MENU

sábado, 18 de abril de 2009 - 8:34F-1

SPRING ROLLS (5)

SÃO PAULO (voo 1510) – Vettel é o nome do garoto. Na sua terceira corrida pela Red Bull, faz a primeira pole da história da equipe, na madrugada de hoje em Xangai. Como fizera com a Toro Rosso em Monza no ano passado. Como eu disse ontem, não é a falta de difusores mágicos o problema da McLaren e da Ferrari. A Red Bull não tem. Mas tem um projetista competente. E um pilotaço.

Como pilotaço é Alonso, capaz de levar o Clio da Renault à primeira fila. Desta vez, a Brawn ficou um pouco para trás. O que é ótimo. Domínios absolutos não ajudam esporte algum. E, desta vez, Barrichello ficou à frente de Button. O que é ótimo para ele, também. Chegar atrás do inglês na corrida é que será um péssimo negócio para o brasileiro.

A Ferrari continua muito bem. Massa não passou para o Q3, o que foi bom para dar mais tempo ao time para verificar o óleo e a calibragem dos pneus. De hoje para amanhã a equipe fará também cristalização da carenagem e higienização. Felipe larga em 13º. Raikkonen passou, mas se classificou apenas em oitavo. É o limite do time.

Nelsinho foi muito mal de novo. Atribuiu o resultado à diferença de equipamento entre ele e Alonso. Fernandinho tem algo mais em seu carro. Verdade. O piloto.

158 comentários

  1. Tristan disse:

    Prezado Flavio Gomes.

    Se um leitor que deixou seu comentário (contrário ao seu ponto de vista) pode ser ofendido por um outro leitor, porém não pode retrucar a ofensa, isso mostra, mais do que tudo, a sua necessidade de ser elogiado, ou ter seu ponto de vista “confirmado”.

    Respondendo ao leitor Salário mínimo, com a ironia tão comum em seus textos (seus de Flávio Gomes), tive meu comentário censurado.

    Se o ponto de vista do comentário é favorável ao seu texto, uma ofensa se torna ironia, se é contra, uma ironia se torna ofensa.

    Durante algum tempo, apesar de ter opinião contrária a muitas de suas opiniões, continuei visitando o seu blog, pois ele sempre foi informativo apesar de ser principalmente opinativo. Mas com a necessidade de ter sua opinião “referendada” pelos leitores, já que comentários adversos meus foram constantemente censurados.

    Continue tendo o salário mínimo como seu leitor, autor de textos primários, (como ele mesmo disse), de conceitos primários e arrogantes (e a arrogância parece ser algo comum aqui neste blog). Poderia até tentar explicar ao “Gênio” do salário mínimo a imbecilidade da premissa dele, mas acho que jamais conseguiria atingir o nível de compreensão dos beócios.

    Mas de nada adiantaria se conseguisse, pois certamente seria censurado, como já fui, e certamente serei outra vez neste comentário. E se for publicado certamente virá com o tipo de resposta que você reserva a quem discorda do seu ponto de vista, como o feito a um leitor em um post abaixo, recomendando-o a deixar de visitar o seu blog.

    Fique com os puxa-sacos e aumente o seu cordão.

    Estarei seguindo o conselho que você certamente daria.

    RESPOSTA DO FG:

    Não tenho a mais remota ideia sobre o que você está falando, mas tudo bem.

  2. Leo Couto disse:

    No Q1 e Q2 todos andam com pouca gasolina e quem não passa nas duas primeiras sessões tem a liberdade de definir o peso do carro. Só quem vai para o Q3 que tem que sair para a classificação com a gasosa e o peso que vai largar.

    É fácil constatar isso ao comparar os tempos das 3 sessões ! Tem muita gente aqui falando besteira do tipo “Ah , tá vendo pq o Nelsinho não passou da Q1 , ele tá muito mais pesado” – Nâo tem nada a ver galera !

    Fiz um cálculo de quando cada piloto deve parar para o 1o pit stop na corrida. Usei algumas informações disponíveis na internet para converter kg para litros, densidade do combustível, consumo de um F1, peso mínimo de um F1 e etc e ficou mais ou menos assim:

    1o Pit Stop
    Vettel 8a Volta
    Alonso 7a Volta
    Webber 9a Volta
    Rubens 12a Volta
    Jenson 11a Volta
    Trulli 12a Volta
    Nico 10a Volta
    Kimi 14a Volta
    Lewis 15a Volta
    Buemi 19a Volta
    Nick 17a Volta
    Heikki 19a Volta
    Massa 17a Volta
    Nakajima 16a Volta
    Bourdais 17a Volta
    Piquet 19a Volta
    Kubica 11a Volta
    Sutil 9a Volta
    Glock 10a Volta
    Fisichella 15a Volta

    Como os pilotos estão falando que o pneu macio da Bridgestone dura umas 10 voltas , acho que faz sentido esse cálculo. Os caras vão queimar os macios no início e depois fazer mais 2/3 com os pneus duros.

    Vamos ver se os meus cálculos fazem sentido.

    Abs,
    Leo

  3. Salário Mínimo disse:

    Caro Tristan. E desculpe os meus erros gramaticais. Eu sou do Japão e português não é o meu forte.

  4. Salário Mínimo disse:

    Marília, a regra é simples. No Q1 onde ele foi eliminado todos estavam com mesma quantidade de combustível.

  5. Salário Mínimo disse:

    Caro Tristan, minha mensagem é para os que apontam a diferença de peso como UMA DAS RAZÕES. Ninguém aqui afirmou que não há nenhuma diferença técnica entre os bólidos, mas certamente a diferença de peso NÃO EXISTE. Se vc não tem capacidade de interpretar um texto primário como esse.
    é melhor ficar calado para não assinar atestado de baixo QI.

  6. Marilia Compagnoni Martins disse:

    Salário Mínimo

    qdo vi o tanto de gente dizendo que o problema é o peso, eu fui procurar o regulamento, e como trabalhei o dia todo hj, fui no lugar mais fácil, no site GP do FG, e não vi nenhum comentário sobre existir uma regra pra cada qualifying, se existe, vc pode me dizer onde acho? Só não fala no site da FIA, pq lá eu vou ler uma bíblia
    hehehe

    abs

  7. claudio disse:

    Nelsinho tá masi pesado que o Alonso, é verdade…
    Mas no Q1, onde o Nelsinho foi eliminado nos treinos, todo mundo treina LEVE!!!
    Apenas no Q3 é que os pilotos entram com combustível para a prova, esquceram disso???
    O menino é apenas regular nos GPS, pq nos teinos é péssimo, mas nas corridas até consegue desemepnho regular com o Renault, o problema é sempre começar atrás e aí as possibilidades são muito remotas!
    Parece-me pouco concentrado e muito frágil.
    F1 é muita pressão e atitude!
    Tá faltando isso a ele…
    Infelizmente não creio que Di Grassi ocupe o lugar dele, pois em breve ele perde o posto. Quem leva é o Grosjean.
    Nem Bruno vai pra STR ou Williams, como alguns apostam, tvz pela torcida pelo garoto…
    Se ele, Bruno Senna, conseguir vaga agora, será na tosca Force India, no lugar do pré-aposentado Fisichella…

    Nelsinho repete, num tom mais melancólico e numa chance desperdiçada em uma grande equipe, outros nomes que chegaram a F1 e tiveram vida curta e triste de insucessos: Christian Fittipaldi, Zonta e Pizzonia…

  8. Zeuxis disse:

    A Renault tirou o pirulito(kers) do Alonso e deu uma trufa(difusor com um puxadinho) e pro Nelsinho só tiraram o pirulito dele, sacanagem com o moleque po.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>