SUPERQUARTA (4)

SÃO PAULO (pode funcionar) – Michael Andretti resolveu jogar pesado. O ex-piloto não se conformou com a rejeição da FOM/Liberty a sua entrada na F-1 e recorreu ao Congresso americano. Doze deputados mandaram uma carta ao Liberty Media Group, que é dos EUA, dizendo que é “errado e injusto” tentar bloquear companhias americanas como a Andretti e a GM (via Cadillac) de participarem de uma competição administrada por uma empresa do país. Isso enquanto outras equipes, associadas e montadoras europeias, competem no mesmo mercado [de automóveis] com empresas americanas, também.

Segundo os congressistas, a negativa à Andretti contraria as leis antitruste dos EUA. E eles formalizaram três perguntas à Liberty. São elas:

1) O pacto da Concórdia prevê a participação de até 12 equipes na F-1 e só dez disputam o campeonato. A FIA aprovou a Andretti. Com qual autoridade a FOM/Liberty veta a Andretti se ela atendeu a todas as exigências da entidade?

    2) As leis antitruste de 1890 apoiam a livre competição em favor dos consumidores americanos. Por que a FOM/Liberty rejeita a Andretti, americana, beneficiando empresas europeias e montadoras estrangeiras que atuam nos EUA?

    3) A GM pretende relançar a marca Cadillac no mercado europeu e a F-1 seria uma ótima plataforma para isso e geraria muitos empregos nos EUA. Seria, assim, concorrente na Europa de marcas que estão na categoria. Quanto desse veto tem a ver com o protecionismo contra uma marca americana?

    Respostas na mesa dos senhores deputados até sexta-feira, 3 de maio.

    Subscribe
    Notify of
    guest

    24 Comentários
    Newest
    Oldest Most Voted
    Inline Feedbacks
    View all comments
    Sergio
    Sergio
    2 meses atrás

    Acho que Andretti é um grupo de altíssimo aptidão para construir um carro de F1, principalmente porque têm larga experiência nisso, quando construiu seus próprios carros para os campeonatos de … de … de … volte em instantes.
    Fala sério … o que esses caras querem fazer na F1?
    Se uma montadora decana na F1, e já campeã, como a Renault está sofrendo para ficar na primeira metade do grid, não há a menor possibilidade de um carro da Andretti conseguir largar entre os 5 melhores da … F2.

    Fil
    Fil
    2 meses atrás

    Pensando com meus botões que os congressistas brasileiros não teriam o mínimo de arrumação intracromossomial específica para formular perguntas deste patamar

    O crítico
    O crítico
    Reply to  Fil
    2 meses atrás

    Até parece que o nível lá do norte é grande coisa. Só de pensar que metade pra mais do congresso deles apoia o trumpalhão e a imensa maioria está vinculada apenas e tão somente a atender interesses corporativos (o que é o caso aqui em discussão, inclusive), não vejo essa diferença toda, não. E, quanto às perguntas, existe assessor é para isso mesmo, tanto aqui quanto lá, se é que já não vieram prontas da equipe do Andretti.

    Paulo F.
    Paulo F.
    2 meses atrás

    Ecos do Tik-Tok?
    A Andretti vai chamar os Marines?

    André
    André
    2 meses atrás

    Os EUA estão bizarros nos últimos tempos.
    Não querem seguir tribunais estrangeiros, não querem seguir leis de determinados países – e não estou falando do Brasil – e dizem ser defensores do livre mercado.

    Desde que esse não faça concorrência a ele, do contrário vira protecionista a lá seculo XIX.

    Paulo Travaglini
    Paulo Travaglini
    2 meses atrás

    Americanos são extraordinários nos negócios.
    Ainda bem que o assunto aqui é automobilismo, senão eu iria sugerir 3 perguntinhas para o congresso estadunidense fazer a um certo tribunal de políticos aqui do Brasil.

    O crítico
    O crítico
    Reply to  Paulo Travaglini
    2 meses atrás

    O mesmo que vai colocar seu mi(n)to na cadeia em breve, titio do x?

    Alfredo Aguiar
    Alfredo Aguiar
    2 meses atrás

    A F1 aqui nos EUA tá uma coisa pra lá de bizarra. Um ingresso pra arquibancadas fora da grande reta de largada/chegada custa em torno de $650 Bidens na liberty. Ainda tem a venda, pro GP de Miami que acontece em poucos dias. No entanto você encontra os mesmos ingressos por até $250 pilas nos sites cambistas, o sites cambistas cobram uma taxa de $130 merréis Americanos pela transação, ainda assim fica metade do preço do oficial. MESMO INGRESSO. Comprei pra primeira fila esse ano.

    Edu
    Edu
    2 meses atrás

    3 perguntas bem plausíveis, mas a primeira é a que mais me incomoda. O orgão competente para julgar capacitação de equipes já aprovou, o regulamento prevê a possibilidade de mais 2 equipes… ou seja, não tem justificativa alguma para barrar a entrada. Mesmo a desculpa esfarrapada da Liberty, de que a Andretti não agrega nada é ridícula. O que a Kick e Stake atraem mais?? A única coisa atrativa ali é o nome do carro que ainda carrega a homenagem à esposa do Peter Sauber.

    Fred
    Fred
    2 meses atrás

    Tem os dois lados… por um, uma categoria claramente européia dependendo seus interesses, por outro uma empresa americana com vontade de entrar no jogo hoje controlado por uma outra empresa americana. cada cão que lamba sua caceta. Pra mim, adoraria mais uma equipe no grid.

    Pedro
    Pedro
    2 meses atrás

    Isso aí! Foram “na veia”.

    Gabriel
    Gabriel
    2 meses atrás

    Atitude chauvinista, ridícula e pequena de um sujeito que pretende apelar para a própria “nacionalidade” como “critério” para “demonstrar” que ele pertence a algum tipo de “raça superior”. Neonazismo puro e simples. A F-1 é e continuará sendo maior e melhor sem uma equipe “Andretti” no grid, como tem sido há 74 anos. Estadunidenses-empreendedores são “pessoas” minusculas…. umpa-loompas na vida

    Alfredo Aguiar
    Alfredo Aguiar
    Reply to  Gabriel
    2 meses atrás

    Diz o sujeito teclando num computador com processador Intel ou AMD. Talvez Apple?

    Paulo F.
    Paulo F.
    Reply to  Alfredo Aguiar
    2 meses atrás

    Feito pela ex-IBM (Lenovo) na China?
    Não tem amador nesta área.

    Lagerbeer
    Lagerbeer
    2 meses atrás

    Os americanos e suas contradições…

    Renan Moura
    Renan Moura
    2 meses atrás

    Acho muito injusto e um desrespeito a história do automobilismo mundial sobre o que significa o nome Andretti. A F1 precisa de mais equipes, independente da nacionalidade. Torço para que entre mais equipes na categoria, pois seria ótimo para nós que assistimos e teriam mais portas abertas para pilotos como nosso Drugovich, não sou patriota (daqueles que só assiste corrida de tiver brasileiro)
    até pq vejo até MotoGP, Nascar. Mas é a única possibilidadeque vejo de um brasileiro voltar a categoria.

    Marcelo Silva
    Marcelo Silva
    2 meses atrás

    Bingo !!!

    Rogerio R Silva
    Rogerio R Silva
    2 meses atrás

    Isso é um país!

    O crítico
    O crítico
    Reply to  Rogerio R Silva
    2 meses atrás

    Nossa, que país. Interfere pra colocar uma equipe na F1, coisa extremamente relevante, enquanto vira as costas e deixa o pau comer em Israel, conivente com o massacre de um povo, coisinha mínima, né?

    Celio Ferreira
    Celio Ferreira
    2 meses atrás

    Todas as perguntas acima , acho que responde a negativa
    da Liberty . Como sou da época de 26 carros no grid,
    tambem não entendi…

    Ricardo B.
    Ricardo B.
    2 meses atrás

    “Livre mercado” é uma lenda que os liberais inocentes da América Latina pregam por aí. Lá nos EUA (e na Europa, China, etc.) o que vale é interesse nacional. Se a empresa deles é prejudicada, movem toda força do Estado pra defender seus interesses.

    Thiago Bosco
    Thiago Bosco
    Reply to  Ricardo B.
    2 meses atrás

    Perfeito o seu comentário. Não concordo em barrarem a Andretti, mas envolver o congresso americano nisso? O tempo dos senadores é pago com impostos, a Penske que mova uma ação nos tribunais e pague os advogados com seus recursos. Qual o interesse do cidadão americano em uma fábrica de Cadilacs na europa? Eles que abram esse mercado por conta própria.
    Mesma coisa com as marcas chinesas de automóveis, ameaçam até o vizinho México. É tudo um absurdo, o livre mercado é uma falácia.

    Thiago Ferreira Querino
    Thiago Ferreira Querino
    2 meses atrás

    Rapaz, agora o Andretti tacou no ventilador msm….esperando a resposta comendo pipoca….

    Christian Alves
    Christian Alves
    2 meses atrás

    iiiiihhh caraca… quero saber que resposta vão inventar em tão pouco tempo. Será uma aula de tergiversação, falácia e sofisma. haha