MENU

sexta-feira, 11 de julho de 2008 - 18:04Colunas Warm Up, F-1

SCHUMI EXPLICA

SÃO PAULO (lá vem chilique) – Você não consegue entender como é que três pilotos estão empatados nos pontos na liderança do Mundial de F-1, e um quarto está a apenas dois pontos deles? De onde vem tanto equilíbrio, lembrando os tempos de Senna, Prost, Masnell e Piquet (na foto histórica de 1986, ao lado)? A coluna Warm Up de hoje defende uma tese.

Leia lá, comente aqui!

122 comentários

  1. vitor pletsch disse:

    ERIC!!
    affffff??? que espécie de argumento é esse??
    não estou aqui pra contar novidade nenhuma;
    alonso era igual a senna sim, inclusive no (mau) caráter.
    e sim, o alemão é absoluto! dê graças a Deus por ter tido a oportunidade de ter assistido este mpnstro sagrado da competência e velocidade.

  2. Edson Naga disse:

    OK.

    Sem problemas…

    Valeu chefe!

    Flw.

  3. Vanesa disse:

    FG, sua coluna foi direto ao ponto, assino em baixo.
    Acho que no caso do Senna, o fato de ter morrido nas pistas causou uma comoção muito grande. Juntando isso ao fato dele ter sido o cara que mais conquistou fãns na história da F1, acaba se refletindo nos resultados das pesquisas que constantemente apontam Senna como o melhor da história. Apesar de ter conquistado apenas três títulos e de ter falecido aos 34 anos, já em final de carreira (com essa idade acho que não correria por muito mais tempo).

  4. Edson Naga disse:

    Boa Noite Flávio Gomes.

    Eu deixei meu comentário (13/07) neste tópico e ele não apreceu mo mural de recados…

    Por favor, confirme se eu realmente comentei?

    Se fui censurado, gostaria de saber o ponto crítico da minha resposta que pode ter infringido as normas de conduta do blog.

    Não estou brigando contigo.

    Insultei alguém????

    Fico no aguardo pela sua resposta.

    Boa Noite.

    RESPOSTA DO FG

    Não me lembro de cada comentário eventualmente apagado, Edson. Eles o são por vários motivos. Palavrões, ofensas, referências jocosas a outros blogueiros. Às vezes acontece. Mas não sei dizer o que aconteceu com o seu. Na dúvida, comente de novo.

  5. Penelope Charmosa disse:

    A COLUNA MAIS PERFEITA DE TODOS OS TEMPOS…
    CONCORDO EM GÊNERO, NÚMERO E GRAU COM CADA LINHA…

  6. Souza disse:

    se o schumacher tivesse se aposentado em 2004 o Flavio Gomes iria dizer que ele ganharia fácil os campeonatos de 2005 e 2006…

    afinal ganhou quase todas as corridas de 2004,

    quem diria que Alonso seria campeão ?

    especulação qualquer um pode fazer.

  7. Corneteiro disse:

    Detalhe: dos atuais, Alonso é melhor que Schumacher, tanto que aposentou o hepta, inclusive correndo com um carro inferior! Eu não consigo esquecer a pífia temporada de 2005, na qual o “gênio tedesco” só ganhou em Indianápolis, com aquela palhaçada dos pneus e a Ferrari proibindo o Rubinho de atacá-lo! Fala sério, o Schumacher é foda, está no top10 dos maiores da história, mas não no top5!

  8. Corneteiro disse:

    O Senna, nas mesmas condições do Schumacher, teria ganho 10 títulos! O Prost e o Piquet 9! Mas, enfim, “se” não existe, assim tenho que aturar esse tipo de comentário ufanista! Um abraço!

  9. vitor pletsch disse:

    zeuxis!! qual é o problema de comparar massa com piquet??
    tem gente que compara schumacher e senna!!!!!!!! e esses que comparam o almão 7 com o senna3 também estão de brincadeira????

  10. Will disse:

    Então, melhor piloto, no sentido arrojo, agressividade, combatividade e desempenho entre GP’s disputados foi Senna.

  11. Will disse:

    Bom, após tudo isso ter sido falado sobre o Schummy versus outras gerações da F-1, é só lembrar das corridas.
    Se olharmos as 5 ou 10 melhores exibições de cada piloto, veremos, sem dúvida, que as do Senna foram mais espetaculares.
    Então, o mais espetacular piloto de F-1 (dos campeões mundiais) foi Senna.
    O que teve mais vitórias, poles, etc… foi Michael Schumacher.
    O mais malandro (no bom sentido), o Piquet.
    O mais constante, Prost.
    E por aí vai.

  12. Carvalho disse:

    Uma teoria é apenas uma teoria, e esta, como muitas outras, continuará sendo apenas mais uma, pois não pode ser provada…. Mas posso contrapor outra teoria….. Primeira hipótese: a Ferrari era imbatível, e havia lá um piloto acima dos demais. Resultado: Dominação….. Segunda hipótese: somar à primeira teoria a inexistência de outros pilotos sensacionais ou a impossibilidade destes de atuar de forma competitiva, seja por restrições de equipamento ou restrições de contrato. Portanto, não deixemos hipóteses adquirirem o valor de verdades absolutas. Este é um campo aberto a discussões infindáveis, onde tudo é possível mas nada pode ser provado….

  13. Rubem disse:

    Como brasileiro fanático é doloroso ter que concordar, mas concordo.

  14. Igor disse:

    Schumi é gênio sim, não contesto isso, ele seria campeão no meio das feras das décadas de 80/90? Seria, mas não teria tanto domínio como teve, Schumi só pra ter uma idéia, conseguiu em 2002 e 2004 dominar tudo, mas nesses anos as Ferrari sobrou(em 2002, Schumi foi pro pódio em todas as corridas) e em 2004, ele ganhou 12 das 13 primeiras corridas iniciais, só tendo perdido o GP de Mônaco, onde abandonou e o vencedor foi Jarno Trulli, então com o carro da Renault.

    O domínio não seria tão avassalador por causa dos já citados adversários pra disputar com ele, e também porque na época, os carros não eram tão equilibrados, quebras eram algo rotineiro, mesmo as McLarens de 88 de outro mundo, abandonaram as duas o GP de Monza, deixando brecha pra Ferrari de Berger fazer a alegria da torcida local.

    O fato, que ninguém pode negar, é que Schumi poderia ter tido menos títulos sim, vamos supor que tivesse igualdade de condições entre ele e o Barrichello, óbvio que Schumi venceria mais campeonatos que o brasileiro, mas quem não garante digamos, que se o Rubens tivesse um carro igual, não poderia vencer alguma temporada vencida por Schumi? 2003 as Ferraris tiveram um festival de quebras, o própio Schumi demorou pra vencer, Rubinho por exemplo, perdeu de forma ridícula o GP de Interlagos devido à um erro amador de pane-seca, caso tivesse vencido, Rubens saíria de Interlagos naquela corrida com 18 pontos, enquanto Schumi até então, estaria com 8 pontos, em igualdade de condições, seria uma disputa boa.

    Agora, que o cara pegou, entrou numa equipe que se enterrava com Alesi e Berger, trabalhou, lutou, perdeu títulos de 97 e 98(96 a disputa foi Hill x Villeneuve e em 99 ele sofreu aquele acidente, e a disputa foi Hakkinen x Irvine), e em 2000, disputando com Hakkinen, conseguiu o título, quebrou um jejum de uma equipe que não conseguia um piloto campeão desde 1979, e ainda engatou uma sequência vencedora nos anos seguintes, isso se chama talento, de qualquer forma. Se nesse tempo, os pilotos que poderiam bate-lo não conseguiram, isso não vem ao caso. Hakkinen parou logo, em 2001, Coulthard era limitado, Rubens estava com um contrato limitando sua capacidade de competir, Villeneuve estava em uma equipe sem carro para conseguir disputar o título, Montoya corria muito, mas a sua irregularidade não permitia isso, Kimi na McLaren até tentou, mas não conseguiu.

    O que acontece é que Schumi tinha seu estilo, dava suas famosas voltas de classificação nas corridas para vencer seus adversários, era regular o suficiente, apesar de já ter quebrado bastante e se envolvido em diversos acidentes e tal.

    Seja qual for a época que ele corresse, no mínimo, conseguiria três títulos em sua carreira toda, que como sabem, foi de 16 anos(14 completas, e 2 temporadas incompletas), e não há quem não diga que um piloto tricampeão não seja um gênio, tendo em vista que são tão poucos que conseguiram isso(Schumacher, Senna, Prost, Fangio, Stewart, Piquet, Brabham e Lauda)

  15. Angelo disse:

    Jackspeed, péssimo trocadilho. o problema foi mecânico, quebra da barra de direção. santa ignorância….

  16. Eric disse:

    Se minha mãe tivesse bigode eu teria 2 pais….

    Vá…..li cada merlda aí em cima que me recuso a responder ou comentar….vou copiar o de cima aí…..

    Prost era pior que raikkonen.AFFFFFF!!!!!!!!!!!!!
    Piquet era melhor que massa.Putz que novidade!!!!!!!!!!!!!!!
    e Senna era igual a Alonso.Na altura ou no peso?????Vá toma….
    Schumacher é absolutamente absoluto!!!!É claro,empurrra o rolimã para ver como vai rápido na ladeira….

  17. lucianocop disse:

    Excelente “tese”.

    Schumacher foi sensacional. Senna também. Só fico preocupado quando dizem que Mansell foi um grande piloto.

    Senna só não foi melhor (em resultados) porque não trabalhou com JT & RB, que fizeram Schummi sobrar na Ferrari.

    abçs.

  18. Zeuxis disse:

    O Vitor Plestsch, vc qr comparar Piquet com Massa, vc esta de brincadeira, né ?

  19. vitor pletsch disse:

    mansel era pior que qualquer um dos atuais pilotos.
    prost era pior que raikkonen.
    piquet era melhor que massa
    e senna era igual a alonso.
    Schumacher é absolutamente absoluto!!!!

  20. Thaís Furtado disse:

    Ótima coluna!
    Pela primeira vez alguem conseguiu traduzir o porque de “alguns” considerarem o Schumahcer como um excelente piloto!

  21. Romulo disse:

    Qual é a diferença dos títulos de Schumacher em 2001-2004 para o de Nigel Mansell em1992?

    Nenhuma.

    Como piloto, Schumacher é tão bom quanto outros campeões. Nem mais, nem menos.

    Como pacote completo, ou seja, “piloto e desenvolvedor de carros”, aí sim se pode falar que ele foi o melhor da história.

    O resto é fanatismo.

  22. Jackspeed disse:

    caro angelo,a corrida de imola independente da morte de senna ele nao fez pontos,podia ter saido do carro andando que ainda assim seria 30×0 para o queixudo e alem do mais o schumacher ja estava acossando o senna,o alemão estava muito proximo e com um carro mais equilibrado,schumacher estava nos trilhos enquanto senna(desculpem o trocadilho1)estava se matando para segurar a renault!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>