MENU

Sunday, 4 de September de 2011 - 16:34Automobilismo internacional

NASR LÁ

SÃO PAULO (em frente) – Felipe Nasr, com duas rodadas de antecipação, tornou-se campeão inglês de F-3 hoje em Rockingham. A gente já mostrou na Revista WARM UP que ele tem um plano de carreira que desmboca na F-1. Não será fácil. Precisa de dinheiro. Títulos não bastam. Embora ajudem muito.

São agora 12 brasileiros a ostentar o título inglês de F-3. A lista:

1969 – Emerson Fittipaldi
1970 – José Carlos Pace
1978 – Nelson Piquet
1979 – Chico Serra
1983 – Ayrton Senna
1985 – Maurício Gugelmin
1991 – Rubens Barrichello
1992 – Gil de Ferran
1998 – Mário Haberfeld
2000 – Antonio Pizzonia
2004 – Nelsinho Piquet
2011 – Felipe Nasr

41 comentários

  1. Helder says:

    Qual foi o caminho do Felipe Massa ????

  2. Clenio Azevedo Vilela says:

    Estive sempre torcendo para o Felipe Nasr. Torcia para que êle tivesse bons resultados e quero que chegue até a F1. Então quero voltar a acordar nas madrugadas e então valer a pena!!!
    Que entre pela porta da frente…

  3. ANGELO says:

    É ISSO AI..

    QUE AS EMPRESAS DE NOSSO BRASIL DEEM UMA FORÇA PORQUE TA DIFICIL..

    TODOS OS ANOS TEM BRASUCAS SE DESTACANDO MAS SE ESBARRAM POR FALTA DE DIM-DIM.

    E FALANDO NISSO ONDE ANDA O ADRIANO BUZAID?

    FAMOS VER O Q DAR..

  4. Luiz says:

    Conheci o Felipe na etapa de Brands Hatch assim como o Pietro Fantin e o Lucas Fprset também, a rapaziada esta super focada na carreira e isto da um prazer enorme, apos varias tentativas frustradas dos nossos pilotos brasileiros.
    Sangue novo é tudo de bom!

    Felipe é um idolo nato, educado atensioso com os fans; me lembra muito o grande Ayrton que sempre arrumava tempo para um papinho rapido!

    Parabens Felipe !!! Well done mate!

  5. Nikolas Spagnol says:

    De todos, só o Gil de Ferran e o Mário Haberfeld não chegaram à F1, muito embora o Gil tenha feito alguns testes, acho que até pela Benetton se não me engano.

    E todos os que chegaram à F1 tiveram a chance de correr por equipes pelo menos médias, exceto o Serra, que penou com a Copersucar e não deu em nada.

  6. antonio seabra says:

    Ele andou quase sempre atras do Ivan Capelli…se voce acha isso um grande curriculum, tudo bem. Ah, o Capelli fez um podio de Leyton House, em segundo lugar. O Gugelmim fez um em terceiro. Aquele March não era um projeto tão ruim assim. E o Cappeli andou emplacando umas excelentes colocações em treinos.
    Mas reconehço, ninguém deu vexame: chegar na F1 por si só já é um grande passo. Quando falei isso quis apenas dizer: não tiveram sucesso expressivo.

    Antonio

  7. Bico says:

    Sem sombra de duvidaso Nars vai nos dar muitas alegriastive o prazer de fazer kart para ele um piloto extremamente rapido ja tem nome certo na F1 merece e todos vamos ter o prazer de aplaudi-lo…. Valeuuuu Felipe

  8. Vidente says:

    Ninguém tem falado muito, mas fiquem de olho no Pietro Fantin. Pra mim parece um fenômeno.

    Ele começou tarde, estreou no kart apenas em 2008 e esta é a temporada completa de estreia dele no automobilismo. Ano passado ele fez, se não me engano, 2 provas na F3 Sulamericana e 2 na Britanica, e só.

    Começou o ano liderando vários testes, fez pole, e venceu sua primeira prova na F3 Britanica no último fim-se-semana.

    E o principal, sem correr pela Carlin. Se conseguir uma vaga na equipe campeã, fatura o título no ano que vem com um braço amarrado nas costas.

  9. polga says:

    vamos ver se esse felipe presta porque o outro também começou com tudo e deu com o burro n’agua… acho q hoje está na ferrari mais por gratidão do que pelo que está pilotando… ma sgratidão tem limites também e o dele é no final de 2012 e se continuar pilotando mal desse jeito não se assuste se a ferrari trocar de piloto no final desse ano… vai ser o vexame maior que do Rubinho….

    Ainda acho q Bruno Senna vai nos dar mais alegrias antes.. Barrica já deu… obrigado mas já deu…

  10. adelson travassos says:

    a unica certeza, é a incerteza…mas pela logica ele deve chegar lá….

  11. Antonio says:

    E gostei do capacete do rapaz.

  12. Antonio says:

    Nada mal para um país moribundo no automobilismo.
    Temos dois pilotos no forno para entrarem na Formula 1
    Razia e Nasr.

  13. Williams says:

    O muleque parece não ser fraco não: “Sobre Nasr, o caminho já começa a se desenhar. Como publiquei na coluna de sexta, ele tem em mãos uma proposta da McLaren, para o tal programa de desenvolvimento. Ainda não assinou porque também já foi sondado pela Ferrari. Aquela, que fala num “talento promissor” para fazer companhia a Alonso em 2013…” – Fábio Seixas. Acredito nisso mesmo… essas 2 equipes precisam investir em talentos e estão sempre de olho nos que surgem nas categorias de base. Não é todo mundo não que precisa de um caminhão de dinheiro pra chegar a F1, nem mesmo nas equipes de ponta! Bora NASR! É isso ae fião! Arrebenta!

  14. Jeambro says:

    Uma luz no fim do túnel.

  15. Williams says:

    A F3 Inglesa é o acesso a GP2, que é o acesso a F1. Esse é o plano do Nasr e ele tá correndo atras disso. Já conquistou grande parte da batalha, mas ainda tem muitas outras pela frente. Acredito nele e em sua equipe… parecem que estão fazendo um trabalho muito sério dentro e fora das pistas. Acredito que ele arrume contatos e patrocínio para a GP2 quem sabe ano que vem, fique por lá mais uma temporada e depois ingresse na F1… mesmo como piloto de testes de alguma equipe. Acredito nisso.

  16. Marcus Vinicius says:

    Filho do Amir? Boa sorte, pq a equipe do pai aqui na Stock tá uma sucata danada!

  17. Madera says:

    Nós brasileiros somos pessimistas pra cara……..,
    Na minha bola de cristal ele será campeão em 2015 e 2016 pela Mclaren

  18. willes says:

    Esse garoto é bota. Piloto brasileiro não pode ir para a ferrari, pois ela é antidesportiva e acaba com o piloto o colocando em segundo plano, conforne nós já vimos e vemos agora. Sangue novo já e sem medo de ser agressivo na pista. Acho que o Sena vai melhorar a imagem do Brasil neste resto de temporada. Sorte para os bons pilotos.

  19. Marcelo Trindade says:

    28% de vitórias brasileiras em 43 anos de F3 inglesa. Tradição sem garantias de continuação.

  20. Fernando says:

    Interessante, o Bruno Senna não foi campeão inglês, mas ele tem nome…

  21. ricardo domingues says:

    Do Barrichello até o Nelsinho o melhor deles foi o Gil de Ferran, mesmo nos EUA, ele ganhou tudo por lá, gostaria de ter visto o Gil do auge da sua carreira correndo contra o Schumacher na F1, ia ser interessante. Seu Flávio Gomes, pelo que me lembro o Mário Haberfeld era piloto da Mercedes Junior, tinha dinheiro e não deu em nada, só dinheiro não coloca niguem em lugar nenhum, o cara tem que ser bom. O que o Felipe Nars e até o Pietro Fittipaldi nos EUA tem que cair na graça em alguma equipe de ponta da F1 e da NASCAR, assim fica mais fácil chegar nas categorias top do automobilismo atualmente. O Felipe Nasr tinha que cair na graça de uma Red Bull, Mercedes ou Maclaren, para ter mais chance de chegar forte na F1.

    • Márcio Vilarinho Amaral says:

      Mário Haberfeld era bom, sim. E em categorias de acesso, você estar numa equipe top não é garantia de que você receberá o mesmo tratamento e equipamento. Isso vale para pilotos de qualquer nacionalidade, não apenas para brasileiros.

  22. Henry says:

    Pode ter futuro, sim. Nosso Adriano Buzzaid fez uma ótima temporada na F-3 inglesa no ano passado. Não foi à GP2 por falta de $$$. O próximo Felipe a dar show lá fora, conforme já anunciado aqui no site, é o Fraga, multi campeão no kart. Vamos lá Nasr, Fraga, Buzzaid…

  23. Muller says:

    Mario Haberfeld foi o mais injustiçado deles, de longe. Isso mostra que ser campeão da BritishF3 hoje em dia não quer dizer muito. Tem que ter é dinheiro ou ser apadrinhado por algum chefe/dono de equipe da F1.

  24. André says:

    Eu boto fé no Nasr. Tem um plano de carreira bem sólido, e ótimos resultados já em outras categorias. Comparando, ele seria mais promissor que o Massa quando ele estava neste estágio da carreira.
    André / Piloto no http://www.f1bc.com

  25. Rodrigo Borges says:

    Os últimos 4 brasileiros campeões antes de Felipe Nasr deram em nada na F-1, embora o Gil tenha dado mais do que certo nos EUA. Vamos ver.

    • galileu says:

      aqui na f ford o gil tomou pau feio do gemcarlo maieux que foi campeão
      depois descobriu-se que o motor do carro do gil era fora do regulamento, (virabrequim cursado), feito na ford pois seu pai luca de ferran era diretor por lá.
      nunca achei esse cara grande coisa, na indy deu pau no fraquissímo helio castroneves, (que toma pau dos companheiros de equipe até hoje).

  26. Carlos Roberto da Silva Junior says:

    O nosso Brasil precisa de sangue novo na F1 e chega de Rubens Barrichello e Felipe Massa que depois de mais uma surra grande no ano que vem do Fernando Alonso sua carreira ficara desvalorizada e com isso descendo ladeira abaixo.

  27. Leoak says:

    Algum piloto já foi bi-campeão da f3 inglesa?

  28. Renato says:

    Vencer BF3 não garante mais nada.

    Precisa ter cacife pra bancar bom carro na GP2 ou WSR.

    Vale lembrar que o último piloto campeão de F1 que também foi campeão da BF3 foi Mika Hakkinen. Então é melhor tirarem o cavalinho da chuva, pois esse ano ele correu sem patrocínio e ele não é jogador de futebol para conseguir todos os patrocínios do mundo.

    Vamos voltar a realidade, que é dura e tem fim anunciado.

    • Williams says:

      tirar o cavalinho da chuva? vai agorar pra la rapá. O Nasr é uma das pouquíssimas esperancas do Brasil na F1 a médio prazo… e brilhou de maneira incontestável na F3 Inglesa. Não é achar agora que ele vai ser campeão ou brilhar na F1, mas dentre os garotos de sua idade, ele é um dos que mais tem chances de chegarem lá… eu acredito que o Nars será um dos únicos pilotos brasileiros na F1 daqui uns 4, 5 anos…

    • Williams says:

      Até voltoi aqui pra comentar novamente depois que li esse comentário do Fábio Seixas:

      “Sobre Nasr, o caminho já começa a se desenhar. Como publiquei na coluna de sexta, ele tem em mãos uma proposta da McLaren, para o tal programa de desenvolvimento. Ainda não assinou porque também já foi sondado pela Ferrari. Aquela, que fala num “talento promissor” para fazer companhia a Alonso em 2013…”

  29. Murilo Mori says:

    Conheço e acompanho o Felipe Nasr desde o kart. Corri o centro-oeste em 2007 e 2008 na categoria senior e pude acompanhar de perto a velocidade do garoto. É um moleque rápido, tranqüilo e com a carreira bem planejada. Que possa chegar à F1 e alcançar seus objetivos.

  30. Tiago Manicardi says:

    Fala flavinho, tudo certo cara?
    Queria te fazer uma pergunta que não tem nada haver com automobilismo ahuhuahu
    mas foi a forma que encontrei, no seu blog
    Tava procurando os jogadores que mais vestiram a camisa entre os clubes paulista e da lusa
    é quase impossível de contrar.
    Achei que o capitão foi o maior com 500jogos e o Djalma Santos com 453 e os outros
    uma lista de 5 estaria ótimo
    um abraço

  31. antonio seabra says:

    Dos 11 anteriores, pelo menos 9 chegaram a F1, sendo que 3 foram campeões de F1, 5 venceram corridas de F1 e 4 deram vexame.
    Mas, já é um bom começo. Estatisticamente signica 82% de chances de chegar lá, 55% de chances de vencer corridas e 33% de ser campeão.
    Quem dera que estatisticas fossem sempre realistas…

    Nas poucas corridas que assisti, tive a impressão de que ele anda bem. Boa sorte pra ele nos proximos anos.

    Antonio

  32. says:

    Nada mal. Dos 12, 9 chegaram na F1. 5 ganharam corridas e 3 foram campeões. Mas creio que é mais um Felipe. Nome do Brasil na F1 tem de acabar em ON. Esquece o resto.

    • comissario says:

      bela fundamentação heim “Pai Du”.

      o cara é muito, muito rápido, os números e a consistência dele é muito superior a dos últimos brasileiros que chegaram a F1. Neste eu apostaria!

    • galileu says:

      emerson, nelson, airton, bvem lebradi, mas quem sabe ele não seja a excessão à regra, vamos torcer para que ele arranje a grana suficiente para se manter e chegar a F1 com sucesso
      parabéns ao ,almir por ter acreditado na carreira do felipe, muitas alegrias aos dois,

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *