MENU

terça-feira, 21 de agosto de 2012 - 16:04Antigos em geral

11 MILHAS

SÃO PAULO (cacilda) – Saiu por 11 milhões de dinheiros americanos o GT40 usado por Steve McQueen como “cameracar” em “24 Horas de Le Mans”. O carro foi leiloado neste fim de semana em Pebble Beach. É o carro americano mais caro de todos os tempos vendido em um leilão. Não se sabe quem comprou. Eu, ao menos, não sei.

Aqui tem mais fotos do monstro. É lindo de doer.

17 comentários

  1. DVC disse:

    Pessoal, estou vendendo no Mercado Livre uma camiseta do Steve McQueen muito bacana. A quem interessar: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-446722127-camiseta-masculina-troy-lee-designs-steve-mcqueen-xxl-_JM
    Infelizmente só tenho uma unidade XXL.

  2. valmir lopes disse:

    certamente também nao fui eu

  3. Marcelo Pacheco #49 disse:

    Eu tenho esse filme em DVD. Animal se assistido sem a esposa em casa pra reclamar do volume máximo do Home Theater. Pq pra ver esse filme o volume tem que ser nas estrelas!

  4. Ulisses disse:

    Carro fantástico, um deleite visual, uma verdadeira sinfonia que soa desse motor, vencedor, e ainda sabendo que esse exemplar esteve nas mãos de Steve McQueen naquele filme clássico, chegou no “preço”.

  5. Rafael Lucas disse:

    Esse motor Gurney-Eagle é o original?

  6. Foca Cruz disse:

    Mesmo preço de algumas obras de Renoir, Monet, Liescheinstein, Andy Wharhol… e tão bonito quanto.

  7. Daniel Grillo disse:

    Caro Flavio Gomes, ao ler seu post sobre o leilão do belíssimo GT 40, me ocorreu um fato. Segundo o Texto do Pandini, Especial sobre as 24 Horas de Le Mans do GP Total, o cameracar teria sido o Porsche 908 da Equipe Solar e que foi pilotado na prova de 1970 por Jonathan Williams e Herbert Linge. Segue o texto. “”Le Mans” foi produzido com a ajuda de vários pilotos da época e aproveitou cenas reais da corrida. As tomadas “on board” foram feitas de um Porsche 908 adaptado com câmeras. Este carro, pilotado por Jonathan Williams e Herbert Linge, foi inscrito pela Solar (a produtora de McQueen) com uma única finalidade: terminar a corrida e captar o maior número possível de imagens. Muitas paradas de box foram feitas apenas para colocar novas películas. Consta que McQueen também ia correr, mas o valor do seguro de vida de uma das maiores estrelas do cinema da época impediu que isso acontecesse.”

  8. Mauricio MV. disse:

    O carro de competição mais fantástico já feito nas Américas.

  9. Carlos Pereira disse:

    É claro que foi o melhor carro que a Ford já fez em sua existência. É belíssimo pra dizer o minimo.

  10. Burrinho Batiquebra disse:

    E o que é legal é que o novo Ford GT é idêntico a este (ou quase idêntico?). Grande máquina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>