MENU

Monday, 20 de October de 2008 - 17:37Stock Car

UI

SÃO PAULO (bella roba) – No dia 31 de julho, o Victor Martins publicou no Grande Prêmio a notícia de que Cacá Bueno tinha assinado com a Red Bull, e que iria correr defendendo a marca na equipe que fosse escolhida para a temporada 2009 da Estoque. E já antecipava que deveria ser a WA Mattheis. Dois dias depois, em Interlagos, Cacá Bueno deu um chilique na entrevista coletiva pós-corrida, dizendo que era tudo mentira, “falta de respeito”, “coisa de jornalista sem fundamento”. E avisou a todos ali presentes que iria processar o Victor e o Grande Prêmio — que, no caso, é meu site; portanto, o rojão iria estourar aqui.

O Bruno Vicaria estava cobrindo essa prova, se não me engano, e me telefonou, claro, para dizer que o Cacá Bueno iria me processar. Perguntei por quê, e ele explicou que era por causa da notícia que antecipáramos, sobre a Red Bull. Queria saber o que fazer. Eu disse para não fazer nada, primeiro porque considerava o assunto pouco importante, e depois porque a notícia era verdadeira, e portanto ele não iria processar ninguém. Sempre me dei bem com o rapaz, nas poucas vezes que nos falamos e nos encontramos a gentileza foi mútua, conheço bem a Letícia, sua irmã, e achei que seu piti não era relevante para os leitores do site, apenas uma babaquice a mais num mundo tão cheio de bobagens, e para a maioria delas não vale a pena dar muita atenção.

Foi o que fizemos, então: nada.

Hoje a Red Bull confirmou que Cacá Bueno será seu piloto em 2009 na WA Mattheis, exatamente como Martins escreveu (aliás, se vale a sugestão, postem no blog do Victor o que postarem aqui, também; ele vai ficar feliz). A favor da empresa, diga-se que ela foi ouvida na época e não ameaçou abrir processo algum, disse apenas que estava concentrada em 2008 e que não tinha nada a confirmar para a temporada seguinte. Quanto ao piloto, é óbvio que não processou ninguém, fez apenas papel de bobo diante dos jornalistas que cobrem sua categoria — porque a notícia se confirmou, e nunca vi alguém ser processado por dizer a verdade.

Cacá brinca de jornalista e comentarista, também, nas transmissões de F-1 da Rádio Bandeirantes, e algumas pessoas já me disseram que ele passa boa parte do tempo dizendo que “nessa hora da manhã o negócio é tomar um Red Bull pra ficar acordado” — com variações sobre o tema, dependendo do horário da corrida; nas provas de madrugada, a sugestão deve ser reforçada. Não me importo, já trabalhei na Bandeirantes, não trabalho mais, e não escuto as transmissões. São os ouvintes da emissora que têm de achar alguma coisa, não eu.

Mas como ele tem uma atuação na mídia, talvez possa extrair algumas lições do episódio “vou-processar-o-cara-que-descobriu-onde-eu-vou-correr”. A primeira delas, sobre a natureza de algo chamado “notícia”, o sentido de algo chamado “apuração” e o risco de misturar propaganda com jornalismo. Para sugerir que o ouvinte tome uma latinha de Red Bull, uma “não-notícia”, o que chamamos de “jabá”, não é necessário apurar nada, exceto o saldo na conta no fim do mês. Nós, no Grande Prêmio, fazemos jornalismo, não publicidade. Demos um furo sobre Cacá e a Red Bull, e temos a Red Bull como nossa anunciante. Por isso, corremos o risco de desagradar alguém e perder um contrato que não é nada mau. Isso é jornalismo; deu para entender, ou quer que desenhe?

O assunto, como disse acima, me interessa muito pouco. Se Cacá Bueno acha que as pessoas nas ruas estão comentando sua contratação pela Red Bull, deve viver em outro planeta. Esta é a segunda lição: compreender o que é relevante para a maioria dos mortais. As pessoas normais não se importam muito com a Estoque, nem com Cacá Bueno, é tema que diz respeito apenas ao mundinho do automobilismo, e olhe lá. Por isso que seu chilique “vou-processar-o-cara-que-descobriu-onde-eu-vou-correr” não teve a menor repercussão em lugar algum, nem mesmo dentro da minha empresa, que é minúscula, assim como sua saída do time do laboratório para o time do energético não é algo que vá provocar manifestações de júbilo na fábrica das latinhas, ou de revolta na fábrica de comprimidos.

Para o Grande Prêmio, o destino de Bueno-filho é apenas mais uma notícia de uma categoria que cobrimos, e como toda notícia deve ser dada, com o peso que acharmos melhor — no seu caso, proporcional ao fato de ele ser um bicampeão, bom piloto e astro das transmissões da TV oficial. Como era apenas mais uma a notícia antecipada de onde ele iria correr.

E se acho isso tudo tão pouco importante, por que escrevi tanto sobre esse assunto? É o que deve estar se perguntando o atento blogueiro…. Bem, fi-lo justamente para mostrar como é fácil, e corriqueiro, desperdiçar tempo, saliva, energia e fosfato com coisas pouco importantes. Nossas vidas são muito assim, um festival de desperdícios. Se Cacá Bueno, em vez de pensar em me processar, agisse para acionar e questionar a CBA, por exemplo, talvez soubéssemos hoje qual a substância encontrada no antidoping de seu colega de competição. Poderia também empreender maior esforço para discutir as normas de construção das jabirongas que dirige, ou ainda contestar a segurança das pistas caindo aos pedaços onde corre.

Isso, porém, tomaria mais tempo e daria mais trabalho do que sair estrilando e dizendo que vai processar esse ou aquele, algo simples, rápido e descartável.

Da mesma forma, talvez alguém ache que eu não deveria me preocupar muito com Cacá Bueno e seus acessos de estrelismo, e poderia usar meu tempo para escrever alguma coisa mais útil ou interessante. Quem pensa assim, provavelmente tem razão. Mas não se incomodem. Não perdi muito tempo, afinal. Escrevo rápido.

121 comentários

  1. Renato Barros says:

    Sei lá… acho o Cacá meio bobão… menino mimado… acho que quem só perde é a Red Bull…

    Abraço…

  2. Gerson says:

    FG… novamente palmas para voce: clap, clap, clap;

  3. Carlos Henrique says:

    Valeu FG, é muita estrelinha, deve estar aprendendo com o seu pai, outro mala de plantão.
    Um abraço.

  4. Wag says:

    Peraí, gente, mais respeito com o grande campeão de….
    Do que mesmo?
    Nem piloto de F1 falaria desse jeito.
    Alias, deve ser a grande frustação do pai: dois filhos que se dizem pilotos e nunca chegarem perto da categoria…
    FG: se vc fosse processado, era só “passar o chapéu” com os frequentadores do blog, que ainda sobrava…

  5. ronan says:

    hehehe!! Cacazinho mimadinho faz biquinho….

  6. adam9000 says:

    Tal pai, tal filho…2 chatos…enfadonhos q só falam M…

    Pior é q nas transmissões da F1, a coisa é na base do “vc´s vão ter q me engolir…”, pq assistir no mute é tão ruim qto ter q ouvir o Bob-Pai…

  7. Junior says:

    O comercial da Nextel com o filho do Galvão foi exemplar pra mostrar sua “humildade”

  8. Ernesto Mourao says:

    O processo e justo! A informacao nao procede mesmo. Fontes confiaveis colocam o Super Campeao Caca Bueno no lugar de Raikkonen ano que vem. Esse Caca e foda! Que talento…

  9. Fernando Parlangeli says:

    Espero que esse palhaço do Côcô Bueno tome Red Bull e ganhe asas, para voar longe daqui….nunca gostei do pai, quanto mais do piloto sujo que é o filho…..Não vale a pena levantar qualquer notícia desse cara não.

  10. Gustavo says:

    Bola fora do Cacá, é claro que a fama de xarope se justifica desse jeito, não que ele de bola ou que importa alguma coisa para nós – que temos mais o que fazer – mas enfim… É bem a cara dele mesmo, como modelo, temos aquelas propagandas rídiculas da Nextel: um bando de “apressados”, caminhando firme, querendo transmitir a sensação de tenacidade que parece característica comum para quem “entra no clube” Nextel. …”festivais de cinema em todo mundo, amigos em nova-york (céééééuuuuussssss que coisa provinciana!!!!!!)…etc, etc” exemplos de pérolas que observei nesses anúncios.

  11. Ernesto says:

    TUDO MENTIRA MESMO. O processo e justo. Vou dar um furo. Fontes seguras garantem o genial Caca no lugar de Raikkonen em 2009. Por favor nao espalhem. Genial Flavio. Grande abraco

  12. Vitor, o de Recife says:

    Caro Nascar (categoria a qual a Stock copia, sem muito sentido, muitas fórmulas): gosto de automobilismo em geral, mas não gosto da Stock. Não vejo um motivo para gostar de Stock. Mas se você gosta, bem… é o seu gosto.

    E quanto ao chiliquinho do Cacá, continuo achando algo sem sentido. Não acompanho mesmo a categoria, mas quando vejo uma ou outra notícia, geralmente são sobre polêmicas extra-pista: bagunça na organização, tapetão, etc. E agora o chiliquinho do filho do Galvão. Sinceramente, quando uma categoria se notabiliza mais pelo extra-pista do que pelas corridas (e a F1 infelizmente tem flertado com este caminho) é porque as coisas não vão bem.

    Resumindo o fato: o escândalo sem sentido do Cacá é apenas mais um golpe de marketing barato, que busca a polêmica pela polêmica como forma de promoção.

  13. says:

    Cacá comentarista??????????

    O Burti que se cuide. Já imaginou bob-pai e bob-filho juntos?

    Coitado do Reginaldo, que vive sendo podato pelo pai vai acabar tendo que comendar corrida de carrinho de pipoca na Sportv, isso se não tiver um campeonato de peteca ao vivo…

  14. Miguel says:

    Flavio,
    o texto foi ótimo, só q me deu um sono!!!!
    acho q faltou Red Bull!!!!
    abraço

  15. Daniel Betting says:

    Grande Flavio,

    Eu estava na coletiva e presenciei o tal piti do Bueno e concordo plenamente com você. Será que ele ameaçou processar o GP, Victor Martins ou você por que estava guardando esta notícia tããããããão importante para a Vênus Platinada e o GP, como sempre, saiu na frente?

  16. Leonardo says:

    Oi FG!

    Leio seu blog com freqüência. Gosto de ler suas opiniões, mesmo (ou principalmente) quando elas não coincidem com as minhas, mas sempre as respeito porque você procura sempre emití-las atendo-se aos fatos, sem fazer média com quer que seja. E com um texto impecável, como esse que você postou. Realmente brilhante e absolutamente verdadeiro!

  17. Alexandre Cereja says:

    Fico imaginando ele chegando no advogado:

    KK: Dr., quero processar o FG, o site dele, o carro dele, os blogueiros dele…

    Adv: Por quê, o cara é legal?

    KK: o site dele publicou que eu iria correr energizado no ano que vem…

    Adv: mas isso te causou algum problema? Você perdeu algum contrato com a notícia? Vai deixar de tomar genérico e só levar original?

    KK: hhuuuummmm… não é que ele falou e não poderia ter falado!

    Adv: Por que não poderia ter falado?

    KK: Ora, porque não era para falar.

    Adv: Mas qual o problema? Não estou entendendo… se a notícia não é verdadeira é só me mostrar onde ela te prejudicou que eu monto o processo e você ganha milhões!!

    KK: hhuuuummmm…. esse é o problema, não é mentira… eu vou deixar de ser genérico no ano que vem e vou correr energizado!!

    Adv: Faça-me o favor, KK, que coisa feia!! Você fazendo eu perder meu tempo querendo processar alguém que contou a verdade antes dos outros? Olha, toma aqui essa latinha e veja se ganha asas e suma daqui voando!!

  18. Maximo says:

    Como disse o Silvio Santos no Pânico…

    ai ai ai ui ui…

  19. A.J. says:

    É CASADO?
    TEM FILHOS?
    NÃO ENTENDI O MELINDRE DA CRIANÇA.
    O QUE HOUVE? ESSA SAIDA DELE DE UM LUGAR PARA OUTRO ACHO QUE NEM NOTICIA DE AUTOMOBILISMO É. AUTOMOBILISMO SÉRIO. BEM COLOCADO

  20. Daniel Carvalho says:

    Boa Flavio , nao te conheço pessoalmente mais sou fa de automobilismo inclusive de stock ,que eu nao sei por que voce odeia tanto corro quando posso de kart e mais uma vez estava dando uma lidinha no teu blog. Concordo com a falta de segurança concordo que a categoria e de meia duzia de playbois concordo que os autodromos , pelo menos os que eu conheço fora interlagos nao sao os melhores e concordo que o Côcô Bueno e um babaca , por mais que seja bom piloto muito mau assessorado so fala merda toma atitudes de um moleque mimado playboi como a maioria deles. Gosto do teu tom e espero que continue assim amante de corridas pena que o nosso mundo nao e justo pois muita gente tao boa quanto ele podia estar la fazendo o que gosta ,so que nem todo mundo nasce em berço de ouro e pra gastar com cada carro 200,000 por meis e um pouco fora dos padroes um grande abraço e continue assim seguindo seus principios

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *