MENU

Sunday, 5 de May de 2013 - 18:57Automobilismo internacional

NO WEC

SÃO PAULO (massacre) – Nas 6 Horas de Spa, a Audi trucidou a concorrência e fez 1-2-3. Di Grassi estava no carro que chegou em terceiro. A Toyota não se encontrou no fim de semana belga. Pizzonia deu uma panca de respeito e Senna-sobrinho ficou em segundo na sua categoria. Isso tudo foi no sábado.

espaaudi

12 comentários

  1. egidio manoel says:

    prezado jaime boueri, permita discordar de vc, mas ate a 3 hora na lmp1 estava boa a corrida. na gte pro e na lmp2 foi sem sal mesmo, no lugar colocaram pimenta da braba!
    minha impressão e que o ts30 2013 so precisa de mais um tapinha para andar com os audi. incrivel e que ele esta agora com mais autonomia que os audi. os alemães deram algum pulo do gat que os japoneses não sacaram ainda, mas logo vai acontecer.

  2. nando figueiredo says:

    Assisti as 6hs de prova, não cansa ver bons carros andando numa pista de verdade.

    Na P1 os três Audi não dariam a menor chance ao 07 da Toyota que precisava forçar demais na aproximação das curvas e que acabou por fazer o sistema de frenagem ir pro espaço.

    Um parenteses, alguem me explica o por que dos Audi terem que reabastecer 8 vezes??? Cada tanque não durava mais que 40 mins e não era pelos pneus que saiam dos carros parecendo tão novos quantos os que entravam.

    Fico imaginado como será em Le mans que em se mantendo esse ritmo terão que fazer uns 30 pits.

    Só vale ressaltar que o Bruno Senna chegou em segundo graças a punição encima de punição dos dois carros da AFCorse (Ferrari oficial). O Koba e o Vilander se tivessem mais 1 volta teriam passado o Austin e feito o 1-2 da casa de Maramelo. Eles chegaram menos de 0,9 secs atrás, e estavam tirando mais 2,5 segs por volta.

    Agora é esperar Le Mans, e Flavio vai rolar nova promoção na prova.

    No ano passado fui eu que ganhei o bloquinho e a caneta da Audi, quero outro.

    • DMC says:

      O Aston Martin do Bruno Senna e seus companheiros também foi penalizado por terem entrado nos boxes para abastecimento quando estes ainda estavam fechados (estavam quase sem combustível), em razão do acidente do Pizzonia, tirando a vantagem que tinham em relação aos Ferrari da AFCorse. Isso acabou obrigando-os a correrem um stint com pneus usados, fazendo uma parada a menos para recuperarem a vantagem perdida. Ao contrário, acho que se não fosse tal penalização, teriam chegado em primeiro.

  3. victor freire says:

    espero que ano que vem a toyota não dê um piti e diga “não brinco mais!”

  4. Claudio Rother says:

    Pequena mas interessante informação que ficou faltando aqui e no GP: Bruno Senna lidera o campeonato de pilotos da GTE- Pro, com bons 6 pontos de vantagem para o colega de equipe Darren Turner. Curiosidade é o fato de a equipe Aston Martin fazer rodízio de pilotos entre os carros, o que permite que um piloto de isole em relação aos seus co-pilotos na pontuação.

  5. Antonio Ribeiro says:

    Mas a melhor foto do WEC em Spa foi essa: http://imgur.com/XuByVeB

    Na esquerda, a minha patroa. Na direita… dispensa apresentações.

    • Marcelo de Castro says:

      Com todo o respeito, muito bonita sua patroa, e sortuda também. Como uma mudança de ares faz bem quando se acerta. Fico pensando por exemplo no Bruno e no Koba-mito, vencendo corridas e subindo no pódio enquando Gutierrez e Bottas se arrastam na F1…
      Como se diz…felicidade é tudo!!!

  6. Levi Davet says:

    A Audi, que não tinha tradição alguma no endurance até a estreia do R8 em 2000, aproveitou o período de 2000-2006 (quando não houve esforços significativos de alguma montadora para investir em protótipos) para adquirir e consolidar uma valiosa experiência em eventos desse tipo. Aliou-se a um time poderoso (Joest Racing, que cansou de ganhar corridas com protótipos Porsche nas décadas de 70 e 80) e recebeu grande investimento da VW. Qualquer um que se meter a enfrentá-la terá muitas dificuldades.

    Diante disso, é até uma surpresa que o carro da Toyota ande perto dos Audis em suas primeiras temporadas. Este ano, a diferença está maior, mas a Toyota não deve se preocupar tanto com isso porque em 2014 haverá mudança no regulamento de construção dos carros, e aí é que a montadora japonesa e a Porsche podem dar o pulo do gato. 2013 já é da Audi, mas isso não significa que a Toyota deva jogar seus esforços no lixo. Qualquer quilometragem é valiosa no esporte a motor.

  7. Leonardo says:

    A Toyota parece que relaxou esse ano e perdeu a vantagem que conquistou para a Audi no final do ano passado. Parecem estar bem atrás para Le Mans. A corrida de 2014 promete bem mais, com o retorno da Porsche.

  8. molive says:

    Não consigo me esquecer do Pizzonia capotando um Jag com um convidado (jornalista?) a bordo. Coisa feia!

    Ele sempre me pareceu um De Cesaris piorado, mas parece que essa panca na Eau Rouge não foi culpa do piloto.

  9. Dav says:

    Vou acompanhar mais o WEC agora pela internet (-:

  10. Jaime Boueri says:

    Outra boa corrida do fim de semana. Se bem que, foi boa, mas sem sal… a Audi está anos luz à frente de qualquer outra coisa que ande no Endurance. Perdeu a graça.

    Pra quem quiser ver a panca do Pizzonia, postei lá no blog: http://blogdoboueri.blogspot.com.br/2013/05/panca.html

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *