MENU

Sunday, 2 de April de 2006 - 18:56Antigos em geral, Carros

Cara de um…

SÃO PAULO (tudo se copia; quando não, se parece) – Antes de ir embora, recebi este e-mail agora do amigo Celso Santoro, um pouquinho da história de um carro lindo, o SAAB Sonett II. A curiosidade é que ele é da época da criação dos Malzoni, que deram origem ao Puma. E o motor era praticamente o mesmo, já que a Saab chegou a fazer carros com motores de três cilindros, dois tempos.

Vejam nas fotos as semelhanças, especialmente no vidro traseiro — fora o conceito, claro, que é o mesmo.

E boa pizza a todos.


31 comentários

  1. Filipe W says:

    Epa tem churrasco ?

    blz já renovei a apólice para ir !!!!!

    vcs iam gostar é dos vídeos do festival de goodwood, não só pelos Chaparral, mas tb tem um do Porsche 917/30 do Penske e outro do Audi quattro com a Michelle Mouton (é assim que se escreve ?) que são de fazer vc quase chorar.
    Para compensar o Marcos, pela Tranqueira hehehe mandei pro Flávio uns arquivos com o som do BRM H16 reta abaixo e dando umas cambiadas gostosas.

    abraço a todos

  2. vitão says:

    Veloz- HP, vc tá convidado também. abs

  3. VELOZ-HP says:

    Filipão, chamar o Chaparral de tranqueira é risco de morte por aqui.
    O Marcos vai bater em você até cansar. E depois vou eu.
    Acho o Chaparral demais, independente de resultados em provas, foi o início dos aerofólios conjugados com os iniciantes efeitos solos, novas configurações de chassis/suspensão/carroceria, enfim, um inovador e principalmente um instigador, como foi o Chapman.
    O Jim Hall não copiava ninguém, êle criava e fazia, isso é que é bonito.
    Eu tenho um livro ótimo sobre a história do Chaparral que comprei no Submarino.com. que é obrigatório para quem ama os carros de competição como nós.
    Se você for no churrasco com a galera, vá de seguro de vida renovado e guarda costas e guarda frente também. O Marcão não vai te perdoar, eheheheheheh.
    Abraços.

  4. Milton de Mello Bona says:

    Esse Site (www.ritzsite.net)
    é animal. Têm uma Mercedes 300SL coupê cinematográfica.

  5. Milton de Mello Bona says:

    Esse site (http://www.ritzsite.net)
    é animal. Têm uma Mercedes 300SL cinematográfica.

  6. Filipe W says:

    hehehe Foi mal Marcos, tranqueiras foi maneira de falar, tb acho as invencionices (melhorou) do Jim Hall maneiríssimas, tenho um vídeo do festival de goodwood que aparece vários dos modelos que ele fez, inclusive aquele que inspirou o carro do corredor X do speed -racer, que eu acho fantástico.

  7. vitão says:

    Para o Marcos
    As nossas informações são complementares, Marcão. Se a GM não se envolveu diretamente (havia um acordo informal das montadoras americanas não se envolverem ocm corridas; a Ford foi a primeira a romper com ele), havia um certo apoio tecnico e opercional(como motores subsidiados, por exemplo). Na verdade os dirigentes da GM estavam tateando, até encontrar o doido do Jim Hall, se não me engano, dono da Penzoil, petrolera texana. Houve apoio tecnológico (aerodinâmica, não só, mas principalmente) da GM para os Chaparral, e o fato do Hall ter os bolsos recheados ajudou muito (cambio autmático, aerofólio móvel, etc).
    Quanto ao GT-40, ele teve versão de rua, chamada MK III, dos quais foram vendidas 7 unidades. Tenho um livro sobre o GT-40, onde consta até número de chassis, que emprestei para o Pandini, e é sensacional. A revista Classisc cars de April 2.006 tem uma boa reportagem sobre o quarentão. Vc sabia que o motor 427 era praticamente de linha, só com uma revisão cuidadosa, e que o sistema de para-brisa era o mesmo do helicoptero Bell (também a bagaça andava a 230 milhas p/H !!) e custava o dobro do motor 427? histórias, histórias, histórias. Alguns colaboradores do GPTOTAL estão marcando um almoço na ZS de SP. Me mande um e-mail que a gente se encontra. abraços

  8. Marcos says:

    Para o Felipe W:
    Ôôôps ! Tranqueiras ??? De onde vc tirou isto ?
    Os Chaparral apareceram com novidades revolucionárias: câmbio automático e aerofólios !
    E no auge da briga da Ferrari com a Ford e Porsche, eles baixaram em Nurburgring e vestiram todo o mundo !

