MAIS UM

SÃO PAULO (comprem!) – É sempre um orgulho quando fica pronto o anuário “AutoMotor Esporte”, editado pelo amigo e irmão camarada Reginaldo Leme. Somos parceiros no livro desde a primeira edição, publicada no começo de 1993. Estamos, pois, na 19ª fornada. Os textos de F-1 são de minha autoria. A equipe, que no início tinha dois ou três gatos-pingados, é hoje formada por um time de jornalistas e arte-finalistas, além de pessoal do comercial, que enche um prédio.

Para quem gosta de automobilismo, é daquelas obras indispensáveis.

Na semana que vem estará em todas as livrarias. Mas quem quiser, já pode comprar pelo telefone. É só ligar para o Bruno no (11) 3045-0836.

E palmas efusivas para o Regi, este soldado da notícia, incansável no sacerdócio do jornalismo, ainda um garoto de 20 anos, entusiasmado e motivado como poucos de nós!

E a capa, cá entre nós, está linda de morrer.

Comentários

  • Anuário , sobre automobilismo e em lingua portuguêsa! É sempre bem vindo como disse acima um entusiasta,… mais a opção de cobrir quase todas as categorias importantes do mundo, deixa o espaço de cobertura uma coisinha assim fraquinha e superficial,.. mais são quase 20 edições! (tenho quase todas!),… não é pra qq um,…. mais pra F-1 o do Seu Chico é 10!

    • Ano passado? Eu lhe perguntei este ano e você disse que seria divulgado no Grande Prêmio. Mandei um e-mail ao Grande prêmio e não obtive resposta. Foi divulgado no site? Você poderia me passar o resultado?

      • Meu amigo, o sorteio foi feito no fim do ano passado, a empresa encarregada dos prêmios já os enviou no começo deste ano. Você quer saber se ganhou e não recebeu? Mande seu nome e dados completos, por favor. Caso tenha sido contemplado e não tenha recebido, vamos ver o que aconteceu. E é claro que não podemos passar o resultado individualmente a você. Você sabe de casos de sorteios em que as empresas passam os resultados individualmente a alguém? Aqueles contemplados já receberam seus brindes e é isso que importa.

      • Não Flávio, não quero receber individualmente o resultado. É que em nome da lisura e transparência, deveria ser publicado o nome dos vencedores no Grande Prêmio, local em que fora feita a propaganda da revista e a promessa dos prêmios.

        Dessa forma, não geraria dúvida sobre a realização do sorteio.

      • Nem sempre as pessoas querem ter seus nomes divulgados na internet, pense nisso. E pode ficar tranquilo que os contemplados já receberam seus brindes. A propósito, não havia nenhum Nadson Xavier entre os ganhadores — caso for esse mesmo o seu nome, porque muita gente usa “nicks” fajutos, mesmo que pareçam reais. Acontecem casos aqui de arrepiar.

      • Não há por que esconder minha identidade. Neste país de tantas falcatruas, não basta ser honesto, tem de parecer honesto. Me desculpe, mas nunca vi uma promoção como esta, que não tivesse a divulgação dos nomes dos vencedores. Quem não quer divulgação do nome, não participa da promoção.

        Aliás, meu nome completo é Nadson Xavier Soares.

        Se quiser passo meus dados para seu e-mail para provar que meu “nick” não é fajuto.

      • OK, caso encerrado. Infelizmente você não está entre os ganhadores. Fazemos promoções há anos e nunca tivemos problema algum. Na maioria das vezes, sem nenhuma contrapartida, diga-se. Segunda-feira, mesmo, dois tuiteiros ganharam meu livro, que já deve ter chegado a eles, pela participação na minha twitcam. Como neste caso do Almanaque uma terceira empresa se encarregou de enviar os prêmios, que não eram de nossa propriedade, respeitamos os critérios deles. Os contemplados já receberam tudo e vamos em frente. Abraço.

  • Fg, sou fã do RL, mas acho que ele se submete ao esquema da RG (não posso fazer propaganda). Afinal, aguentar o GB dizendo asneiras, e ainda, ter que deixar prá lá a intriga que o Gavião fez com o Senna, meu fígado, que os frios vermes corroerão, é demais.
    Bela edição e textos.

    • A revista é Esporte AutoMotor e não Esporte Automotor Brasil. Eu não gosto de brasileiros, eu gosto de automobilismo. O pessoal aqui tem que acabar com essa coisa ridícula de criticar quando não tem brasileiro sendo campeão e não assistir quando ão tem brasileiro com chances de ganhar.

    • Não foi isso que eu quis dizer. Tb nunca liguei pra esse treco de brasileiro.
      Mas a F1 é a categoria mais importante que existe, e nada mais natural que a cobertura dela seja a mais pomposa. Vc quer o que? Que diminuam a f1 e botem 100 paginas de f-future???

    • Aliás, se vc conhece o livro, deve saber que embora a cobertura da f1 seja longa e maravilhosa, não ocupa 80% do livro. Talvez 50%, que é perfeitavemente aceitável.
      E cá entre nos, a f1 é a atração principal do livro.
      Nunca vi ngm dizendo que comprou pra ler sobre a f3 sulamericana…

  • Desculpe o oportunismo, mas, gostaria de entrevistar o Reginaldo Leme para um caderno especial de F1 que estou fazendo para o jornal em que trabalho, o Jornal de Beltrão aqui de Francisco Beltrão-PR. Como faço para contatá-lo? Desde já agradeço a ajuda.