MENU

Thursday, 3 de July de 2008 - 11:12F-1

PAROU

SÃO PAULO (todos param) – David Coulthard acaba de anunciar que no fim da temporada pára de correr. No comunicado, diz também que vai continuar envolvido com a Red Bull em testes e desenvolvimento de seus carros. E que não vai pendurar o capacete, porque pretende correr de outras coisas.

Diz DC que tomou a decisão no começo do ano e que queria sair “enquanto estivesse competitivo”. Aí, faz uma lista de agradecimentos, na qual inclui Jackie e Paul Stewart, Frank Williams, Ron Dennis, Norbert Haug, Dietrich Mateschitz, Bernie Ecclestone e Adrian Newey, o projetista de quase todos os carros que Coulthard pilotou desde a estréia, em 1994, quando assumiu a vaga aberta na Williams com a morte de Ayrton Senna.

Coulthard é um bom sujeito, não é mau piloto, mas sempre esteve na sombra de companheiros melhores que ele, especialmente Mika Hakkinen. Muita gente o compara a Rubens Barrichello. Não é uma má comparação, até porque começaram mais ou menos na mesma época e têm currículos parecidos.

Para seu lugar em 2009, a Red Bull ainda não confirmou ninguém. Mas será Sebastian Vettel. E minutos depois do comunicado de Coulthard a equipe anunciou que Mark Webber fica mais um ano no time.

23 comentários

  1. MSM says:

    Correu em equipes grandes, mas principalmente na Mclaren, não conseguiu ser melhor que o Mika. Mesmo assim foi um bom piloto e sempre correto. Em vez de parar, entrou no projeto da Red Bull, e ajudou a equipe a desenvolver o carro e o estilo de vida da na F1.
    Agora vai se aposentar merecidamente e no ano que vem será substituído pelo Vettel, outro que vai mostrar que terá potencial para ser campeão na F1. Será interessante vê-lo junto do Webber. Será que nessas promoções de carreira, o Bruno Senna não entra na vaga da Toro Rosso em 2009?

  2. Souza says:

    Piloto mediano e boa pessoa.

    Um segundão “alla” Patrese e Barrichello.

    curtiu a vida como niguem na F1. troca de mulher a cada temporada. Milionário e bon vivant

  3. Jeferson Loreto says:

    Bom piloto, mas como já foi comentado anteriormente, não pode ser comparado a Barrichello, Coulthard sempre correu em times de ponta, enquanto o brasileiro só correu em chaleira, quando pegou uma equipe grande tinha um certo alemão para o atrapalhar.

  4. Marcio says:

    Peguei caxumba com 33 anos e a minha mulher vivia dizendo que eu fiquei com a cara do DC. Huahuahua

  5. Tiago S. says:

    Falou em boa hora, se não vai chegando o fim do ano, ja começam aquelas especulações empurrando o cara, ai acaba parecendo que ele saiu na pressão, e não da maneira como ele planejou, grande estilo, não vai fazer tanta falta nas pistas mas pelo que parece bastante fora delas.

  6. Kyna says:

    vou sentir uma falta do DC!! tão lindo!!!
    mas vai fazer muita falta como piloto sim, pois ele era daqueles q ficava na volta do carro ate conseguir um acerto decente. tinha experiencia, um cara legal, que respeita a todos. a true gentleman!!!

    ja li q ele vai virar reporter da tv na qual o empresario dele martin brundle trabalha. deve ser engraçado, imagina ele rasgando todas as grid girls e metendo festa com o button e o kimi antes da largada?

  7. says:

    O cabeção é gente boa, usou a Bandeira do Brasil no capacete, em homenagem às vítimas do vôo da Tam, a pintura do McRae após sua morte, chegou em segundo naquela Mônaco maluca correndo com o capacete emprestado pelo Shumacher.
    O cara escapou da morte num acidente de jatinho, não achei mais a foto, mas foi impressionante.
    David e o sr. Rubens são pilotos medianos, mas sem dúvida, o cara é bem mais querido no circo.
    Tipo de sempre estar de bem com a vida.

  8. says:

    Tem razão Oswald. Berger teve três vitórias correndo com Senna na McLaren. O certo é que aquela do Japão (que o Senna deixou)foi a primeira. Houve duas outras vitórias casuais no ano seguinte. Mandou bem…

    Não obstante os pífios resultados do austríaco, ele é uma figura respeitada na F1 e em seu próprio país. Já Rubinho, que também é respeitado no meio da F1, é ridicularizado no Brasil.
    A melhor colocação de Berger em um campeonato foi 3º, em 1994. Já o DC foi vice-campeão apenas uma vez (em 2001).
    Rubinho foi vice duas vezes (2002 e 2004).

  9. revelador says:

    Barrichello e Coulthard disputaram o título da F3 inglesa até o fim, com o barrica levando a melhor… naquela época a F3 era muito mais prestigida que hoje, até a Globo dava espaço em seus programas de esporte, e era comum ver os dois se tocando por lá…. depois tiveram sorte diferente na F1, e essa todos conhecem….

  10. Rafael Chinini says:

    vai tarde!

  11. Oswald K. says:

    Concordo com essa história do Coulthard ser comparado mais a Berger que a Barrichello, mas só teve um errinho no que o Zé falou.

    Berger venceu duas provas em 1992, Canadá e Austrália.

    No Canadá o Ayrton ponteva mas quebrou e na Austrália, ele e Mansell bateram quando disputavam a ponta.

  12. vivi says:

    nunca achei o coultard um GRANDE piloto, mas sempre foi um sujeito bacana,educado.

    fará falta à F1, mas não tanto como piloto, e sim pelo estilo playboy. parou na hora certa e agora só quero ver o Vettel com um carro melhor.

    webber continua, o que eu acho que é bom pra equipe…ter alguém experiente. williams tá vendo o tanto que faz falta (além do $$)

  13. Juliano says:

    Taí um cara do qual sou fã…. O Tio David é com certeza um grande sujeito, afinal, o que pensar de um cara que faz o que gosta e ainda recebe alguns milhões pra fazer isso, e ainda pega as mulheres mais lindas do planeta…

  14. Roberto Martinez says:

    Acho o DC um bom piloto , mas o RB esta um nível acima.
    A começar pela F3 inglesa, o RB deu pau no DC.
    Na F1, ao contrário de RB, suas duas primeiras equipes foram Williams e Mclaren , ambas no auge. Tomou pau dos companheiros, que não eram nenhum Schumacher…

  15. Roberto Martinez says:

    Concordo 100% com o comentário do Dr. Koroiva…já ia postar comentário parecido, nem precisou.

  16. says:

    Talvez a despedida de Coulthard tenha sensibilizado alguns fãs de F1 que passaram a ressaltar as ‘qualidades’ do escocês. Esses mesmos costumam criticar ferozmente um outro piloto com carreira superior (Barrichello). Ah! ele é brasileiro, e isso seria ufanismo…..
    Concordo com Dr. Koroiva, é mais adequado comparar Couthard com Berger, que teve apenas uma (eu disse uma) vitória na McLaren quando corria ao lado de Senna. (A propósito, foi aquela que Senna deixou-o passar na última volta no Japão, sob ordens da equipe). Barrichello teve nove (eu disse nove) vitórias correndo com Schumacher na Ferrari.

  17. Dr. Koroiva says:

    Acho injusto comparar Coulthard com Barrichello.
    O escocês sempre correu em grandes equipes com ótimos carros e não teve resultados comparáveis a seus companheiros.
    Companheiros que não eram iguais a Schumacher.
    Já o brasileiro, correu em equipes pequenas, com carros meia-boca e sempre se destacou. Na Ferrari com Schumacher, não tinha mesmo como se destacar.
    Para mim, a comparação melhor seria com Gerhard Berger, que sempre esteve em bons carros e grandes equipes e raramente se destacava.

  18. Hugo Cortes says:

    Fala Gomes!

    O Adrian Newey não projetou os McLarens de 1996 e 1997, carros que o Coulthard pilotou. Nessa época ele ainda estava na Williams.

    Abraço

    RESPOSTA DO FG

    Verdade. Vou dar uma arrumada no texto. Mas a memória traiu o próprio Coulthard, que no seu comunicado diz: “There have been three teams, but only onde designer, so Adrian Newey deserves special thanks for all the champagne that I have sprayed”.

  19. Max says:

    Parabéns ao David. Muito bacana o comunicado dele, me pareceu bem sincero.

    Não digo que fará falta à F1, mas achei muito bom o trabalho dele na Red Bull.

  20. Reinaldo Rodrigues says:

    Concordo com Darwin a geração de Rubinho e Coulthard ficou apagada com supremacia da Ferrari e Schumacher.
    FG o que você tá esperando do GP a Inglaterra. Posta alguma coisa para nós.

  21. Eric says:

    Só por ele ter defendido apenas tres times já se vê que corre por prazer.
    Isso reflete com certeza em sua vida pessoal…ser um legitimo “playboy”….o piloto mais parecido com aqueles dos tempos romanticos da F-1.

  22. Darwin says:

    Mais um da geração que ficou perdida à sombra do Schumacher/Ferrari. Tomara que consiga achar seu lugar e triunfar em outras categorias.

  23. Marcelo de Castro says:

    Admiro muito o trabalho de Coulthard. Pode não ser o melhor em atividade mas está longe dos piores. Fará falta a categoria com certeza. Pelo menos parou na hora certa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *