MENU

quinta-feira, 24 de novembro de 2011 - 16:17Brasil

FINALMENTE

SÃO PAULO (pausa na F-1) – Nada a ver com Interlagos, mas não posso deixar de registrar aqui a notícia importantíssima. O Ministério Público Estadual pediu o afastamento do prefeito de SP e a interrupção imediata das inspeções veiculares fajutas feitas pela Controlar, a maior fábrica de imprimir dinheiro fácil jamais vista no país.

Vejam abaixo o que diz o texto do “Estadão”:

“O problema, segundo o MPE, não é a ideia da inspeção, mas a forma como ela foi executada na cidade. Desde a constituição da empresa Controlar até as sucessivas prorrogações do contrato teriam sido feitas por meio de fraudes, como a apresentação de garantias falsas, documentos e informações falsas e, além de possíveis fraudes tributárias e fiscais. A ação foi apresentada no Fórum Helly Lopes Meireles, sede das Varas da Fazenda Pública de São Paulo.”

Como se vê, infelizmente não está sendo contemplado o absurdo técnico dessas inspeções, o equipamento usado, os critérios nebulosos, os resultados diferentes para o mesmo veículo dependendo do local e do dia em que a inspeção é feita, o despreparo dos funcionários, a falta de transparência quando se trata do destino do valor arrecadado, oa resultados práticos dessa aberração, nada. A Controlar é apenas mais uma máquina de tirar dinheiro dos cidadãos, controlada pelos consórcios que tomam conta de muitos serviços públicos no Estado — como pedágios e gestão de estradas, obras viárias e o escambau a quatro; consórcios que, na prática, são o caixa de campanha dos partidos que administram SP há quase duas décadas.

A motivação do MPE é outra: fraudes e mais fraudes. Que caiam todos, que essa arbitrariedade seja mesmo suspensa, e que um dia tenhamos governantes realmente preocupados com o meio-ambiente. Esses aí só se preocupam em criar sacanagens que nos tirem dinheiro e paciência. Porque já pagamos um imposto específico sobre a propriedade de veículos, e o mínimo que os governos deveriam fazer era usar esse dinheiro todo para cuidar de tudo que diz respeito a eles, veículos. Como zelar pelas estradas (e não “vendê-las” à iniciativa privada que vive de administrar bens públicos, construídos com dinheiro público), fiscalizar emissão de poluentes, tapar buracos, manter semáforos funcionando, melhorar a sinalização, treinar agentes de trânsito etc etc e etc.

Não tenho muita esperança de que algo concreto vá acontecer, mas seria lindo ver essa gente cair de podre.

57 comentários

  1. Lemos disse:

    Concordo contigo Sergio Millerman,
    A inspeção tem de ser verdadeiramente VEICULAR, e não somente EMISSÃO,
    Tenho um Fusca 1955 em perfeito estado de conservação, viajo com ele a varios lugares, vou a varios eventos e encontros, uma inspeção verdadeiramente veicular não teria problemas . . . O maior problema é no caso emissão, os limites impostos aos antigos que carros carburados, teriam de ter outro tratamento pois se voce regula-lo como pede o manual não tem como passar . . . estou falando de veiculos antigos e não de carros velhos, existe uma grande diferença . . . O problema é que com certeza somente as moscas vão mudar, o problema continua o mesmo, técnicos que “acham” que a mangueira X não pode ser ali, tecnicos que cismam com o capo de um Jeep 1973 que não tem a haste pra deixa-lo aberto e nem sabem que isso não existe ja que não saiu originalmente neste ano esta bendita haste . . . Tecnico achar que o respiro do oleo do fusca 1970 tem de ter uma tampinha de borracha, e isso só saiu de fabrica a partir de 1978 e etc . . . então … o veiculo é reprovado, e não adianta vc argumentar, o que eles falam é lei e ponto final . . . ou então um carro zero reprovado, vc leva pra casa, não faz nada, volta e é aprovado . . .estas coisas . . .a não ser que tudo seja revisto . . . o problema ira continuar

  2. Sergio Millerman disse:

    Assim disse o Juiz:
    -Não cabe suspender a prestação do serviço pois significa relevante instrumento de controle de poluição ambiente, com evidentes benefícios à saúde de todos os que circulam nesse Município…
    Que venha a inspeção verdadeiramente veicular. Que cada carro seja realmente examinado.
    Freios, suspensão, pneus, parte eletrica etc etc. Que se tire de circulação essa porção de carros em lastimável estado. Que se mude a legislação para que sejam todos apreendidos e
    transformados em sucata imediatamente. Se não tiver grana para manter um carro, paciência.
    Se vire de outra forma. Meu carro, 2003, nunca teve problema. Passou sempre de primeira.
    Não vejo razão pra toda essa chiadeira. Que se questione a documentação da Controlar, o
    preço cobrado pela inspeção etc etc.
    Essa é uma Lei federal e tem que ser cumprida no Brasil inteiro ou estamos querendo transformar esse País em um Paraguay da vida

  3. Lemos disse:

    Bom . . . Como ja tinha um cheirinho de PIZZA no ar . . . olhem isso . . .

    http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/11/justica-manda-prefeitura-de-sp-abrir-nova-licitacao-de-inspecao-veicular.html

    Juiz bloqueia bens de Kassab e cobra nova licitação para inspeção veicular
    Decisão, no entanto, rejeita afastamento do prefeito de São Paulo.
    Enquanto nova licitação não é feita, serviço continua com a Controlar.

    Resumindo . . . não muda nada, somente as moscas mesmo

    é brincadeira . . . . .

  4. Sebastião Simões disse:

    Flávio, por isso que eu sempre leio teu Blog, de automobilismo tu não entende nada (rsrsrs), mas como comentarista da nossa realidade, você é o cara! Abraço.

  5. Dino Dragone disse:

    Cair de podre, não, se fuder mesmo. É o mínimo, mas como estamos no Brasil e esses filhosdaputa tem bons advogados nada vai acontecer. De novo.

  6. jagao disse:

    O Ministério Público pedir o afastamento é uma coisa. Outra bem distinta é o Poder Judiciário acatar o pedido e essa decisão vir a ser definitiva…

  7. YPVS disse:

    FG, concordo que cassação não deve acontecer, mas pode, pelo menos, fazer que a empresa perca a concessão, o serviço seja suspenso e uma nova licitação seja feita. Aí já se vão alguns anos. O ideal seria conseguir recuperar o dinheiro público jogado no lixo, mas nesse aspecto o BR ainda está engatinhando, apesar do TCU já ter tido alguns casinhos de sucesso. Só na hora que punir de verdade a coisa começa a mudar um pouco.
    O difícil é quebrar essa lógica de dependência dessas empresas com os políticos. Isso é endêmico no Brasil. Não há nenhum partido que funcione diferente.
    Celso Daniel morreu por conta disso. Sabia que tinha um esquema de corrupção na coleta de lixo, mas a princípio, era “só” para o caixa dois do partido. Qdo o sangradouro aumentou percebeu que uma porrada de “amigos” vivia daquilo ali…
    Agora teremos Belo Monte e trem bala para sustentar as campanhas dos próximos anos, as empreiteiras terem cada vez mais poder e, mais preocupante, domínio sobre os serviços de infra. Transporte (portos, aeroportos, rodovias), saneamento, iluminação e por aí vai. O dia que quiserem dão um nó logístico no país.

  8. Controlar, já vai tarde! E não deixará saudades! Que vá e nunca mais volte!

  9. “A Controlar é apenas mais uma máquina de tirar dinheiro dos cidadãos, controlada pelos consórcios que tomam conta de muitos serviços públicos no Estado — como pedágios e gestão de estradas, obras viárias e o escambau a quatro; consórcios que, na prática, são o caixa de campanha dos partidos que administram SP há quase duas décadas.

    Desculpe, mas CCR, Controlar, Odebrecht, CR Almeida, OAS e demais “tomadoras de conta” de muitos serviços públicos no Estado são caixa de campanha de TODOS os partidos que governam o Brasil, inclusive o PT (que nunca administrou SP).

    Só uma observação, que não invalida o conteúdo do texto e a justa indignação contra essa grande falcatrua que atende pelo nome de Inspeção Veicular.

  10. Luiz Oliveira disse:

    Mas isso só está ocorrendo devido a Kassab tem saído do dem e ido para o psd, acabando com o pouco que havia dos demos…É somente vingança dos tucanos, que controlam o MP paulista…Se entrar outro, a bandalheira continuará…..Kassab tem que aproveitar e colocar fogo no ventilador com as bandalheiras tucanas de “chuchu e seus pássaros bicudos”……Decidam tudo em um auditório as escuras e com facas, espadas e machados…O Brasil agradeceria

  11. Fernando Claro Luise Jr. disse:

    Fazia tempo que eu lia um boa noticia assim, logo pela manhâ…

  12. Lemos disse:

    Saiu a pouco na Folha de São Paulo . . .

    Da Folha de São Paulo em 25/11/2011

    Ação quer inspeção veicular cancelada

    Para Ministério Público, processo de contratação da Controlar, que presta o serviço, está cheio de irregularidades

    Ação pede que Kassab, seu secretário do Verde e empresa devolvam cerca de R$ 1 bilhão para os cofres públicos
    ROGÉRIO PAGNAN DE SÃO PAULO

    O Ministério Público ingressou ontem com ação civil pedindo à Justiça o cancelamento da inspeção veicular na cidade por suspeita de irregularidades no contrato da Prefeitura de São Paulo com a empresa Controlar.

    Na ação, a Promotoria pede o afastamento imediato do prefeito Gilberto Kassab (PSD) e o sequestro de seus bens como forma de garantir o ressarcimento aos cofres públicos de supostos prejuízos provocados à população.

    Segundo a ação, a contratação utilizou um “pretexto humanístico da preservação do meio ambiente e da vida”, mas que só serviu para o “enriquecimento ilícito” dos acionistas da Controlar.

    Assinam esse documento os promotores Roberto Antonio de Almeida Costa e Marcelo Duarte Daneluzzi.

    Além do prefeito, que está em Paris, são alvos da ação o secretário Eduardo Jorge (Verde e Meio Ambiente), dois funcionários públicos e as empresas -e seus responsáveis- ligadas à Controlar.

    A Promotoria também pede o sequestro dos bens desse grupo, do qual faz parte a CCR, atual dona da Controlar. Acionistas da CCR, Camargo Correa e Serveng aparecem entre as principais doadoras de campanha de Kassab.

    A ação está avaliada em cerca de R$ 1 bilhão.

    Prefeitura e Controlar negam qualquer irregularidade.

    Se a ação for julgada procedente, e o grupo condenado, as taxas e multas pagas pelos proprietários deverão ser devolvidas com juros.

    Por ser uma ação de improbidade, estão entre as penas previstas a suspensão dos direitos políticos, a perda da função pública, a indisponibilidade dos bens e o ressarcimento ao erário.

    ‘TUDO ERRADO’

    De acordo com os promotores, Kassab e Eduardo Jorge ressuscitaram, em 2007, um contrato para inspeção veicular cheio de irregularidades, desprezando pareceres do Tribunal de Contas e dos técnicos do município.

    Entre os motivos que pensavam contra essa decisão estava o tempo desde a contratação da empresa (mais de dez anos) e sua condenação (em segunda instância) por improbidade administrativa justamente nesse contrato.

    A recomendação interna era que fosse realizado um novo processo de licitação.

    Nas 596 páginas da ação, os promotores enumeram uma série de irregularidades na contração da empresa desde 1995. Desde a falta de “capacitação técnica econômica e financeira” da Controlar.

    “Se você perguntar o que está errado nesse contrato, eu lhe digo: tudo. Está tudo errado. Esse contrato é uma fraude”, disse Costa.

    O valor cobrado anualmente pelo serviço de inspeção veicular obrigatória em São Paulo, de R$ 61,98, também é considerado alto demais pelo Ministério Público.

    • Juliano disse:

      Lemos se isso acontecer e as pessoas responsáveis pagarem pelos prejuízos, vai ser notável. vai existir a esperança de um Brasil justo. Nem melhor nem pior apenas como as coisas deveriam ser.

      Esse controlar é o maior absurdo que já vi, como roubar dinheiro do cidadão.
      Vale para todos os veículos, caminhões, motos, taxis e carros.
      Ou seja R$ 796 milhões arrecadados por ano.

      E muitos poucos sabem a CCR em parceira com a CET ainda multa carros que ultrapassarem 40km nos pedágios sem parar. Isso sem aviso ao público. Ou seja um “sem parar” que você tem que parar para não ser multado.

  13. Vinicius disse:

    Isso não vai dar em nada, infelizmente. Provavelmente essa empresa que é dona da CONTROLAR doa dinheiro pro PT, pro PSDB, pro PV, pra Opus Dei… eles são assim: acendem uma vela pra Deus e outra pro Diabo. E aí todo mundo fica de rabo preso e na mão deles. E assim caminha a humanidade…

  14. Elio disse:

    Não vai acontecer nada com o prefeito que vai ficar no cargo, e a inspeção é irreversível mesmo que mude o prefeito qualquer que seja o partido.Vai começar a ter a inspeção em outros municípios como São Bernardo do Campo que deve ter inspeção ate 2013 parra carros e provavelmente, para veículos a Diesel já em 2012. Não adianta ficar reclamando de partido A ou B, tem coisa que é necessária como a inspeção veicular só que tem que ter regras claras, preço condizente com o serviço prestado, funcionários bem treinados, infelizmente o estado não dá conta de fazer tudo sozinho e acaba dando concessões.

  15. Lemos disse:

    Olha,
    Duvido muito que algo aconteça realmente, é óbvio que as partes vão recorrer, e com isso o tempo vai passando, passando . . . Acho que demoraram demais para descobrir as coisas, se forem verdadeiras, claro . . . O problema não é a inspeção, mas a forma que é feita, dos critérios utilizados e etc. Nossa Legislação Nacional de Trânsito diz que uma multa GRAVÍSSIMA tem o valor de uns R$127,00, mas se não fizer a inspeção e for multado voce ter de pagar maius de R$500,00. É obvio que é uma máquina de dinheiro. Não existe nenhum orgão responsável por fiscalizar a CONTROLAR, o que os tecnicos da Controlar dizem é LEI, não adianta argumentar. Quem tem carro antigo, em ordem sofre . . . é cada uma que eu sei que parece brincadeira, na inspeção visual é pior ainda, o carro reprova por um detalhe que o técnico “acha” que não esta certo, e não adianta, se voce falar algo é pior. É óbvio que se vê o despreparo destes técnicos que não conhecem nada, aceleram seu carro até quase sair de giro, não quero generalizar, como em tudo na vida existem pessoas e pessoas, mas infelizmente neste caso fica dificil. Nós que temos antigos somos obrigados a desregular o carro pra passar, se manter a regulagem de fabrica não passa, ja passei por duas vezes neste calvário, e falando a verdade, não tive problemas, ainda, mas sei de muitos que tiveram . . . O jeito é acompanhar, já sabendo que não vai dar em nada mesmo.

  16. JP disse:

    Não tem muio a ver com o post, mas estão instalando um radar aqui na SP-77. Detalhe: tem mais de 20 anos que a estrada não recebe uma reforma. Quero ver se posto fotos disto. Mas, vamos esperar o quê, com um governador membro da Opus Dei?
    São Paulo: o lugar onde bandios explodem caixas eletrônicos.

  17. FábioRogers disse:

    Esses ladrões tem de ser banidos da vida pública,junto com essa corja que administra a prefeitura e o estado de São Paulo.Essa “ROUBOLAR”ja vai tarde,só lamento uma coisa,pretendo comprar um DKW Belcar e como motor 2 tempos é isento dessa vistoria absurda,eu que moro na grande São Paulo pretendia ir até um desses postos da controlar e acelerar bem forte e jogar fumaça na cara desses arrogantes que reprovam os carros e nem sabem o porque,ai você vai em outro posto deles e o carro é aprovado,ou seja,qual o critério?
    É camarada Flávio,tomara que a justiça seja feita e que eles nunca venham para minha cidade.

  18. Marcelo disse:

    As vezes penso que esse país vai mudar, e quando acontece, pqp é sempre pra pior…eles sempre dão um jeito de roubar o povo, nunca vamos sair dessa situação.

    “(pausa na F-1)”

    De jeito nenhum Gomes, sem Formula 1 eu morro…

    Curiosidades, Vettel chega a Interlagos como Bicampeão, sendo que, sequer era campeão no último GP Brasil em 2010.

    Nos último 18 campeonatos(desde 1994), a Alemanha levou nada menos que metade dos títulos, já são 9, sete com Schumacher e 2 com Vettel(e vem mais Galvão). A Formula um tem novo “dono”, é a vez dos schucrutes se divertirem na F1. Parabéns aos alemães por não DORMIREM em berço esplêndido na era de ouro Schumacher, investiram em seus pilotos nas categorias de base, hoje tomam conta da festa.

    Será que na Alemanha os torcedores estão achando a Formula 1 chata?

  19. Julio disse:

    Que interessante: Minha filha tem um Ford ka 2000, todo original. O carro dela foi reprovado na vistoria, alegaram que o escapamento novo e original estava com 2 decibéis acima do limite.
    Pergunto: Tenho que fazer um cambalacho para conseguir a aprovação. Esse cambalacho não vai prejudicar o carro? Favor me orientarem. Grato Julio

  20. Luiz Gomes disse:

    É Flavio, já pensou o que estaria acontecendo se a mesma denuncia fosse em contra de um governante do PT? A classe média paulistana esclarecida estaria rasgando as vestiduras em praça publica. Eu queria vera revista Veja fazendo denuncias do governo aqui de SP, porque será que não fazem?

    • Fabio disse:

      Bem observado Luiz Gomes. e outro detalhe: será que o governador Alckimin também recomendará aula de democracia ao Prefeito Kassab e ao Presidente afastado do Metrô como sugeriu aos estudantes da USP?
      Só mais uma vai: o homem fazia palavras cruzadas, a mulher ao lado. Leu: partido do Serra e do FHC com quatro letras. A mulher: Veja.

  21. CarlonePapa disse:

    Cara, eu amo este País mas tem horas que dá o maior desgosto de ser brasileiro, paulista e paulistano.
    Treta em cima de treta, maracutaias e safadezas mil, corta o tesão, por maior que seja.
    Que caiam todos. O governo, o governador, a presidenta, ministros e todos os que não merecerem os cargos e a confiança depositada. Todos, sem excessão.
    Hora de consertar o Gigante que acorda. De renascer com cerebro, alma, caráter e dignidade.
    Acorda Brasil, e vira gente. Antes tarde..

  22. Pablo Vargas disse:

    O GP do Brasil deve acontecer em alguma data cabalística.
    Foi nessa mesma época que ficou o cai-não-cai do também ex-prefeito Celso Pitta.

  23. Oldair disse:

    Não sei se alguém já viu mas na quatro rodas de setembro na página 24 tem uma matéria com o titulo Revoada em dois tempos na qual é citado o encontro blue cloud citando o Flávio Gomes quem quiser ver tem o lik aqui http://quatrorodas.abril.com.br/acervodigital/home.aspx

  24. Alexandre Werner disse:

    Em boa hora. Já estão querendo implantar esse tipo de coisa no Paraná também. Talvez agora o Richa pense duas vezes antes de implantar isso aqui, e resolva desistir … ou criar um troço que funcione adequadamente.

  25. jose luiz ribeiro da silva disse:

    cabe agora a todos os prejudicados entrarem com uma ação na justiça!

  26. Eduardo Britto disse:

    Coincidência, peguei meu pai pra levá-lo ao médico, e no meio da viagem, ele, pessoa prá lá de simples, me perguntou: “o banco Santandré (sic), que banco é esse?”. E eu respondi: é o antigo Banespa. Ele disse então: “ah, o Banespa”, e ficou quieto. E eu fiquei pensando como poderia explicar para ele que o Banespa, banco público construído com o nosso dinheiro, foi “vendido” (adorei as aspas do seu “vendê-las”) para os espanhóis. Me pareceu difícil explicar. Fiquei quieto também.

    • Luiz Morais disse:

      Ora Eduardo, vc poderia começar explicando que, por conta de inúmeros cargos e cabides de emprego, por ineficiência e por má administração do banco que foi construído com o nosso dinheiro, teve de ser vendido para que nós parássemos de bancsar um instituição que dava prejuízo! Assim como a Vale, que dava prejuízo e agora dá lucro, a Embraer e muitas outras. Ou vai dizer que vc é a favor da estatização da fundação Sarney também???

  27. Sergio A. disse:

    Sr. Flávio,

    Concordo em tudo que o senhor escreveu, mas gostaria de fazer uma observação.

    O governo do Presidente Lula também “vendeu” as estradas federais à iniciativa privada.

    Será que as concessionárias das rodovias federais também, “na prática, são o caixa de campanha” do partido que administra o Brasi há quase uma década?

  28. Paulo F. disse:

    Ainda não entendi por que o paulistano não enterra a Prefeitura e a Controlar sob uma avalanche de ações na Justiça como no bloqueio dos ativos no Plano Collor.

  29. Renan Garcez disse:

    Olá Flávio!
    Lembrei de você nesta tarde! Pois foi meu dia de realizar o licenciamento anual aqui no Rio de Janeiro. Eles verifical itens basicos, pneus, extiontor, limpadores e todas as luzes, alem de fazerem o teste de emissão de poluentes, fui aprovado com folga, porém não pagamos nada alem das taxas normais para licenciamento.

  30. sérgio castro disse:

    Fico torcendo muito para que essa maldita Controlar vá pro espaço e faça companhia para o Xisto lá em cima, pois essa merda de empresa além de agir de maneira escusa como o FG relatou aí, ainda criou um sistema de avaliação que visa aniquilar os old cars.
    Mas infelizmente nesse país a coisa funciona assim, cria-se dificuldade pra vender facilidade, e isso está em todos os governos, municipais, estaduais e federal.

  31. z.h.é.h disse:

    Caro Flávio, vc estava completamente com a razão!!!!!!!! É uma fraude bilionária!!! Os caras terão q devolverem mais de R$ 1.000.000.000,00 para a rapaziada!!!!!
    Ah!! se este país fosse sério!!!!!!!!!!!!! o Ka$$ab estaria nas penitenciárias trabalhando para o povo!!!!!!!
    um abraço!!!!!!

    z.h.é.h

  32. Marcão disse:

    Eita !!! O home desse blog tá brabo mesmo!!
    Não deixou nada pra gente espinafrar mais um pouco esse Kassag!!
    Falou tudo, tudo..
    É isso o ministério publico tá meio lento mas tá começando a agir!!!
    Tem também aquela aberração ocorrida ontem na ponte dos remédios. Aquilo é uma safadez das grandes também..
    E tudo isso e mais um montão de coisas que desrespeitam o cidadão diariamente…
    Pau neles…..
    Será que vai acabar em pizza?? ou será que acaba em feijoada???
    Não importa muito no que acabe, importante é que esses dai um dia acabem vendo o sol nascer quadradão!!!
    Continua bem brabo cara!!! Tem que ser assim mesmo….

  33. Henrique Dadalto disse:

    As vezes, o que motivou o MPE foi o “absurdo tecnico” das inspeções, mas eles preferiram (tentar) derrubar pelo lado mais facil de conseguir provas. Porque se uma empresa ta fazendo tudo errado e ninguem faz nada, é porque tem treta. Então, nada melhor que achar essas tretas e derrubar de uma vez.

  34. Christian - Do Niva disse:

    Este ai não é o mesmo prefeito responsável pela Ponte dos Remédios que desabou uma parte ontem? Este ai não é o mesmo prefeito responsável por Interlagos onde não pode correr caminhão? Este ai não é o mesmo prefeito que brigou para que o Gambazão seja sede da Copa? Este ai não é o mesmo prefeito que fundou um novo partido só para não cumprir seus compromissos com o anterior. Paulistanos, façam um favor, mudem todo o governo, não elejam ninguém que já foi governo um dia.

  35. Tales Ramalho disse:

    Vc tem razão com toda a gritaria que tem feito contra “os métodos” da sistemática de inspeção veicular de São Paulo.
    Mas, por favor, não deixe cumprir seu importante papel de jornalista especializado, deixando claro que a inspeção é sim muito importante e fundamental nas terras civilizadas.

    • Luiz Morais disse:

      Opa, a obrgação de redução de poluentes é das montadoras ao produzir os carros. Os donos dos veículos tem a obrigação de mantê-los em boas condições. A obrigação de fisclizar se o veículo encontra-se em condiçõe é dos governos municipal, estadual e federal. Qualquer agente da CET, polícia Militar ou da polícia rodoviária federal tem o dever de atentar se o veículo trafegando está em condições de fazê-lo ou não.
      Não queira transferir mais essa responsabilidade ao cidadão que já paga por esses serviços e não tem retorno. Pq a secretaria do meio ambiente não vai nas sedes das empresas de ônibus verificar se os mesmos encontran-se com emissões dentro do regulamentado? Ou nas transportadoras com o caminhões? Pq a maioria é de fora de São Paulo, porém circulam dentro de São Paulo. Pode ter certeza que não é o meu carro que anda fora dos limites de emissões, até pq passa na vistoria.

  36. Guto disse:

    Independente de dar em alguma coisa ou não, já tava na hora!!

  37. Carlos Rossi disse:

    Os integrantes do Governo de São Paulo, tanto o Estadual quanto o Municipal,deveriam arder no Inferno.Esse prefeito kibe-coxinha e os donos da Controlar fuzilados em praça publica e jogados no Tiete.O PSDB e o partido dos incapazes e dos maiores enroladores da politica brasileira.Não fazem absolutamente nada que presta.Raça de FDP.

  38. Ivan disse:

    Se for fazer isso com todos os políticos e com todas as idéias fajutas inventadas para tungar nosso dinheiro não sobra um, e no Brasil inteiro, do jeito que está colocado parece que a corrupção e os malfeitos são invenção do Kassab… É que de uns 9 anos para cá a coisa piorou muito, não sei porque… “Macaco olha teu rabo!!!” É o que um petista deveria ouvir antes de falar. Que se ferrem todos os políticos!

  39. douglas disse:

    não vai acontecer nada, Flávio. Sou do MPF, e esses embargos, recomendações, processos e etc. do MP são sempre com objetivos obscuros com a empresa ou o governo. O Brasil tá caindo de podre, seja em SP com a tucanada maldita ou em âmbito federal com Dilmão.
    No MPF esses embargos duram 3 dias, depois misteriosamente os procuradores “os retiram”. Aí depois de alguns dias ficamos sabendo, internamente ou via imprensa, de liberação de verba federal, de convênio com a mesma empresa objeto do embargo, etc.
    No MP Estadual deve ser a mesma coisa com o governo tucano ou com a CCR.
    Aliás a Controlar está sendo exportada pra outras cidades, não? Daqui a pouco, para outros estados. É uma ótima forma de arrecadar mais dinheiro e fazer lobby.
    Brasil, um país de… (preciso completar?)

    • Mario disse:

      Concordo, na verdade é apenas pressão pra participarem do bolo, todo mundo quer uma fatia deste bolo enorme e lucrativo! R$78.000.000,00 de economia pra saúde? caro né!? pagamos 1 bilhão pra economizar 78milhões… só neste pais mesmo…

  40. Ricardo disse:

    veremos se realmente vai funcionar, pois ainda se trata de de um pedido. Caso se consume será mt bom aos cidadãos que terão seus valores restituídos. Uma luz, mesmo que fraca no fim do tunel.

  41. Lucas disse:

    Ainda digo mais FG, o governo deveria se preocupar em obrigar a industria automobilística a produzir carros mais eficientes que poluam menos ou sei lá. Deveriam se preocupar em obrigar Petrobras a comercializar combustíveis de alta qualidade. Penas duras aos donos de postos que comercializarem combustível adulterado. E nós, consumidores, deveríamos ser menos idiotas. Se nós aceitamos comprar carros de péssima qualidade e preços altíssimos não vejo motivo para uma industria deixar de produzir lixo para produzir produtos de qualidade similar aos fabricados nas matrizes. Mas é só esperar sentado nunca vai acontecer. Ainda temos que engolir pilantra cobrando taxa sobre meio de transporte privado, taxas estas (como já ditas no texto) cobradas quando compramos o carro e todo ano ao licenciá-los. Para termos ruas em péssimo estado e nossas rodovias entregues a corporações a preço de banana. Na verdade todos nós é que somos Bananas. Keep Walkimin, João Andador…?

  42. Fernando Oliva disse:

    Tenho um carro ano 2009. Gostaria de saber como é que faço para solicitar a devolução dos valores pagos por mim para a realização das inspeções feitas em 2010 e 2011 !?!?
    Tá bom, tá bom ……. sei que isto (devolução) nunca vai acontecer mas …… seria interessante que todos tocassem neste ponto.
    Abs.

  43. Marcio Vieira disse:

    Na maioria dos países da Europa há uma etiqueta (semelhante das feitas para geladeira) que indicam a categoria de emissão de poluentes dos veículos.

    Com base nessa medição, o IPVA deles é proporcional à emissão de poluentes do veículo.

    O Controlar, que custa uns 60 e poucos reais, não separa nenhum automóvel por categoria de emissão. Ele é uma roubalheira.

  44. do amaral disse:

    realmente, finalmente.
    no mesmo Estadão eu li, à época da criação da tal inspeção, que a firma Controlar é propriedade de um sujeito que seria o S da construtora OAS, que notoriamente se incumbe de realizar muitas das obras dos governos paulistas (estaduais e municipais).
    auditoria neles.

  45. Betão disse:

    Adivinha no que isso vai dar? Em nada.

  46. Paulo Freitas disse:

    Só uma pergunta. Uma dúvida minha. Essa lei da fiscalização ambiental não é municipal é? Para mim era uma lei federal para cidades com mais de 3 milhões de habitantes. É isso mesmo?

  47. Rodrigo Moraes disse:

    Coisa linda! Essa porcaria estava pra chegar aqui em Campinas, e eu já estava quase transferindo os carros pra uma cidadezinha onde tenho um sítio, pra escapar dessa quadrilha. Mas parece que não vou precisar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>