MENU

Friday, 27 de January de 2006 - 19:01Colunas Warm Up

Ah, a coluna

SÃO PAULO (sempre esqueço) – Esqueci ontem de colocar o link para minha coluna. Pronto, colocado está. Comentem à vontade.

15 comentários

  1. Leandro Peduto Alfon says:

    Meu primeiro carro foi um Jeep 1951 com motor 4 cil. que era um lixo. Aí instalei pistões de F-100, carburador duplo de Itamaraty, taxa de compressão maior, retirei o cardan e o diferencial dianteiro, rebaixei a suspenção ao máximo retirando até os calços da carroceria, coloquei bancos concha, rodas tala 10″ aro 15 atráz, tala 9″ aro 14 na frente, instrumentos Smith no painel, retirei o parabrisa completo, pintei a carroceria de grafite e a caranga ficou parecida com um Divisão 4. Fui então a todos os treinos iniciais do Copersucar em Interlagos onde inclusive num dos dias até reboquei o carro até a oficina que ficava em frente ao Autódromo dando carona ao Emerson e ao Itho, o mecânico japonês. No ano seguinte comprei um Corcel e instalei o kit 1440 c.c. com dupla carburação, comando bravo, carter e tampas de válvula aletados e em magnésio, escape dimensionado 4x2x1, velas frias Champion, gasolina azul, e tudo isso acertado por ninguém menos que Luiz Pereira Bueno que além de um baita piloto, era um super mecânico e gerenciava a oficia da concessionária Bino Sandaco na Av. Consolação em São Paulo. O carro ficou um demônio dando páus oméricos em Opalas e Mavericks 4 cil., Passat, Doginho, etc. Apesar de que no ano seguinte passei pava os Maverick V8 e depois para os Opala 6 cil., esse período do Corcel foi muito divertido, mesmo com as dúzias de cruzetas que estourei. Então por favor, mandem logo as fotos dos Corcéis bravos, porque a caranga, quando bem acertada, andava muito bem. Mas, pera aí ! Será que além do Flávio e do Leandro Sanco algém sabe do que eu estou falando? Ou será que o gás neon e as luzinhas piscando na ignição, além do tchíííííí… da válvula de alívio do turbo, junto com a pintura purpurina brilhante refletindo o aerofólio pregado no porta malas não derreteram os neurônios responsáveis pelo prazer de se ter um carro preparado de verdade e não um consolo psicológico para aplacar frustrações e neuroses provocando inveja a outros imbecis, desfilando a 20 kl/m nos “points” da moda, e achando que Fórmula 1 é o máximo porque mostra todo aquele proficionalismo, toda aquela tecnologia pasteurizada, discutindo e até brigando por Rubinhos e Shumis, dando audiência a esse lixo medonho que fede safadeza por todos os lados ? Deus me livre e guarde ! Sái Satanáz ! Viram o que aconteceu com as 1000 Milhas ? É disso que estou falando também. O mundo realmente começou a acabar.

    • georgelito says:

      to tentando montar um corcel 72 preparado, aspirado semelhante ao bino da epoca. ja tenho coletor de dupla carburação, estou vendo um escapamento e quem faça um bom trabalho no cabeçote… so me falta saber qual a melhor alternativa no cambio, 5marchas ou alongar a 4°, ou alongar o cambio todo 4marchas… e a duvida… será que vai ficar o bixo mesmo???

  2. Jorge F. says:

    Ainda acho que o trabalho de Rubens Barrichello na Ferrari desde 2000 foi substimado. Sua contribuição para os títulos de Michael Schumacher foram grandes, principalmente no acerto de carros. Acho que pelo caráter do brasileiro, ele sempre esperou do alemão e dos homens da Ferrari uma retribuição por esse trabalho dedicado: a chance de tentar ser campeão. Talvez a ficha só tenha caído naquele malfadado GP da Austria quando, na reta de chegada, ele freou para a ultrapassagem de Schumacher. Barrichello é um excelente piloto ao qual falta aquela gana de vencer que sobra no alemão (sobrava em Senna também). Na Honda, sentindo-se acolhido por alguém da cúpula (Gil de Ferran) como foi na Stewart pelo patrão Jackie, acho que seu desempenho será muito bom. Acho que ele ainda é muito imaturo(apesar dos trinta e tantos anos de idade e dos treze de F1) e precisa desse tipo de apoio.
    Que brasileiro substituirá Barrichello daqui a alguns anos na F1? É algo a se pensar.

    Um abraço.

    Jorge F.

  3. Torcedor BRASILEIRO says:

    Torcedor BRASILEIRO

    Aguardem a Honda e o Barrichello pra este ano… Palavras do Schummy:

    Segundo Michael Schumacher, piloto da Ferrari, a equipe Renault é a mais bem preparada para o início do mundial de Fórmula 1 em 2006.

    O alemão se valeu dos testes desta semana em Barcelona, onde testou com o novo 248F1, para fazer esta previsão.

    “A Renault, assim como a Honda, parecem bem preparadas. Depois deles, a BMW está fazendo um trabalho razoável, visto que este é o primeiro carro da escuderia na Fórmula 1. Mas, como disse, a Renault parece melhor. Segue sendo o time a ser batido. Este é o quadro de forças que enxergo no momento”, disse Schumi.

    O alemão buscará o oitavo título na categoria máxima do automobilismo mundial em 2006.

  4. cassio souza says:

    Galera so tem uma coisa :
    Alguem realmente acredita no FELIPE MASSA ????

    como podemos torcer para um “piloto” que comeu poeira o ano de 2004 inteiro para o Fisichella ( que tomou uma lavada do Alonso em 2005 ) e depois este mesmo “piloto” em 2005 somente foi mais rápido que o Jacques ( que está em fim de carreira ) em algumas opurtunidades .
    Seguinte o Fisichella não é mau – piloto .
    Mas também não e nenhum sobre – natural .
    Então , partindo do principo que se ao lado do Fisichela foi uma surra atrás da outra , eu não quero nem ver quando a temporada 2006 começar , e nosso ‘Massinha” começar a levar a surra que já é esperado do Alemão …
    Vai ser de lavada ……
    Continuo afirmando :
    Honda tem a melhor dupla de pilotos para temporada 2006 .

    Ate +

  5. do contra says:

    Pedro, perfeita sua análise. Piazza, concordo com a maioria de suas opiniões, só que você esqueceu da Honda. Pode anotar, que vão fazer bonito

  6. Carlos Piazza says:

    Boa tarde galera.
    Após ler a maioria dos posts abaixo gostaria de manifestar a minha opinião sobre a maioria dos temas.
    -Rubinho está motivado e bem equipado. Deve mostrar toda sua força ao longo do campeonato. Não arrisco previsões mas , confesso ser cético quanto a resultados expressivos.
    -Felipe Massa pode (e deve) empenhar-se ao maximo no sentido de produzir rapidamente resultados positivos para a escuderia , evitando sistematicamente confrontos diretos com M Schumacher. Ex: Se estiver na frente e puder sustentar ou aumentar a vantagem faça !!! Mas caso contrário, abra caminho !!!
    -Acredito, (por uma serie de razões que poderei descrever posteriormente), que a Ferrari vencerá rapidamente e será o time a ser batido.
    -McLaren e Mercedes em divorcio eminente enfraquece substancialmente o time. Alguns bons resultados seguidos de grandes decepções devem ser a tônica.
    – Renault pode se dar mal com o novo motor. (Menos pelo motor propriamente mais pela geometria a 90° que compromete o perfeito perfil aerodinâmico do projeto passado) Se bem que esta questão é um problema para todos.
    – BMW é uma incógnita, eu pessoalmente não acredito em J. Villeneuve.
    -Williams pode sustentar sua posição de ex-grande e surpreender em alguns GPs.
    -Toyota deve ter sérias dificuldades para explicar como um software made in maranello encontra-se rodando nos computadores da sede de F1 da montadora japonesa. (???)
    -“O resto” deve compor um sólido e disputadissimo pelotão intermediario.
    Acho que vai ser um belo campeonato.

  7. PedroJungbluth says:

    Olha, sobre o Senna, ele realmente se queixava muito, e as vezes passava isso para a imprensa.
    Em 1991, ele ficou o ano inteiro reclamando, até mesmo no início, quando ganhava, depois da corrida reclamava que óleo tinha fervido, que o motor estava fraco, que em “condições normais” a Willians ia melhor, etc etc.
    E a coisa mais marcante que Ron Dennis lembrou de Senna, quando perguntado, foi que “era um piloto que cobrava muito, mas dava resultados em troca”.
    O Rubens, nem sabia que ele era pidão, pra mim era só reclamão mesmo.

    A Diferença é enorme, e acho que ai está o maior defeito do Rubens.
    Certa vez na Ferrari ele reclamou que o carro tinha pedal no lugar errado, que por isso não fazia bons tempos.
    Ele usou os pedais omo desculpa para um desempenho ruim, ao invés de pedir para a equipe um pedal diferente.
    Depois dele reclamar para a imprensa, o engenheiro até disse “por que não falou antes?” e fez um pedal em que se podia frear com ambos os pés, quando quizesse.

    O Rubens é rápido, e tem uma sensibilidade incrível com os carros, mas essa questão da mentalização, de raciocínios reativos e pró-ativos, toda esse palavreado de livro de auto-ajuda, nisso ele é péssimo.
    Costumo fazer uma comparação entre o Senna e o Rubens: Senna, memso todos sabendo que era rápido, levou anos se ferrando no kart, perdendo campeonatos por erros bobos. Quando chegou na F3 já era bem maduro, e sabia lidar com todas as situações mentais que um piloto pode passar (ou ser provado).
    Já o Rubens, devido ao seu enorme talento foi um vencedor no kart, passou por poucas provações. Ao chegar na Europa continuou mostrando talento, mas começou a aprender a perder.
    Na F1, quando um piloto é provado de verdade, ele teve problemas em lidar com os próprios sentimentos.
    Não sei ainda se ele encontrou sua fórmula de lidar consigo mesmo, a saída da Ferrari foi um bom sinal.
    Independente de qualquer coisa, o Rubens sempre terá a minha torcida, jamais ficarei feliz com algo de ruim que aconteça com ele, como alguns aqui.

  8. do contra says:

    O Barrica sempre foi piloto vencedor, em todas as categorias em que atuou. Na F1, começou bem, em equipes menores, mas com bom desempenho. Lembrem-se de Donington, em que ele e o Airton, arrebentaram.
    Depois, foram os anos de Ferrari, em que ele acreditou poder se igualar ao alemão, e, sempre que a equipe deu condições, incomodou, e várias vezes o superou. O saldo, eu acredito positivo, pois, naquelas condições, nenhum outro piloto faria melhor. teve que pastar muito, e engolir os sapos que sabemos.
    Agora, na Honda, vem com condições psicológicas, e de equipamento, que poderão nos dar ótimas surpresas (para alguns, eu sempre acreditei no cara). É só ele ficar de boca mais fechada, e acelerar o que sabe, que pode ser finalmente campeão. Vamos torcer a favor, e dar essa chance ao cara.

  9. Marcos says:

    Kd as colunas de sexta e o “Diários de Viagem”?

  10. antonio silva says:

    Acredito na tocada do Rubinho,por todos os sapos que foi obrigado a engolir quando esteve na Ferrari,entendo que agora é a hora de dar o troco à turma de maranello e companhia e a sua afirmação que vai chegar a hora em que a Honda vai pedir o retorno do investimento acho que é muito lógico:eles não contratam pilotos pela cor dos olhos e sim pelo seu potencial.

  11. cassio souza says:

    Putz ….
    A Honda tem junto com a Maclaren a melhor dupla de pilotos .
    Kimi / Montoya x Button/Rubinho será muito bom de ver .
    Se o motor Mercedes ajudar acho que o titulo de construtores sai para uma das duas .
    Se não ,já é da Honda .
    Resta saber se fazedo vários pontos e conquistando o titulo de construtores , o Rubinho conseguirá levar também o titulo de pilotos???
    Acho que seria a redenção do Rubinho ( e merecida ) .
    Agora uma sugestão para o Rubinho :
    Vencendo o capeonato ( seja neste ano ou no próximo ) , encerre a carreira na F1.
    Sai no topo Rubinho para todos lembrarem de você no Auge .

    ate +

  12. Luis Felipe Holtz says:

    A Honda tem tudo para, sem exageros, sagrar-se campeã tanto de construtores quanto de pilotos. O motor V8 mostra ser o mais potente da praça e o carro parece igualmente digno de elogios. Resta saber se a dupla de pilotos corresponderá à enorme expectativa deste retorno da Honda como equipe própria. Triunfo, é o mínimo que a diretoria da gigante japonosesa encastelada em Tóquio espera desta nova empreitada da Honda na F1. É esperar para ver…

  13. Ricardo BH says:

    Ele tá aproveitando que agora tem uma equipe trabalhando pra ele vencer. Na Ferrari ele tinha que arregaçar as mangas e ralar pra ter um carro bom… enquanto o time vermelho oferecia todas as condições pro Alemão. Sempre gonstei da forma de pilotar do rubinho, a capacidade que ele tem de acertar o carro. Vale a pena lembrar que o Alemão copiou por várias vezes o acerto do carro do Barrica. Bom, confio no Rubinho e tô muito ancioso pra assistir a F1 este ano. Mas se não fizer nada agora, acho que ele tem que trocar de categoria!!! Vamos ver o que o Massa tem a nos oferecer também!!!

  14. Fabio RC says:

    Gomes, vc fala que o Barrica vai ter que entregar tudo para a Honda. Mas acho que vao ter que bater na porta de Maranello, tudo que ele tinha pra dar já deu (no sentido que vc quiser :-P) pro Schummy faz tempo…

    Agora, falando sério, isso de pedir condiçoes de trabalho melhores, tá mais que certo. Só espero que isso fique dentro dos boxes, ou seja, menos falaçao fora das pistas, que ninguém aguenta mais isso….

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *