MENU

Sunday, 14 de April de 2013 - 17:03Automobilismo internacional

AUDI, BRUNO E PIZZONIA

SÃO PAULO (correndo) – Tenho TV agora, e não vai dar para comentar muito. Mas vocês comentam. Na abertura do WEC, dobradinha da DKW e vitórias de Senninha e Pizzonia nas suas categorias.

Falem tudo.

16 comentários

  1. Nostradamus de Castro says:

    WEC espetacular, fantástico. Vamos acompanhar de perto…esse ano será sensacional!

  2. Alex says:

    é primeira vez que acompanho o WEC, achei bem estranho, porém muito legal, carros tão díspares andarem em uma mesma corrida, como seria colocar carros de F1, Indy e GP2 num mesmo grid?

  3. Luiz says:

    A vitória do Pizzonia tem a força da Lada por trás!

  4. Ney Prates says:

    Audi é Audi. Ponto final.

  5. Sanzio says:

    E esse troféu em forma de vibrador, hein?

  6. Leopoldo says:

    quem esta transmitindo WEC na TV?

  7. Pedro Araújo says:

    Kobayashi em segundão na GTE Pro! Tá bão, também!

  8. Macieira says:

    Koba-san em segundo na sua categoria, na frente da dupla principal de pilotos italianos da AF Corsi (atuais campeões, diga-se de passagem) só atrás do Aston-Martin do Senna só completa o meu final de semana. :D

  9. marcão says:

    Essa WEC ainda vai ter mais audiência do que a F-1..
    Eu torço muito por isso, sinceramente….

  10. Nilton says:

    Qualquer carro de competição fica lindo nas cores da Gulf, não é?

  11. Fabio Amparo says:

    É a prova de que nem sempre o melhor dos mundos está na F-1.

    Que tenham uma bela carreira no WEC.

  12. Alan Ruggero says:

    – Não assisti a corrida completa, somente a primeira hora e meia da prova. Percebi que a Audi tirou a vantagem que a Toyota tinha nas últimas etapas de 2012. Mostraram um ritmo bem melhor nessa prova de Silverstone. Veremos daqui pra frente como a coisa vai ficar.

    – Outra coisa que chamou a atenção, foi a ótima performance dos carros da Rebellion Racing, time independente, que corre com chassis Lola e motor Toyota (não é o mesmo, híbrido, do time oficial). Andaram próximos dos grandes e colocaram uma luneta na Strakka Racing, principal adversário na LMP1.

    – O Pizzonia foi o grande nome da LMP2. Andou muito e merece continuar nas próximas etapas do WEC.

    – Não vi o Bruno Senna andar, então nem sei qual foi sua participação na vitória da AMR, marca que dominou nas duas classes da GT – se continuar assim, as outras equipes vão começar a chiar -. De qualquer forma, ótimo inicio de ano pra o brasileiro.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *