MENU

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011 - 17:43Antigos em geral, Automobilismo internacional

PEDAÇO DE HISTÓRIA

SÃO PAULO (inacreditável) – Quem mandou o link com a história completa foi o blogueiro Alcides Atapassoli Jr., e é demais. Para quem tem preguiça de ler inglês, é o seguinte. O Austin-Healey envolvido no maior acidente de todos os tempos em corridas, nas 24 Horas de Le Mans de 1955, será leiloado. Ele ficou guardado por 42 anos pelo seu atual proprietário. O carro era pilotado pelo inglês Lance Macklin e serviu de rampa para o Mercedes de Pierre Levegh, que decolou na reta principal e explodiu sobre o público, matando 84 pessoas e ferindo 120. Por conta do acidente, a Mercedes se retirou das competições por décadas e a Suíça proibiu corridas em seu território, chocadas que ficaram as autoridades do país vizinho com a tragédia.

O dono espera arrecadar um milhão de libras com o carro, que lhe custou 155 dinheiros da rainha em 1969. Nunca foi restaurado. E nem deve. É uma peça de valor histórico enorme, e espero que vá parar em algum museu.

10 comentários

  1. Tiago Mio disse:

    Um carro de corrida que tem uma esória quase igual a essa e esta desaparecido que vale um bom dinheiro no leilão, é o Porsche 550 Spyder do ator James Dean o famoso “Little Bastart”.

  2. Roberto disse:

    Espero que este carro não tenha a mesma fama da maldição do porsche de James Dean.

  3. Perneta disse:

    Em quais circunstâncias um carro não deveria ser restaurado? Eu tinha uma idéia simples de que com muito esmero todos podiam ser restaurados, mas aparentemente este não é o caso.

    Alguém acha que a restauração de carros que se envolveram em fatalidades deveriam ser restaurados ou não?

  4. Fernando Matias disse:

    Na verdade ele não foi o causador do desastre, quem foi o causador foi o Jaguar pilotado por Mike Hawthorn que ultrapassou pela esquerda e freou bruscamente entrando a direita do austin para fazer um pit stop, como o jaguar tinha freios a disco nas 4 rodas obrigou o piloto do Austin que estava na direita(Carro mais lento) a fazer uma manobra brusca que ocasionou o choque com a Mercedes de Pierre Levegh.

  5. Marcelo disse:

    Medonho, surreal, hipnótico…

    Le Mans 1955 accident: Raw footages of the crash in HD (Read description)
    http://www.youtube.com/watch?v=JEk85gKJN6k&feature=player_embedded

  6. galileu disse:

    esse acidente impressiona até hoje.
    nada de superstição, mas também não iria querer esse carro.

  7. tomara que o destino não seja o Museu do Automóvel de Brasília!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>