MENU

sexta-feira, 16 de setembro de 2011 - 17:27Colunas Warm Up

OS PONTOS DE BRUNO

SÃO PAULO (corre, filho!) - A coluna Warm Up de hoje é uma releitura (essa é boa…) do que já escrevi aqui depois do GP da Itália. O tema: Bruno Senna, claro. Está aqui.

35 comentários

  1. Burn baby.. Burn disse:

    Para mim o Bruno é muito esperto e sabe o que está fazendo, pilotando de maneira coerente, evitando os acidentes.. De bobo não tem nada e saca de tudo que estpa acontecendo.

    Só precisa de quilometragem, e com certeza terá sua posição ratificada no circo.. de resto.. como patriotada.. sobrinho do homem etc.. balela..

    O que vale é pilotar, e detonar o cronometro.. é isso que agente gosta de ver.

  2. Jairo Fernando disse:

    Na entrevista para a Istoé ninguém comentou algo muuuito importante, que joga uma ducha de água fria nos que consideram ordens de equipe o fim do mundo.
    Bruno disse que sim, obedeceria ordens de equipe, pois manter o emprego na F1 é sim, muito mais importante.
    Bruno disse também que o tio nunca precisou cumprir ordens de equipe porque era sempre o mais veloz.
    Vamos ver se o pessoal vai dar destaque a isso.

  3. Motoqueiro fantasma disse:

    Eh… Se nao falar mal do senna aqui o post eh censurado…..

  4. Eliseu disse:

    Chega de falar em Galvão, Galvão e mais Galvão, Gomes. Ninguém aguenta o cara narrando, mas tu também deveria largar de mão o cara, senão fica uma impressão de certa dor-de-cotovelo tua por não fazer parte da rede que transmite a F1.

  5. Marcius disse:

    Flavio,
    Texto interessante com coisas ótimas, sobre como o Bruno tem que manter-se concentrado e focado, mas…também, tem coisas que realmente não entendo, como por exemplo, quando cita o capacete do cara…lhe pergunto…a referência do Bruno não é o tio? Como você deve ter percebido, o mesmo não é filho de “chocadeira” e sempre teve uma familia unida, agora vem você, dizer o que o garoto tem que fazer..tisc,tisc…desculpe, nada a ver mesmo.
    Sobre o Galvão, será que malhar o cara vale a pena? Até onde sei o mesmo faz um grande trabalho, trazendo audiência para a emissora que o contratou ou estou errado?
    E, para finalizar…você acredita que o Galvão não pode torcer pelos outros, se sentir contente e ver os outros?
    Flavio, mais uma vez, desculpe, não sou dono da verdade, mas, é que este tipo de comentário, está ficando chato e sem sentido, coisa que você como bom reporter já deve ter percebido…então, tem tanta gente para comentar, gp2, f1, nascar, indy, f3 inglesa, formula futuro, f3 alemã, nosso joão paulo no Japão, entre outros, que acredito que os amigos leitores ficariam contente em saber como estão os brazucas por este mundão de Deus.
    Saudações

    • Luiz Morais disse:

      Se não é fácil ser um Senna ele poderia usar o nome do pai ou o da Silva.
      Usa o Senna porque quer, pq atrai patrocínio, mídia e ju8nto com isso atrai comparações, cobranças infundadas ou não e etc. A escolha foi do Bruno, assim o quis, assim será.

  6. Danilo Candido disse:

    Marcelo, que Deus (e a cúpula da Mercedes) lhe ouçam no que diz respeito à renovação com o Schumy…

  7. Jose Medeiros disse:

    Pô alguém lembra do Damon Hill? Era chacota no início de carreira (começou aos 32 anos numa Brabham falida) e venceu na categoria ganhando respeito. O mesmo vale para o Bruno. Ele precisa estar no local certo e na hora certa para conseguir seu lugar ao Sol (e não é só o sobrenome nem a nacionalidade). O Massateve a chance e não pegou, acho dificil ter novamente, idem para o Rubens. Olhem o caso do Vettel, Kubico estampou o muro em Montreal e ele segurou com firmeza o seu lugar. Idem para Schumacher, Ayrton, Fernando e etc…Deixem o cara correr em paz

  8. André disse:

    Já comentei, mas atrasado eu encontrei umas fotos muito boas do Gp da Italia: http://totallycoolpix.com/2011/09/formula-1-2011-italian-grand-prix/

  9. Bruno disse:

    “brazil” e “nóz”.. Pqp.. Não precisa matar o nosso português, meu caro.

  10. Osvaldo Franklin disse:

    que falta de criatividade…

    • galileu disse:

      para o caique: eu disse barquinho, não barco, barquinho pode ser até de papel, a gente coloca na enxurrada pra ela levar, entendeu agora?
      melhor: quem nasce ventilador nunca chega a ar condicionado, tá bom assim?

  11. Caique Pereira disse:

    Sou de um tempo que para se marcar pontos, o piloto tinha que estar entre os 6 primeiros. Muitos criticam o Massa, o Barrica, o Christian, Gugelmin, Moreno e o Pedro P. Diniz, mas estes, com carros bem piores que a Renault, marcaram seus primeiros pontos chegando entre os 6 primeiros, de Sauber, Jordan, MINARDI, AGS, Leyton House/March e Sauber, com maisd de 26 carros disputando o Grid.

    Achei as 2 corridas do Bruno medianas, tipo nota 5, não cheirou e nem fedeu. Não acho esse papo de que não conhece o carro válido, pois da Hungria pra cá já rodou mais de 1000 Km neste carro e é piloto profissional. Todos os bons pilotos, em não mais que 20 Voltas mostram quem são…vide o Tio, Rubinho, Massa, Piquet e Emerson.

    Marcar ponto Chegando em 9º, num grid de 24 carros com Lotus, Hispania e Virgin, logo num Grid Real de 18, é pouco, muito pouco.

    Minha Opinião. Pra ser sincero,, espero que os meninos da F3 consigam se tornar Pilotos de F1 BONS e não medianos.

    • MARCO ANTONIO disse:

      Todos os pilotos que você citou tomavam “pau” dos companheiros de equipe. O MORENO era um segundo mais lento que o PIQUET em fim de carreira. O GUGELMIN era esmagado pelo CAPELLI. E não se esqueça que a MARCH era o carro de melhor aerodinâmica, pois foi criado por ADRIAN NEWEY.

      O que impressiona é que ele tem andado junto com o PETROV que está sentado nesse carro há dois anos. Não é muita coisa, mas merece crédito.

    • galileu disse:

      senta lá e faz melhor caiaque.
      quem nasce barquinho nunca chega a ser canoa

    • Caique Pereira disse:

      Com todo o respeito, mas achar que é alguma coisa se equiparar ao Petrov (Campeão de que ele foi? Resposta: Fórmula Lada 1600…é verdade isso) e chegar em 9º lugar fazendo uma ultrapassagem no local onde TODOS fazem, porque é o melhor lugar e ainda por cima ter pneus macios contra médios…

      Moreno (campeão da FF 2000) e Christian foram Campeões da F3000, Barrica e Gugelmim da F2000, F3 Inglesa, e GP da Macau; Barrica da F- Opel e da F3 Inglesa…apenas o PP Diniz nada venceu, mas marcou pontos com Sauber , Arrows e e Ligier..chegando entre os 6 primeiros…

      Realmente..quem é BARQUINHO jamais será Canoa, porque barquinho é algo maior que uma CANOA, a menor embarcação conhecida, junto com a jangada…questão de saber a língua pátria…rsrsrsrs…

    • Anderson disse:

      Com excessão do ritmo na chuva em Spa que realmente impressionou, achei a performance razoável até agora. Vamos esperar até o final do ano para melhores conclusões, pq até agora, com excessão do patrocínio, valeria mais a pena manter o ruimdfeld.

    • olegardo disse:

      Não concordo. Antigamente havia muito mais abandonos e existia carros tão fracos quanto as nanicas de hj em dia. Hoje pra um carro sair principalmente das top tem q ser por acidente….de resto so saem poucos carros com problemas mecanicos.

  12. ladis disse:

    Engraçado, eu não ouvi o Galvão berrar, em momento algum… Aliás, achei ele até comedido na transmissão. Antes da ultrapassagem que garantiu a Senna a nona colocação, Galvão até aparentava estar gostando do décimo lugar, meio que temeroso por acontecer algum “incidente” de corrida que tirasse os pontos do menino. Por ele, se fosse chefe da equipe, acho que até falava pro Bruno não atacar…

  13. Marcelo disse:

    Treinos:
    Bruno 1 x 1 Petrov

    Corridas:
    Bruno 1 x 1 Petrov

    Pontuação:
    Bruno 2 x 2 Petrov

    Pra quem conhece pouco o carro em treinos e corridas, até aqui, Bruno esta indo muito bem. Quando erra tem que ser criticado (não abafado como faziam com Rubens), quando vai bem merece elogios, críticas faz parte do aprendizado Bruno é inteligente sabe disso, quando erra admite erros. Bruno cometeu alguns erros em SPA, mas a situação era outra, estava “inseguro” não pilotava tranquilo, Bruno não tinha nada definido se ia correr até o fim do ano.

    Em Monza foi fundamental ser prudente, escapou de confusão, terminou a corrida pontuando(em SPA deu uma baita sorte de não ficar na primeira curva), mas fundamental mesmo no momento é conseguir o máximo de Km rodados, pra isso é bom evitar “pixotadas”, erros provocados somente por ele. A Renault ESTAVA em briga direta com a Mercedes, mas a equipe caiu muito de performance, não tem mais como buscar a rival, a Mercedes evoluiu muito nas últimas provas. Petrov “entregou” o porque da provável queda de performance, e não apontou Heidfeld como responsável.

    A equipe estava concentrada na construção do túnel de vento(pelo menos foi o que li em algum lugar), e isso na sua opinião fez a equipe perder o foco. Acho que é até melhor para o Bruno, fica com menos obrigação de mostrar serviço, então ele pode se focar mais em terminar as corridas. Bruno tem que usar a inteligência, Monza foi um ótimo exemplo, muitos podem abandonar e Bruno pode chegar nos pontos. Ele tem que esquecer o resto do grid, se focar apenas em Petrov, andando “igual” ao russo, estará fazendo um ótimo trabalho, e já mostrou isso nos “números” acima.

    No momento querer mostrar velocidade “pura” pode ficar em segundo plano, com pouca experiência não vale o risco. Melhor acelerar só no momento certo, como fez em Monza, Bruno fez a corrida na base da “espera”. Achei até engraçado, a equipe chegou a dizer +- pelo rádio:

    “Vai meu filho, acelera vc esta com pneus mole, o da frente não”, fiquei com pena do Bruno, é o medo de errar, mas isso com o tempo muda, vai ficando cada vez mais confiante, ele fez o certo, não queria jogar a corrida fora.

    Vai acontecer uma coisa muito legal, Bruno vai correr no Brasil com um bom carro, já vai estar mais acostumado com as corridas, nas últimas provas pode arriscar mais, pode até ser destaque em algum GP. Se Kobayashi pôde fazer boas corridas no final de 09, pode acontecer o mesmo com o sobrinho.

    Melhor coisa é a PACHECADA não ficar “endeusando” o rapaz por causa do sobrenome, quem acelera é o Bruno, o sobrinho não esta no circo para ser o novo salvador da pátria, quer apenas mostrar que pode fazer uma boa carreira. Também é bom a torcida não ficar menosprezando companheiro Petrov, o russo deu muito trabalho ao Heidfeld, e poderia ter chegado a frente de Bruno em Monza, mas deu azar na primeira curva, faz parte.

    Bruno tem uma longa jornada, não esta garantido para 2012, mas arrumando mais patrocínios e mostrando evolução, pode sim arrumar uma vaga em outra equipe, quem sabe até na própria Renault.

    Essa geração de novatos tem mostrado “serviço”, então, Bruno pode fazer o mesmo, e ele merece uma boa chance, passou muitas frustrações entre 2009 e 2011. O sobrinho pode fazer uma boa carreira na F1, assim “carregar nas costas” o país por mais alguns anos no circo. Acho até que Rubens e Massa foram “longe” na F1, vindo de um país que não investe MERDA NENHUMA em esporte a motor! Nas últimas décadas sequer preparou um piloto em categoria de base para chegar a F1, Bruno fazendo uma boa carreira já vai estar de bom tamanho.

    Portanto PACHECADA caiam na real, a curto prazo não fiquem se iludindo com vitórias e títulos, no momento o Brasil apenas PARTICIPA da Formula 1, estamos muito longe de bater pilotos como Vettel, Alonso, Hamilton…e porque não Schumacher! Nos próximos anos esses pilotos continuarão “fixados” em equipes de ponta, dificilmente alguém vai “desbancar” eles pela vaga(Schumacher e o carro melhorando, não tenho dúvidas, vai renovar até 2014), mas Bruno com um bom carro pode fazer boas corridas, e quem sabe se “intrometer” algumas vezes no pelotão da frente.

    Conseguindo se firmar no circo uns 5 anos, pode sonhar com o que aconteceu com Button, de piloto considerado “mediano”, a piloto de ponta que CONVENCEU, mas vamos com calma, pra acontecer isso Bruno tem que passar por muitas “barreiras”.

    O mais IMPORTANTE é o TRIO-PARADA DURA(Glavão/Leme/Burt) não ficar fazendo oba-oba em cima no sobrinho, deixe o rapaz correr em PAZ! A Globo ganhou muito IBOPE em cima do Rubinho, mas com tanto oba-oba, literalmente FUDEU com a carreira do piloto, mas Rubens também tem parte da culpa, deu MUUUUUITA atenção ao Galvão(Rubens sempre gostou de uma bajulação). Quando as coisas davam errado, sempre jogava pra torcida, querendo se livrar da “cagada” culpando a equipe ou Schumacher! Não deu certo, torcedor também não é otário, e Rubinho pra quem não se lembra já era motivo de piada muito antes de entrar para a Ferrari, o famoso “Rubinho pé de chinelo” foi criando em 98.

    Toda essa “CAGADA” em cima de Rubens foi por causa do oba-oba entre 94 e 99, tinha mesmo que dar errado…

    Lembre-se do Schumacher no começo da carreira, ele era taxado de chato, arrogante, etc …mas ele fez isso justamente para se “blindar” de tanto oba-oba, o resultado todo mundo viu na pista, hoje chega ser hilário, o “véio” vive rindo a toa pelo paddock, valeu a pena fechar a cara no passado.

    Espero que Bruno não caia no oba-oba global, “pai afasta de mim esse cálice”, o sobrinho tem se mostrado muito sereno, acho que vai saber ESCAPAR das armadilhas da Globo!

    GALVÃO PQP…DEIXA O SOBRINHO CORRER EM PAZ, PELO AMOR DOS SEUS FILHOS!!!

    adianta falar…

    • galileu disse:

      quando voce não endeusa o schumacher, até que voce faz comentários ótimos, mas quando começa com a lenga lenga sobre o alemão, voce é bem chato, e logo depois vem o roberto andrade com seus ais!!!!!!!!!!!!!.

    • cyro de cicco disse:

      Isso aí, concordo plenamente! Ouvir a F1 só nas rádios!

    • Eudemar disse:

      Que saco, piloto hoje tem que pilotar pensando em patrocinador, no chefe da equipe, no companheiro de equipe! Assim, ninguém acaba arriscando nada, inclusive o Alonso, Hamilton e Button!
      È, deu sorte, se não acontece o enrosco, não marcaria nada! Ele tem sim é que arriscar, ficar se segurando, não vai a lugar nenhum! A mãe Viviane deve ter proibido o Bruno de pilotar, com medo de perder mais um ente querido da família pra tal de F1!
      Se tivesse continuado, onde estaria hoje! Perdeu muito tempo e não pode mais perder, se der tudo bem, se não deve equecer F1, e ir trabalhar no grupo da família, que é riquissima e precisara de que cuide da grana deles, simples assim! Acelera Bruno!
      Ah, em tempo, bem feito pro Weber, está pagando o que fez pro Pizzonia, na Williams e depois, na Jaguar!

    • MARCO ANTONIO disse:

      É exatamente o que penso. Acho que a grande maioria do público de automobilismo tem sido tão racional quanto BRUNO. Não vejo oba oba algum e a atitude de BRUNO fora das pistas tem demonstrado tudo aquilo que RUBENS deveria ter feito e não fez. BRUNO evoluirá gradativamente e depois veremos aonde chegará.

      MASSA sempre foi um piloto rápido e inconsistente. Em 2008 atingiu o ápice de sua forma mental e conseguiu superar essa deficiência. Após o acidente, MASSA voltou a ser o mesmo piloto de 2006 pra trás. O acidente na Hungria e o ALONSO minaram a cabeça dele. Agora ele voltou a conseguir uma ou outra volta espetacular no treino. Na corrida ele não tem ritmo.

      BARRICHELLO sempre foi um piloto lento e consistente. Mas é mais fácil ser consistente quando não se anda rápido. Já era para ter parado. SCHUMACHER continua porque é SCHUMACHER. Não dá pra comparar. RUBENS já está mais lento que o MALDONADO há algum tempo. Não vai se garantir com base somente na experiência. Vai ter que correr quase de graça pro FRANK WILLIAMS.

  14. André disse:

    Sim ele tem que se manter longe dessa papagaiada, ou desse orgulho falso de torcedor brasileiro, se não quiser virar o que, por exemplo, o Rubinho virou. É um bom piloto e vai crescer mesmo, espero que fique e que faça a próxima temporada completa. Merece.

  15. Giorgio Ricci disse:

    Flavio boa noite, antes de tudo o Bruno esta fazendo um bom trabalho na Lotus Renault!
    Sobre um outro assunto…o Kimi R. visitou a equipe Willians, voçe sabe alguma
    coisa sobre este fato?

  16. Alex Ueda disse:

    Todos os que contornaram a chicane depois do incidente tiveram a corrida prejudicada, perdendo posições pros carros mais lentos que a cortaram com o intuito de evitar o acidente.
    . E os nossos brazukas sempre estão entre esses. Sei lá, falta um Robério de Ogum, Mãe Dinah, pra tirar a zica dos nossos conterrâneos.

  17. wendel disse:

    Em termos absolutos não foi um grande resultado, mas uma coisa me chamou a atenção: na primeira corrida após o choque com o Dj, Bruno caiu pro fim do pelotão e por lá ficou até o fim, ultrapassando somente as nanicas. Em Monza, no entanto, veio firme e brigou com vários pilotos, realizando ótimas manobras de ultrapassagem. A meu ver, um belo progresso.

  18. hendrix disse:

    é engraçado o mundo da F1 no brazil, explico, existem 2 tipos de telesespectadores da F1 no brazil, nós os viciados q rimos e de certa forma nos incomodamos com a forma q ela é apresentada ao publico em geral e o pessoal da novela das 8, o pessoal do oba-oba, “capacete amarelo na lotus”
    no nóz viciados estamos torcendo (claro) pro 1° sobrinho porem com os pés no chão, e o pessoal do oba-oba já tá lá no shop da f1.com comprando as bungingangas q “re”-apareceram a venda no site do vovo bernie
    kkk
    i love this crap

  19. disse:

    Aguardemos a tal serenidade. Sei não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>