FALANDO NELE…

SÃO PAULO (reserva o meu!) – …mais uma da Automodelli. É o Candango que está hoje no museu mantido pela Ponte S/A, a empresa que administra a ponte Rio-Niterói. Já mostrei aqui alguns meses atrás, mas não lembro direito quando foi. Era uma reportagem do André Passatowski, e esta eu localize no portal Maxicar. Como a ponte faz 35 anos em 2009, o Antonio Apuzzo já começou a tirar do forno esta série limitadíssima, e é claro que sou candidato a um deles. A escala é 1:43. O trabalho, como sempre, exuberante.

Comentários

  • Não é mentira!
    Tive um amigo meu que vendia carros e ele comprou um jipe.
    Era um candango cinza!
    Falei com ele que aquele carro era uma raridade e podia vendê-lo por um bom preço. Não sei por quanto ele vendeu. Mas o carro era ótimo. Não tinha capota. Só o pára brisas-dianteiro.

  • O original está numa sala da administração da Ponte Rio-Niterói, junto com uma maquete imensa da Ponte. Não chega a ser um Museu, mas está bem guardado. Ano passado tentei levar para o Encontro de DKW, mas para tirar o bicho de onde está é preciso derrubar uma parede. Este ano, com a greve dos funcionários do DNIT, nem tentei, mas um ano desses ele aparece por lá.
    Pior são os ônibus, Jeeps, motos, carruagem e máquinas do Museu Rodoviário, em Levy Gasparian, na Rio-Juiz de Fora. Pelo que sei estão se acabando no relento.
    E o lance do Belvedere na Rio-Petrópolis? Que fim levou?