MENU

Tuesday, 2 de July de 2013 - 23:41Dica do dia

DICA DO DIA

Da Ludy Coimbra, um emocionante vídeo de Coulthard dirigindo a Lotus de Jim Clark em Silverstone. A alegria de Coulthard, e a reverência ao carro e aos homens que nele trabalharam, é comovente.

40 comentários

  1. paulo fonseca says:

    Uma grande homenagem, simplesmente impecável : Jim Clark, um piloto apenas fenomenal.

  2. ms says:

    Vou confessar uma coisa….se algum gênio com a lâmpada de Aladim aparecesse em minha frente perguntando um desejo que gostaria ter realizado eu certamente pediria assistir, sentado em algum morro bem posicionado que me desse a melhor e mais ampla vista da pista, qualquer uma das corridas de Jim Clark, vendo ele quase que literalmente domar “no braço” essa mistura de barata&charuto…..

  3. nelson gerent junior says:

    Uma linda homenagem ao maior de todos …. Jim Clark.

  4. Valim says:

    4:52 – Após Coulthard explicar a sensação de dirigir um carro sem todo o aparato aerodinâmico e eletrônico de hoje, a resposta simples, direta e “óbvia” da velha guarda da Lotus: “You’re DRIVING it”.

    De fato, Jim Clark & Cia pilotavam seus carros. Não somente os conduziam.

    E a resposta de Coulthard, embora piegas, tem lá seu tom de verdade… “You’re LIVING it”. O piloto era mais parte do carro do que é hoje, eu acho.

  5. TOM SEM FREIO says:

    VER O ROSTO DOS MECANICOS, AO CARRO SER LIGADO REALMENTE NAO TEM PREÇO. MUITO BOM O VIDEO.

  6. Sensacional , emocionante e a trilha do final muito bem escolhida .
    abraço

  7. Ivandro Corrêa says:

    Magnifico!!!!!! Simplesmente sem palavras pra descrever como é assistir esse vídeo.
    Não tem como alguém que ama corridas acima de tudo, como eu, não se emocionar!

  8. Adriano Serran says:

    Emocionante. Quase que na mesma pegada: http://www.youtube.com/watch?v=UtRWhPQVAY8

    As partes onde o Patrick Stewart toma aulas de direção pra entender qual era o negócio mesmo que o Moss tinha que fazer na pista são hilárias.

  9. Alvaro Ferreira says:

    Comecei a acompanhar e entender automobilismo quando o Clark corria com a 25 e, pouco depois, com a 33. Até hoje, embora essas comparações de “melhor de todos os tempos” sejam meio sem sentido, para mim ele foi o maior. Emocionante ver esse vídeo. Posso imaginar a emoção de um piloto escocês, como o Coulthard, em acelerar essa Lotus! Ah, e fantástico ver os mecas cuidando da barata.

  10. Alencar Costa says:

    Muito legal o compartilhamento de momentos como esse….

  11. egberto says:

    Emocionante, lindo, com verdadeiro “respeito” ao passado do automobilismo.
    O Capacete lembrando os utilizados na época é incrível.

  12. Lindo demais. O carro na ativa, o capacete, e a importância dada ao que realmente importa.

  13. Valmir Passos says:

    Video excepcional. Realmente fantástico. O carro é maravilhoso. E o respeito e educação de Coulthard pela máquina e pelas pessoas é digno de reverência.

  14. kurt schenk says:

    Maravilhoso , de arrepiar . Aguardo sempre com muito gosto meu filho Patrick enviar-me as novidades do Flavio Gomes . Muuto grato .

  15. Ludy Coimbra says:

    Este vídeo ficou divino mesmo. Gostei de tudo! Muito bem produzido. Fora que a emoção da turma envolvida é contagiante! Bacana que curtiram!

  16. Luiz says:

    Um dos melhores vídeos já colocado neste blog. Não só a emoção do Coulthard (usando um capacete parecido com os da época), como as declarações dos antigos mecânicos, perfeito. A “mistura” de cenas atuais com as de Jim Clark, a largada em Spa. Maravilhoso. O tamanho desta Lotus não é muito maior que um F3 de hoje (tirando a parafernália aerodinâmica é claro).

  17. Helton Fernandes says:

    Genial!
    Esse carro é lindo.
    Jim Clark foi um baita piloto. Coulthard além de bom foi elegantíssimo.

    Será que vão soltar um vídeo do teste que o Emerson tá fazendo com a Lotus 2010???

  18. Felipe Gaya says:

    Que vida chata levam esses pilotos e ex-pilotos. Muito melhor trabalhar num escritório longe desses perigos.

  19. Sensacional.

    Gosto muito de ver a emoção dos pilotos ao pilotar máquinas lendárias. Quando se lembra quem originalmente pilotava (o grande Clark, no caso), tudo fica ainda mais saboroso.

    Lembro do video feito com Hamilton na McLaren de 1988; mesma emoção, parece uma criança de tão alegre.

    É sempre bom reverenciar essas lendas da F1. Pena que tantos deles tenham morrido na pista.

    Reinaldo
    http://reiv8.blogspot.com

  20. keniti says:

    A elegância do documento, sem música pachequista, e a valorização dos homens que estão por detrás do carro é uma aula para a imprensa brasileira.

  21. Gus says:

    Um Gentleman!

    Esses dias um tal de Alexander Rossi andou com o Lotus de Clark, mas com o mítico V8 DFV emparafusado nas costas, mas demonstrou tanto respeito pelo carro e pela sua história quanto prestaria para uma mera ferramenta…

    Ou seja o piloto reserva da Caterham (se a grafia estiver correta), provavelmente nem sabia quem foi Clark e toda a história inerente a criação da Santíssima Trindade Clark-Lotus-Ford – bem, de todo modo, Alexander é americano….não podemos culpá-lo heheheh!

  22. carlos says:

    Eu estive ao lado desse carro na Indy 500 em 2011. Fiquei emocionado de estar perto, imagino o Coulthard pilotando-o.

  23. Jaime Boueri says:

    Lindo o carrinho. Vi ontem cedo no pessoal do Octeto também, e só pude publicar hoje, no blog. É de morrer, mesmo.

  24. Paulo Emilio says:

    ” For a moment I almost felt like Jim Clark ” diz Couthard ao final do vídeo !

  25. Ricardo Bigliazzi says:

    Clarck… um dos Deuses da F-1. Se foi o melhor de todos Eu não sei… mas que está sentado na fila da frente… isso está!!
    Imperador

  26. victor freire says:

    incrível.

  27. Jayme says:

    Você sabe quem é o dono dessa jóia?

  28. Jayme says:

    Inveja é uma palavra muito forte, mas Coulthard é um sujeito para ser invejado, ele sempre levou um vidão, curte a vida adoidado e ainda tem esse tipo de privilégio. Carro fantástico e bonito, mas como pneus estão na boca de todos no momento, correr com esses pneus não era pra qualquer um não. Queria ver esses pilotos de hoje guiando esses carros no limite extremo, em pistas sem segurança e com árvores de guard rail !

  29. Antônio dal lago says:

    Elegância, educação , respeito.Muito bom

  30. Milton Rubinho says:

    Um dos carros de F1 que, como dizem em inglês, “changed the game”.

  31. Daniel Chagas says:

    Emocionante!!!

  32. Marcelo Julião says:

    UAU! Sensacional. Gosto do Coulthard. Sempre na dele. Um cara diferenciado que sempre gostou da coisa toda.

  33. gustavo maia says:

    só confirmando que essa imagem e o vídeos com a explicação acerca do efeito das zebras nos pneus compõe a transmissão regular da BBC – que se inicia uma hora antes da corrida e termina meia hora depois da prova, sem contar com o forum (uma hora de entrevistas e comentários). Compara isso com os cinco minutos anteriores e posteriores da transmissão local e está explicado porque a audiência no brasil cai. Passaram 20 anos cobrindo a participação brasileira na F1 e não a F1 – quem fazia isto era o Reginaldo, agora já não deixam. O desconto que tem que dar é que os ingleses tem melhor acesso a pessoas e carros.

  34. Antonio Seabra says:

    Em uma palavra: DEMAIS !!!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *