MENU

segunda-feira, 7 de abril de 2014 - 17:22Automobilismo brasileiro

O PEQUENO PIQUET

pedropiquetf3SÃO PAULO (devagar com o andor) – Começou a temporada da F-3 Brasil em Tarumã, com 15 carros participantes. A atração deste ano é Pedro Piquet, 15 anos, filho mais novo de Nelson, que corre pela Cesário com supervisão do pai. E pintura da Brabham dos anos 80, coisa mais linda. Assumida pela Vicar, a F-3 Brasil é a antiga F-3 Sul-americana.

Pedro fez a pole da primeira prova, teve problemas na largada, caiu para último e mesmo assim ganhou. Venceu a segunda bateria, também. De quebra, estabeleceu o recorde absoluto para a pista gaúcha, com 55s712, média assombrosa de 196,37 km/h.

(A respeito da nova fase da categoria, acho importante ler a análise profunda postada pelo Américo Teixeira Jr. em seu blog hoje.)

Estamos diante de um novo gênio? Calma. As duas vitórias foram incrivelmente fáceis. Piquet-pai, obviamente, vai tentar fazer com o caçula o que fez com Nelsinho na mesma F-3 anos atrás. Na época, criou uma equipe e as condições que seu filho encontrou para pilotar foram as ideais, bem melhores que as dos pilotos de outros times. Treinava mais, tinha material de primeira e suporte de um tricampeão mundial como Nelson, que sabia mais do que todo mundo o que estava fazendo. OK, se os outros não eram capazes (ou não tinham dinheiro) de ter o que Nelsinho tinha, isso era problema dos outros. A tarefa de Piquet-pai era construir uma carreira sólida para o filho.

E assim foi: dois anos na F-3 Sul-americana (2001 e 2002), título no segundo ano; dois anos na F-3 Inglesa (2003 e 2004), título no segundo ano; dois anos na GP2 (2005 e 2006), vice-campeão no segundo ano; um ano de piloto de testes (2007) na Renault, titular na F-1 em 2008. Roteiro cumprido à risca. Aí a coisa fugiu de seu controle e todo mundo sabe o que aconteceu.

O desempenho de Pedro Piquet no fim de semana dá sinais de que, claro, ele é bom. Um amigo meu, muito próximo de Piquet-pai, disse que ouviu dele que o bom da família é Pedro. Ótimo. Mas a facilidade com que ele venceu as duas corridas dá sinais, também, de que não haverá propriamente um campeonato. O menino será campeão. E isso é o que menos importa, da perspectiva do pai. Importante será prepará-lo bem para uma carreira que pode ser muito parecida com a de Nelsinho.

Evidente que com algum cuidado extra no momento crucial, a F-1 — se ele chegar lá, como tudo indica que vai, um dia, como Nelsinho chegou.

Semana que vem já tem outra rodada dupla, junto com a Stock, em Santa Cruz do Sul. Pedro vai ajudar a atrair mais mídia e atenção para a combalida F-3 de nossas bandas. Vamos acompanhar esse negócio para ver no que dá.

43 comentários

  1. Carlos Pereira disse:

    Gomes,
    vi as corridas pela internet, e realmente, o desempenho do rapaz foi muito superior aos outros. A pintura do carro ficou muito bonita. Mas o importante é: se o rapaz é realmente um espetáculo, um grande piloto e se vai chegar na F1. Quando e se chegar, será que alguns elementos lá dentro não irão criar dificuldades à família Piquet, relembrando o episódio de Cingapura, e boicotar o rapaz ? Espero que não, mas quem sabe.

  2. jovino disse:

    Tem gente que sempre quer arranjar uma desculpa para desmerecer o talento de um jovem como o Pedro. Ninguém vence no automobilismo se não tiver grana e somando-se a isto, muito talento. O Pedro Piquet poderia com todo o apoio que está tendo, com o Nelsão como professor, o Felipe Vargas com toda a experiência que teve nestes anos todos que acompanhou o Nelsinho em sua carreira, o Pedro poderia ter andado lá atrás, mas não, venceu as duas provas com maestria. Vamos torcer para que ele chega à F1 porque não vejo num horizonte próximo nenhum piloto com talento e um suporte que possa levá-lo às glórias de Emerson, Piquet e Senna. Jovino

    • Anselmo Coyote disse:

      Jovino, ele venceu a 3a prova em Sta. Cruz do Sul também, ontem.
      Penso igual a vc e lembro que o desmerecimento é porque é um Piquet. Se fosse Senna… bla bla bla.
      Abs.

  3. kaka disse:

    Tomara que ele vingue e não cometa os mesmos erros que o irmão cometeu.

  4. Seinfeld disse:

    Excelente idéia da pintura da Brabham no carro do menino!

    Boa sorte ao Pedro!

    Que esse filho do grande Piquet “vingue” na Europa e na F1!

    Mas para isso, Piquet pai, mesmo a contragosto do rapaz, não o deixe sozinho nos primeiros anos de F1, se e quando chegar lá. Uma burrada só, um desperdício de talento e oportunidade na família já é o bastante.

  5. Rafael disse:

    Essa pintura é sensacional mesmo! Linda aquela Brabham!

  6. Luc Monteiro disse:

    Nada de zica ao Petit-Piquet, que mostrou potencial, de fato, apesar dos mimos expostos. Mas não custa lembrar que em 2008 o Denis Navarro venceu as duas primeiras corridas da Fórmula 3 com extrema facilidade e sequer figurou na disputa pelo título – na final, o Nelson Merlo levou a melhor em cima do Pedro Nunes.

    Acabei narrando a corrida de domingo no Terra, missão que me foi proposta já com os carros no grid para a volta de apresentação. Sequer conhecia os carros, fiz como deu, acabou não sendo o pior dos momentos da F-3. Gostei de Piquet. É o tipo de piloto que põe o carro por fora na tomada de uma curva como a Um de Tarumã para ganhar uma posição. Um cara que faz isso merece respeito e olhares atentos.

    • Anselmo Coyote disse:

      Luc Monteiro,
      Ele já ganhou a 3a corrida (a esta hora talvez já tenha corrido a 4a tbm).
      Eu gostaria muito de acompanhar a F3 mas estão faltando informações melhores, sites, os blogs não falam (só vi aqui).
      Se puder nos ajudar será muito bacana e eu vou ficar muito grato.
      Abs.

  7. miltonjr disse:

    Todos que viveram os tempos de pura competição na F1 onde 5 ou 6 pilotos de ponta disputavam maravilhosas corridas, onde se fazia prevalecer o instinto, a sensibilidade, o arrojo, a técnica, campeonatos decididos com uma diferença mínima de pontos, enfim…não há como não citar Nelson Piquet, um grande estrategista, inovador para sua época, um grande acertador de carros, ótimo desenvolvedor de um carro, enfim, completo. Porém _”politicamente incorreto!?” toda pessoa que cresce e tem sucesso profissional sem ajuda de terceiros de certa forma possui uma personalidade diferente, e pergunto a vocês, gostamos de ouvir a verdade ou sermos enganados com um falso discurso? muitos de nós preferem ou se sentem melhor com a segunda opção.
    Ter personalidade, opinião própria, expor seu ponto de vista, na minha concepção, isto é uma virtude! as vezes podemos estar errados também.
    Agora, para correr em uma equipe européia, patrocinadores europeus, ter como companheiro de equipe um piloto europeu, pode ser fraco??
    Sinto um Nelson bem frustrado com o que ocorreu com Nelsinho e a sua carreira da forma como tudo aconteceu bem avesso as suas atitudes de quando foi piloto, vejo ele se reinventar e se reerguer na vida a cada promessa de um novo Piquet nas pistas e na F1 e espero que assim seja, seria um presente a ele e a nós!!!

  8. Clayton Araujo disse:

    Também! Com uma pintura dessas, acho que a garotada sai até da frente com medo! Boa sorte ao Pedro e espero vê-lo na F1 um dia.

  9. Apache disse:

    Mais um pra arrasar no automobilismo (combinar presepadas) … chega! que voltem os Senna’s

  10. Frank disse:

    Mudança de estratégia do Nelsão, com o Nelsinho ele foi montando equipes em todas as categorias até chegar a F1, agora ele vai montar uma equipe de F1 para o Pedro.

  11. voulembrar disse:

    Será que se Piquet morrer esse menino chega na F1? Existe um plano para o caso dele morrer?

  12. Burn Baby Burn!! disse:

    Que boa noticia, o menino tem 14 anos daqui quatro anos ele já está fazendo as vezes como piloto de testes de alguma equipe.. vamos esperar entao o rebento aprender a dura carreira de piloto.. e se tiver o talento e a malandragem do pai.. teremos alegrias no futuro..

  13. Vamos ver se ele segue o caminho certo até a F1 para Apagar a Ranhura do irmão.

  14. Gus disse:

    Que vingue, o país está carente de talentos que possam fazer a diferença em monopostos, seria muito bacana o moleque chegar muito bem preparado a F-1, pois não dá para contar com Massa como o melhor representante brasileiro na categoria top.

  15. Só uma observação, constatada pelo meu irmão, fã de Senna, que eu, fã do Piquet, repito: O bom da família é o Nelsão!

    Nelsinho é muito bom e foi muito burro.

    Pedro é muito rápido e creio que Nelsão não deixará que ele cometa as mesmas burrices do irmão.

    Espero que Nelsão ainda tenha muita saúde para poder acompanhar a carreira de Pedro!

  16. Narciso disse:

    VAMOS ESPERAR ACHO QUE O PEDRO TEM TALENTO AINDA MAIS COM NELSÃO E FORMIGÃO ISSO VAI LONGE PARABENS PEDRO

  17. disse:

    O que mais impressionou, acima de ter ou não equipamento, foi não ter errado, o que seria mais que normal para um iniciante. O moleque havia rodado de F3 pelos autódromos, mas testes sozinho, e as provas na Nova Zelândia de janeiro. Estaria Nelsão engasgado com o fracasso do Nelsinho na F1 e desta vez vai fazer diferente com o Pedro?

  18. Samuca disse:

    A Flavio com esse carro lindo, o moleque já começa muito bem. Levei um susto achando que era algo sobre a Brabham. Tomara que esse venha para suprir essa lacuna que está aberta desde o Senna. Você sabe melhor que nós que não existe piloto bonzinho ou doceis como foi Rubinho e é o Massa.

  19. Fernando Silva disse:

    Flavio, tudo bem?
    Apenas uma correção: apesar de ser disputada com carros que fizeram parte do grid da F3 Sul-Americana, esta é a F3 Brasil, nascida com a proposta de proporcionar custos menores aos pilotos e equipes em relação ao certame internacional. Levando em conta que algumas corridas de 2013 tiveram apenas seis carros, a etapa do último fim de semana, em Tarumã, contou com 16 inscritos, o que é animador para este primeiro momento. Claro que é só o primeiro passo, mas é um sinal de que as coisas podem progredir por aqui. Vamos ver como será a temporada.
    Grande abraço!

  20. petrafan disse:

    quantos filhos será que tem o Piquet?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>