MENU

domingo, 27 de junho de 2010 - 11:12F-1

VALENCIANAS (4)

SÃO PAULO (que o futebol seja melhor) – E talvez tenhamos, pela primeira vez na história, um GP com mais ultrapassagens depois da bandeira quadriculada do que durante a corrida. Isso porque os comissários vão investigar o comportamento danadinho de nada menos do que nove pilotos durante o safety-car.

Um deles já foi punido, Hamilton, graças ao atentíssimo alcaguete Fernando Alonso. Pagou um drive-through, estava em segundo, voltou em segundo, ficou tudo na mesma. Vettel, que ganhou o chatíssimo GP da Europa, também está fora da lista dos acusados. Button, o terceiro, corre risco. Assim como Barrichello, o quarto colocado, e mais um punhado que chegou um pouco mais atrás.

Punições possíveis à parte, vamos a esta corrida, por tópicos.

– Vettel mereceu, claro. Fez a pole numa pista onde é importante largar na frente, largou bem, defendeu-se de Hamilton e controlou a prova como quis. Continua firme na luta pelo título, agora com mais força e moral.

– Webber largou mal pacas, caiu de segundo para nono na primeira volta, e fez a maior cagada do universo quando decolou no rabo de Kovalainen. Pô, o cara sabe que o carro da frente é mais lento que meu Lada, tem a corrida toda pela frente, inventa de pegar vácuo logo que sai dos boxes? Uma anta. Não apaga tudo que fez de bom nesta temporada, mas hoje Webber foi o Webber que conhecíamos. Vai ver aquele que andou ganhando corridas é gêmeo dele.

– Alonso e Massa pagaram por cumprir as regras e foram os que mais se deram mal no safety-car, um pouco também pela posição “geográfica” em que se encontravam quando o SC foi para a pista. Quem estava mais atrás parou. Eles tiveram de dar uma volta extra e despencaram. Mas podem recuperar tudo com as possíveis punições, as ultrapassagens pós-prova, chramosíssimas.

– Essa pista é mesmo uma merda, as três corridas de Valência foram uma droga, e por isso devemos agradecer aos céus a existência de alguém como Kobayashi. Ficou na pista com o mesmo jogo de pneus até faltarem três voltas para o fim. Caiu de terceiro para nono e na última volta passou dois, Alonso e Buemi, com manobras lindíssimas. Foi ousado, decidido e teve “balls” (sou fino, falo essas coisas em inglês). Não vi ainda as diferenças de tempo dele para Button, Barrichello, Kubica e Sutil, que podem ser punidos. Se bobear, ainda leva uma taça, dependendo daquilo que resolverem os comissários. Que podem acrescentar 20s ao tempo final dos infratores, ou então cassar suas superlicenças, ou ainda bani-los do esporte, ou enviá-los à cadeira elétrica.

– E o que era aquela piscininha na cobertura? Por que a TV não ficou ali o tempo todo?

– Por fim, louve-se aqui o fiscal que foi catar a garrafa no meio da pista. A pé, me pareceu mais rápido que os carros da Virgin e da Hispania.

Volto mais tarde, bem mais tarde, só depois que anunciarem o resultado final. Para uma corrida que ainda não o tem, até que escrevi bastante.

195 comentários

  1. HUMBERTO GARINI NETO disse:

    É FLÁVIO, ASSISTINDO UMA PROVA COMO A DE VALENCIA, PODEMOS AFIRMAR QUE A PISTA É “BONITA, MAS ORDINARIA”

  2. Tem razão. “Cujones” é feio paca.

  3. Mister M disse:

    F1 acabou.Ja conseguiram fazer um ingles campeao depois de muitos anos com o Hamilton 2 anos atras,e o Hamilton faz zig-zag na frente dos outros,bate o carro nos outros,joga outros para fora da pista,passa na frente do safety car e nunca e punido do jeito q deveria.Ao contrario sempre punem a Ferrari,punem o Schumacher,usam 2 pesos 2 medidas direto,colocam o Hill,Frentzen para ser comissarios e todo mundo sabe que isso so faz com que eles vao contram os inimigod do passado.
    Kamui e um 2 melhores pilotos na F1 e temos agradecer ao Petr Sauber que manteve a equipe e o Kobayahi.