  9. Filipe W says:

    Marcos,

    ao responder o Vitão , vc acabou por esclarecer uma dúvida que eu tinha sobre o Jim Hal, de como ele tinha tanta grana prá ficar projetando e desenvolvendo aquelas montes de modelos do Chaparral, eu sabia que o cara pobre não era, mas que tinha poço de petroleo ai explicou tudo, valeu.
    Ainda bem que o cara tinha dinheiro mesmo, pois as tranqueiras que ele inventou acho que nunca funcionaram direito mas tinha umas muito maneiras.

  10. Ricardo Argento says:

    Para a ANA:
    E vc, não tem mais o que fazer não, é?
    VAI ARRANJAR LOGO UMA TROUXA DE ROUPA SUJA PRA LAVAR, Ô LAVADEIRA…. COISA DE FAZER FUTRICA AQUI NO BLOG, TINHA DE SER UMAZINHA MINEIRA QUALQUER MESMO, AINDA POR CIMA, CRUZEIRENSE…. Ô LÔKO!!!!

  11. Rikho says:

    Gomes, nao fique chateado mas vc tá parecendo o Barriquelo, hein? Dando desculpa, prometendo que vai melhorar… assim nao dá, assim nao pode! :-)

  12. Marcos says:

    Vitão !
    Isto não é história ! É lorota !
    A BIZARRINI nunca teve nada com a GM. Eles só usavam o motor da Corvette, assim como a ISO e mais alguns outros fabricantes artezanais de esportivos de luxo.
    Já o GT40 era um carro estritamente para competições.
    E a Ford encomendou a construção ao Eric Broadley, fundador da LOLA CARS, apesar das tentativas do Colin Chapman de vender o projeto da Lotus 47 – depois lançada como Lotus Europa.
    Quanto ao Chaparral, apesar de ter contado com o apoio da fábrica, estava mais fácil o Jim Hall patrocinar a GM ! O homem tinha muito capim-no-bolso ! Fazendas e Cias de Petróleo.
    Esta é a história !

  13. Rafael Ramos says:

    Oh flavio..voce postou no GrandePremio o que deveria ter sido postado aqui no Blog?
    Olha lá a noticia do SuperClassic!

  14. Dinho Amaral says:

    eu quero saber sobre a prova da Super Classic…não tem um site com resultados ou fotos…

  15. STEFANO MODENA says:

    PELAMORDEDEUS FG , CARRO LINDO ???? AH , DESISTO !

  16. Ana says:

    Não é por nada não, mas esse Luis Alberto simplesmente copiou o post do blog do Ricardo Perrone.Originalidade não faz mal a ninguém! Chega de CTRL+ C e CTRL+V.
    Para o Marcos: Ele não merece o prêmio de “O mais chato do blog”, mas sim: “O cara de pau do blog”.
    Ps: Cruzeiro campeão mineiro!!!!!!!!!!!
    B-jim

  17. Rafael Prete says:

    Flavio, mudando de assunto…
    soubre a novela das asas e tals.
    Citaram Ferrari, BMW e Mclaren…
    mas você reparou na asa da Renault ?
    Eles mudaram, dos testes para o Bahrein;
    de Sepang para Melbourne. Repare !
    Ficaram quietinhos, enquanto os demais times
    discutem se é permitido ou não, a Renault ja
    mudou duas vezes seus carros em detalhes aerodinamicos.
    É o desenvolvimento contínuo, pra não serem
    alcançados – pois voce sabe que:
    “ficar parado na f1, é o mesmo que andar pra trás”

  18. Rafael Bruno says:

    vamos fazer um jabá!
    falando de puma, visitem meu site ! http://www.clubedopuma.com.br

    abracoss!

  19. vitão says:

    Só para alimentar a discussão, vale lembrar que o GT-Malzoni lembra um carro esporte italiano chamado Bizzarini, que usava mecânica chevrolet V-8 (dizem que tinah um acordo secreto dos italianos com a GM, incomodada com o sucesso da Ford com o GT-40; depois os americanos acharam mais fácil bancar um certo sr. Jim Hall com o seu Chaparral) histórias, histtórias, hist …..

  20. Galvão says:

    Esse carro é mais feio que dar soco na mão por causa de mistura.

  21. Sucrilhos says:

    Os dois são lindos, mas o desenho do Malzoni é muito mais harmônico. Que coisa doida esse começo do assoalho do Saab!
    Bão, parece que o pessoal não quer saber de velharia e gosta mesmo é de comentar sobre F-1, haha! Olha a queda drástica no número de comentários… Hehe, brincadeira viu seu FG.

  22. Marcos says:

    Este Luis Alberto quer aparecer mais do que o Galvão !
    Conseguiu !
    Ganha o troféu de O + Chato do Blog !
    Pronto !
    Agora pode dar o prefixo e sair do ar..

  23. Luiz Alberto says:

    Muito menos comum, as explicações que a Globo tenta encontrar para não dizer: “Rubinho, vai dormir!”. Melhor disso tudo, sem dúvida, foi ver a nave espacial com o brasileiro dentro acoplando lá na %[email protected]$&@#que %[email protected]$&@#com não sei que outra nhaca e … NARRAÇÃO DE GALVÃO BUENO!!!!

    Bem amigos da Rede Globo… voltamos, agora em definitivo, para acompanhar aqui, junto com você, em toooooodas as suas emoções, o astronauta brasileiro acomplando no espaço. (Quem não sabe do que se trata pensa que ele vai narrar um filme porno).

    Momentos que seriam inesqueciveis:
    – Opa! Encostou! Mexeu a nave! Agora chegou a hora!
    – Que orgulho que dá… um brasileiro… um momento da história, importantissimo pro Brasil…e vamos pra Melbourne! Olha o Button lá!
    – A imagem de fundo me parece ser da Terra… Olha a terra lá, Reginaldo!
    – Reginaldo, quanto tem de combustivel essa nave pra chegar até lá sem ter que fazer outra parada?
    – Burti, você que conhece, me diga uma coisa: Esse motor que usa a NASA, tem quantos cavalos?
    – E lá vem o Brasileiro! Acelera Astronaaaauta! Contorna a chicane da saída da nave, na ponta dos dedos, a gravidade é zero, tem que ter cuidado…
    – Alo Galvão?
    – Fala, Mauro Naves…
    – Estou aqui tentando uma exclusiva mas está dificil, ele nãio quer falar com a Globo agora…
    – É uma arrogancia esse astronauta. Chega onde chegou a se recusa a falar… Tá cheio de manha o rapaz…
    – Então vamos voltar pra Melbourne! Lá vem o Rubinho! É volta boa, tem que cravar pra se classificar entre os 16 (veja bem, os 16)…
    – Isso Rubinho! Tá com a faca entre os dentes… (Porque não engole ela?)
    – Sai da frente, Ide! Sai! Sai! Sai!
    – Rubens está fora… e é um absurdo o que este japones fez com ele!!! Voltamos pra Via Lactea, onde outro brasileiro está indo pro espaço…

  24. Marcos says:

    O Sonett parece feito no machado. E o Malzoni é um 7/8 da Ferrari 400 Super America, com 9 cilindros a menos.
    O Sonett II usava um motor de 850 c.c. menor do que o DKW, mas bem mais elaborado, com 3 carburadores e 65 HP.
    Acho que o maior denominador comum é o material empregado nas carrocerias – ambos são de fibra de vidro.
    O Sonett III já apareceu com um motor Ford V4.

  25. Edison Guerra says:

    E aí,Gomes.
    Cadê o seu relato sobre a prova de Interlagos?Será que nem se classificou para a largada?

  26. VELOZ-HP says:

    Não é à toa que os italianos sejam os mestres do desenho e da estética no mundo, consentrando os maiores e melhores estúdios de projetos do planeta.
    É só comparar a estética viking com a estética do italiano Rino Malzoni
    Esse primeiro Puma foi sucedido pelo Puma VW, cuja carroceria foi inspirada na Lamborghini Miura, outro show do desenho italiano.

  27. Flavio Chinini says:

    Resta saber qual foi criado primeiro… Porém, acredito que Malzoni não tem 1% do reconhecimento que merecia. Dentro e fora do Brasil.

  28. L.Mazzoni says:

    Pois é…Brasil sempre foi “Pirata” mesmo….risos….

  29. ricardo74mg says:

    Achei o Saab com o vidro mais semelhante ao Brasinca GT (copiado pelo Jensen) e a frente mais semelhante ao pequeno Fiat 124 (?) do que ao lindíssimo Malzoni, que ganha de todos eles!

  30. Pedro Jungbluth says:

    Parecidos, sim, ma o Malzoni é muito mais bonito.

  31. Clay says:

    Nenhum comentário sobre o fim de semana em Interlagos ? Como foi ? Seria a falta de comentários um mau sinal ?
    Abraços…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *