MENU

terça-feira, 25 de novembro de 2008 - 21:37Automobilismo brasileiro

MADE IN CAMPINAS

SÃO PAULO (cara boa) – O Jaime Gulinelli, da GT Cars, pede para que eu publique uma foto do Dimep GT R1 no blog. Conta que o carro foi totalmente projetado e construído em Campinas, tem motor Chevrolet V8 de 6000 cm³, pneus Pirelli 285/645 18” e pesa cerca de 970 kg. Eu havia visto algumas fotos dele nas Mil Milhas, e tinha mesmo me chamado a atenção. Acho que esse é o caminho para as Mil Milhas, estimular a participação de protótipos feitos no Brasil, como esse. No Sul também tem gente boa fazendo coisas parecidas.

O GT R1, em sua estréia, fez o segundo tempo para o grid das Mil Milhas, com 1min36s999, atrás apenas do Porsche que venceu a prova. Pena que o câmbio quebrou e não chegou ao fim.

Publicada. Gosto de carros legais. Boa sorte ao pessoal de Campinas, que pretende correr de Endurance no ano que vem.

41 comentários

  1. Hugo Guidini disse:

    Realmente o carro é muito lindo…mas alguem pode me dizer……qtos desses carros fabricados aqui e com motorzão terminam bem uma prova de longa duração? Se estiver dificil, podem falar de provas de media duração. OS carros não aguentam.

  2. Everton Rupel disse:

    é beeeeem parecido com o Riley-Scott usado pelo Felipe Giaffone nas Mil milhas acho que de 2001,2002

  3. Jaime disse:

    Fabio
    Caso queira maiores informações do protótipo com faróis do Polo me contate pelo email do site

  4. fabio disse:

    Só quero dar mais um pitaquinho aqui Flávio: – como está bonito aquele protótipo com os faróinhos arredondados do Pólo. Será que já está pronto?

  5. fabio disse:

    Lá pelo inicio da década de 70, quando passei a acompanhar o automobilismo e me apaixonar pelo mesmo, eu olhava para esses bólidos e não entendia como um piloto poderia ter prazer em dirigir uma bagaça dessas. Claro, para mim corrida era de Turismo ( Opalas, Fuscas, Mavericks) ou então a apaixonante F.1. O tempo passa, e hoje vejo como este esporte é mesmo lindo e a idade faz da gente uma pessoa mais consensual. O carro é muito bonito e a Categoria é mesmo linda. Parabéns a todos aqueles que investem no esporte a motor, com grana ou sem grana. Parabéns

  6. Flávio Silva disse:

    Isso sim é “Carro” com C maiúsculo mesmo! Naõ aquela “caquerada” argentina da GT2000.
    Aproveito para que naveguem no site da Gt 2000 (www.gt2000.com.ar). Existem fabricantes dos protótipos que vendem os mesmo para os pilotos locais. É cada “traia” de dar medo…bem falar de aerodinâmica dos GT2000 é piada. Parecem carros de origrm duvidosa “made in Paraguai”.
    E viva a Stock Car brasileira!

  7. antonio stricagnolo disse:

    É sempre a mesma historia,todo mundo fabrica carro mas na hora dos detalhes é só gambi, e pra variar os carros nunca chegam no final de uma prova.É mangueira com abraçadeira de esguiço de jardim,peças fixadas com “latinhas” que quebram,soldas de ultima hora,e por ai vai.Parece construção civil,vai tudo bem ate a hora dos acabamentos,depois é porta que raspa no chão,janela que não fecha,cano vazando,torneira que solta da pia,e assim por diante.

  8. Sergio SP disse:

    Muito bom, Eric, gostei mais ainda. Valeu.

  9. cesapar disse:

    Caramba, o automobilismo nacional pode ser resolvido,bastando apenas seguir sugestões colocadas neste blog; Salvar Mil Milhas com carros montados no Brasil, ,podendo ser protótipos , ou projetos tal como o Aldee. ( Que tal rotular de FÓRMULA BRASILIS ?) Quem sabe a gente não sai do marasmo em que se encontra o automobilismo , juntando ideias que dão certo, como o exp. da formula Truck, inscrições baratas,para quem correr com protótipo nacional , e até seguir promoçoes para estimular o publico, conforme citou o Ingo ,sorteando um carro para o publico PAGANTE. (até piloto comprou ingresso ) Este Blog atravez de seus blogueiros apontam a direção.

  10. Junior. disse:

    Obrigado pelo esclarecimento ERIC tomara que muitas pessoas sigam o exemplo de voceis e parabens pelo carro. Esquenta não um dia a gente põe os porsches no bolso.

  11. Eric disse:

    Junior,
    se mudar o mapa da injeção,ele passa o Porsche que ganhou a prova…..os Astra Stock são fichinhas….

    A propósito,toda suspensão,cockpit em carbono foi feito aqui na MMC também.

  12. Maximo disse:

    muito bacana, parabéns.

  13. Eric disse:

    Sérgio,
    O chassi é tubular,construido aqui na MMC assim como toda a carroceria de composite.Muito parecido com os Stock cars.
    O motor é Mitsubishi mesmo,bloco de rua,com parte interna reforçada e forjada.O motor fica debaixo do parabrisa….
    O famoso 4G63(2.0 16v)turbo,aprox 450 cv para longa duração…com traçao integral e cambio sequencial de 6 marchas.

    Com o GT Dú….acho que o Nelsinho vem…pelo menos para sair na foto….hehehehehehe

  14. Roberto Martinez disse:

    O Eclipse estava bem rápido mesmo.

    Domindo no Ibirapuera, imperdível…

  15. Junior. disse:

    O prototipo eclipse é um dos carros mais ben construidos no Brasil. Eu tive a felicidade de poder conversar com o pessoal que fez o carro e ainda consequi tirar algumas fotos, vou procurar e ver se consigo mandar para o Gomes o carro é fantastico. A mistura do ronco do motor e a valvula do turbo abrindo é demais. O motor é muito forte pois ele passou no motor um Astra “stock” na reta oposta em interlagos. Nestes tempos em que a formula um deixa de ser o assunto do momento. o Gomes poderia criar “GRANDES CARROS BRASILEIROS” mostrando varios carros de corridas construidos por brasileiros. Uma maneira legal de homenagear as pessoa que tiveram tal iniciativa , pois para se fazer isto neste pais dinheiro não basta, é presiso ter muita PAIXÃO e CORAGEM.

  16. Speed Arosi disse:

    Coisa Linda
    Carro para rodar em qualquer prova de Endurance e não fazer feio não.
    Espero que as Mil Milhas volte a ser a sensacional prova que já foi um dia.
    Abaixem o preço da inscrição e adapte o regulamento para o Brasil e vai “chover” carro na pista.

  17. disse:

    Meu, vc. vai em Interlagos ou na Renault? O Luisinho vai andar de Berlineta, só na Vip com o Eclestonne cover!

  18. disse:

    Vai Eric, conta as paradas, afinal, quem vai andar com o GT 40 do Piquet este fds? hahahahaha

  19. Sergio SP disse:

    Eric,

    fale mais sobre esse Eclipse, por favor. Vi algumas fotos, o resultado, mas nenhuma informação mais detalhada e específica foi divulgada. Admiro o ESR, ele investe e participa do esporte como ninguém mais aqui no Brasil, faltam empresários como ele. Como você disse, falar mal e destruir é muito fácil…

  20. disse:

    Grande Dimas.
    Conhecem TUDO, até circuito básico possuem.
    Amigos do Salvatore Balestrieri.

  21. mario aquino disse:

    Quem já viu o prototipo FEI-X20, projetado e criado pelos alunos da FEI, com motor Corvette de 550 hps, e cambio Sistem By Porsche, sabe que aquele carro bem poderia participar deste tipo de competição, e não ficar guardado em galpão, basta tirar os penduricalhos de pesquisa acomplados ao veículo.

  22. Luis Gozzani disse:

    Trabalhei bastante no projeto deste carro junto com meus colegas Rafael Santiago, Reinaldo Araujo e Jaime Gulinelli, para mim foi uma alegria muito grande ver o carro andando no “templo” mostrando um pouco do que é capaz.
    Só um detalhe o tempo na classificação foi 1:36,999.

    Abraços

  23. André Soler disse:

    Fiquei muito feliz ao ver o R1 virando na casa de 1.36.
    Quando soube do carro andando e rápido tratei te te ligar para te dar os parabéns, mas quero registrar aqui o quão foi difícil para vc construir este carro por mil motivos, que as pessoas não podem imaginar!
    Porque acompanhei toda a tua luta desde 2006 no R1, quando estavamos juntos tentando construir o uira, e ali eu te admirava muito pelo sacrificio que vc passava e tantos Não que você escutou, e mesmo assim não desistia!…
    E com todas as dificuldades você conseguiu provar que o carro andava e rápido….
    Fiquei muito feliz mesmo de ver o carro andando no nível que chegou…..parabéns Jaime e equipe…que tudo se realize e com muito sucesso…
    Abraços

    André Soler

  24. Eric disse:

    E para quem fala que a Stock é palhaçada,porque o Lancer não tem nada a ver e afins,porque não batem palmas para o Eclipse???
    De novo,é nacional e chegou mesmo com problemas voltas e mais voltas a frente de Maserati,BMW e principalmente Porsche e Ferrari.

    Vamos ver o que vão falar…..

  25. Milton disse:

    Unico problema na minha opinião:
    Poderiam aplicar algum regulamento técnico internacional (FIA ou ACO) ao veículo…porque não fazer um protótipo classe LMP2, com motor de cilindrada mais baixa,e com freios, peso e suspensão homologados, para correr em outros locais do mundo?

    Nada contra a iniciativa, muito ao contrário. Vi o veículo da foto no autódromo sabado, e gostei do que vi…pois fazer um carro desses com parte da estrutura em fibra de carbono(no caso, o chão do veículo propriamente dito), e ter a alcunha”made in brazil” já é um progresso e tanto!

    Aliás, que protótipo bom já temos alguns ha algum tempo… exemplo: o Eclipse do Souza Ramos, o Scorpion…e quem não se lembra do AS-Vectra 2.0 16v, que enfiou um chocolate na concorrência em Mil Milhas anteriores?

    É só uma idéia…

  26. Eric disse:

    O Eclipse foi desenvolvido todinho aqui também.

    Acho que ninguém sabe…..

    E virou 1:38,8……no warm up.

  27. Gabriel 3 cilindros disse:

    Show de bola, temos que ver mais desses carros correndo por aqui!!!! abs

  28. Jonny'O disse:

    Entrei no site e a ultima foto é de um prototipo que foi desenvolvido para a Brascar mas o negocio não vingou ,na foto dá pra ver o prototipo com a frente de VW e do lado outra carenagem ,parece ser um Peugeot ,era interessante a ideia , um unico fornecedor de chassi e a carenagem tinha caracteristicas diferentes dependendo da marca do motor.

    Nunca ficou muito bem explicado qual foi o verdadeiro problema do projeto Brascar.

  29. Peixe disse:

    Eu queria tanto poder fazer uns carros desses…
    Uma estrutura tubular de alumínio, um motor mais ou menos, não precisa ser assim tão grande não, uma carroceria de fibra de vidro meio aerodinâmica e estaria nos encalços de Ferraris e BMWs…
    Aposto que eu até conseguiria fazer um mais rápido.
    Já pensou?
    Protótipos Peixe ganhando as cirridas de longa duração pelo mundo afora?
    Seria uma beleza!

  30. Rafael disse:

    Se eu fosse o Gomes iriam de #69 para as mil milhas, só iria parar para abastecer… hehehe

  31. Luiz Evandro águia disse:

    eu estive nos boxes do meu amigo Dimas,,,- acompanhando a prova,,,Quebrou o eixo piloto,,,porque o cambio tinha muitas horas de “voo” , e o motor tem muita potencia ..; este protótipo ainda dará muito trabalho aos Porsches,,GT3,, abraço a todos ‘Luiz Evandro águia .

  32. Marcelo disse:

    É a carinha do multicampeão Audi R8…

    Bom gosto!!!!

  33. Junior. disse:

    Brasileiro é muito capaz. Aqui tem gente muito boa e com muita capacidade. Sou a favor de que participem somente carros nacionais.Pois assim quem tem dinheiro pelo menos financiaria a construção de um carro nacional competitivo. Pois é muito dificil mas não impossivel um carro nacional vencer um porsche por exemplo.Mas o principal é icentivar os construtores de carros de corridas no Brasil pois tentar viver disto é muito dificil. Seis mil reais de inscrição dão direito a que? Uma corrida como ésta não pode abrir mão da participação dos pilotos mais famozos que temos neste pais Alquem tem idéia do que da para realizar com o dinheiro investido em um dragster por exemplo? (nada contra a categoria) Acho que da parar fazer muita coisa aqui. Quanto mais demorar para começar mais atrazado vai ficar.Parabens pelo belo carro.

  34. Bruno disse:

    nossa. tão bom ver isso.
    dá uma felicidade imensa ver gente que acredita no desenvolvimento de protótipos, que projeta e constroi carros de corrida, mesmo com nosso automobilismo no estado que está. isso sim é fazer pelo automobilismo nacional.
    Parabéns a todos os envolvidos, vocês merecem.

  35. Emerson Figueira disse:

    Muito legal esse Audi R8 campineiro. Boa sorte ao construtores ! Alguem podia fazer um Peugeot 905 cover também.

  36. André Buriti disse:

    Interessante ver a Dimep voltando ás pistas, faz um tempo que não vejo um carro patrocinado por eles.
    Lembro que uma das coisas que ajudou a azedar a relação da família Dimas com o automobilismo brasileiro foi um Voyage desenvolvido por eles para correr na extinta Hot-Car que não foi homologado pela CBA ou pelos organizadores da categoria na época, aí depois nunca mais vi carros com o patrocinio deles.
    Bom vê-los de volta

  37. Acarloz disse:

    O carro tem personalidade e tem um ronco que vou te contar, música !

  38. Squa disse:

    Já que vc tocou nas Mil Milhas, reproduzo abaixo comentário que postei ontem no blog do Fábio Seixas, com a minha opinião sobre esta prova. E acrescento, tinha um monte de Aldee (pra quem não conhece, um excelente protótipo fabricado aqui no Brasil), que não faz feio em lugar nenhum, um monte de equipe de garagistas muito competentes e muita festa durante toda a noite. Segue.
    Na minha opinião, o que mata a Mil Milhas é justamente querer ser o que não é. A corrida de 2007 não foi um show, foi um desfile de poucos espetaculares carros para arquibancadas vazias. Fazer parte da Le Mans, grande coisa, e os duzias de pequenas equipes com centenas de carros bem preparados que foram excluídos devido ao preço e a discrepância de velocidade? Po, aquele Peugeot virava tempo de F1. Ta bom, legal, put… tecnologia, mas descaracterizou a prova. Em 2005, assisti a corrida lá em Interlagos, dos boxes, da largada até a chegada. Cara, aquilo é legal, carros de verdade, acessíveis, tinha Audi, BMW, Omega, Opala, Courrier, Gol e mais um monte, 58 carros no grid, vale conferir no link com da classificação final. O tempo da melhor volta de 2005 é 16 seg. mais lento que o de 2007. É coisa pra caramba, exclui muita gente em % de tempo. Ta na hora dos organizadores pensarem nisso. É só não querer ser maior do que precisa, ter carros que não são nossa realidade.

    http://www.cronospeed.com.br/2005/automobilismo/endurance/01/RESULT_MILMILHAS.htm

  39. Edison Guerra disse:

    Vi este belíssimo carro nos treinos da quinta-feira,quando o Diego Castellari estava gravando uma reportagem para o programa Auto Esporte da RG.
    Achei-o muito bem acabado,e mesmo com o uso de abafadores,tem um ronco sensacional.

  40. Jonny'O disse:

    No sábado vi de perto o Dimep nos boxes e gostei ,o desenho da carenagem é bem semelhante ao do Audi a gasolina que não corre mais.

    Acho que a corrida devia ser em janeiro para que as equipes envolvidas em outras categorias pudessem se organizar para a prova.

    É possível uma Mil Milhas ficar interessante com o que temos por aqui ,a própria prova deste ano tinha alguns bons carros como esse Dimep ,Porsche GT3 os Maserati .

    O problema foi o numero reduzido desses carros ,o dia da corrida (domingo) coincidia também com a Stock Car e com uma importante prova do automobilismo argentino ,sim porque seria muito bom ter dois ou três times de paises vizinhos .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>