  4. jorge disse:

    Caro Ron,nem com uma puniçao a Hamilton,Alonso conseguiu chegar a frente,em vez de contar com a sorte deveria ser mais competente.LUIS FERNANDO GOSTEI DE DOM ALONSO DAS LAMURIAS LEGAL.

  5. luisfernando-rj disse:

    o dom alonso das lamúrias ao se aposentar da formúla 1 será fiscal de corridas,depois o segundinho barrichello tem fama de chorão.

  6. Martinho disse:

    Alguém avise o Webber que, ao contrário do slogan da equipe, o Red Bull dele não tem “asas”!!!

  7. André Carvalho disse:

    “Por fim, louve-se aqui o fiscal que foi catar a garrafa no meio da pista. A pé, me pareceu mais rápido que os carros da Virgin e da Hispania.”

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!

  8. Spada disse:

    Pois é…o caguetão ficou p do vida porque se deu mal…..

    Se fosse ele que tivesse no lugar do Hamilton e cia, ficaria com aquela carinha de pastel de paella que ele tem, bem quietinho!

    Como é mala este Espanhol…..parece a seleção de seu País, que chegou com a fama de La Furia e no final da 1ª fase rosnava bem baixinho igual a um gatinho…

    Não aguentei ele caguetando literalmente o Hamilton pelo rádio…..

    • Caio, o de Santos disse:

      Quem aocnpanhou pela Radio Bandeirantes, acho, que se divertiu mais.
      Com o Seixas pelo mundo afora, aliás, na Argentina, o Celso Miranda estava dando pitacos e de muito bom humor ao lado da editora chefe, do chefe!
      Após ele perguntar em que posição estava e em que posição saiu e ouvir, segundo, para segundo, o Alonso deve ter dito sim: “Raios, raios, mil vezes raios, como na corrida maluca…” Show de bola, digo, de luvas…

  9. C. Sérgio disse:

    Quando será que uma equipe “grande” vai dar um lugar para o Kobaiashi?
    Quando será que a Globo vai dar o microfone para a Mariana transmitir uma corrida?
    Quando será que a competência vai tomar o lugar da influência?
    CALA A BOCA GALVÃO!!!

  10. Ron disse:

    Primeiro, aquela piscina… Como queria estar acolá. Ô, meu Deus, mas que beleza!
    Segundo, que corrida chata. As equipes pequenas atrapalhando mais do que de costume.
    Webber vacilou mais ou menos como o Massa contra o Schumacher no Canadá ou Kovalainen que freiou antes? Acho que o Webber quer ir para a Red Bull Air Race e, para sua sorte, já é da equipe. OK, foi sem graça.
    O GB estava cortando todo mundo, mas pode haver uma explicação para o excesso de hoje: dava para perceber que em algumas vezes ele não escutava o que os outros falavam e vice-versa, provavelmente eles estavam transmitindo de locais distintos e sofrendo aquele atraso na propagação do sinal. Não estou defendendo o GB, vide a re-implantação do reabastecimento hoje.
    Sem querer puxar o saco, mas o Flávio Gomes estava certo naquela comparação da F1 com o futebol, quanto a fazer os gols e nas controvérsias também. Junto com as burradas dos bandeiras na Copa comprovou-se isso e o Arnaldo César Coelho estava certo: a bruxa estava solta hoje. A F1 e a FIFA tem que reformular o regulamento urgentemente. Hoje foi um festival de erros.
    Hamilton brincou mais uma vez de burlar regras e para variar se deu bem de novo (http://www.youtube.com/watch?v=kKYyvHvO-jA) porque a punição foi tardia (sendo ajudado sem querer pelo ritmo do Kobayashi) e que não refletiu a vantagem que ele obteve sobre as Ferraris (os carros imediatamente atrás dele e que o perseguiam com ritmo parecido). E ainda deve ter mentido ao dizer que não viu o SC. Sobre a vantagem: é difícil de fazer o cálculo disso mas, para aproximar, deve ser algo como a soma da vantagem que ele tinha para o Alonso antes do acidente, mais a diferença entre os tempos do Alonso e dele naquela volta em que passou o SC, menos o tempo do drive-thru e mais a diferença entre os tempos das paradas. Daí para frente foi a dificuldade de se ultrapassar nesse circuito que atrapalhou Alonso e Massa, o que talvez pudesse ter acontecido a Hamilton também (suposição).
    Depois da reclamação do Alonso (que ainda deveria explicar a questão de Cingapura) e punição a Hamilton, pode-se imaginar que a busca pela punição dos que entraram no pit foi coisa da Ferrari como forma de buscar pontos para Alonso depois de não conseguirem “pegar” Hamilton (não duvido disso, mas não posso provar assim como a proteção ao inglês).
    A punição dada aos pilotos que entraram naquela volta talvez tenha sido branda demais e igualmente tardia.
    No final das contas foi um lamentável resultado para Massa e uma surpreendente colocação de Barrichello.

    • Ron disse:

      Pois é. Quem vai respeitar as regras de agora em diante se tem alguém que sempre se beneficia por desrepeitá-las e os outros otários que as respeitam se dão mal?
      Queria ver se fosse o contrário com o Hamilton se dando mal, se os torcedores dele não iriam chiar.
      Eu estou reclamando porque vi umas infrações claríssimas e os infratores receberam uma punição infimamente menor em relação ao ganho obtidos.

    • Ron disse:

      A minha nova teoria é de o Hamilton fez isso porque na hora em que estava passando pela reta do box disseram a ele pelo rádio que o Button tinha entrado nos boxes junto com a turma de trás, ele deve ter se desesperado em saber disso e como não queria ficar atrás do companheiro de equipe na pontuação aprontou mais essa (sozinho ou seguindo instrução do box).
      Estou achando que o pior inimigo que o Hamilton tem na mente dele em relação ao campeonato é o Button, que é um “come-quieto”, vai somando os pontos dele etc.

  11. André disse:

    No treino classificatório Hamilton vinha para fazer a poli,mas deu uma escorregadinha fatal. Na largada aquele toque entre ele e Vettel fez ele tirar o pé. Acho que o Inglês tem mais carro do que aparenta…

  12. Homônimo/Ce disse:

    Prezado RCRG72,

    o que quis demonstrar foi a falta de tentativa. Veja o Butão, depois que o Koba foi p/ o pit, ele fez a melhor volta.
    O reclamão ficou atrás do Suíco, mesmo esse sem estabilidade na freada. É tanto que o Koba o passou na útlima curva, pq toda vez ela abanava.
    Saudações.

    • RCRG72 disse:

      O Kobayashi tem dois méritos aí.

      1º – Não deixou ninguém ultrapassá-lo quando permaneceu na pista após o acidente. Mesmo com pneus muito gastos. Isso pode provar que mesmo com pneus gastos um piloto que está a frente pode, em pistas como essa, segurar o outro atrás.

      2 º Aproveitou o fato de os pneus dele, naquela altura serem macios e novos.

      O alonso também não deu um passão no Massa na entrada dos boxes no GP da Espanha. Foi quase a mesma coisa, só que dentro da pista, com mais espaço.

      Poderia ser um show de batidas se todos inventassem pontos de ultrapassagem na pista. Somente com erros dos pilotos a frente que ultrapassar é possível lá.

      A pista é ruim mesmo.

      Abs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *