No comments


Foto enviada por Gustavo Lucena: a Honda toda negra, pintura que está sendo
usada nos testes que começaram hoje em Barcelona; ao volante, Barrichello.

Comentários

  • eu não acho que estamos sendo justo metendo o pau no Rubens, e acho que amaioria nem o conhece de perto, portanto não tem o porque meter o pau no cara. Acho que metemos o pau é na nossa espectativa dele ganhar algo na F1, mas como ele teve todos os outros pilotos que tambem não ganharam nada na era schumi. O que se vai fazer. é como u Rubens disse ganhei um monte de US$ .. o que voce faria no neu lugar? pensemos.. caros amigos..pensemos…
    Ta certo GOMES?
    Abraços geral. e viva a formula speed..rsrsrsrsr

  • um lastima de comentário…0

    enviado por: Rubinho

    aos \\”entendidos\\” que me criticam: estou há mais de 10 anos na F1, sou um dos pilotos que mais pontou na história e já ganhei milhoes de dólares em salário. Será que sou tao ruim assim?

  • ..outra pérola de comentário,,10

    enviado por: Pedro Jungbluth

    Para lidar ele com o carro, Rubens é ótimo, muito rápido. Mas em todas as demais áreas do esporte (sim, isso é um esporte, é competição, precisa ter raciocínio esportivo) ele vai muito mal.
    Nomalmente pilotos tão talentosos aprendem. Rubens já provou que nunca vai aprender a lutar. Uma pena.

  • enviado por: Henrique

    O Japão torce pelo seus pilotos, Portugal também. E nunca foram campeões mundiais.

    E aqui no Brasil, malham aquele que tenta. Por isso somos o que somos. Aliás, vcs são o que são.

    O maior gesto patriótico dessa meia dúzia é vestir a camisa do \\”Ronaldinho\\” e se achar o maior.

    Cara nesse vc detonou …10.

  • Sandro, a sua comparação do Rubens com outros pilotos que não conseguiram não é muito válida. O próprio Massa, quando perguntado no Bem Amigos se conhecia alguém que fosse bom e que tivesse ficado pelo caminho, disse que sim, que conheceu gente assim na época dele de kart.
    O Barrichelo chegou à F1, e recebendo pra correr, mas isso não o credencia a bom piloto. A verdade é que a carreira dele é mediana. Não passa disso.

    No Brasil temos sim a cultura de não aceitar o segundo lugar. Mas e daí? O que há de errado nisso? Pelo contrário. Acho isso uma virtude. O Brasileiro quer se orgulhar dos seus esportistas, já que não pode fazer o mesmo dos políticos, dos serviços do governo, da carga tributária e etc.

    Sobra então, o carnaval, o futebol, o volei, alguns pilotos de F1 e etc. Acho que o brasileiro tem todo direito de, pelo menos nisso, querer ser o melhor. Dai a falta de simpatia de muitos com o Barrichelo.

  • Pô, existem no mundo milhares de pilotos que sonham em um dia conseguir uma vaga na F1, o Rubens está lá, ganha milhões pra isso (Não paga pra correr) ficou anos na Ferrari (ganhando pra isso), agora está na Honda (ganhando pra isso), já ganhou corridas, foi vice, e tem gente que fala que o cara é ruim, vamos acordar né…

  • O tartaruga varia entre delírios de onipotência “eu vou ser campeão do mundo”indo logo em seguida a um vitimismo pauperrista”brasileirinho na Ferrari”.E não adianta jogar a culpa na Globo,que como disse o Gomes,tem essa chatisse de nossos pilotos,nossa seleção,nossos meninos e meninas do Vôlei,pois o Tartaruga quis se dar bem em cima disso,e enquanto estava lucrando fazendo propaganda da Pepsi,Arisco e vendendo Autorama,tava tudo bem.Quando ele levou surras,surras e surras do Schummy e caiu na real não estava mais?E quando ele falava pro Piquet ir cuidar da carreira do filho”pois ele não está indo nada bem”?
    é um desperdício,o carro acima podia estar sendo pilotado por tanta gente boa…

  • O Japão torce pelo seus pilotos, Portugal também. E nunca foram campeões mundiais.

