MENU

sábado, 23 de novembro de 2013 - 19:53F-1

INTERNADAS (19)

nadas4000SÃO PAULO (hoje volto cedo) – Longa tradição deste blog, já de uns dois dias, vamos ao resumo do sábado em tópicos, porque fica mais fácil de ler. E de escrever. A ordem dos tópicos é aleatória, não de importância. Na medida em que vou lembrando, vou escrevendo. Assim como vou escarafunchando meus rabiscos e encontrando uma anotação aqui, outra ali.

A eles, então.

1) Hülkenberg na Force India já é algo dado como certo mesmo. Sinal de que ele não acredita muito em discos-voadores do planeta Quantum que possam trazer dos confins da galáxia o dinheiro que a Lotus precisa para abrir mão de um piloto pagante. Hulk não está disposto a esperar. E deve ter dado uma busca no Google para conhecer o perfil do alienígena-mor dessa Quantum, que vocês vão conhecer em breve na Revista WARM UP.

2) No caso, o pagante mencionado aí no alto de quem a Lotus precisa é Maldonado, claro Acho que na semana que vem pingam os anúncios oficiais.

3) A Sauber é a equipe mais indefinida de 2014. Tem, na prática, dois lugares. O russinho Syrotkin é um mistério, talvez seja um boneco inflável. Gutiérrez fica? Pérez volta? Maldonado, se a Lotus embromar muito, pode rasgar o que assinou e mudar de rumo? Tudo aberto, ainda.

4) Um internauta notou que faltava o item 4. Não falta mais.

5) Anunciaram em release oficial o público de hoje em Interlagos: 49.822 pessoas, contra 43.193 registrados pelos organizadores no sábado do GP de 2012. Os números são oficiais, não contei. Alguém deve ter contado.

Illustration of hourglass and dollar signs6) Não sei se isso é importante, mas a volta mais rápida da classificação hoje não foi a da pole, de Vettel. Antes, no Q1, Hamilton virou 1min25s342, na média de 181,767 km/h. O tempo de Sebastian foi 1min26s479, média de 179,377 km/h. O Meianov fez sua melhor volta de todos os tempos em 2min14s aqui nesta pista abençoada, e como V = e/t, calculei que isso dá 107 km/h, mas não sei se fiz a conta certa. A relação custo/segundo-no-cronômetro do meu carro é bem melhor que a da Red Bull, pois. Considerando que esses carros de F-1 custam mais ou menos 7 milhões de obamas, arredondando, dá para dizer que em termos de eficiência o trabalho de gestão da minha equipe é muito melhor. Para montar um Meianov hoje, sem pechinchar, vejamos… Uns 8 paus para comprar um carro, mais uns 4 de santantonio, uns 3 de suspensão e freios, uns 5 para fazer o motor, mais uns 5 para pintar bonito, mais uns 5 de banco e cinto, mais uns 3 de parte elétrica, uns 2 de acrílico para substituir os vidros, uns 2 de fibra de vidro para fazer capô e tampa do porta-mala, uns 2 de pneu, uns 2 de extintor, bateria e instrumentos, mais uma GoPro, um Hot Lap, umas lanternas compradas em Praga, uns faróis de Niva, vamos lá, digamos que 50 mil dilmas, exagerando, o que dá, também exagerando, 25 mil obamas. Por esses valores, cada segundo que o cronômetro marca numa volta em Interlagos, para a Red Bull, custa a bagatela de 81 mil dólares. No Meianov, o mesmo segundo, porque um segundo é um segundo em qualquer lugar do mundo e em qualquer tempo, custa 186 dólares — ou 0,23% do valor torrado pelos rubrotaurinos. Se a F-1 quer ser viável financeiramente, tem de falar comigo.

7) Sanduíche do dia na sala de imprensa: carne seca com purê de mandioquinha e cebola. Não, não é bom comer carne seca e purê gelados. O de calabresa segue imbatível. Por isso, optei por almoçar na Shell com um amigo da Globo, Fábio Seixas.

nadas19a8) Falando em amigos, muito bom hoje encontrar figuras que não via havia muito tempo, a saber: a Fabi, atual esposa do Bernie, com quem tivemos — eu, ela, a irmã dela e o Seixas — épico jantar em Montreal há uns dez anos, cuja conta ultrapassou os limites do razoável; a Jane, ex-assessora da Minardi e da Ferrari, que sofria muito nas nossas mãos, minhas e do Seixas, especialmente quando pedia para guardarmos sua mala no carro e nos entregava a dita cuja sem cadeado; a dupla dinâmica Rogério-Thompson, da Petrobras, que vive em reunião e quando não está em reunião fica chorando pelo Fluminense e pelo Botafogo; Filippo, Nigel e Stefania, da Ferrari, trio que destoa da média da F-1 pela simpatia, amizade e desprendimento, com quem dividimos muitas mesas em passado distante pelos paddocks deste mundo e nas noites claras de Madonna di Campiglio; fora os jornalistas italianos, ingleses e espanhóis que me parecem cada vez mais cansados, mas seguem amigos e irmãos camaradas.

nada19c9) Popular me intercepta no pitlane e conta  todo animado que cruzou com Valsecchi e disse para ele: porra, te foderam! E Valsecchi responde ao popular: sim, me foderam. Foda, isso.

10) Aviões são caros e têm custo alto. Anotar para não fazer bobagem no futuro. Melhor usar o decolar.com ou entrar no site da CVC.

20 comentários

  1. Marcog disse:

    Orra, esse post foi uma tremenda utilidade publica, pois eu sempre quis saber quanto seria preciso desembolsar pra montar um carro de corrida.

    Fica a sugestão (e o pedido): que tal uma serie detalhando os outros gastos ? Quanto morre por corrida, documentação sua e do carro, combustível, transporte, etc…?

    Acho que tem muita gente que gostaria de experimentar mas nunca tem sequer idéia de por onde começar. Sei que nos arredores do autódromo tem muita oficina com carro pra alugar, etc, mas sempre achei complicado conseguir informação a respeito.

  2. Tiago disse:

    Flávio, acho que faltou o número 4 da lista.

  3. guilherme disse:

    Um segundo depende, segundo a teoria da relatividade de Einstein, da velocidade em que o objeto se desloca. Portanto, como os carros da Red Bull têm velocidade média consideravelmente superior, o tempo para eles passa mais lentamente. O que talvez colabore no fato de eles conseguirem fazer a volta em menos tempo, não? O problema é que o cronômetro fica estático, eles só seriam mesmo mais rápidos por serem mais rápidos se o cronômetro ficasse dentro do carro.

    E com isso encerro a pseudodiscussão baseada na física.

  4. celso disse:

    Como dizem as moças, “homem é tudo tarado!”

    Abraço!

  5. Bruno Abila disse:

    Se precisar, arrumo aviao a R$ 6,00 o km.

    No mais, ta muito legal a cobertura do gp brasil aqui no blog, sempre dou uma olhadinha

  6. Rafael Vieira disse:

    Que papo é esse do avião? Quem comprou e não aguentou a brincadeira?

  7. Matteoni disse:

    Absurdo é quem não é VIP, não é rei do camarote, não é da imprensa, paga caro seu ingresso (R$ 1.450,00) no setor M (que se diz coberto), e aí na entrada atravessa uma verdadeira pocilga de lama, e onde deveria ser coberto é cheio de goteiras. Porra, com durepox, chiclete, qualquer coisa se taparia aqueles furos. Será que só no Brasil é essa merda toda, ou pelo mundo todo da F1 não se respeita o público?

    Acho que a imprensa poderia fazer um papel fiscalizador e denunciador desses absurdos. Ainda mais que agora eu soube que vcs já taparam os furos da mulher do Bernie.

    Passem lá no setor M nas fileiras de cima ali no final da reta… Mas levem guarda-chuva.

    • Glauson disse:

      Matteoni, vai pra Ala A, tu so paga 700 dilmas e vê a pista quase toda, só não vê o S do Senna. Só tem um problema: a única área coberta lá é uma dúzia de árvores. Mas quem vê praticamente a pista toda não vai querer se preocupar c uns meros pingos d’água na cabeça. Vai ver vc só se zangou c as goteiras porque viu menos os carros e não ocupou a mente. Vai p Ala A, a pessoa q paga mais caro cria muita expectativa e acaba se frustrando mais.
      PS: Flávio, quase q vc e o Fábio Seixas viram concunhados, hein?

  8. Victor disse:

    Vai para a Alemanha dormir nos trailers?

  9. Joanir Evangelista disse:

    Mais uma da transmissão Globinha. A Mariana parecia muito encantada com os equipamentos das equipes embalados em plástico. Todas as vezes que passava a garota:”Olha aquilo no plástico. E aquilo outro dentro do plástico!”. Deve ser o ar rarefeito.

    • Paulo Pinto disse:

      O GP não define campeão, nem mesmo o vice. O recorde de vitórias consecutivas já foi batido. Raikkonen, elegantemente, deu uma “banana” para a Lotus. Felipe corre como demissionário. Maldonado não vê a hora de se livrar da Williams. Webber vai cumprir tabela. E por aí, vai…

      A moça ficou sem assunto.

  10. Joanir Silva evangelista disse:

    Pessoal, os físicos da Globo estavam demais hoje, heim? Quer dizer que em Interlagos (800 metros do nível do mar) o ar é rarefeito. As pessoas que moram nesta região sofrem com a falta de ar então? Os pneus de chuva levou uma discussão de minutos, mas o cara que fez a pole estava na turma que esfriava os pneus na espera da luz verde do Q-3. Vocês “com certeza” sabem se aquele tal de Rubens foi mesmo piloto?

  11. Mário Sérgio disse:

    ô trampo bom esse seu…

  12. Evandro Schueda disse:

    …. e amanhã na asa traseira de um certo formula 1: SAVE THE WANT-WANTS.

  13. alan disse:

    I LOVE FLAVIO GOMES!!!!

    em ingles isso nao significa viadagem, significa que ADORO o FG, que fique bem claro isso!

    Mas gelei, viu FG, quando li que tu tens um amigo na globo, nao seria aquele que disse que o filipeta rodapresa vai ser campeao na willians….. TEM MALUCO PRA TUDO!!!!! se bem que o cara nao falou campeao em que, pode ser campeao de entregar pizza mais rapido ou algo assim KKKkkkk
    COMO PODES FAZER ISSO FG, Se bem que um amiguinho na globo nao vai estragar toda sua imagem FG, podes dormir tranquilo!
    Um F1 custa somente 7 K.K de dolores???? entao os brasileiros que pagam quase um mijones de dolores em carros (camaros, landesoveres,kias, rundais, etc…)ja fora de moda nos USA e europa podiam fazer uma vaquinha e montar uma equipe brasuca da silva 100%, nao achas FG?
    Dizem que pediram prum guri la nos boxes: PRA QUEM TU TORCE?
    -PRO FILIPI MASSA, MAS QUANDO EU CRESCER QUERO SER INGUAL AO SEBASTIAN VETTEL!!!!!! respondeu o espertinho….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *