NO TELHADO

SÃO PAULO (troca-troca) – O cancelamento da segunda rodada da GP2 Asiática lança sombras sobre o GP do Bahrein. O país está entrando em convulsão. Há testes marcados para o início de março e a abertura do Mundial de F-1 está agendada para o dia 13, daqui a menos de um mês. Bernie Ecclestone disse que na semana que vem alguma decisão será tomada.

Eu adoraria se cancelassem e inventassem, de última hora, uma corrida no Algarve, em Portugal. Já pensou?

Comentários

  • Deveria acabar com todas essas corridas, em paises da Asia e Arabia. Sao pistas sem graça, sem emoçao. Deveria sim voltar ao circuitos de verdade. Como já havia dito, só estao no calendario por dinheiro.

  • Olhando os comentários da turma, vejo que o pessoal tem idéias melhores de escolher circuitos do que a cúpula da F1 (vou ter que pagar royallites pro anão) Por falar nisto Flavio, você poderia propor para os blogueiros um calendário ideal de F1 (mais um pro tio Bernie) de todos os tempos limitando a 16 provas no ano. Qualquer pista de qualquer época para os carros da atual F1 (de novo). Seria interessante.

  • Já que é pra sonhar ( sonho mesmo! ) faz uma corrida em La Sarthe, é quase tudo estrada mesmo hehehe… queria ver os F1 batendo tempo dos LMTP1.
    Mudando para um papo mais sério, claro que não dá pra mudar o circuito pra essa mesma data, mas para o meio ou final do campeonato, uma prova a mais na Europa ( estoril, Paul Ricard, ou mesmo um bis em alguma pista consagrada ) não acho que seria nada impossível.

  • Cancelar esta corrida seria muito bom. A última foi uma chatice, com aquela sequência de curvas intermináveis e sonolentas.
    Com tantos circuitos excelentes onde já ocorreram corridas, há uma série a ser optada para substitui-lo em definitivo (sem falta alguma): Paul Ricard, Dijon-Prenoir, Zaandvort, Anderstop, Jerez de La Frontera (mais emocinante que Mont-Meló), Kayalami, Estoril, Hockenheimring (o antigo traçado), Brands Hatch, Donnington Park, Watkins Glen.
    Sem contar os excelentes circuitos onde ocorrem os GP de Moto, tais como: Pillip Island, Assen, Sachsenring, Laguna Seca, Brno.
    Poderiam até serem realizados GPs nestes circuitos, revezando-os e eliminando os mais recentes e sem graça atuais (tilken).

    • Paulo,essas escolhas não têm nada a ver com corridas de F-1 não!!!!! diga-se de passagem os caras não estão nem aí para corridas, poderia ser campeonato de foxtrote feito por camelos, o negócio dessa turma é GRANA!!!!!!
      Os automóveis são a desculpa e o chamariz para amealhar dinheiro que é tanto que nem os filhos da puta sabem para que querem tanto…… Isso se aplica também para o futebol e tudo aonde o ser humano em massa deposita dinheiro , o nome bunitim que deram para tudo é commodities….. só o que se enxerga são cifras, velhacagens e acerto entre cumpadres, aonde em sã consciência alguém que realmente gosta de corridas daria um segundo circuito para o Hermann Tilke fazer? E no entanto hoje no mundo chegamos a conclusão que no meio de quase sete bilhões de habitantes ele é o único capaz de projetar um circuito……………cada um mais lindo que o outro, jardins supensos, hotéis nababescos anexos, palácios de cristal, luxo pornográfico, segurança total e as pistas……… mas o que interessa as pistas? são paenas detalhes irritantes que só interessa aquela massa ignara que lota as arquibancadas, aquele péssoal não dá lucro, são apenas figurantes otários que ainda pagam para servir de pano de fundo para aonde está direcionada a categoria máxima do automobilismo que é a tribuna aonde são feitos negócios(?) entre poderosos e corruptps d etoda a ordem, não newcessariamente nessa ordem……. eles adoram…. o cenário é lindo e glamouroso……. o que aconteceu na pista? sabe-se lá……. afinal isso´foi apenas mais tarde no coliseu, só que agora de uma forma politicamente correta, no have blood……..

  • Isso é o que acontece quando se leva provas para países com governos autoritários e sem respeito aos direitos humanos. BEM FEITO. Que o mesmo aconteça nas demais provas nesses paisecos, e que a F1 volte para lugares onde haja verdadeira paixão pelas corridas (Portugal, Argentina, França, etc)

  • Agora falando em possibilidade de cancelamento do GP do Bahrein, a última vez que aconteceu um cancelamento de um GP foi o da Argentina em 1982 devido a guerra FOCA/FISA x Pilotos. Flávio, confere essa pra mim????

  • Seria muito interessante ver a pré-temporada voltar a vir para o Brasil….pq não vai dar para se fazer os testes coletivos lá. Quem sabe poderiam desembarcar em São Paulo, uma vez que não atrapalharia em nada a promoção da corrida que é no fim do campenato.

  • Eu gostaria de saber quais são os termos do contratro para o cancelamento da prova. Quem paga o prejú (contratos de patrocínio não cumpridos, venda da transmissão de TV que não aconteceu, etc…)?
    Se o Bernie tá considerando não realizar a prova assim tão fácil, com certeza no dele é que não entra. Se fosse, teria a corrida até no meio de tiroteio.

  • alguém irá perder MUITO “dinheiros”, posso garantir q não é o Bernie.
    bernie não é bobo nem nada.
    existe seguro pra revoluções populares?
    bernie pode processar o facebook? kkkkkk
    imagina a multa do satélite, das retransmissoras (rede bobo por exemplo)
    essa bola de neve vai feder feio.
    como diria o piquet -“a bruxa tá solta!”

  • Acho que vão cancelar mas não vão repor. Não sei se daria tempo de, em tão pouco tempo, fazer ações promocionais, vender os ingressos e etc.

    Além disso, o campeonato tem 20 corridas. Na prática, uma a mais ou a menos não vai fazer diferença nenhuma.

  • Essas pistas do Oriente Médio são um saco. Adoro que isso esteja acontecendo no Bahrein, pois a ideia que se passa é que esses países neo-modernos são democracias liberais incrustadas num meio retrógrado no deserto. No fim são todos iguais, mas os califas querem se sentir ocidentais e ganhar a atenção do Tio Sam. Que caiam como todos os outros!

  • Caro Flávio, ao estar praticamente um mês e meio em Portugal entre Dezembro e Fevereiro, um dos muitos programas que fiz foi visitar os circuiros de Portimão e Estoril, e posso dizer sem medo de errar que se necessário for Portimão pode receber a Fómula 1 já este fim de semana.Circuito muito bem mantido, com uma localização fantástica e cerca de 40% dos terrenos a sua volta já vendidos para equipes de vários paises da Europa, do turismo aos fórmulas. Seguramente que a opinião que tenho a já muito tempo se mostra cada vez mais correta. A busca desmedida por dinheiro novo, vai levar a Fórmula 1 para lugares cada vez mais longe dos verdadeiros apaixonados pela categoria, deixando tudo mais próximo do nome que muito jornalista gosta de usar para classificar a categoría máxima do automobilismo, “o circo”da Fórmula 1.

  • Fala Flávio!!

    Poderiam substituir pelo circuito Argentino de Portrero de Funes (não sei se escrevi corretamente).
    Assisti a prova do FIAGT1 e o traçado, paisagem, tudo é lindo. Lembra os velhos circuitos europeus.

    Um grande abraço,

  • Afirmei aqui o outro dia que não desejo mal a ninguém, nem aos meus desafetos. mas vou abrir uma excessão para o tio “bernie” patinhas: Tomara que seja feito refém por uma tribo de tuaregues ou nômades fundamentalistas que o leve para uma caverna no deserto e que o mesmo fique lá enquanto negociam seu resgate – devem pedir uns 30 bilhões de dolares e se precisarem estou dando sopa par aser intermediário, 5% de comissão por fora é claro….- não têm presa , quem sabe uns cinco anos de negociação…. quem sabe ao ser libertado ele não faz um comercial para tentar recuperar algum?

  • otima ideia voltar a Portugal.Bem feito pra FIA ao levar a F1 a lugares que estao cagando pra sua historia.que volte Portugal,Holanda,França,Mexico!!!porque nao?A FIA trocou a historia pelo dinheiro,agora vai pagar os juros da ganancia.

  • ia ser mtu bom. Todo mundo do meio do automobilismo fala bem desse circuito. Confesso q não o conheço bem – só vi um pedaço de uma corrida de GP2 de 2009 lá – mas me deixa bastante curioso em querer ver uma corrida nessa pista.