FOLLOW UP | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

sexta-feira, 4 de março de 2011 - 15:30Stock Car

FOLLOW UP

SÃO PAULO (tudo muito cinza, e nem chegou quarta-feira…) - Duas semanas atrás mostramos aqui o vídeo no YouTube postado pelo piloto da Stock Diego Nunes, que logo depois tirou do ar e tal. Eram imagens de uma irresponsabilidade sobre uma moto a 299 km/h numa estrada brasileira, festejada na base do “u-huuuu”, “muito loko”, essas coisas. Na ocasião, escrevi que ele deveria ter sua carteira de piloto cassada pela CBA, que sua equipe deveria demiti-lo e os eventuais patrocinadores deveriam cancelar seus contratos.

Alguns acharam que exagerei, especialmente alguns colegas de Nunes. Mas não vou retomar o tema em seu mérito. A CBA, claro, nem se manifestou. A equipe não vai mandá-lo embora. Mas o principal patrocinador, a fábrica de chocolates Garoto, andou recebendo e-mails de blogueiros questionando a empresa e pedindo dela uma posição sobre o patrocinado.

Reproduzo abaixo a resposta que a Garoto deu a pelo menos quatro deles, o Fernando Kesnault, o João Paulo Silveira, o Cláudio Aun e o Flavio Amâncio. Todos fiquem à vontade para postar nos comentários os e-mails que mandaram à fábrica de chocolate.

Como dizem na publicidade, é só um “follow up” para a blogaiada não ficar de mãos abanando. Em jornalismo, chamamos isso de “suíte”.

Não só acolhemos plenamente seu protesto em relação à atitude do piloto Diego Nunes, como ainda nos identificamos com sua posição.

O apoio ao esporte faz parte da filosofia de atuação de nossa empresa desde a sua origem. A prova 10 Milhas Garoto e o apoio à equipe de basquete de Vila Velha (CEFAT) fazem parte do programa de estímulo ao esporte em nossa comunidade e estão inteiramente identificados com nossa marca.

O incentivo à formação e ao desenvolvimento de atletas de alto nível, como a octacampeã mundial de bodyboard Neymara Carvalho e a campeã de karatê Mariana Machado, é também parte desse programa.

Patrocinamos o Diego Nunes desde o início de sua carreira, uma história de sucessos que confirma a assertividade de nossa orientação. Por isso, ao tomarmos conhecimento do vídeo postado no Youtube, procuramos o piloto, preocupados com sua atitude.

Consciente das repercussões de seu gesto, foi o próprio piloto quem tomou a decisão de retirar o vídeo e retratar-se ante o público.

Percebemos na sinceridade dessa atitude aspectos positivos, decidindo manter nossa confiança junto ao atleta.

Queremos agradecer pela confiança demonstrada em nossa marca, e fique certo de que não pouparemos esforços para merecê-la.

Pronto, a Garoto falou. Agora falem vocês.

148 comentários

  1. Guilherme disse:

    Não compro chocolates Garoto por causa do patrocínio ao piloto em questão, e nem vou deixar de comprá-los por conta do vídeo feito pelo referido piloto.

    Não acho que piloto e empresa estão gargalhando às custas dos consumidores, como disseram alguns.

    Acho que sim, o piloto teve de no mínimo dar explicações para seu patrocinador, uma vez que o episódio filmado “pegou mal” para a sua imagem e para as marcas vinculadas a ele.

    Não, não acho que ele vai mudar seu comportamento, é claro que da próxima vez que ele resolver ultrapassar os limites de velocidade brasileiros ele não vai mais filmar e colocar no youtube. De resto, é a ignorância que todos conhecemos.

    Não muda nada, nem vai mudar… cada um faça o seu… mas duvido que o “boicote” aos chocolates Garoto vá mudar alguma coisa.

    Eu vou continuar comprando e comendo, afinal sou chocólatra, seja da Garoto, Nestlé, Lacta, importados, caseiros… não é um vídeo no Youtube que me fará mudar de gosto.

    abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>