FOTO DO DIA

Agora que o Silvio vendeu seu banco quebrado, dá para procurar o Camaro e tentar comprar de volta. Isso se não estiver com ele, ainda. Quem mandou a foto foi o Ricardo Caruso.

Comentários

  • Poxa Flavio! Uma vez eu fui para o saudoso evento que tinhamos no pacaembu(raiz) Fui com meu dart de luxe 75 . isso, em 1999. e quem para do meu lado? esse camaro branco! O cara estava vendendo ele e nao esqueço do anuncio . “o carro pertenceu ao Silvio Santos.” eis que hj, coloquei no google carros do silvio e me vez o seu post sobre esse carro!
    abraço sou seu fã!!!!

  • Poxa Flavio! Uma vez eu fui para o saudoso evento que tinhamos no pacaembu(raiz) Fui com meu dart de luxe 75 . isso, em 1999. e quem para do meu lado? esse camaro branco! O cara estava vendendo ele e nao esqueço do anuncio . “o carro pertenceu ao Silvio Santos.” eis que hj, coloquei no google carros do silvio e me vez o seu post sobre esse carro!
    abraço sou seu fã!

  • Pois é, mas 6000 reais em 96 era quase o preço de um popular, o Corsa custava uns 9000 reais nessa época, se hoje um Celta custa 25 mil, diriamos que o Camaro custava 20 mil. Bom, a galera tem razão, não se acha um decente hoje por menos de 60 mil…

  • Pois é, comprei o meu 73 em 95 por R$ 3.500,00. Tinha umas ferrugens e sem parabrisa. Mas que bom que deu pra segurar esse, senão ia chupar o dedo, com os preços atuais. Curioso foi achar outro 73 preto, inteiro, no subúrbio, tempos depois, mas não tinha dinheiro, apesar de custar 4.000,00. Indiquei para um amigo que recusou uma troca pau a pau com o seu Opala 84. Na epoca fiquei doido, e o meu amigo não se convenceu a trocar chave na chave, queria volta. Agora, deve estar metendo o dedo no fiofó…

  • Não sabia que ele tinha um Camaro, só conhecia o Lincoln.
    Atualmente o carro de uso diário dele é um Omega blindado V6 ano 2005 mais ou menos. Quando o pânico na tv aborda o Silvio, ele sempre está com esse Omega, aliás, o ‘impostor’ já conseguiu dar uma volta no carro sem o ‘patrão’ saber.

    • Desculpe Eric, isso foi à partir das placas de 6 dígitos (e depois placas 7 dígitos – pouco tempo – e placas com a letra S – apenas para SP Capital).

      Antes, nas placas de 5 dígitos, voce levava a placa para o novo carro. O último carro de minha mãe, que me lembro com a 7-4559, foi um TL primeira série (69/70), comprado 0Km na Sorana (era um dos carros que veio só para exposição, mas o Luiz Viscardi era muito amigo do meu pai e….), este carro tenho “bons motivos” para lembrar da placa, depois disso não sei (não sou o Mestre Joca!!!) quando apareceram as placas de 6 dígitos.

      Atenção aos mais novos (antes que falem que as placas atuais tem 7 dígitos): estamos falando de PLACAS AMARELAS!!!, e os 7 dígitos eram números (sem letras), depois ainda vieram as placas com 4 números e 2 letras…..

      Um abraço,
      Marcelo Foresti

  • FG,
    Que fim teve eu não sei, mas com CERTEZA foi comprado pelo Silvio na Agência de Automóveis Maracanã (Av. Rio Branco, 705 – São Paulo – SP).
    Essa loja era do meu pai e eu trabalhei lá desde os 12 anos (comecei lavando e limpado os carros que vinham do porto “melecados”) até entrar na faculdade, e todos os camaros do Silvio foram comprados lá (meu pai, hoje com 92 anos, ainda conta as histórias das “manias” do Silvio em relação à especificação do carro….).
    Em relação às placas, que alguém comentou, antigamente a placa era do dono e não do carro. Trocavasse de carro e levava-se a placa. O Conde Matarazzo teve, durante MUITOS anos a placa nº1 de SP, sempre em carro diferentes. A placa do carro de minha mãe, por exemplo, era 7-4559 que era o número do telefone de casa!!!!
    É estou ficando muito velho…..
    Abraços e bom dia a todos,
    Marcelo Foresti

  • Extra! Extra!!!!

    FG, esta é pra você:

    Feira em Paris reúne clássicos e carro de ex-líder soviético

    A feira de carros antigos Retromobile começa nesta quarta-feira em Paris, na França, e vai até domingo, dia 6. São cerca de 400 veículos na exposição que traz modelos clássicos de marcas como Bentley, BMW, Bugatti, Citroën, Mazda, Mercedes-Benz, Nissan e Peugeot.

    A edição deste ano – que homenageia o pentacampeão de Fórmula 1 Juan Manuel Fangio – mostra carros raros como um Citroën SM que pertenceu ao ex-líder comunista Leonid Brejnev.

    http://economia.terra.com.br/noticias/noticia.aspx?idnoticia=201102021834_TRR_79513126#tphotos

    Abração.

  • Caro Flávio, boa noite.

    Me lembro de um vizinho que vinha passar as férias na praia com um Camaro marrom metálico e cromados que eram um verdadeiro espelho – muito lindo lindo.

    Bons tempos em que a gente tinha gasolina azul…

    Abç´s, Túlio.

  • Muito suspeito, o banco quebrou e ele não sabia de nada? Um homem como ele (judeu) sabe onde vai parar cada centavo do bolso.

    Uma GRANDE JOGADA , pra variar, de mestre! Onde foi parar os 4 Bilhões pela quebra? E ainda vendeu o banco QUEBRADO por 450 milhões, um gênio… que sabe que logo vai deixar esse mundo(idade avançada), mas antes quer garantir várias gerações na boa…precisa dizer que tem gente do governo no meio?

    Belo Camaro, geralmente homens de “negócios” vivem bem no Brasil, será que eles tem amigos no I.R, chamado “Leão”?

    • Marcelo, não é defendendo, mas os 450 milhões que ele obteve com a venda foi para cobrir o rombo de 4 bilhões, ele não saiu com nenhum centavo no bolso ! Leia as notícias ! não sou fã dele, nem assisto o SBT, só minhas filhas que adoram chaves, do resto é porcaria.

  • Posso estar enganado, mas o SS não parece ser do tipo que guarda os carros… Este Camaro pra mim é novidade, eu lembro só de um 81 ou 82 que ele teve e depois o belo Lincoln (93?). Depois do sequestro, parece que ele passou a usar carros menos chamativos.

  • Em São Paulo, todo Chevrolet Camaro Type LT branco “foi do Sílvio Santos”. Apesar disso não ser verdade, o famoso apresentador realmente teve um carro do tipo, que substituiu seu último Opala.
    A foto mostra o veículo em questão, em frente da antiga fábrica de cenários do SBT, na Vila Guilherme, em São Paulo, SP, local em que o apresentador guardava seus carros. O Camaro tinha as chapas amarelas EB 9999. Pelo que consta foi adquirido por um colecionador de itens do empresário e desapareceu sem deixar vestígios

  • Não posso ver um Camaro que bate um arrependimento: por volta de 2002 havia um Camaro igual ao aí de cima (e todo reformado) a venda no Terraço Shopping (Brasília) por 13K dinheiros. Foi antes do BUM DA procura de carros antigos . Veja quanto vale hoje um deles na internet . . .

    • E eu lembro aqui em Niterói de um 74 a venda por… R$6.000! Isso em 1996. Eu não tinha idade pra dirigir e nem $$$ pra comprar, mas só de lembrar em como eram os preços a poucos anos atrás…