já que ele mesmo reclamou que os autódromos estão à mingua – Goiânia em questão).

  21. vitão disse:

    interessante notar que a pista atravessa extensa área de floresta, isso num país conhecido pelas suas preocupações ecológicas, onde o rei passeia de bicicleta no fim de semana pra dar exemplo. Mesmo assim, tombaram algumas árvores (certamente deve ter havido uma compensação) . Aqui, no país campeão de queimadas, onde buscasse o ecológicamente correto, nem fazer hidroelétrica pode-se. Sendo assim, vai faltar eletrecidade para gelar a cerveja que os “ecochatos” tomam enquanto discutem uma forma de parar o progresso. Vejam a diferença, lá derrubam-se árvores para lazer, enquanto aqui ficam embaçando para gerar energia (mas que por baixo dos panos é o maior devastador do planeta) . Falta de critério e coerência.

  22. Eric disse:

    No Brasil hoje só tem 2 de verdade:

    Interlagos e Curitiba.Esse Velopark é muito bonito,porém só para kart e arrancadão,certo manu????

  23. Paulo Junior disse:

    Flávio, o autódromo de BH seria construído no terreno do antigo “Jockey Clube”, entre a cidade e o aeroporto de Confins. Fizeram projeto, badalaram à vontade e nos deixaram muitíssimo felizes porque seria a realização de um sonho antigo (da época ainda das corridas no Mineirão). Entretanto, logo depois, o governo do estado escolheu o terreno para construção do seu centro administrativo. Dizem as más (?) línguas que o papo de autódromo foi apenas uma artimanha para valorizar a área.
    MG continua não tendo um único autódromo decente.
    A mini-pista de Santa Luzia (MegaSpace) nada tem a ver com o “Autódromo Internacional de BH”.

  24. Acarloz disse:

    Não são os Autódromos que estão morrendo, é o Automobilismo Brasileiro…

  25. Jan Balder disse:

    Amigos,
    Realmente é uma vergonha…..a falta de pelo menos bons autodrómos no Brasil.
    Até 1970 praticamente só tinhamos Interlagos e com o sucesso do automobilismo brasileiro no exterior focados pela midia nasceram Tarumã(RS), Cascavél, Curitiba. Goiania , Brasilia, Fortaleza e todos eles atualmente estão praticamente mal conservados.
    O imenso Brasil merecia mais.
    No Sul em Porto Alegre tive o prazer de ser convidado para inauguração do Velopark e fiquei entusiasmado com as 3 pistas de Kart, sendo dois deles integrados(somando mais de 2 kilometros, super largos(12 m), iluminados , além de uma pista fantastica de arrancada ao estilo americano e um estacionamento gigante, tudo super organizado e até para facilitar o acesso construiram um viaduto sobre a estrada de acesso ao Velopark.
    O empreendimento é grandioso certamente não faltará em breve uma pista de Cross e um autodrómo para atender corridas nacionais. Tudo isso tem o aval da Empresa Gerdau de iniciativa privada. Acredito que este vai dar certo e como disse o Flavio Gomes todos os outros projetos que apareceram nos ultimos dois anos não sairam do papel.
    Forte Abraço
    Jan

  26. Wladimir disse:

    gente, só para se ter uma referência:

    qual é o esporte nacional?
    o futebol é claro
    e qual o nível de conservação ou de modernidade dos estádios de futebol?
    péssimas na maioria, com raras excessões.
    vão querer que esporte de elite tenha autódromo decente?
    fala sério né…

    se no esporte mais popular o pop não tem vez, o que esperar do automobilismo?

  27. Marcelo D disse:

    Enquanto isso no Brasil… o Supremo (?) Tribunal Federal volta a liberar bandidos graúdos.

  28. Doug disse:

    Flavio,

    Também não houve rumores, tempos atrás, sobre a construção de um autódromo, em Guarulhos, para brigar com Interlagos para ter a F1…
    Também não passou de especulação, não?

    Abraço!

    RESPOSTA DO FG

    Sim, eu tinha esquecido. Outra cascata. E acabo de receber a maquete de um autódromo em Rondonópolis, para 60 mil pessoas. Mais uma. Não caio mais nessas.

  29. Filipe Araújo disse:

    Falou muito o Reginaldo nat rock.

    O problema não é só o automobilismo não.
    O buraco é mais embaixo.

  30. Filipe Araújo disse:

    Ai ai.
    Toda vez que falamos da situação do automobilismo nacional bate um desânimo. Seja pela incapacidade de gestão, seja pelo sucateamento de categorias antes gloriosas, seja pelo caquético estado de nossos autódromos. Para ser piloto hoje tem que ter muito amor mesmo.
    Assiti à Stock desse ano na curva da vitória. fiquei abismado ao verificar que na tangência da curva, colado na zebra interna, existe um bump, causado por um desnível enorme, que fazia com que vários carros tocassem o pneu dianteiro na parte interna da carenagem, soltando fumaça e prejudicando o controle do carro. Isso em uma curva já conhecida por seus graves acidentes.
    Bem, essa é a parte boa da pista, o anel externo. A parte interna, ao que parece, está indo para o buraco.
    Engraçado que, aqui em Brasília, quase tudo o que colocarem para correr dá Ibope. Existem categorias que lotam a ponto de ser necessária a instalação de mais arquibancadas. Só que, estranhamente, a estrutura do circuito é praticamente a mesma desde a sua criação.
    Não existem banheiros, a torre com o painel está detonada há décadas, não há sinalização, um poeirão danado, sol na moleira, desorganização total nos eventos, som péssimo (quando há), sujeito tendo que serrar corrente para liberar visitação aos boxes, uma cerva custa R$ 3,50 a lata, coisa de maluco.
    Na GT3 desse ano os treinos começavam às 08:00 da matina. A primeira corrida era umas 15:30. Chegou a hora do almoço, não tinha rango no autódromo, normal. O problema foi o brutamontes no portão que disse: “se sair não entra mais hoje!”. Como não meu senhor. O bilhete está pago, na minha mão, tenho o direito. O que não dá é para passar fome aqui dentro. “Ordem da administração”. Então pega esse bilhete e soca…Fui embora e não voltei, nem no sábado, nem no domingo.

  31. reginaldo nat rock disse:

    complementando para não ficar tão ácido, eis a proposta para melhoria de nossos autódromos.
    http://race.blig.ig.com.br/2008/25/ai-vem-o-pac.html

  32. Fast disse:

    Não são apenas os autódromos que estão morrendo.

    A Seção “MOTOLAND” também morreu no blog.

  33. reginaldo nat rock disse:

    Menor que Minas mas com renda per-capita ali ó entre os 3 melhores do mundo, aliado a um governo que leva a serio o conceito de utilizar o dinheiro do povo em beneficio dele – POVO. Onde as iniciativas particulares são levadas a sério e que conta com o suporte do governo, não necessariamente atraves de aporte financeiro. Onde uma licença tem o preço justo sem necessidade de taxa de urgencia muito menos azeitar o ditador de plantão para fazer seu pedido andar mais depressa. Onde os clubes esportivos cobram taxas condizentes e RETRIBUEM com a propalada prestação dos serviços adequados. Onde se leva a sério o conceito de que os usuarios (de qualquer coisa publica) é respeitado até o talo. Onde o primeiro ministro anda com o proprio carro. Carro oficial só em ocasiões especialíssimas. Onde a rainha (que viveu em são paulo) vai as compras pessoalmente e reclama barbaridade do preço cobrado…
    Queria o quê meu amigo?
    Primeiro mundo por aqui?
    Honestidade de propósitos?
    Correção de comportamento?
    Preservação e utilização plena e com qualidade de praças desportivas, incluídas , aí, estádios, autódromos, atletismo e natação dentre outras?

    Pra que?
    Infelizmente não será para nós… lamentavelmente…
    Sobrou Interlagos mutilido. Até quando irá resistir é a grande pergunta.

  34. Bruno disse:

    bah. 28km de pista.. deu inveja. de verdade.

  35. Davi Ribeiro disse:

    Esse autódromo tem pelo menos uns dois anos desde o anúncio do projeto. Até agora somente uma pequena parte foi construída. Ainda falta muito para o projeto completo se realizar…
    Aqui no Brasil é lastimável. Só temos um autódromo “de ponta”, que é Interlagos e outro que sedia algumas provas melhores, que é o de Curitiba, que ainda deixa bastante a desejar também.
    Os demais estão muito mal cuidados.
    Aqui na Bahia – moro em Salvador – há muito o povo fala em construir um e, até agora o que temos é um barródromo.
    Muito ruim a situação do automobilismo nacional…

  36. AM disse:

    FG,

    E aquela (pequena) pista que inauguraram recentemente em BH? Faz parte de algum projeto real?

    Se não estou enganado, precisamos, infelizmente, adicionar Guaporé a sua lista de moribundos…

  37. Milton disse:

    Não só Saabs, como também Volvos…e lindas mulheres…

    pq, como diz um amigo meu:” bom mesmo é morar na Suécia, porque a mulher mais feia é loira de olho azul!”rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>