NAS ASAS | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quarta-feira, 13 de novembro de 2013 - 11:12Nas asas

NAS ASAS

SÃO PAULO (eterno) – Que legal a notícia enviada pelo André Cotta pelo Twitter! Lembram do 737-200 da Vasp que estava largado em Confins? O primeiro a entrar em operação no Brasil, que iria a leilão? Pois foi comprado por um empresário que pretende restaurá-lo com as cores da Vasp e deixar a ave aberta ao público. A notícia está no sempre excelente Vrum, de onde emprestei a foto abaixo. O comprador do PP-SMA não quis se identificar, mas já agradecemos por antecipação. E aguardamos notícias.

poltronasvasp

19 comentários

  1. Marcio Rezende disse:

    Tem mais notícia do avião da vasp retido na rodovia aqui: http://arede.info/campos_gerais/aviao-transportado-sem-autorizacao-e-retido-pela-prf/
    é outro prefixo PP SMH.

  2. André disse:

    Parece que tem caroço nesse angu, segundo alguns comentários da reportagem no Vrum, mas pode ser recalque tambem…
    Enifm, que façam bom uso da aeronave…

  3. Helton Fernandes disse:

    Nesse espaço da foto a gol colocaria mais 2 fileiras de cadeiras.
    Mais gente para comprar os lanchinhos vendidos a bordo. Deselegante pra cacete…

  4. Saulo Novaes disse:

    Amém! Deus abençoe esse mecenas com voo sem escalas ao céu! Agora precisa aparecer mais uns tantos como esse para salvar o museu no RS, aquela concessionária VW com fuscas e brasilias intactos, o galpão da Vemag e afins…

  5. Fabio Amparo disse:

    Muito bom, tomara que o projeto vire realidade.

  6. kiko disse:

    Quanto espaço entre as poltronas! Retrato de uma época diferente….

  7. Muito bom, fico feliz em ver alguém interessado na preservação de veículos históricos.

    O SMA deteve durante um bom tempo o recorde de aeronave que permaneceu por mais tempo servindo uma única empresa. Se não me engano, esse recorde pertence atualmente a uma aeronave da Bolívia.

    Reinaldo
    http://reiv8.blogspot.com

  8. Eduardo Aranha disse:

    Foi este avião que motivou a criação de um slogan inesquecível no final da década de 60. “VASP, cinco anos à frente”. Este slogan simbolizou a virada da VASP, que passou a ser realmente competitiva no mercado aeronáutico brasileiro, Os cinco anos representavam a distância da VASP com os modernos 737, em relação à VARIG com os 727.

  9. Daniel Ramos disse:

    Pode ter sido o pessoal da TAM que adquiriu, pois eles têm o maior museu de aviões, se eu não me engano é o maior museu do mundo (mas posso está falando uma besteira), e seria interessante deles ter esse Boeing da VASP, tanto que em entrevista o diretor do museu, afirmou que seria interessante contar com um VASP, já que faz parte da história da aviação brasileira. Mas pode ser outro, quem sabe?

  10. Sabugo disse:

    A única graça desses aviões era o silvo característico de seus motores, que graça tem deixa-lo plantado no chão?

  11. Galba disse:

    olha só essas poltronas Recaro!

  12. Rodrigo Mota disse:

    Legal.

    embora eu ache que o destino mais adequado seria o museu dos Afonsos/RJ (Musal) ou mesmo em Seattle.

    seria interessante ver um Avião nas cores de uma empresa Brasileira sendo exibido nos EUA. conheço muitas pessoas fora do Brasil que gostam da VASP e seria interessante ver o -SMA lá.

    e mais. é em Seattle. a Boeing vai mante-lo muito bem pois é um clássico…

  13. robson disse:

    Vejo esse avião toda semana em Confins, está bem do lado da pista de taxi das aeronaves, dá uma dó tremenda em ver o estado que se encontra. Que bom que teve final feliz.

  14. Antonio disse:

    não consigo entender apego a algumas porcarias.

  15. Hugo Borges disse:

    Pelas inverdades que o comprador declarou ao Vrum, já começo a duvidar do destino do SMA, infelizmente.
    “O novo dono do avião informou que, por causa da importância histórica desta unidade, a Boeing entrou em contato com ele fazendo uma excelente oferta para comprá-la e levá-la para o museu dela em Seattle, nos Estados Unidos, além de oferecer um outro avião semelhante na troca pelo PP-SMA, mas a oferta foi recusada.”
    Isso é balela pura, a Boeing nunca se interessou em levar o SMA para o seu museu em Seattle, até porque o SMA não foi o primeiro B737 a operar na América Latina, sendo que esta primazia coube aos 737-100 operados pela Avianca da Colômbia. O The Museum of Flight já possui em sua primorosa coleção, o primeiro modelo do 737 fabricado (line number 1), modelo 737-130, e que lá está preservado nas cores do seu último operador a NASA. Voltando ao SMA, além desse ter sido o line number 161 da linha de produção, existindo portanto diversos outros 737-200 que foram produzidos antes dele. O SMA foi, na realidade, o primeiro 737-200 operado o Brasil e o primeiro -200 na América Latina. Importância histórica ele possui realmente, mas exclusivamente para nós brasileiros.
    A que se interessar o site do The Museum of Flight e:
    http://www.museumofflight.org/

  16. excelente notícia, a melhor do dia. Bom saber que esse avião está a salvo. 92 mil Dilmas, mais barato que essas SUVs dos novos ricos.

    O texto da notícia diz que a Boeing fez uma oferta boa para o cara que comprou e ainda ofereceu outro avião! seria um excelente investimento, não fosse eu não acreditar em nada dessa parte. Se a Boeing o quisesse tanto assim entraria no leilão e ganharia fácil.

  17. Ravelli disse:

    Ótima notícia para quem gosta muito dessas aves. Algum tempo atrás disseram que a TAM com o seu Museu iriam comprar o SMA e restaurá-lo, acho que era só um boato de internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>