    E aqui no Brasil, malham aquele que tenta. Por isso somos o que somos. Aliás, vcs são o que são.

    O maior gesto patriótico dessa meia dúzia é vestir a camisa do “Ronaldinho” e se achar o maior.

  • Pedro e Daniel,

    show ! muito boa a analogia, acho esse negócio de ficar numa discussão se ele foi bom, foi mal, foi mais ou menos tão sem sentido ! pelo menos nas bases em que muitos colocam aqui, ora ele fez o que fez e pronto, o dolar não subiu nem desceu agora ficar pixando ele como o “pior do mundo” ou idolatrando-o como o “melhor do mundo injustiçado” é deveras infantil.

  • Para lidar ele com o carro, Rubens é ótimo, muito rápido. Mas em todas as demais áreas do esporte (sim, isso é um esporte, é competição, precisa ter raciocínio esportivo) ele vai muito mal.
    Nomalmente pilotos tão talentosos aprendem. Rubens já provou que nunca vai aprender a lutar. Uma pena.

  • Pedro, sua análise é perfeita, mas só é válida por se tratar do povo brasileiro. Em qualquer outro País, Rubens seria respeitado mesmo que tivesse de dividir suas glórias com campeões mundiais. O problema do brasileiro é gostar de apenas um esporte. Podemos idolatrar Pelé e Garrincha, mas não deixaremos de respeitar um jogador como o Mineiro, por exemplo. A comparação com os maiores da história não anula o respeito por um jogador de menor expressão. Mas isso só no futebol. Com relação aos demais esportes, como o brasileiro não os aprecia mesmo, só se contenta se houver um campeão mundial. Porque aquele que não alcança esta glória remete o brasileiro à sua própria mediocridade, à sua insignificância. A sina de Rubens é conhecida. Ele foi eleito pela mídia como aquele que reergueria a pátria depois do adeus a Senna, além de vingar sua morte (o brasileiro sempre procura um bode expiatório, para não admitir responsabilidade por seus fracassos – é um traço cultural). Rubens aceitou o papel e, por não conseguir cumprir as expectativas que foram criadas (em parte por ele mesmo), fez com que toda a frustração de um povo se transformasse nesta perseguição da qual é vítima. Pobre Rubens. Pobre povo brasileiro.

  • Pedro, concordo contigo. Se não tivéssemos tido nenhum outro campeão, o Barrichelo seria herói. Mas é isso mesmo. Seria. Acontece que tivemos melhores que ele. Então na dá pra fazer dele um herói, como muitos querem.

  • Estranho… Podemos elogiar Ingo Hoffman, Djalma Fogaça…
    São grandes carreiras, todos vão concordar… Mas nenhum deles conseguiu uma vitória na F1, da qual Rubens tem 9. Isso não é tapar sol com peneira, é reconhecer que ele fez muito.

    Uma coisa é certa: Se nunca tivéssemos tido títulos na F1 com outros pilotos, Rubens seria tratado como herói. O que mata é o ponto de comparação.

  • Sinceramente não entendo porque alguns aqui se coçam quando criticamos o Barrichelo. Já disse isso uma vez e vou repetir. Se ele fosse bom estaríamos todos elogiando seu trabalho. Mas ele não é. E como torcedores temos o direito de não gostar dele. Não se trata de desrespeito ao cidadão, pai de família, ser humano Rubens Barrichelo. As críticas são direcionadas ao piloto Rubens Barrichelo. Essa de “mais respeito” ou “isso é inveja” não cabe. Ele é uma pessoa pública e sabia dessa condição quando escolheu ser piloto.

    Não devemos tapar o sol com a paneira. O cara pode ser bom em tudo na vida. Menos na carreira. A sua carreira não teve nenhuma expressão. Ele não alimentou no torcedor brasileiro aquele orgulho que outros (até mesmo em outros esportes) alimentaram.
    E acho muito pouco provável e ainda consiga. Mas tomara que eu esteja errado.