ONE COMMENT

Sempre é tempo de lembrar um dos meus ídolos no automobilismo. E não são muitos. Uns cinco, no máximo. O Ricardo Divila mandou o vídeo.

Comentários