MENU

Thursday, 29 de December de 2011 - 17:34Lambretta & cia.

BABACOLÂNDIA

GUARUJÁ (segue o jogo) – Um passeiozinho de scooters antigas uma semana antes do Natal, perto de Jundiaí. Aí aparece o malandrão andando no acostamento e “apavorando” os participantes. Enquanto houver gente assim, este país jamais deixará de ser um caso perdido.

127 comentários

  1. Rodrigo Porto says:

    Isso para mim é tentativa de homicídio. Quase cometeu um crime e infelizmente fica por isso mesmo. Se isto aqui fosse um país sério as imagens já seriam o bastante para puni-lo severamente. Um otário desses não pode dirigir por aí. Ampliem as imagens e divulguem esse vídeo para esse otário virar homem primeiro para depois sair ao volante.

  2. Juarez Mota says:

    Flávio, Eu já desisti. Esse país é um caso perdido. esse cara vai ter filhos criados como calhordas. A porcaria se reproduz pelas gerações.
    Agora, simplesmente resolvo com estas pessoas na marra. Outro dia arranquei um palhaço fura fila de banco. Quando alguém vem pelo acostamento e quer entrar com certeza não será na minha frente. Se ele insistir bateremos com certeza. Em relação a mim as pessoas cumprirão as regras por bem ou por mal.
    Posso ter problemas? Muitos! Mas, é melhor enfrentar pelo que é certo.

  3. Marcio says:

    Lamentável bandidos como este terem permissão para dirigir um carro.

  4. caio mattos says:

    quem tem amigo policial consegue o endereço do cara facil facil pela placa do carro ai fica facil ir atras do bandido e dar uma lição nele.

  5. Anoinmo says:

    Que sinal o motoqueiro fez quando tirou a mão do guidão??

    • Marcelo says:

      Não sei, mas se fosse eu seria um sinal de desespero.

      • Bruno says:

        O motoqueiro ali também trafegou pelo acostamento e tentou ultrapassar o fiesta pelo acostamento. O cara do fiesta tava errado sem dúvida mas o motoqueiro ao fazer o mesmo errou também. Ele correu um risco a toa se tivesse levado a fechada e ficasse quieto teria sido melhor.Afinal quem anda de moto sabe que ela nao tem parachoque

  6. Paulo Mesquini says:

    A situação tem resolução bem simples, e o babaca não sai impune.
    Tendo o vídeo, as imagens e a placa, basta fazer uma denúncia ao Ministério Público.
    Simples assim.
    O dono do veículo vai ser processado criminalmente, sem dúvidas.

    • José Roberto says:

      Paulo, o pior é que vc está errado, nesta bosta de país, nada acontece, o “empresário” do Prosche que matou a advogada, nada aconteceu. O filhinho do papai que matou um trabalhador ao bater seu Camaro, nada aconteceu.
      As pessoas são mto hipócritas, criticam motoristas de caminhão, criticam quem anda de moto, e quando estão atrás de um volante, fazem uma merda desta.

  7. Alessandro Almeida Ribeiro says:

    Um verme desses a solta sempre consegue ferrar a vida dos outros, e a impressão que dá é pensam que nunca vai acontecer nada de ruim com eles.
    Um lixo que sabe fazer um carro andar… ridículo

  8. Bruno says:

    Coisa bem comum de acontecer nesse local…sou da cidade e além disso acontecer os moradores daqui acham que seta é item opcional de carro….

  9. Marcelo Araujo says:

    Mas que filho duma puta!!!!

  10. Cássio says:

    Desculpe amigo, mas você está com a faca e o queijo na mão para fazer justiça, perante a este palhaço. Não deixe barato. Entre na justiça. Por pouco, você não estaria aqui para relatar o fato.

  11. Bruno says:

    que idiota! denuncia essa babaca, cara! toma alguma providencia..
    um babaca desse impune e solto por aí, pode causar serios acidentes e prejudicar muita gente!

  12. The Jack says:

    Com a placa da lata, qualquer um de nós pode descobrir de quem seja a lata de sardinha sobre rodas e mandar para o cara que foi vítima de uma tentativa de homicídio (sim, alguém na outra faixa poderia tê-lo pego). Se ninguém o fizer, outra hora com tempo eu vou ver o que acho. E se alguém já tem apenas o nome completo, manda aí. Depois é só ensinar ao cara do vídeo como usá-lo de várias formas.
    Esta é uma situação em que apenas tem um pivete, destes que pensam que são muita coisa e despreza os outros se fosse algum imortal.
    Ford Fiesta, prata, placa EEM-1956, confere?

  13. Márcio del Solar says:

    Erros todos cometemos, mas não admitimos que os outros errem. Quando ajudarmos os outros a se recuperarem de seus erros, o trânsito será muito melhor.

    • José Roberto says:

      Marcio, o problema não é errar, é errar, achar que está certo e fazer mais merda como o cara do Fiesta.
      Eu não perco mais tempo discutindo, a última foi em uma rotatória, eu estava contornando e o cara simplesmente entrou, emparelhei com ele e falei que a preferência era minha, ele olhou e respondeu “Vai ler o código de trânsito, a preferência é de quem está entrando na rotatória”. O cara erra e ainda acha que está certo.

  14. Carlos says:

    Então as placas do CET em SP informando o limite de velocidade PERMITIDA nos corredores são só para contrariar o Código de Trânsito Brasileiro ?
    http://3.bp.blogspot.com/-SV4M5GfKZgg/TpcF3OtDWjI/AAAAAAAACBM/x8zQ4dHNoCc/s400/Band+60+3.JPG

    Se fosse proibido, por lei, andar no corredor, não precisariam criar uma outra lei para isso e ainda por cima, não conseguir ser aprovada né ?
    http://www.revistamundomoto.com.br/?p=fiqueligado&n=36

    E só para constar, inclusive aos outros leitores que não pilotam moto. Quando se anda de moto dentro da faixa, o que acontece é aparecer algum motorista enfiando o carro na sua perna, só para você sair da ‘vaga’ que ele acha ser só dele que está de carro.

    Isso quando em alguma vaga de estacionamento, aparece algum cara de pau pedindo para você tirar a moto para ele colocar o carro dele, como se você não tivesse o direito de parar ali.

    Ps. Ando de carro e moto a muito mais de 10 anos, e nunca, eu disse nunca, bati nem ameacei alguém em uma moto ou bateram em mim, nem mesmo nos meus retrovisores. Acidentes acontecem, mas tentar ocasionar um acidente deixa de ser acidente. Reflitam.

    • Fernando says:

      Leis existem, falta quem as faça valer.
      Velocidade permitida em corredor é coisa de Diretor, Gerente, Engenheiro entre outros que ocupam o cargo político. Um político pensa 100x antes de começar a festa do artigo 192 nos corredores. Como você mesmo diz, REFLITA!

    • Lucio says:

      Você fala isso porque fica preso no trânsito de carro e não tem culhões para pilotar uma moto, com medo de outros motoristas de carros que pensam exatamente como você.
      Alias, quem prefere ficar preso no trânsito, ocupando tempo e espaço em 4 rodas, é exatamente porque tem medo de outros motoristas iguais a si mesmo.

      • Araçatubano says:

        O grande problema do motorista/motociclista brasileiro é justamente isso. Ele faz do veículo um instrumento de sua suposta valentia.

        Os alemães andam a 300 km/h por hora, mas nenhum motorista lá vai tentar fechar o outro ou andar devagar na
        pista da esquerda para se sentir o machão.

        Nenhum motorista lá vai xingar ou buzinar à toa ou vai dirigir agressivamente só para descarregar suas frustrações.

        Nunca morei na Alemanha, mas no Japão, os únicos a exercerem esse tipo de direção agressiva são justamente os aprendizes de yakuza ou os delinquentes juvenis que andam com suas motos e carros quase que alegóricos. Ou seja, comportamento agressivo por lá é coisa de bandido.

        Quando estamos no trânsito, a postura adequada é a solidária e defensiva e não o contrário. Se entre os pré-requisitos para se obter uma carteira de habilitação estivesse uma análise psicológica mais acurada, a maioria dos motoristas brasileiros não passaria no teste.

    • José Roberto says:

      Carlos, eu ando de moto e carro a mais de 15 anos. Já dirigi caminhão, carreta, carro, moto, trator… tenho noção do que é andar com estes veículos, e graças a Deus eu nunca sofri um acidente. Por exemplo, em uma subida, sempre que vejo um caminhão dando seta para esquerda, seguro meu carro ou moto para que ele não perca o embalo e não precise baixar marcha, mas tem mta gente que não tem esta noção.
      Com relação ao corredor, acho que vc está enganado, quando a CET menciona corredor, não se refere ao “corredor das motos”, mas sim a avenida, veja que eles mencionam corredor norte sul, corredor leste oeste, enfim, trata-se da avenida e não do corredor dos motociclistas.

  15. Tiago Mio says:

    O cara do FIesta está completamente errado. O que precisa no Brasil para melhorar o trânsito é que as leis fossem compridas.

    • Leonardo Costa says:

      Verdade, mas o que esperar de um país onde os motoristas usam termos como “indústria das multas”? Um exemplo do uso desse termo é com relação aos radares, mas se todo mundo andasse na velocidade certa o radar não pegava ninguém e não existiria a tal “indústria das multas”.

  16. Álvaro Azevedo says:

    Depois que descobrirem quem é o babaca do carrinho de plástico da barbie. Postem o nome do cara aqui, quem sabe o mesmo não possui face ou o finado orkut? Agora vamos falar da Tekpix…

  17. Araçatubaiano says:

    o brasileiro não sabe dirigir. Aliás, ele não dirige, faz do trânsito um meio de descarregar suas frustrações e de afirmar a sua virilidade ausente.

    O alemão dirige defensivamente, o japonês tem uma fantástica noção de espaço, o norueguês tem bom controle do carro em condições adversas e o brasileiro tenta afirmar sua masculinidade ao volante. Simples assim.

    O uso de acessórios e adereços que remetem ao off-road, à aventura também mostram essa necessidade de auto-afirmação. Por outro lado, um sujeito que usa o pseudônimo de Maverick Vespa também tem sérios problemas de auto-afirmação com relação à sua masculinidade. Maverick, Mustang, Garanhão, Leão e apelidos que tentam passar virilidade mostram a insegurança de seu usuário. E assim o brasileiro segue se matando no trânsito…

  18. Ike says:

    1º Pelo Fiesta Offroad já se vê que não é uma pessoa normal.
    2ª Pelos vidros escurecidos percebe-se que ele mesmo tem vergonha de andar “naquilo”
    3º Pela reação de voltar para direita afim de prejudicar a Vespa em um ato de quase agressão, percebemos sua impotência.

    A intolerância e a falta de respeito é o que mais impressiona, o que mais acontece no trânsito é que cada um quer resolver só o seu problema, mesmo que isto prejudique muitos outros.

  19. fabrício Jabur says:

    mas ele ignora muita leis tb, um exemplo neste video:
    http://www.youtube.com/watch?v=aWJ3tlw-XL4&feature=related

  20. TOM SEM FREIO says:

    POR CAUSA DE UMAS BESTAS COMO ESSA, QUE O BRASIL ESTÁ NO QUE ESTÁ. SE CREEM OS DONOS DO MUNDO, ANDANDO COM ESSES VIDROS ESCUROS, BANDO DE BABACAS.

  21. Luc Monteiro says:

    É besteira esperar que se faça justiça nessa merda de país onde demos o azar de nascer. Mais prático seria os participantes do passeio fecharem o imbecil, tirarem-no do carro, encherem-no de porrada (se o matassem seria mera casualidade, paciência, imbecis morrem a toda hora, mesmo) e seguirem seu passeio curtindo o que a estrada tem de bom.

    Sem demagogia nenhuma, não tenho um pingo de dó quando imbecis como esse do fordinho se ferram e se machucam. Ou morrem. E vão por mim: melhor tirar esse tipo de escroto de circulação do que deixar que um imbecil desses tire de circulação alguém que valha a pena para o mundo.

  22. Gerson says:

    Não é “babacolândia” por acaso…

    Enquanto nascer “brasileiro” nesta terrinha, vai ser assim. Conseguimos ser babacas em tudo, o trânsito é só uma “amostra grátis” da educação desse povo. O que dizer de um povo que exporta uma imagem de irresponsável mal educado, corrupto, pobre (mas feliz!) e que detona o próprio meio-ambiente onde vive!

    Nossa imagem é de bunda, samba e bagunça…barata.

    Qual país que leva a “miss bumbum” para a França (Paris!) para “promover e divulgar” o concurso Miss Bumbum 2012????????????

    Já que não somos mais os melhores futebolistas e pilotos de F1…vamos mostrar o que ainda nos restou de melhor!!

