PEQUENO TESOURO

SÃO PAULO(e congelando) – Hoje, todo mundo filma/grava tudo. Os celulares popularizaram as imagens daqueles que as emissoras chamam de “cinegrafistas amadores”. Registrar em vídeo qualquer porcaria virou mania universal. Esse negócio, desconfio, começou com os japoneses, obcecados desde sempre por eternizar seus momentos em fotos ou vídeos. Turistas japoneses com máquinas fotográficas clicando tudo fazem parte do imaginário clássico dos anos 70/80. E quando surgiram as primeiras câmeras de vídeo, foi lá que elas começaram a fazer sucesso. Lembram do nosso japa aqui do blog, com as incríveis filmagens de São Paulo no fim dos anos 80 e início dos 90?

Pois o Paulo Vargas mandou este pequeno tesouro aí em cima, típico daqueles tempos em que poucas pessoas tinham câmeras de vídeo. Trata-se do “backstage” do GP do Japão de 1988. São imagens muito raras, perfeitas para que vocês tenham uma ideia de como eram os boxes de Suzuka e a F-1 daqueles tempos. Imagens que tenho gravadas na memória, apenas. Eu não fotografava, nem filmava nada.

Notem, no finalzinho, Senna passando lento na largada. De um ângulo que ninguém tinha visto, ainda. Só quem estivesse dentro dos boxes.

Comentários