MENU

sexta-feira, 12 de julho de 2013 - 17:45Indústria automobilística

FORD, 1901

SÃO PAULO (coragem) – A Ford mandou esse material com o vídeo de Carl Edwards sobre o Sweepstakes 1901. A história está abaixo. E é muito bacana.

O Sweepstakes 1901, histórico carro de corrida de Henry Ford, voltou à cena na mídia norte-americana com o piloto Carl Edwards, astro da Nascar. O carro original, precursor dos “fórmulas” no início do século passado, está exposto no Museu Ford como um marco do recorde de velocidade de 110 km/h batido pelo fundador da empresa.

Carl Edwards esteve em Dearborn, cidade-sede da Ford, para dirigir o mesmo carro com mais de 100 anos. “É o carro de corrida mais insano e legal que já dirigi”, afirmou Edwards. “Você faz a curva e não há freios. Eu não sei como Henry Ford fez para dirigir essa máquina perto de 110 km/h em 1901″, disse.

O Sweepstakes levou Henry Ford à vitória em sua primeira corrida em Grosse Pointe, Michigan, em 10 de outubro de 1901. Ele derrotou Alexander Winton, um dos pilotos de maior sucesso dos EUA, o que teve grande repercussão. Foi a única corrida de Henry Ford como piloto. A vitória mudou tudo para ele e a história da indústria automobilística. Muitas pessoas que viram a corrida vieram oferecer apoio financeiro, o que abriu caminho para a criação da Ford Motor Company em junho de 1903.

O Sweepstakes 1901 de Henry Ford faz parte da coleção “Racing in America” do Museu Henry Ford. “Pensar que foi este carro que começou a coisa toda é incrível”, comentou Edwards. “Se não fosse por ele, a Ford não transformaria o caminho de muitas pessoas, inclusive o meu, que vivo do automobilismo.”

Adoro essas histórias e a preservação desses carros. Não sei se esse é o Sweepstakes original, ou uma réplica. Aparentemente, é o próprio.

8 comentários

  1. Alex disse:

    História muito legal, vou pesquisar mais a respeito. Tinha que ser no seu Blog FG!!

  2. Rubim disse:

    eu não teria coragem pra andar nem a 50 km/h empoleirado em cima desse carro, imagine isso a 110 km/h, respeito por todos aqueles caras que começaram essa historia de correr de carro.

  3. Denilson Maciel disse:

    Flavio, Essa corrida vencida pelo Ford foi retratada na série gigantes da indústria que esta sendo exibida no canal History Channel, para quem não viu vale a pena, abraço.

  4. Rogério Magalhães disse:

    Bacana pacas… tempos insanos, caras destemidos, com umas 200 bolas…

    E por falar em Ford, tem essa história bem legal, sobre os 100 anos do ônibus escolar Ford T: http://blogpontodeonibus.wordpress.com/2013/07/12/onibus-escolar-ford-t-completa-100-anos/

  5. Victor disse:

    Só contextualizando um pouco mais esta vitória do FORD. À época exista uma espécie de monopólio sobre a fabricação de automóveis nos EUA, sempre que um construtor independente aparecia com um projeto, ele tinha de submeter o mesmo a essas autoridades (que agora me foge o nome, se algum leitor ou mesmo o FG souber, favor postar), e, como há de se esperar (devido aos grandes interesses das empresas já fixadas em não terem competição e terem as autoridades ‘nas mãos’), tais autorizações para a manufatura nunca eram concebidas. Ai o Ford, já emputecido de ter as portas fechadas tantas e tantas vezes, propôs esta corrida, onde, caso ele ganhasse, colocaria e poderia derrubar esse monopólio, que foi o que aconteceu.

    Creio que deixei de lado vários detalhes por esquecimento, favor corrigir algum caso conheça(m) melhor a história.

  6. FALEDI disse:

    FG, esse exato relato é contado pelo History Channel no último capítulo da miniserie Gigantes da Indústria. Vale a pena conferir. sds

  7. Benetton-Ford disse:

    100% de aproveitamento! Schumi deve ter inveja dos números do “piloto” Henry Ford!

  8. 110 km/h caracas,com freios de bicicleta , Sr Ford era muiiiito macho..

    Aproveitando a deixa um link para A Konbi do Dia.
    http://24.media.tumblr.com/14de2da179f90300a2b1e0656a9a37c0/tumblr_mkyo3fU24O1s59gwxo6_1280.jpg achei muito doido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>