    O Brasil não tem terremoto, vulcão, tsunami, tornados, furacões…a desgraça daqui é o povo que aqui nasce. E não adianta culpar os “nossos” políticos. São “outra amostra” do jeitinho brasileiro de pensar…

  23. Rafael V8 says:

    Achei no youtube o tal “quebra de asa”: caminhões fazendo derrapagens controladas. É assustador ver como esses gigantes se espalham de um lado ao outro da pista, com suas carrocerias inclinando tanto que quase capotam. Espero nunca ter a infelicidade de encarar um destes monstrengos desgovernados numa pacata viagem em família.
    Obs.: aposto R$ 5 que o piloto não é o dono.

    http://www.youtube.com/watch?NR=1&feature=endscreen&v=w6ywfQhtTGc

  24. Douglas Ricardo Kappel says:

    Tenha pena dos bons e decentes moradores de SP – capital e interior! Como essas regiões são recheadas de pessoas arrogantes, prepotentes, materialistas, soberbas, munidas de seus grandes veículos, importados ou nacionais, mas com um cérebro (se é que possuem) minúsculo… Tenho dó… Viva o simples! Viva o humano! Viva a vida moderna, mas com racionalidade!

  25. Sergio says:

    Esse cara aí, é aquele cara amigo nosso, nosso vizinho, aquele cara que leva o filho à escola, a mulher no cabelereiro. É aquele cara gente boa, professor ou advogado. Juiz, quem sabe. Cidadão exemplar. Até que…!!

  26. klaus says:

    Esse bocó do carro deve ser um daqueles “Mano” de pinto pequeno que conseguiu comprar um popular em 80 parcelas a juros módicos de 3% ao mês, faz um “xuning” no fiestão e acha que agora é gente… ele deu foi sorte. Se fosse comigo ele já tinha engolido 3 ou quatro balas de .45 ACP.

  27. Pedro Jungbluth says:

    Mas e fica a pergunta, fez B.O.?? Ou ficou só no videozinho editado no youtube? A Placa está ali, tem provas, tem que ir na polícia.

  28. Rodrigo Moraes says:

    Você quer dirigir feito um idiota, mas não tem dinheiro pra comprar um SUV? Seus pobremas se acabaram-se! Chegou o Fiesta com quebra-mato, apliques nos parachoques e adesivo com letras garrafais. Pra você que não tem noção do ridículo!

  29. Marcelo A. says:

    O foda é que esse tipo de babaquice, de filhadaputagem, de falta de educação de um povo demora mais ou menos 500 anos para resolver… esse país tá fudido.

    • Fábio Eduardo says:

      Concordo com voce Marcelo. Esse pais de merda nunca vai ter jeito.

    • Leo says:

      É , mas no caso do Brasil já se vão 511 e continua a mesma merda. Se formos esperar mais 500 anos ….

      • paulo says:

        O cara é um babaca, mas… Hoje está tão barato e tão fácil ir morar fora, pq vcs que acham esse país uma merda não vão embora? Aproveitem e levem o babaca do Fiesta junto. Uma sugestão? A Espanha, com um dos maiores indices de desemprego da Europa, ou a crise de Portugal? para quem não quer estudar outra língua.. Paris! Parisiense sabe dirigir que é uma beleza… e Roma… pq não vão para Roma? Povo educado no trânsito, dá até gosto de ver… Pelamordedeus né! O país tem seus problemas sim, mas não vai ser só dizendo que é uma merda que vai melhorar alguma coisa… ou faz-se algo ou vai embora e fica xingando lá de fora, pelo menos não atrapalha!

      • Tiago Mio says:

        Paulo, vc está certo isso mesmo, se o cara acha que aqui é um país de merda então vai morar nos EUA, Espanha, Alemanha, Japão.

      • Araçatubano says:

        Só alguém com cérebro de minhoca para fazer esse discurso getulista-ditatorial do “bresil, ame-o ou deixe-o.”

  30. EduardoRS says:

    O que mais tem no trânsito brasileiro é babaca.
    Tem muitos países onde o povo é “bração”, mas dirige respeitosamente. No Brasil, a maioria dos motoristas é babaca mesmo, ultrapassam em curva, estacionam em local proibido, ignoram faixa de pedestres. E a maioria dos motociclistas também é babaca, pois adora fazer zig-zag entre os carros, criar corredores virtuais entre 2 faixas e passar por elas a toda velocidade, ignorar pedestres, entre outras. Às vezes eu me sinto cercado por homicidas em potencial quando estou no trânsito. Só que enquanto não começarem a multar esses babacas e apreender carteiras, nada vai mudar. Duvido que algo aconteça com o cara do Fiesta, assim como nada acontece com os playboys que andam a 200km/h na rua e postam video no Youtube. E assim como nada vai acontecer com o próprio cara da Vespa, que em outros vídeos comete um caminhão de infrações de trânsito. E como nada acontece com ninguém, fica tudo do jeito que está, e salve-se quem puder.

  31. telsi says:

    Flavio

    Passo todo dia nessa rodovia.Nesse lugar tem uma lombada ou seja ninguem passa a 100 Km ali. A saida da rodovia para o bairro esta proibida temporariamente por obras em uma rua lateral a rodovia, por isso os cones. Detalhe,
    passo nesse lugar de moto, carro ou caminhão e tem sempre alguem de moto, carro ou caminhão que entra na rodovia direto sem não respeitando a placa de pare.

    Telsi

  32. Araçatubaiano says:

    No Japão, quase ninguém respeita os limites de velocidade e os detectores de radar são vendidos livremente nas lojas de autopeças e de DIY.

    Apesar disso, o índice de acidentes deles são mais baixos que os nossos, exceto quando tiozinhos à bordo de Ferraris resolvem brincar de touge lá nos cafundós do sul.

    A diferença é que algumas décadas atrás, o Japão se cansou de seus índices catastróficos de acidentes e adotou a padronização de um país europeu. As rodovias possuem guard-rail em toda sua extensão, não existem curvas agressivas ou aclives e declives nas auto-pistas e até mesmo as estradas interestaduais que cortam as áreas centrais das cidades possuem guard-rail como pistas de corrida. Faixas de pedestres e passarelas para pedestres e ciclistas são onipresentes.

    Se um motorista for pego dirigindo alcoolizado, o passageiro também pode ser responsabilizado e ir para a cadeia. Caso um motorista mate alguém em um acidente, a indenização aos parentes da vítima é pesada e normalmente resulta em cadeia.

    O resultado é que despeito da molecada praticar drift em vias públicas, dos malucos andarem a 300 quilômetros por hora nas vias expressas, o índice de acidentes são bem menores do que os nossos.

  33. Araçatubaiano says:

    O grande problema é que o brasileiro não sabe dirigir.

    Motoristas abrem a porta do carro sem olhar, invadem a faixa de pedestres, ultrapassam em local indevido, andam a 60km/h na faixa da esquerda e por ai vai.

    Pelo outro lado, os motociclistas ultrapassam pela direita, costuram e até andam um do lado do outro em velocidade baixa, conversando como se estivessem passeando de bicicleta em um parque público.

    Ainda temos bicicleteiros (não confundir com ciclista) que andam no meio da rua, fazendo malabarismos, pedestres que atravessam no meio do quarteirão, que saem repentinamente de trás dos veículos para o meio do tráfego, etc.

    Para piorar, não faltam prefeitos ou secretários imbecis que plantam aquela praga viária chamada lombada. Qual o sentido de se destruir uma via de tráfego no meio do quarteirão quando pela lógica, o local da travessia dos pedestres deveria ser nas esquinas?

    Caso seja um hospital, uma escola, uma creche ou qualquer outro prédio movimentado, deveria ser pintada uma faixa de pedestres e um semáforo para pedestres acionável manualmente.

    O Código Brasileiro de Trânsito é mal-feito, anacrônico, feito por gente limítrofe e retrógrada. É necessário se fazer um novo código de trânsito, redesenhar todos os sinais de trânsito, padronizar placas com o nome das ruas, estipular padrões e normas para rotatórias, guardrails, sinalização, pontes, semáforos.

    A padronização de toda a infra-estutura viária do Brasil evitaria confusões, poluição visual e até ajudaria na fluidez do tráfego. Infelizmente, isso está longe de acontecer…

  34. Luciano Bueno says:

    Prezado Flávio Gomes,

    Moro próximo a esse local e isso é comum. Nesse trecho o acostamento tem alguns buracos e é estreito e a 200 metros a frente há uma entrada para o bairro que dificulta a quem quer acessar a pista. Antigamente, era entrada e saída de carros e agora, apenas saída, o que dá para reparar pelos cones colocados na pista. Alguns cones são até amassados, pois mesmo havendo sinalização de mão única, os motoristas não respeitam e passam por cima. Há alguns anos atrás, quem não conseguia a Carteira de Motorista ia para cidade vizinha, Várzea Paulista comprar sua carteira, e não vejo como coincidência os muitos erros constantes que acontecem por aqui, na maioria primários, como fazer uma curva, entrar na contramão, segurar o volante, etc…. Sobre o acontecido, não há justificativas e só reforça que temos uma educação precária e ineficiente e que boas maneiras e gentilezas são vistas como distantes. Infelizmente, há pessoas que ainda concordam com o motorista.

  35. Samuel says:

    Sou de Jundiaí, e esse lugar é especialmente confuso. É um acesso à Rod. João Cereser, no sentido Itatiba. Esse acesso é estreito, vem de uma intersecção em 90 graus, e sai de um bairro residencial; tudo isso para acessar uma rodovia com limite de 100km/h. À parte de tudo isso, nada justifica a conduta do motorista. Vale o bom senso – assim como qualquer veículo pode facilmente matar um pedestre, um carro pode matar facilmente um motociclista, e isso tem sempre que ser levado em conta. Palavra de um habilitado AB há 13 anos sem nenhuma multa e nenhum acidente no curriculum.

  36. Marcelo says:

    O rapaz do carro errou por falta de atenção(estaria mamado?), mas o vídeo não mostra se ele pediu desculpas fazendo sinal com a mão ou buzinando. A reclamação do motociclista é normal e com razão, poderia ter acontecido um acidente grave, o motociclista poderia ter caído no chão, e até ser atropelado pelos carros que vinham atrás. Também poderia ter acontecido choque com outro carro, ou pior, com um caminhão no lugar da moto. Em seguida o rapaz do carro quis intimidar o rapaz da moto, devia ter deixado pra lá…e se o rapaz da moto esta armado? E se o rapaz do carro também esta armado? Nossa quanto drama, eu devia estar em Hollywood fazendo filmes!!!

    Brasileiro é muito intolerante ao volante, é numa dessa que sai briga, socos e até mortes!

    Eu vou mandar isso aqui pra melhorar a situação!!!
    http://www.recados.info/wp-content/uploads/2011/03/fin-de-semana-romantico-barato.jpg

    Eu sei que o Gomes não gosta, então vou mandar esse aqui(exclusivo pra ele), bem caprichado com celebridades(coisa que o Gomes também deve odiar)…rs.
    http://bbb.globo.com/BBB10/Home/foto/0,,39145873-EX,00.jpg

    Isso é Brasil…ano novo, vida nova, velhos problemas…

  37. CELSO CORINTIANO says:

    BOM, CONCORDO QUE O GRANDE ERRO DO VIDEO É DO MOTORISTA DO FIESTA. ESTAVA VINDO DE ALGUM ACESSO (TINHA UM VIADUTO), ENTROU NO ACOSTAMENTO (ATÉ AI NADA DE ERRADO, POIS ELE ESTAVA ENTRANDO NA VIA, REPARE NO COMEÇO DO VIDEO), QUANDO COMEÇOU O ERRO DELE. NÃO DEU SETA E O MOTOCICLISTA ESTAVA NO SEU PONTO CEGO. O MOTORISTA ESTAVA DISTRAIDO (PODERIA SER CELULAR) E NÃO VIU O MOTOCICLISTA. MAS UMA COISA TEMOS QUE SALIENTAR, O QUE O MOTOCICLISTA DISSE!!! PALAVRÃO!!!!XINGOU!!!!!NADA JUSTIFICA A ATITUDE DO MOTORISTA QUE DEVERIA SER PUNIDO E DURAMENTE, MAS MOTOCICLISTA TAMBÉM PODERIA TER TIDO UM POUCO MAS DE CALMA, POIS VC NÃO SABE A REAÇÃO DO OUTRO, NÃO SABE SE ELE ESTA ARMADO!!!ENTÃO AS VEZES É MELHOR ENGULIR UM SAPO DO QUE BALA!!!!AGORA DEVEMOS DENUNCIAR ESTE ASNO, POIS PODERIA TER MATADO ALGUEM POR MUITO POUCO E NÃO MERECE ESTAR COM UM CARRO NAS MÃO!!!OBRIGADO E OTIMO 2012, COM PAZ, SAUDE E PRINCIPALMENTE RESPEITO AO PROXIMO

  38. sergio castro says:

    Jogar o carro em cima da vespa é sacanagem das bravas, deu sorte o mané do super maravilhoso Fiesta, se eu estivesse na moto, certamente iria chutar, não o espelho e sim o meio da porta do cabra, de uma maneira que nem o melhor martelinho de ouro iria dar jeito…

  39. #fikadika says:

    Trilha sonora faz parte do sentimento passado pelo video:

    http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=nwAYpLVyeFU

    ;D

  40. Gustavo says:

    Essa não foi a primeira vez e provavelmente não será a última. Esse monte de babacas que ficam procurando motivos pra deixas o scooterista errado devem ter o mesmo comportamento de asno no trânsito. Em novembro um outro asno fez algo parecido em um outro passeio nosso, furando o comboio se achando o máximo. Bando de ignorantes, deviam ter suas carteiras de motorista retidas e serem enviados pra um hospício, que é o lugar mais apropriado pra esses otários.

  41. Nilcilene says:

    Pois bem, alguns esclarecimentos do vídeo, pois eu estava na garupa!!! Primeiro, queria que algum de vcs que acham que o cara do fiesta estava certo, pensasse o mesmo quando visse o carro se aproximando pra cima de vcs. A única coisa que pensei foi “já era, ele vai bater na gente e vamos morrer”. Se xingamos ele? Sim, de cego… isso é ofensa pra algum de vcs? Lembro claramente que ele estava falando ao celular enquanto entrava na rodovia. Mesmo se tivéssemos xingado a mãe dele, isso não justifica o que ele fez, ou se não a maioria dos crimes passionais estariam justificados. O som do vídeo foi retirado porque quase não dá para ouvir o que falamos por causa do barulho do vento e do motor da vespa, se quiserem ver o vídeo inteiro ele tem mais de 50 minutos!!!! Se acontecesse isso com qualquer um de vcs, creio que pensariam diferente, ninguém gosta de ver a morte de perto. Espero que os motoristas tenham mais consciência, pois o carro é uma arma mortal….

    • Rafael Travassos says:

      Sou ciclista de estrada e nos fins de semana costumo pedalar por diversas rodovias perto de SP. São inúmeros casos de “quase morte” que eu não gosto nem de contar em casa, senão minha diversão será sumariamente cortada.
      Eu entendo perfeitamente a situação e a reação do motociclista. Eu mesmo já tomei fina PROPOSITAL de uma dessas motos que cortam a estrada a 200 km/h. O “piloto” veio no acostamento e, além de passar perto e rápido, acelerou, queimando, para dar um susto. Covarde!
      O que mais me choca no vídeo é o motorista ainda tentar fazer mais merda!

    • Tadeu says:

      Nilcilene, se você ler os comentários abaixo, verá que a grande maioria que defendeu o Fieste possivelmente não anda de moto. Eu não sou mototaxista, não sou motoboy, e embora respeite as profissões, sei que existem alguns que fazem loucuras no trânsito. Sou um motociclista de estrada, adoro viajar de moto. E o grupo de vocês estava fazendo isso. Se, Deus os livre, tivesse acontecido o pior na primeira fechada, ele provavelmente não iria parar e seguiria adiante. O Código de Trânsito diz claramente que os maiores devem cuidar dos menores; logo, o Fiesta deveria ter PARADO ao tentar entrar na rodovia, e não ter seguido direto.

      • Renato RRE says:

        Não sei se está se referindo aos meus comentários, mas em nenhum momento defendi o sujeito do Fiesta, se verificar minhas postagens verá que disse que o cara errou e feio, somente acredito que foi muito barulho por nada. Uma fechada fruto de uma distração, uma discussão de cabeça quente que durou menos de 10segundos não justifica tanto num trânsito maluco como o nosso. Eu era motociclista. Coisas piores que isso acontecem todos os dias e não acontece nada, ninguém é punido.

      • Rafael V8 says:

        Exato, o maior ensinamento do novo código de trânsito é este: o maior cuida do menor.

  42. Renato RRE says:

    Neste outro video postado pelo cara da Vespa http://www.youtube.com/watch?v=sCBqlJuZLpg&list=UUtBW9wduigmkcWaYb-iKLFg&index=4&feature=plcp ele anda entre carros, ultrapassa pela direita, etc. Mas neste ele não listou as infrações que cometeu. abs

    • Carlos says:

      Ta no código de trânsito que é proibido transitar nos corredores? Por que você acha que tem placa que informa o limite de velocidade nos corredores?

      • Fernando says:

        Está no código, sim! Falta é “peito” para as autoridades descerem a caneta nos motociclistas.

        Art. 192. Deixar de guardar distância de segurança lateral e frontal entre o seu veículo e os demais, bem como em relação ao bordo da pista, considerando-se, no momento, a velocidade, as condições climáticas do local da circulação e do veículo:

        Infração – grave;

        Penalidade – multa.

      • Carlos says:

        Então as placas do CET em SP informando o limite de velocidade PERMITIDA nos corredores são só para contrariar o Código de Trânsito Brasileiro ?
        http://3.bp.blogspot.com/-SV4M5GfKZgg/TpcF3OtDWjI/AAAAAAAACBM/x8zQ4dHNoCc/s400/Band+60+3.JPG

        Se fosse proibido, por lei, andar no corredor, não precisariam criar uma outra lei para isso e ainda por cima, não conseguir ser aprovada né ?
        http://www.revistamundomoto.com.br/?p=fiqueligado&n=36

        E só para constar, inclusive aos outros leitores que não pilotam moto. Quando se anda de moto dentro da faixa, o que acontece é aparecer algum motorista enfiando o carro na sua perna, só para você sair da ‘vaga’ que ele acha ser só dele que está de carro.

        Isso quando em alguma vaga de estacionamento, aparece algum cara de pau pedindo para você tirar a moto para ele colocar o carro dele, como se você não tivesse o direito de parar ali.

        Ps. Ando de carro e moto a muito mais de 10 anos, e nunca, eu disse nunca, bati nem ameacei alguém em uma moto ou bateram em mim, nem mesmo nos meus retrovisores. Acidentes acontecem, mas tentar ocasionar um acidente deixa de ser acidente. Reflitam.

    • Augusto says:

      Foi foda ter um carro quase te matando, mas mais hipócrita é ver nesse vídeo que ele também infringe uma porrada de leis…

    • Tiozão says:

      Pelo que demonstrou, o cara da Vespa é abusado, daí…acontece merda.

    • Rafael says:

      Boa…o cara reclama mas também faz merda.

  43. Thiago says:

    O sujeito do carro errou mas a situação poderia ser mais simples se o sujeito da moto não falasse alguma bobagem para o do carro. Essa música (chata!) encobre o que o cara da moto falou, mas certamente ele xingou o cara do carro e aí é complicado, toda ação gera uma reação. E o cara da moto critica o motorista mas foi fazer o quê no acostamento?

    • Mateus Daitx says:

      Claramente alguns leitores do Gomes acham que todo mundo que é quase morto por esses babacas deveria reagir feito um lorde inglês. Jogar o carro em cima da moto, repetidas vezes, pode. Xingar o cara que quase te matou, não, é feio, desrespeitoso e é só por isso que o babaca é babaca. Seu juiz, põem o motociclista na cadeia porque ele tá fazendo bullying com o pobre motorista do Fiesta, transformando aquele ser pacífico num “asno volante”. Eu mereço…

    • Mateus Daitx says:

      Alguma coisa tá errada nessa linha de raciocínio:
      Xingar alguém que quase te mata no trânsito: Não pode.
      Tentar matar novamente alguém que conseguiu te xingar porque a primeira fechada não funcionou a contento: Pode!
      Mas hein?

      • Cleiton Pessoa says:

        O problema não é esse cara, o cara da moto tá certíssimo.
        O cara do carro fez cagada no trânsito, ponto. Tinha que mostrar mesmo e se vai ser multado, está certo porque o cara realmente está errado.

        Já fiz coisa pior de cabeça quente, e uma coisa que enlouquece quase qualquer motorista é xingar, já derrubei um por conta disso e me arrependi no exato momento que ele caía e se ralava todo, justamente pq o cara me xingou de vários nomes que ele não teria coragem face a face. Saí de casa na pilha, cheio de problemas e escutar um VTNC seu FDP, coisa que ninguém fala pra mim em hipótese alguma detonou o gatilho da raiva irracional de qq ser humano.E sim, todos nós temos gatilhos emocionais de raiva, pode ser sua mulher falando, pode ser alguem batendo no teu filho, pode ser alguém te xingando, pode até ser alguém fazendo maldades com um cachorro….

        Então, se vc é motociclista, nunca xingue…. vc nunca sabe se o cara dormiu de calça, se brigou com a sogra, com a mulher, se não deu uma trepadinha a noite, releve, siga seu caminho em paz e as vezes basta um desculpe mesmo estando certo…xingar é sempre o estopim das mortes em brigas de trânsito.

      • Rafael V8 says:

        É engraçado que nunca vi algum estressadinho dar fechada em carreta ou chamar o pessoal do carro da polícia pra porrada. A “valentia” no trânsito só é canalizada pra condutores de motinhas, mulheres, senhores de idade … Aqui em Porto Alegre ficou famoso o video do carinha acelerando no meio das bicicletas, ele se sentiu ofendido por elas, ameaçado. Será que seria capaz de acelerar e sair batendo numa passeata de caminhões? Covardia, só isso … A “coragem” quem dá é a carapaça (carro) e quanto maior ela for, maior o sentimento de poder.

      • Hélio says:

        E vc parou pra socorrer, já que se “arrependeu”?

        Ainda que tenha socorrido, acho que sua reação só justificou os xingos, pq tendo feito isso (“já derrubei um, por conta de ter sido xingado”), é atestado de filhadaputice! Ou não?

        Se vc está ciente de que teu “gatilho de raiva irracional” é tão sensível, deveria deixar de dirigir por iniciativa própria, sob pena de cometer tentativa de homicidio, outra vez.

        Impressionante como vc tem coragem de relatar isso com essa naturalidade. Lamentável, o comportamento desse Cleiton Pessoa…

      • Rafael V8 says:

        Cidadão Claiton Pena, O senhor parou para socorrer sua vítima? Sabe se está bem, fraturou algum osso, ou veio a falecer? Já mataste?

      • Rafael V8 says:

        É Cleiton Pessoa, caraleo!!!!

      • Cleiton Pessoa says:

        Caros senhores, cometi uma infração sim, disse aqui, sim.Querem me julgar? São juízes? Não vim aqui pra ser julgado de um fato que aconteceu há anos e que eu relatei na maior boa vontade e sim Hélio, com naturalidade, ou você acha que deveria relatar isso chorando num tribunal?? Todos do meu círculo de amizade e familiar sabem do acidente. Vocês tb não tem poder pra isso, e acredito que não tem ninguém aqui com integridade moral suficiente em suas vidas particulares e profissionais pra julgar as atitudes dos outros. Nem gostaria de enumerar se eu pudesse as N coisas ruins que já fizeram…assim como qualquer outro cidadão, que fique claro.
        Ao Hélio:- eu pelo menos coloquei meu nome aqui, quer me xingar, entrar em contato pra um diálogo, sinta-se a vontade e saiba, atestado de filhaputice tem outros nomes, e se pesquisar bem sua vida (que deve ser totalmente idônea o que duvido) pode achar algum.
        Querem saber mais detalhes? De quê interessa? Contei os fatos pra exemplificar e ponto, o resto só interessa a mim. Não existem santos nesse mundo e eu sei bem disso.
        Ao Rafael V8, (v8 pq acredito que deve ter um maverick v8?Acelera e tem vídeos no youtube?tirando racha?ta bom….).Você é um cara supercalmo, eu acredito, sério! Não deve ter brigado nunca com ninguém em sua vida, e provavelmente está com a primeira namorada(o) até hoje, visto que não se desentende com ninguém, provavelmente nem xinga. Nunca xingou seus pais, seus irmãos ou parentes ou amigos(Se tiver). E quanto a pergunta, já mataste?Mataste o que? Já matei um porco na fazenda, pássaros, um rato, insetos…. aracnídeos… Não é porque já matou o que te faz menos humano, conheço gente que já matou alguns bandidos no cumprimento do dever, anda de moto, e daí? Faz dele menos humano ter matado?ou andado de moto?.
        Quanto a matar. Sim, meus bisavós sim, mataram em uma época em que xingamentos eram desonra e disputados na bala porque era assim que funcionava o mundo, mas entre nós cara, não cara, nunca sai derrubando ciclistas, xingando ou buzinando no trânsito por raiva, por estar atrasado, porque um parente está doente, porque briguei com alguém importante pra mim. Eu venho aqui na cara limpa falar de um incidente que me aconteceu há tempos, e vcs mudam o foco do cara do vídeo para o que eu disse. Se liguem… Vim aqui na boa, pra falar de uma experiência ruim comigo, e pra dizer, que a maioria das pessoas se irrita ao ser xingado, e tenho certeza, vocês se irritam com alguma coisa, pode ser que sintam tesão ao serem xingados, gozem, sei lá…. mas tem algo que irrita vocês deve haver, e sim, isso tiraria vocês do sério. Engraçado como em um acidente, todos se ajudam, e no dia a dia ninguém dá um bom dia e Hélio, não cara, não vou entregar minha carteira, nunca tive um acidente de trânsito em mais de 15 anos de carteira, NENHUM! Pensem nisso…
        O que você e o outro cidadão aí não entenderam, é que, TODO E QUALQUER cidadão de BEM, pode sim fazer merda a qualquer hora num momento de estresse! Já assistiu: Um dia de fúria? Michael Douglas? é mais ou menos por aí!. Pessoas vivem estressadas a todo o momento, e podem fazer merda a qualquer momento sim, e tenho certeza, que você nem o outro cidadão tem coragem de xingar no peito, na cara a alguém que possa revidar. Antes de xingar, reflita… as vezes o que o cara precisa é de um bom dia, boa tarde…. pra fazer dele um dia melhor.

        Ah.. e pra constar, sou motociclista sim, tenho moto, ando de bike trilha e sempre e sei respeitar os direito de qq um que anda sobre 2 rodas e não faço merda como alguns motociclistas que podemos enumerar em “n”, variável que tende ao infinito.

      • Rafael V8 says:

        Cara …
        Deixa pra lá.
        Siga tua vida e tente fazer o melhor por todos aqueles que gostam de você, e procure deixar bons exemplos, seja bom.
        Não se encrenque por besteira.
        Tente ser bom, porra!!!
        TENTE !!!!
        Sempre que possível…

    • Thiago Azevedo says:

      Cara, nenhum palavrão justifica isso…

      • Cleiton Pessoa says:

        Concordo com vc, tanto que me arrependi no mesmo instante…. nenhum palavrão justifica nada.
        Mas o tempo companheiro, não volta atrás, você nunca vai saber
        com quem você está lidando, você nunca vai ter tempo de voltar atrás e refazer as coisas.
        Duvido que você não fez coisas no calor da discussão….e se arrependeu…

      • Thiago Azevedo says:

        Cleiton,

        Putz, postei o comentário no local errado, acho. Era para ter comentado o comentário do Thiago, logo acima.
        Também já me excedi. Às vezes é difícil controlar. Mas a reação desse cara do fiesta mostra que sua índole não é das melhores. Ele poderia ter matado o cara da moto por um motivo fútil.
        Infelizmente vê-se uma disputa de poder no trânsito. Quando alguém erra, não admite. E se zanga de maneira desproporcional quando é cobrado para dar explicações.

        Abraço

      • Cleiton Pessoa says:

        Caro Thiago, concordo com você, todos vivem vidas malucas… abraço

  44. Rodrigo Assis says:

    Rapaz, se a justiça levasse todos esses agravantes a sério, em? dava uns aninhos… O cara tava andando de motocicleta no cantinho.Pela cara do sujeito do Fiesta, dá para ver que mais um pouco, era morte ali!!

  45. Renato RRE says:

    Gomes, Nesse caso ai achei que foi babaquice dos dois.
    Da para perceber que o cara não estava andando no acostamento e sim estava entrando na rodovia (o carro aparece saindo aos 2seg). Errou ao entrar direto e poderia ter causado um acidente (fato!), o cara da Scooter xingou e fez algum gesto, por isso, obviamente ele retirou o audio do video. Os dois discutiram, quase brigaram e depois o sujeito foi embora. O cara errou mas não achei que foi tentativa de homicidio… bem menos. Fosse um daqueles babacas de fim de semana a milhão cortando pelo acostamento ai sim… mas não foi isso.
    abs

    • Mateus Daitx says:

      Babaquice dos dois? Por quê, o motociclista deveria ter dito algo como “caro cavalheiro, o senhor está invadindo a faixa de maneira ostensiva e pouco cuidadosa, quase passando por cima de mim. Poderia por favor não repetir tal atitude?” e levantado o chapéu pro motorista do carro? É complicado manter a calma ou não proferir um palavrão quando um babaca desatento/mal-intencionado joga o carro em cima de ti. E mesmo que isso tenha acontecido, não justifica as atitudes posteriores do motorista do Fiesta. Se fosse seguir a tua linha de raciocínio teria que pedir desculpas depois de ser atropelado na faixa de pedestre, senão o cara teria motivo para dar a ré e me atropelar de novo. Brincadeira…

      • Renato RRE says:

        Babaquice dos dois por que o motociclista, editou um video como tentativa de homicidio, listando inumeras infrações, etc… Menos. O cara do carro errou, se xingaram o cara ficou puto e fez umas bobagens de cabeça quente e pronto… Acabou! Semana passada aconteceu algo bem pior comigo na Fernão Dias (caminhão saindo para faixa da esquerda enquanto eu estava ultrapassando, tive que freiar forte e tirar o carro pra esquerda)… nem por isso mandei video, fotos, etc… Acabou, aconteceu e nem por isso outros acidentes deixarão de acontecer se alguém tivesse visto um video daquilo. No caso do video, desatenção, tivesse sido um caminhão teria causado um belo acidente…

      • Carlos says:

        Por pessoas como você, que o Brasil está como está, e nunca irá para frente!

      • Renato RRE says:

        é… realmente.

      • Gustavo says:

        É por causa disso que esse país é uma merda. Essas coisas acontecem e ninguém faz nada. E quando alguém decide fazer sempre vem algum babaca querer minimizar.

      • Renato RRE says:

        Acho que tem coisas mais importantes para serem feitas… isso claramente foi uma distração, vacilo, etc…

      • Rafael says:

        Exato. Veja os outros videos do cara da Scooter..várias infrações também oras.

      • Renato F1 says:

        Tirar o chapéu não; tirar o capacete!!! Falá sério!!! O motorista está errado, mas violência só gera violência!!! Sei que a morte passou perto, mas peço encarecidamente às pessoas: não reajam com violência. Nosso trânsito já é violento demais; não precisamos de mais violência!

        Esse é um grave problema do povo brasileiro: educação! Educação do (mau) motorista ao respeitar a lei, educação do (mau) motociclista em não andar no corredor (não neste caso, mas em geral no dia-a-dia), educação do (mau) pedestre em atravessar fora da faixa e entre os carros! No fim das contas, tem é que todo mundo, voltar para a escola, porque parece que ninguém sabe nada!

    • guest says:

      “Errou ao entrar direto e poderia ter causado um acidente (fato!), o cara da Scooter xingou e fez algum gesto, por isso, obviamente ele retirou o audio do video. Os dois discutiram, quase brigaram e depois o sujeito foi embora”.

      Depois do quê? Reveja o vídeo, Renato. Depois de ter passado pela direita da Vespa. Depois de ter brecado bruscamente o Fiesta, obrigando a Vespa a ir ao acostamento. Depois de jogar o Fiesta pra cima da Vespa, no acostamento, tentando lançá-la no mato.

      • Renato RRE says:

        O video que o mesmo posta costurando o transito na marginal deveria ser o que? tentativa de suicidio? Já vi e revi muitas vezes e penso diferente. Cabeça quente.. graças a Deus que não aconteceu nada.. e vamos embora. Acabou.

      • guest says:

        Renato Emílio, você está totalmente certo. Tomara que você sempre aceite numa boa tudo o que lhe fizerem para colocar sua vida em risco, sem reclamar, sem xingar, ainda agradecendo a quem lhe fez mal. “Acabou”!

    • Thiago Azevedo says:

      O cara voltou para o acostamento e fechou o motociclista.
      Por ser uma moto, o cara estava sujeito a um tombo. Pra mim, é uma agressão que pode matar. Por isso, tentativa de homicídio.

  46. Renato says:

    Como vocês sabem que as motos não fizeram nada antes? Não quero defender o cara, mas é difícil julgar sem saber se ele realmente bancou o babaca ou revidou uma babaquice não filmada.

    • Flavio Gomes says:

      Começou…

    • Mateus Daitx says:

      Caramba, tu escreveu isso antes de ver o vídeo, né? Dá pra ver claramente que o cara entra na estrada sem cuidado algum, ou seja, não teve “babaquice não filmada” dos motociclistas antes. E mesmo que tenha havido xingamento na hora da primeira fechada do carro, isso não justifica nem esta nem as manobras posteriores dele. Mas bem né, se tem gente (como a mídia) que acha que a tentativa de assassinato contra os ciclistas de Porto Alegre foi “acidente”, deve ter também pra enxergar “culpa” dos motociclistas neste caso. Cada um que aparece, viu…

      • André says:

        Concordo com o comentário. Vídeos assim, e ainda com uma trilha sonora chorosa, são feitos pra causar impacto, então é algo tendencioso do criador do vídeo. Se fosse um video completo, seria possivel opinarmos melhor.

      • Thiago says:

        O erro do carro também não justifica os xingamentos. Não estou defendendo o cara do carro, ele com certeza errou. Mas o da moto também fez bobagem.

      • Renato says:

        Vamos falar em babaquice? Pq os caras da moto não praticaram a gentileza (que gera gentileza) e foram para a faixa da esquerda para que o carro não precisasse parar em uma confluência? Se o carro foi babaca, a scooter foi egoísta.

        Quando passo por esse tipo de acesso, já vou para a faixa da esquerda muito antes, para dar espaço aos que tentam entrar. Assim evita-se filas nos acessos.

        Infelizmente entregam carteira a muitos imbecis nesse país.

      • Carlos says:

        Mais um que deve ter compradu a carta e não estudou o CTB!
        Por lei veículos lentos tem que se manter na faixa da direita. E os que transitam na rodovia tem a preferência.

      • Luiz AG says:

        Alguma coisa me diz que você nunca leu o código de transito brasileiro…

      • Fernando says:

        Se listar as infrações do rapaz da vespa neste vídeo…. andar entre os carros, cortar a canalização (a multa é como se fosse a de trafegar pela calçada, 7 pontos e carteira apreendida), ultrapassar pela direita…. Aí pode?. Tá certo pessoal, defendam mesmo. Vejam neste vídeo que ele não da chance de ninguém entrar à frente dele… já é comum, não adianta sinalizar ele esta sempre certo.

      • Marcelo says:

        Isto mostra que o cara da Vespa também é um maluco sobre rodas.
        Na boa, tem que prender os dois.

      • Gustavo says:

        Pimenta no cu dos outros é refresco, meu querido. O cara do Fiesta fez algo no mínimo gravíssimo, duas vezes. Sou scooterista e já presenciei várias vezes situações semelhantes. Tem gente na estrada que não respeita por se tratar de scooters antigas, um veículo pequeno, mas que tem o mesmo direito de dividir a via com todos os outros. Alguns desses animais se sentem no direito de ir mais longe e nos provocar, jogar o carro em cima, sem motivo algum. E foi exatamente o que esse animal fez ao jogar jogar o carro em cima da Vespa pra entrar na via. A reação do scooterista não poderia ter sido outra e não ser reclamar, xingando ou não. Caminhões e ônibus que são veículos muito maiores, pesados e imponentes não fazem isso, nos respeitam. Agora babaca com carro pequeno popular faz. Por que será? Pura questão de cultura. Porque eles não tem cultura, e têm sua falta de cultura alimentada por outra penca de babacas que querem ficar procurando motivos pra colocar em dúvida algo que o vídeo deixa muito claro.

      • Renato says:

        O erro do brasileiro babaca é achar que o erro do outro é aval pra errar tb, mas em benefício próprio. Mais ou menos como “roubei ele pq ele me roubou”.

        Isso ainda vai destruir o país.

      • Tadeu says:

        Numa rodovia de mão dupla, andando com uma scooter (me pareceu ser uma vespa antiga), você com certeza não pode ficar mudando de faixa quando quer. Comigo já aconteceu isso, o que falta é respeito dos motoristas por quem está numa motocicleta; achar q só porque se está numa moto é um mototaxi doido é a regra. O erro é do carro, a preferencial ali era da moto, ele invadiu a pista sem ter parado no acesso. Não adianta defender o indefensável.

    • Luiz AG says:

      Se fosse uma moto esportiva que dá 300 km/h o cara não tinha feito isso. Isso é sociopatia, o cara se sentiu superior. Fim.

    • Rafael says:

      EU CONCORDO. Na Rod. dos bandeirantes tem vários desses motoqueiros com moto speed passando a milhão tocando o terror.

  47. Eric - Guarulhos says:

    é fácil saber quem é o babaca, filmaram a placa dele. Pelo q eu saiba ele quis atingir a moto intencionalmente, é cabível de processo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *